publicidade

Jornal do Brasil

À Sua Saúde – JBlog – Jornal do Brasil

Tremores nas pálpebras? Hora de relaxar

De vez em quando, e cada vez mais frequentemente, pacientes me perguntam o motivo de suas pálpebras, de repente, tremerem sem que consigam ter controle sobre os movimentos. Muitas vezes é um problema que passa logo, em outras se repete por longo tempo.  Tantas vezes que chegam a cansar, dizem, irritados e preocupados com este movimento involuntário, os pacientes. Em geral buscam uma solução mágica, pedem algum remédio que suspenda o movimento. Não há. Minha orientação básica é “relaxe”, repense o estilo e seu ritmo de vida, pois esse é um sintoma de que algo está errado e, geralmente, associado ao sistema nervoso. Um sintoma de que o organismo está submetido ao estresse.

Os tremores, tecnicamente chamados de blefarosasmos, são provocados pela liberação de hormônios que agem sobre o sistema nervoso autônomo (aquele sobre o qual não temos controle dos movimento) e estimulam as pálpebras em contrações involuntárias.

Diferentes fatores levam a este estágio, tais como noites mal dormidas, fadiga causada, por exemplo, pelo uso contínuo de computadores; excesso de trabalho, ansiedade, ingestão excessiva de cafeína, bebidas energéticas, cigarro, carência de vitaminas, entre outros.

Outros músculos do corpo também estão sujeitos a tremores involuntários. Em qualquer que seja o caso, é necessária a avaliação por um médico, que pode ser um clínico geral, um oftalmologista ou um neurologista, por exemplo.  Esse profissional ajudará a identificar a origem do problema, que além do emocional, pode estar associado a doenças como a conjuntivite, algum tipo de secura nos olhos, mal de Parkinson ou síndrome de Tourette, que também podem provocar os tremores.

Desestimulo fortemente a mania nacional da automedicação, pois ela sempre embute riscos. É comum os pacientes que perguntam sobre o problema, dizerem que receberam algum palpite de amigo para tomar relaxantes musculares ou usarem colírios. É um erro. Por outro lado, recomendo o comedimento ou suspensão do consumo de cigarros e cafeína, por exemplo, pois agravam o problema.

Uma alimentação equilibrada ajuda a diminuir a probabilidade dos desequilíbrios que contribuem para os tremores, especialmente alimentos que contenham potássio, tais como mamão, laranja, tomate, banana, feijão, chuchu, abóbora, grão-de-bico e lentilha.

Além da alimentação, outras medidas preventivas podem ser tomadas, tais como procurar manter o ambiente de trabalho adequado, com iluminação, conforto térmico e sonoro, ambientes quentes ou excessivamente frios, ou barulhentos, contribuem com o estresse. Atentar para o tamanho da jornada de trabalho, evitar atividades repetitivas e monótonas, preocupar-se com a ergonomia, para evitar vícios de postura; manter uma rotina de sono regular; não abusar de bebidas alcoólicas e fumo; são algumas recomendações gerais que contribuem para melhoria da qualidade de vida.

Aproveite seu fim de semana e relaxe.

 

Postado por flaviocure às 14:33

Compartilhe:

Nenhum comentário