publicidade

Jornal do Brasil

À Sua Saúde – JBlog – Jornal do Brasil

Um brinde à bebida dos deuses… e do coração!

A temperatura amena dessa época do ano, em muitas regiões do país, é o convite perfeito para abrir uma garrafa de vinho. Ainda mais sabendo que, enquanto relaxamos, nos divertimos e saboreamos as infinitas nuances presentes em vinhos de todo o mundo, suas propriedades estão ajudando a cuidar do nosso coração!

Muito tem se falado sobre os benefícios do vinho para a saúde cardiovascular, mas a maioria das pessoas não sabe exatamente como essa maravilhosa reação se dá. Bem, partimos do princípio que o risco de um enfarto ou de um acidente vascular cerebral (AVC) aumenta com o alto nível de mau colesterol (Low Density Lipoproteins-LDL) e o baixo nível de bom colesterol (High Density Lipoprotein-HDL) no sangue. Vale lembrar que o colesterol é ingerido através dos alimentos e que é insolúvel no sangue. Para ser transportado, liga-se a proteínas e lipídeos (lipoproteína) e é daí que veem as siglas LDL e HDL.

Voltando ao nosso brinde, o que o vinho faz? Os flavonóides e outras substâncias antioxidantes da casca da uva protegem o coração e os vasos dos efeitos nocivos dos radicais livres de oxigênio produzidos pelo nosso corpo. Esta característica aliada ao álcool  aumenta os níveis de HDL (bom) e diminui os de LDL (mau) pela inibição da agregação plaquetária, ou seja, evita o agrupamento dos glóbulos vermelhos do sangue que formam os coágulos que podem levar ao ataque cardíaco. Há estatísticas que mostram a diminuição de ocorrência de doenças vasculares de 40 a 60 % em consumidores de vinho. A bebida também aumenta a resistência e elasticidade da parede vascular, melhorando situações de pressão arterial alta.

Importante: esta ação terapêutica só acontece se o consumo for moderado. O excesso de bebida alcoólica impregna os tecidos e funciona de maneira tóxica, sobretudo no fígado. Além disso, ainda há o problema da embriaguez, com o álcool excedente no sangue. Para que o vinho ajude a prevenir doenças cardiovasculares, a ingestão diária deve ser, para homens (dependendo do peso), de 1/4 de garrafa; e para mulheres, metade desta dose. Isto porque, normalmente, elas têm menos massa corpórea, metabolismo diferente e menos água no organismo.

Um alento para quem não pode beber álcool: o consumo de suco de uva concentrado, desde que em doses mais generosas que o vinho, também ajuda a proteger o coração. Estudos indicam que o suco provoca um relaxamento das artérias de maneira similar ao causado pelo vinho tinto, ou seja, a camada interna que reveste os vasos sanguíneos e que apresentava disfunção devido ao colesterol ruim, voltou ao normal.

Como vocês podem ver, as boas-novas são para todos! Continue sua viagem pelo maravilhoso mundo dos vinhos. E, se o álcool não lhe faz bem, deleite-se com belas taças de suco de uva, enquanto essa riquíssima fruta ajuda a cuidar da sua saúde!

Postado por flaviocure às 10:36

Compartilhe:

3 Comentários

O talento do chef Manoelzinho no “À sua saúde”

Entre os prazeres da vida está uma alimentação saudável. Por isso, a partir de hoje, vou divulgar receitas com ajuste calórico e nutricional criadas pelo chef Manoelzinho e sua equipe, do tradicional e sofisticado restaurante carioca Antiquarius. Um estímulo para quem gosta de exercitar o talento na cozinha. Com equilíbrio.

Inauguramos com…


Bacalhau assado no forno com chouriço e feijão branco


Ingredientes:

1 colher de chá de azeite
1 cebola média, finamente picada
50 gramas de chouriço em fatias
1 colher de chá de tomilho
1 tomate picado
100 ml de vinho branco
400 gramas de feijão branco
½ colher de chá de sal
4 postas de bacalhau
Pimenta preta

Preparação:

Aqueça o forno a 210 graus. Aqueça o azeite numa frigideira larga em fogo médio e salteie a cebola com o chouriço e o tomilho. Quando a cebola estiver translúcida e o chouriço já tiver libertado alguns odores, junte o tomate pelado e picado com metade do vinho branco e deixe cozinhar até o tomate desfazer e o vinho estar praticamente evaporado. Ao preparado, junte o feijão e o sal e retire do fogo. Coloque o bacalhau num recipiente para ir ao forno e despeje o preparado de feijão e chouriço no recipiente, envolvendo bem. Deixe cozinhar por 30 minutos, com cuidado para o molho não secar.

Informação nutricional por porção:

294 calorias
8 grs de gordura (2 gr. saturada, 4 monoinsaturada)
67 mg de colesterol
19 grs de hidratos de carbono
31 grs de proteínas
6 grs de fibras
565 mg de sódio
514 mg de potássio
20% dose diária recomendada de folatos
20% DDR de vitamina C
15% DDR de vitamina A

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparação: 20 minutos
Tempo total: 40 minutos
Tipo de preparação: fácil

 



Bom apetite!

 

Postado por flaviocure às 10:13

Compartilhe:

1 Comentário

Coração em alta resolução

A incorporação tecnológica nos hospitais avança tão rapidamente que a maioria das pessoas não consegue acompanhar e não sabe que pode contar com exames moderníssimos, capazes de acelerar o diagnóstico e favorecer o rápido início do tratamento, mesmo que não haja perigo iminente.

Como meu objetivo é trazer informações de grande utilidade para os leitores, destaco a angiotomografia das coronárias: exame não invasivo, com alto poder de resolução de imagem e que permite avaliar detalhadamente a situação das artérias e do miocárdio (o músculo do coração).

Por “não invasivo” entende-se que dispensa qualquer tipo de procedimento cirúrgico. Dr. Ilan Gottlieb, cardiologista do Instituto Nacional de Cardiologia (INC) e do Centro de Diagnóstico por Imagem (CDPI) – serviço referência no Rio de Janeiro – explica que é usada apenas uma veia periférica do antebraço para infusão do contraste iodado. Se o exame não acusar nada, a chance se um evento adverso nos próximos anos é pequena.

Vale destacar que a angiotomografia já é feita no Brasil há cerca de dez anos, mas, apenas há dois, conta com o mais moderno equipamento de tomografia computadorizada.  Mesmo com essa tecnologia de ponta, é a capacidade do médico de interpretar os resultados que referenciam um serviço. Também convém lembrar que este exame é um método de diagnóstico que não substitui o cateterismo; este, por sua vez, é uma opção de tratamento que pode ser realizado se a angiotomografia indicar a necessidade. Outro detalhe não menos importante é que a maioria das seguradoras não arca com o custo do procedimento.

A angiotomografia pode beneficiar pessoas com hipertensão arterial, dislipidemia (alta taxa de lipídeos no sangue), operados com pontes de safena ou quando há suspeita de doença coronariana (infartos na família). Os resultados da investigação da dor torácica atípica (cardíaca ou não) também podem ser mais eficazes e rápidos.

Se você pertence a algum desses grupos, converse com seu cardiologista e aproveite o que as novas tecnologias podem fazer pela sua saúde!

Nessas imagens captadas pelo equipamento de angiotomografia, exemplo de lesões obstrutivas nas artérias coronárias em paciente assintomático e com teste de esforço normal, embora com colesterol alto.

Postado por flaviocure às 9:00

Tags:

Compartilhe:

2 Comentários