publicidade

Jornal do Brasil

À Sua Saúde – JBlog – Jornal do Brasil

Sua prioridade em 2012

A mensagem do último post de 2011 praticamente resume todos os artigos que publiquei desde a estreia do “À sua saúde” aqui no Jornal do Brasil. Faço, neste dia 30 de dezembro, um convite para que você coloque os cuidados com a própria saúde em primeiro lugar na lista de prioridades deste novo ano.

Resista bravamente para que o excesso de trabalho não interfira na qualidade das suas
refeições, no horário de sua atividade física regular e no contato com a família e os
amigos. Alimentação balanceada, exercícios, e momentos de relaxamento e alegria são a
melhor receita que os médicos podem prescrever. Sei que é difícil, atualmente, com a vida cada vez mais cara nas grandes cidades e a necessidade de garantir o sustento e os sonhos da família, mas é preciso tentar, insistir e não desistir. Para alcançarmos nossos objetivos precisamos, antes de mais nada, estarmos inteiros física e mentalmente!

Como a prática regular de exercícios tem efeito dominó na vida das pessoas,  melhorando, de quebra, vários desses aspectos que citei, hoje vou me concentrar em dicas para você não abandonar a atividade física antes de experimentar seus enormes benefícios. Segundo a The International Health, Racquet & Sportsclub Association (IHRSA), associação que representa a indústria de fitness no mundo, metade das pessoas que se propõe a malhar todos os dias não completam nem três meses de treino. Se você pode ser incluído nessa estatística, tente fazer diferente, este ano: 

1) Escolher uma atividade que você gosta é o primeiro passo. Por isso, pare, pense no seu estilo, faça pesquisas e aulas avulsas e, aí sim, matricule-se.

2) Com raríssimas exceções, ninguém sai de casa feliz da vida às seis e meia da manhã para se exercitar, ou à noite, depois de um dia exaustivo de trabalho. Mas há atitudes que facilitam essa rotina, como não ficar até tarde assistindo TV ou no computador; e, se você malha à noite, no dia que tiver compromissos sociais diminua o tempo na academia, mas nunca deixe de ir.

3) Traçar metas como perder quilos extras até uma data comemorativa, preparar-se para alguma competição, caminhar ou correr na esteira numa velocidade mais acelerada é um ótimo estímulo.

4) Converse com o professor se estiver achando o treino monótono. Hoje, até mesmo aulas de yoga, pilates e outras atividades consideradas mais “calmas” podem ser bastante dinâmicas.

5) Acontece com todo mundo e vai acontecer com você: seja assíduo de verdade nos três primeiros meses e seu corpo sentirá falta dos exercícios, ajudando-o a manter este nobre objetivo durante o ano e a vida inteira, que é gostar e cuidar de si mesmo.
Feliz 2012!

Postado por flaviocure às 11:30

Compartilhe:

Nenhum comentário

Idosos, previnam-se da pneumonia

A pneumonia é a quarta causa mais frequente de internações entre os idosos brasileiros. Junto com as doenças circulatórias e digestivas, os males do aparelho respiratório são responsáveis por 60% das internações dessa população, segundo o Núcleo de Estudos em Saúde Pública e Envelhecimento da Fundação Oswaldo Cruz e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Com o progressivo envelhecimento das pessoas, a enfermidade tem feito cada vez mais vítimas. Só nos Estados Unidos, são cerca de 60 mil mortes a cada ano.

Os sintomas da pneumonia em pessoas mais jovens são, geralmente, tosse, produção de muco e/ou dispneia (dificuldade de respirar), acompanhados de febre. Nos pacientes com idade mais avançada, a pnemonia aparece através de um quadro pouco específico de confusão mental, quedas ou piora de doença crônica subjacente e pode até não haver febre. Com a dificuldade de diagnóstico, a doença demora a ser identificada e tratada. Assim sendo, é fundamental incluir a pneumonia entre as suspeitas do médico, se o idoso apresentar qualquer alteração aguda do estado mental ou outros sintomas que não são característicos de nenhuma outra doença.

