publicidade

Jornal do Brasil

À Sua Saúde – JBlog – Jornal do Brasil

Você sabe o que é Aneurisma da Aorta Abdominal?

O Aneurisma da Aorta Abdominal é uma porção dilatada na parte inferior da Aorta, o maior vaso sanguíneo que abastece o corpo.

A Aorta, que é da mesma espessura que uma mangueira de jardim, passa do coração até o centro do abdômen.

Como a Aorta é o maior provedor de sangue no organismo, a sua ruptura pode causar risco de morte.

Dependendo do tamanho do Aneurisma, o tratamento pode variar desde uma espera atenta até uma cirurgia emergencial.

Quando o Aneurisma da Aorta Abdominal é diagnosticado, o médicos irão fazer um monitoramento de perto para que a cirurgia possa ser planejada , se necessária. A cirurgia emergencial pode ser arriscada.

Essa condição geralmente se desenvolve devagar, sem apresentar sintomas, dificultando o diagnostico.

Alguns aneurismas nunca irão se romper. Em sua maioria, os aneurismas, começam pequenos e se mantem pequenos. Outros se expandem rapidamente.

Quando o aneurisma se expande, algumas pessoas pode sentir:

 

– Uma sensação pulsante na região do umbigo.

– Dor profunda e constante no abdômen.

– Dor nas costas.

Se você possui algum dos sintomas acima procure o seu médico com urgência.

Homens fumantes com idade avançada (entre 65 e 75 anos) devem fazer exames de ultrassom para detectar possíveis aneurismas.

A maior parte dos Aneurismas da Aorta Abdominal ocorrem na parte abdominal da Aorta. Mesmo que a causa exata dessa condição seja desconhecida, um numero de fatores podem desempenhar um papel, incluindo:

 

– Uso de tabaco. O tabagismo pode prejudicar a aorta e enfraquecer suas paredes.

– Aterosclerose. Essa condição ocorre quando a gordura e outras substancias se acumulam nas laterais da artéria.

– Pressão sanguínea alta. A pressão alta pode enfraquecer as paredes da aorta.

– Doenças dos vasos sanguíneos na aorta. Essas doenças podem inflamar a aorta.

– Infecção na aorta. Infecções, como bactérias e fungos, raramente podem causar o Aneurisma da Aorta.

– Trauma. Acidentes de carro podem ser a causa do aneurisma.

– Hereditariedade.

Fatores de risco:

– Idade. Essa condição geralmente se desenvolve em idosos com mais de 65 anos.

– Tabagismo.

– Sexo masculino. Os homens tem mais chance de desenvolver essa doença do que mulheres.

– Etnia. Pessoas brancas tem mais chances de desenvover o aneurisma.

– Histórico familiar.

– Outros aneurismas. Pessoas que já sofreram aneurisma em outra artérias tem maior risco de desenvolver o aneurisma da aorta abdominal.

Quanto maior o aneurisma e mais rápido seu crescimento, maior a chance de ruptura.

Sinais de ruptura da aorta:

 

– Dor intensa, repentina e persistente no abdômen ou costas.

– Dor que se irradia para as pernas e braços.

– Suoridade.

– Tontura.

– Náusea.

– Vômitos.

– Pressão sanguínea baixa.

– Pulso rápido.

– Coágulos sanguíneos.Se os coágulos se soltarem das paredes sanguíneas, o paciente pode ter o fluxo sanguíneo interrompido para as pernas, rins ou orgãos abdominais.

O Aneurisma da Aorta Abdominal é geralmente diagnosticado durante um exame de rotina, o qual, foi feito com outros motivos.

Exames para diagnóstico do aneurisma incluem:

– Ultrassom abdominal.

– Tomografia computadorizada.

– Ressonância magnética.

O objetivo principal do tratamento do Aneurisma da Aorta Abdominal é a prevenção da possível ruptura e geralmente incluem monitoramento médico e cirurgia.

Para reduzir o risco de desenvolver aneurismas da aorta abdominal, mantenha uma dieta saudável, exercite-se, pare de fumar e reduza a tensão do dia a dia.

Para mais informações procure o seu médico.

 

FONTE:MAYOCLINIC.

Postado por joaoflavio às 14:02

Compartilhe:

Nenhum comentário