publicidade

Jornal do Brasil

À Sua Saúde – JBlog – Jornal do Brasil

A meditação no trabalho reduz o estresse e aumenta a moral

Como que a meditação melhora o ambiente estressante de trabalho

 

 

O estresse afeta milhões de trabalhadores americanos, causando perda em produtividade e aumento em assistência médica para as empresas.

Um novo estudo revela que a solução pode estar na meditação.

Pesquisadores do instituto de bem estar da Cleveland Clinic descobriram que técnicas para “esvaziar a mente”, incluindo a meditação, podem abaixar os níveis de estresse em um ambiente agitado de trabalho, deixando os funcionários felizes e mais engajados.

Em um estudo de um ano de duração, pesquisadores introduziram um programa online de gestão de estresse em uma central de atendimento corporativo. Após oito semanas de intervenção, os funcionários participantes perceberam mais energia e menos cansaço, ansiedade e depressão. Muitos disseram também que estavam dormindo melhor e perdendo peso. Mudanças psicológicas positivas foram evidentes durante o ano que se passou.

A diretora do setor de bem estar para funcionários e serviços da Cleveland Clinic, Jennifer Hunter diz que é significativo que as mudanças positivas estão se mantendo, propiciando melhorias permanentes para os participantes do programa. Um ano após o programa, os participantes relataram:

-31 porcento de redução do nível de estresse

-28 porcento de aumento em vitalidade, uma medida de como energizada a pessoa se sente durante o dia de trabalho.

 

O estudo foi publicado no Journal of Occupational and Environmental Medicine e pode ser achado online no link http://bit.ly/1RydLO6.

 

A pesquisa tinha como objetivo determinar se um programa de baixo custo funcionaria em um ambiente exaustivo de trabalho. Uma central de atendimento perto de Cleveland no setor da indústria de varejo atenderia os critérios do estudo. Muitos dos funcionários trabalham com cobrança de dívidas (um dos trabalhos mais estressantes nos Estados Unidos).

Especialistas do bem estar introduziram técnicas de meditação baseadas no conceito da “mente vazia” e conhecimento pessoal, os quais, tem como resultado a diminuição do estresse e a transformação dos desafios diários menos assustadores.

Os 161 participantes foram divididos de forma aleatória em quatro grupos, incluindo um grupo de controle que não recebeu o tratamento. Membros dos 3 grupos receberam acesso online ao programa. Foi pedido para que os participantes praticassem as técnicas de relaxamento pelo menos 4 vezes por semana. Enquanto 1 grupo foi deixado para seguir o tratamento sozinho os outros foram divididos em times que se encontravam uma vez por semana. Em todos os 3 grupos o nível de estresse diminuiu de forma impressionante. Todos os participantes reportaram diminuição de estresse e exaustão. A interação do grupo melhorou os resultados.

 

-Os participantes que se encontravam em grupo mostraram as maiores taxas de finalização do programa. Entre 80 a 90 por cento dos membros completaram as oito semanas e meia de programa.

-Para os que não se reuniram em grupos as taxas de finalização caíram 40 por cento, o que é normal para um programa online.

 

Os pesquisadores chegaram à conclusão que o suporte de colegas de trabalho e discussões em grupo ajudou os participantes a continuar no programa.

O estresse não revolvido é uma das grandes causas de doenças crônicas no mundo e esta associado a doenças cardíacas, derrame, câncer e demência.

Essa matéria mostra que mesmo que não possamos eliminar os eventos que nos causam estresse, nós podemos sempre administra-los.

Caso o estresse persista procure um médico.

Fonte: Cleveland Clinic

 

Postado por flaviocure às 12:34

Compartilhe:

Nenhum comentário