publicidade

Jornal do Brasil

À Sua Saúde – JBlog – Jornal do Brasil

Você sabe qual tipo de dor nas costas possui?

A maioria das pessoas já sentiu dor nas costas em algum momento da vida. Essa condição é a razão mais comum de inabilidade para tarefas diárias em pessoas com menos de 40 anos. As despesas de saúde nos Estados Unidos beiram $60 bilhões de dólares anuais só para cuidar de dores nas costas.

A dor que afeta principalmente as costas é diferente da compressão espinhal que resulta em dor na perna, chamada de ciática. A dor ciática é o resultado de um nervo comprimido na coluna espinhal.

Em sua maioria, as causas de dores ciáticas são claras, por exemplo, um problema de disco ou artrites. Por outro lado, as causas de dores principalmente nas costas, são mais difíceis de diagnosticar e podem estar relacionadas com os discos, articulações ou tecidos macios (músculos, ligamentos e tendões).

A dor nas costas aguda é um breve momento de dor que aparece repentinamente. A maior parte das pessoas se recupera de dor nas costas aguda em duas semanas com tratamento mínimo (remédio e exercício).

Quando a dor nas costas persiste por mais de 4 semanas, é considerada crônica. A avaliação médica irá focar no histórico do paciente e em exames físicos, para diagnosticar as causas da dor. Em casos raros pode ser achado câncer ou infecção, sendo mais comum estar relacionado a articulações, discos e músculos das costas.

Causas de dor nas costas:

 

– Hérnia de disco.

– Osteoartrite.

– Espondilite anquilosante.

– Spondylolistêmese.

– Infecção )menos de 1%).

– Câncer (Menos de 1%).

– Trauma.

– Razões não relacionadas com a espinha (pedra nos rins, úlcera, aneurisma da aorta).

Para diagnosticar a dor, o médico irá investigar o estilo de vida do paciente. Aonde mora, com o que trabalha e quais atividades e hobbies faz.

Outros fatores também são importantes para diagnóstico, são eles:

 

– Data em que a dor começou.

– Localização da dor.

– Se a dor responde a tratamento.

– Histórico familiar.

Os exames incluem raio X, eletromiografia e testes laboratoriais.

A maior parte das dores nas costas podem ser tratadas sem a necessidade de cirurgia.

Os tratamentos incluem:

 

– Atividades físicas toleradas (ficar em pé, andar e trabalhar).

– Remédios anti-inflamatórios.

– Compressas de gelo.

Geralmente a dor passa após 7 dias. Se a dor persistir vá ao médico.

Se a dor nas costas for crônica, o médico pode receitar exercícios específicos para o tipo de dor.

A dor nas costas tem cura.

Para mais informações visite o seu médico.

 

FONTE:CLEVELANDCLINIC.

Postado por joaoflavio às 15:37

Compartilhe:

Nenhum comentário

Nenhum comentário

Adicionar um comentário: