publicidade

Jornal do Brasil

À Sua Saúde – JBlog – Jornal do Brasil

Você sabia que uma grande altitude pode ser perigosa pra sua saúde? Como isso pode ser evitado ?

A doença:

O mal da montanha, também conhecido como doença das alturas ou hipobaropatia, é uma condição patológica relacionada com os efeitos da altitude nos humanos, causada por exposição aguda à baixa pressão parcial de oxigênio a altas altitudes. Ocorre normalmente acima dos 2400 metros. O corpo humano sofre desse mal porque não consegue se adaptar a baixa pressão do ar e aos baixos níveis de oxigênio no ar, aumentando a respiração de forma descontrolada.

Sintomas:

Sintomas típicos incluem dor de cabeça, enjoo, vômito e tontura.os sintomas leves causam fadiga, respiração curta, perda do apetite, problemas de sono e perda de energia.Os moderados causam dores de cabeça intensas, fadiga, fraqueza, respiração curta. também podem ocorrer dificuldade para andar e pensar.Os severos incluem dificuldade para andar, confusão mental e acumulo de fluidos no pulmão e cérebro.

Diagnóstico:

Quando a dor de cabeça somada a qualquer outro sintoma ocorre dentro de 24 a 48 horas após mudança de altitude, o mal da montanha deve ser considerado.

Tratamento:

O tratamento principal para todos os estágios da doença é a descida imediata para uma menor altitude. No caso de doença da montanha severa também serão necessários tratamentos médicos.

Prevenção:

A melhor forma de se prevenir é pela aclimatação.Esse processo permite que o corpo se adapte a mudança de concentração de oxigênio. O mal da montanha pode afetar qualquer pessoa. Mulheres grávidas devem consultar seus médicos antes de viajar para lugares de maior altitude. Prevenir é o melhor remédio. Bom final de semana!

Postado por flaviocure às 12:36

Compartilhe:

Nenhum comentário