publicidade

Jornal do Brasil

À Sua Saúde – JBlog – Jornal do Brasil

Times de futebol na prevenção ao AVC

O futebol é o esporte mais popular do mundo e aqui no Brasil é imbatível na preferência da população. Então é salutar que os clubes de futebol se integrem aos esforços pela melhoria da saúde dos brasileiros, como ocorre neste momento durante o campeonato brasileiro. Neste fim de semana a campanha “1 em 6: Eu me importo”, contra o Acidente Vascular Cerebral (AVC), envolverá jogadores de 16 clubes, em oito jogos, nos dias 3 e 4, sábado e domingo. Eles entrarão em campo com faixa e camisetas para incentivo à prevenção contra a doença.

O mote da campanha se refere à estimativa da Organização Mundial da Saúde, segundo a qual uma em cada seis pessoas terá AVC, que teve seu dia mundial comemorado na segunda-feira, 29. Os dados do Ministério da Saúde no Brasil indicam que cerca de cem mil pessoas morrem anualmente no país. Aqui nesse espaço já dediquei diversos artigos sobre o tema, em especial à importância fundamental da prevenção. A adoção de hábitos saudáveis é uma boa forma de evita-la, tais como manter sob controle as taxas de glicose e colesterol e a pressão arterial. A alimentação balanceada é primordial, assim com o consumo limitado de álcool, o abandono do fumo e a prática regular de exercícios físicos.

Apesar desse roteiro que parece ser fácil de seguir, no ano passado, cerca de 180 mil pessoas foram internadas somente no sistema público vítimas de AVC. É importante destacar que o AVC atinge pessoas de todas as faixas etárias, não é uma doença exclusiva daqueles com mais idade.

Casos como o do ex-jogador de futebol e então técnico do Vasco da Gama, Ricardo Gomes, são emblemáticos. Todos pudemos ver pela TV o momento em que a doença se manifestou e, posteriormente, a importância que teve o pronto atendimento. Hoje foi popularizado o chamado teste Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência), que identifica sintomas básicos e pode ajudar no socorro.

Ele é composto pelos seguintes procedimentos:

1)      Peça a quem está se sentindo mal para sorrir. Verifique se a boca ficou torta;

2)      Peça para a pessoa te abraçar;

3)      Verifique se a pessoa consegue levantar os dois braços;

4)      Verifique se a pessoa consegue segurar algum objeto ou se perdeu a força;

5)      Peça para a pessoa cantar uma música ou dizer uma frase. Observe o ritmo da fala, se está arrastada ou embolada.

Caso haja um dos sintomas, chame a urgência, que deverá providenciar atendimento em hospital equipado com um equipamento de tomografia, que permitirá à equipe médica identificar o AVC e definir o tratamento. Cerca de 90% dos casos ocorrem em função do entupimento das artérias que irrigam o cérebro. São coágulos sanguíneos com origem no coração ou nas paredes das artérias. Nesse caso são chamados de isquêmicos. Os outros cerca de 10% são hemorrágicos, quando há derramamento de sangue no interior do cérebro.

O tempo é fundamental. Quanto mais rápido, maiores as chances de preservação da vida e de minimização de sequelas.

Essa etapa é muito importante para o passo seguinte, que é o da reabilitação, um momento extremamente delicado e que exige participação do paciente e dedicação de seus parentes e amigos. É um esforço coletivo, que altera a rotina e a forma de participação do doente em seu meio social. De uma hora para outra aquela pessoa ativa e que fazia de tudo, passa a ser dependente do apoio daqueles que estão em seu entorno. Seja no trabalho, seja em casa. Nessa fase muitos recorrem aos psicólogos, além dos fisioterapeutas, afinal a mudança é grande e diversas vezes envolve o enfrentamento de preconceitos.

As partidas de futebol envolvidas neste fim de semana são: 3 de novembro (sábado): Palmeiras x Botafogo; Cruzeiro x Santos; Flamengo x Figueirense e 4 de novembro (domingo): São Paulo x Fluminense; Grêmio x Ponte Preta; Coritiba x Atlético; Vasco x Sport e Náutico x Internacional. Dois jogos na semana passada (dias 27 e 28) já tiveram a participação dos times: Inter X Palmeiras e Bahia X Grêmio.

Parabéns a todos os envolvidos nesta iniciativa, os clubes a, ONG Rede Brasil AVC, Associação Brasileira de Neurologia, Sociedade Brasileira de Doenças Cerebrovasculares e Associação Brasil AVC com a World Stroke Organization e o Ministério da Saúde e, lembre-se, a prevenção é fundamental.

 

Postado por flaviocure às 18:27

Compartilhe:

Nenhum comentário

Cuidados necessários com as lâmpadas fluorescentes

Mais um problema volta a ser associado às lâmpadas fluorescentes, especificamente as compactas. A possibilidade de provocarem câncer de pele para aqueles que ficam expostos às suas radiações é relatada no site da Cleveland Clinic esta semana. Pouco tempo atrás pesquisadores da Stony Brook University, nos Estados Unidos, também abordaram o tema. Eles mediram as emissões de raio ultravioleta (UV) e a integridade dos revestimentos de fósforo de cada lâmpada. Identificaram níveis significativos de UVC e UVA,  que supuseram ter origem em fissuras dos revestimentos de fósforo, em todas as lâmpadas estudadas.

Os riscos são pequenos, segundo os estudiosos, mas é mais um fator que devemos considerar no nosso cotidiano e atuar preventivamente. Afinal, esses estudos servem justamente para isto. Para nos alertar e ajudar nas definições de nossos hábitos.  Há especialistas que asseguram que a lâmpadas são seguras nos níveis de luminosidade do cotidiano, que fica na casa de 500 lux, só seriam preocupantes acima de 2.000lux, valores encontrados em centros cirúrgicos ou laboratórios. Esses especialistas dizem que um minuto de exposição ao sol equivale a oito horas de exposição às lâmpadas nos escritórios.

Os estudos que foram feitos com células da pele indicaram o risco, ao mesmo tempo que isentaram de riscos as lâmpadas incandescentes, que nos últimos anos têm sido apontadas como vilãs no consumo de energia. Uma das indicações é que se utilize as lâmpadas compactas protegidas por camadas de vidro, ou mantê-las a, pelo menos, três metros de distância e, ainda, não olhar diretamente para elas.

Os fatores positivos das lâmpadas fluorescentes têm sido destacados nos últimos anos e elas têm ganho mercado, especialmente devido às preocupações ecológicas e econômicas. Mas, mesmo aí, há de se ter precauções, pois o seu descarte exige controle. Essas lâmpadas contém gases e mercúrio, por exemplo, com alto poder poluente quando se quebram.

Algumas medidas que cada um pode tomar para minimizar riscos em caso de quebra, são manipular o material com luvas protetoras, acondicionar os pedaços em caixas fechadas, limpar a área com pano úmido e depois jogá-lo fora junto com o cacos. Juntar todo o material, adesivar uma caixa indicando o conteúdo e procurar descartar em locais apropriados, que, infelizmente aqui no Brasil são poucos.

 

Bom fim de semana e aproveite o sol. Com proteção, claro.

 

Postado por flaviocure às 19:14

Compartilhe:

Nenhum comentário

Tratamento menos invasivo oferece mais conforto aos pacientes

Uma técnica crescentemente utilizada com sucesso na medicina é a radiologia intervencionista, praticada por médicos com especialização específica e que permite resultados positivos com menores riscos e desconforto para os pacientes do que os de várias intervenções cirúrgicas. Por meio de cortes mínimos possibilita a inserção de catéteres, molas, agulhas ou stents através de vasos sanguíneos ou outros caminhos e, dessa forma viabiliza a realização de cirurgias ou exames com menores índices de invasão e evitando cirurgias complexas com grandes cores e anestesias, como ressalta o Instituto de Radiologia Intervencionista do Paraná.

Um dos principais problemas que aflige os pacientes, a obstrução de artérias e veias, encontra na técnica uma boa forma de enfrentamento. Com ela é possível reabrir ou ampliar os vasos sanguíneos obstruídos, o que pode ajudar no tratamento de casos de arteriosclerose, de aneurisma de aorta abdominal e torácico, além da dilatação das artérias carótidas e vertebrais que levam o sangue ao cérebro.

A evolução da tecnologia é uma aliada da especialidade, uma vez que permite a obtenção de tubos cada vez mais finos (apenas alguns milímetros de diâmetro), além de sofisticados aparelhos para o acompanhamento por meio de imagens do interior dos corpos humanos e o aprimoramento dos médicos na leitura de instrumentos como o raio x, o ultrassom, ressonância magnética e outras imagens médicas. Os especialistas são referendados pela Sociedade Brasileira de Radiologia Intervencionista e Cirurgia Endovascular (Sobrice).

Além dos problemas cardíacos, a técnica é utilizada com sucesso em doenças como o câncer, tanto na realização de biópsias, como no tratamento quando não há indicação cirúrgica. Principalmente nos casos de câncer de pulmão, mama, ovários, testículos, linfomas e leucemias, segundo o oncologista Valdir Furtado afirma ao IRI-PR.

Além de oferecer imagens, a radiologia intervencionista é utilizada para ministrar medicamentos quimioterápicos, injetados via cateter, em tratamentos de tumores. Segundo informações do IRI-PR, a técnica, em 70% dos casos, reduz as lesões, as dores, melhora a qualidade de vida e pode aumentar a sobrevida do paciente.

Em casos de mioma uterino, um tipo de tumor benigno que surge na parede do útero, que ocorre em mulheres na faixa de 30 a 40 anos, é feita a chamada embolização, quando são injetadas minúsculas partículas para bloqueio do fluxo sanguíneo que alimenta o mioma. Dessa forma, ele regride com sucesso em até 95% dos casos e evita o tratamento tradicional, que é a retirada cirúrgica do mioma ou de todo o útero.

A técnica é empregada também em doenças de cérebro, cabeça e pescoço, como o aneurisma cerebral, com um tratamento chamado de embolização. Outros usos regulares são no fígado e na ortopedia, nesse caso em tratamentos contra dores na coluna e no de vértebras ou fraturas associadas à osteoporose.

A evolução da tecnologia e seu emprego a favor da melhor qualidade de vida é uma preocupação permanente dos pesquisadores. Nós devemos estar atentos para empregarmos, sempre que possível, aquelas que realmente fazem diferença. No caso da saúde o caminho mais adequado é buscar o apoio do médico e definir sua prevenção e tratamento com segurança.

 

Postado por flaviocure às 10:03

Compartilhe:

Nenhum comentário