publicidade

Jornal do Brasil

À Sua Saúde – JBlog – Jornal do Brasil

Vitamina D só quando necessário

Indicada como fundamental para a saúde do organismo, com funções que ajudam a prevenir problemas cardíacos, tais como a contribuição ao emagrecimento e a prevenção e tratamento do diabetes e da hipertensão, a vitamina D está em evidência há algum tempo. Centenas de estudos ao redor do mundo aumentam a lista de benefícios a ela atribuídos e o consumo de suplementos aumenta. Esse mês, no entanto, um novo estudo indica que ao menos para uma das funções há controvérsia.

O trabalho publicado pelo The Lancet afirma que a utilização generalizada da vitamina na prevenção de osteoporose pode estar sendo feito de forma inadequada, com ministração de suplementos para grupos de pessoas que não teriam necessidade.

Foi avaliado o uso da suplementação de vitamina D, sem a coadministração de cálcio. Nesse caso não foi identificado efeito na prevenção de fraturas. O estudo ressalva que é possível que a causa tenha sido a alimentação insuficiente, doses inadequadas ou, ainda, porque não estavam em foco pessoas com deficiências da vitamina. Apesar desta possível falta de necessidade, diz o trabalho, quase metade dos adultos acima dos 50 anos segue utilizando os suplementos.

Essa chamada “meta-análise” sobre a densidade mineral óssea avaliou artigos das bases de dados Web of ScienceEmbaseCochrane Database, desde 2012.

Enquanto os pesquisadores e endocrinologistas investigam, relembro aqui o princípio básico para todas as situações: não ingira nenhuma substância sem o prévio acompanhamento profissional. A própria vitamina D, além de poder ser desnecessária, conforme este estudo, pode provocar problemas, caso consumida indiscriminadamente, tais como desidratação, enjoo, prisão de ventre e aumento da quantidade de cálcio, com elevação da pressão arterial ou criação de pedras nos rins.

É possível metabolizar a vitamina D a partir da exposição a raios ultravioleta B do sol ou, ainda, em alimentos como peixes, que, no entanto, conseguem  suprir apenas 20% da demanda diária do organismo. Portanto, com as precauções necessárias, tais como evitar os horários de maior incidência, deve-se aproveitar o sol.

Que tal começar neste fim de semana? Uma caminhada, um exercício ao ar livre antes das 10 horas ou após as 16horas podem ser uma excelente opção. O sol está aí. A natureza oferece de graça. Vamos aproveitar.

 

Bom fim de semana !

 

Postado por flaviocure às 20:09

Compartilhe:

Nenhum comentário