Reforçar o sistema imunológico é um dos primeiros passos para evitar a pneumonia, que ocorre devido às baixas defesas do organismo combinadas com a contaminação por bactérias, fungos ou vírus capazes de provocar a infecção nos pulmões. Ter uma vida tranquila, alimentação balanceada e praticar atividades físicas regularmente são a melhor receita para fortalecer o sistema imune.

Mas, por terem mais fatores de risco como diabetes, doenças cardiovasculares e renais, e usarem medicamentos para dormir (o que facilita a ocorrência de aspirações), os idosos, especialmente, devem aproveitar as vacina contra a gripe e contra o pneumococo para se proteger ainda mais. A gripe ou o resfriado podem evoluir para pneumonia e o pneumococo, por sua vez, é a principal bactéria causadora da moléstia. Lavar sempre e bem as mãos com água e sabão e não fumar são outras atitudes que podem ajudar a salvar muitos idosos.

Apenas para conhecimento, pessoas mais jovens com anemia falciforme, alcoolismo, cirrose hepática, AIDS, alguns tipos de câncer, além dos transplantados, também são alvo mais fácil dos microorganismos que causam a pneumonia. Apostar numa melhor qualidade de vida é, de novo, a receita que todos podem seguir para se prevenir.

Postado por flaviocure às 16:54

Compartilhe:

Nenhum comentário

Dentes bonitos e coração saudável

Cuidar bem da saúde bucal é muito mais do que uma preocupação estética para manter um sorriso aberto e bonito. É, principalmente, uma exigência de saúde. Dentes amarelados, mau hálito e aftas são – muitas vezes as pontas visíveis de uma higiene precária (existem diversos outros fatores que as provocam), mas que podem ser contornadas com uma visita ao dentista. Pior é quando se descobre que o descuido com a boca já evoluiu a ponto de contribuir com uma endocardite, que vem a ser uma inflamação no coração.

Mas calma! O objetivo não é alarmar, mas alertar.

Por isso, vale levar em consideração alguns estudos que apontam na direção da relação direta entre a má higiene bucal e cardiopatias. Um deles, da University College London (UCL), foi publicado no ano passado.

Entre os pesquisadores estava o brasileiro César de Oliveira, pós-doutorado na instituição. O grupo, formado ainda pelos médicos Richard Watt e Mark Hammer, alerta para a necessidade de aprofundamento das investigações, mas as evidências são fortes o suficiente para apontarmos a necessidade de prevenção.

Ou seja, higiene oral e problemas como inflamações nas gengivas não devem ser negligenciados. Devemos sempre lembrar, que o corpo humano é uma combinação, uma engrenagem, que deve estar com todos seus componentes em forma para seu bom funcionamento.

Sabemos que mesmo profissionais da saúde nem sempre fazem as correlações entre doenças periodontais e seus possíveis efeitos no coração. Mas levemos em consideração a grande probabilidade de correção dos estudos já feitos. Segundo eles, uma infecção oferece as condições para que bactérias entrem na corrente sanguínea e adiram aos depósitos de gordura existentes nos vasos do coração. A consequência seria a formação de coágulos, com os evidentes problemas cardiovasculares.

Um sangramento na boca, por exemplo, pode ser suficiente para a invasão das bactérias ao sistema sanguíneo. Então, se você percebe que há sangramento em sua gengiva, procure o dentista.

O conselho, então, é aproveite as festas de Natal, não dispense o bacalhau, o pernil ou o peru. Nem aquela rabanada ou salada de frutas.

Mas, tão logo seja possível, escove os dentes ou,  pelo menos, dê uma bochechada, para diminuir a acidez natural da saliva após as refeições e, com isso, reduzir as chances das bactérias se aproveitarem.

Além disso, claro, não deixe de escovar os dentes diariamente, no mínimo, duas vezes, e mantenha sua agenda de visitas ao dentista em dia.

E bons sorrisos com os presentes que Papai Noel vai te trazer neste fim de semana.

Feliz Natal !

 

Postado por flaviocure às 11:39

Compartilhe:

Nenhum comentário