publicidade

Jornal do Brasil

À Sua Saúde – JBlog – Jornal do Brasil

Olheiras: Causas e Tratamentos

As olheiras (pigmentação periorbitária) são comuns em homens e mulheres. Em alguns casos, elas podem ser de difícil tratamento.

Fatores de risco:

Embora possam afetar qualquer pessoa, as olheiras são mais comuns em pessoas:
– Idosas.

– Com pré-disposição genética à pigmentação periorbitária.

– Pardas (tons de pele mais escuros são mais propensos a hiperpigmentação ao redor da área dos olhos).

Causas: 

Mesmo que a fadiga possa parecer a explicação mais lógica para essa condição, há vários fatores que podem contribuir para olheiras. Na maioria dos casos, eles não são motivo de preocupação e não requerem atenção médica.

Idade:

O envelhecimento natural é outra causa comum dessa condição. Conforme você envelhece, sua pele fica mais fina e perde a gordura e o colágeno necessários para mante-la elástica. Quando isso ocorre, os vasos sanguíneos sob a pele tornam-se mais visíveis, fazendo com que a área abaixo dos olhos escureça.

Fadiga:

A privação do sono pode fazer com que a pele fique sem brilho e pálida, permitindo que tecidos escuros e vasos sanguíneos fiquem mais aparentes.

A falta de sono também pode fazer com que o líquido se acumule sob os olhos, dando a impressão de que estão inchados. Como resultado, as olheiras podem ser sombras projetadas por suas pálpebras inchadas.

Tensão Ocular:

Ficar muito tempo na frente da televisão ou computador pode causar uma pressão significativa nos olhos. Essa tensão pode causar a ampliação dos vasos sanguíneos ao redor dos olhos, resultando no escurecimento da pele ao redor dos mesmos.

Alergias:

Reações alérgicas e a secura ocular podem desencadear olheiras. Quando você tem uma reação alérgica, seu corpo libera histamina como resposta a bactérias nocivas. Além de causar sintomas desconfortáveis,  incluindo coceira, vermelhidão e olhos inchados, os histamínicos também fazem com que os vasos sanguíneos se dilatem e se tornem mais visíveis sob a pele.

Alergias também podem causar coceira e irritabilidade ao redor dos olhos, resultando em inflamação, inchaço e ruptura dos vasos sanguíneos.

Desidratação:

A desidratação também é uma causa comum do escurecimento da pele ao redor dos olhos. Quando seu corpo não está recebendo a quantidade adequada de água, a pele começa a perder o brilho e os olhos parecem afundados. Isto é devido à sua proximidade dos olhos com o osso subjacente.

Exposição ao Sol:

A exposição excessiva ao sol pode fazer com que seu corpo produza melanina de forma exagerada. Resultando no escurecimento da pele, especialmente na área ao redor dos olhos.

Fatores Genéticos:

O histórico familiar também desempenha um papel no desenvolvimento das olheiras. Pode ser um traço herdado aparente desde a infância,  podendo piorar à medida que envelhece ou desaparecer lentamente. Predisposições a outras condições médicas, como doenças da tireoide, também podem resultar no escurecimento da pele ao redor dos olhos.

Tratamento caseiro:

O tratamento para olheiras depende da causa subjacente. No entanto, existem alguns remédios caseiros que podem ajudar a gerenciar essa condição. Alguns dos métodos mais comuns incluem:

– Aplicação de compressa gelada. Uma compressa fria pode ajudar a reduzir o inchaço e diminuir os vasos sanguíneos dilatados. Isso pode reduzir o aparecimento de papos e ajudar a eliminar as olheiras. Enrole alguns cubos de gelo em um pano limpo e aplique nos olhos durante poucos segundos. Você também pode umedecer um pano com água fria e aplicá-lo à pele sob seus olhos por 20 minutos para o mesmo efeito. Repita este processo se o pano ficar quente ou se o gelo derreter.

– Durma mais. Equilibrar o sono também pode ajudar a reduzir a aparência indesejada das olheiras. A privação do sono pode fazer com que sua pele pareça pálida, tornando as olheiras mais óbvias. Permita-se sete a oito horas de descanso para evitar que olheiras apareçam.

– Eleve sua cabeça. Enquanto a privação do sono pode desempenhar um papel na produção desses sacos escuros sob seus olhos, às vezes é como você dorme. Eleve a cabeça com alguns travesseiros para evitar que o líquido se acumule sob os olhos, o que pode fazê-los parecer inchados.

– Disfarce com maquiagem. Enquanto maquiagem e cosméticos não curam olheiras, eles podem ajudar a camuflá-los. Corretivos podem cobrir marcas escuras para que elas se misturem com a sua cor normal de pele. No entanto, alguns produtos podem piorar seus sintomas e desencadear uma reação alérgica. Se você começar a sentir sintomas irregulares de qualquer tratamento tópico, pare de usar imediatamente e agende uma consulta com seu médico.

Tratamentos médicos:

Para uma solução mais eficaz e permanente, alguns tratamentos médicos estão disponíveis para reduzir a aparência das olheiras. Alguns dos métodos mais comuns incluem:

– Peelings químicos para reduzir a pigmentação

– Cirurgia à laser para restaurar e endurecer a pele.

– Injeção de pigmentos (tatuagem médica).

– Preenchedores de tecido para esconder vasos sanguíneos e melanina que estão causando descoloração da pele abaixo de seus olhos.

– Remoção de gordura e pele, revelando uma superfície mais lisa e uniforme.

– Implantes cirúrgicos.

Antes de decidir sobre qualquer procedimento cosmético seguir, discuta suas opções com um médico. Tratamentos médicos invasivos podem ser caros, dolorosos e muitas vezes, requerem um longo período de recuperação.

Conclusão:

Para muitas pessoas, as olheiras são temporárias e frequentemente uma indicação de envelhecimento ou falta de sono. Embora haja uma série de tratamentos médicos e domiciliares disponíveis para melhorar a aparência dos olhos, as olheiras geralmente não são motivo de alarme. No entanto, se a descoloração ou o inchaço piorarem com o tempo, agende uma consulta com seu médico ou dermatologista para garantir um diagnóstico e possível tratamento adequado.

FONTE:HEALTHLINE.

Postado por joaoflavio às 13:34

Compartilhe:

Nenhum comentário