publicidade

Jornal do Brasil

À Sua Saúde – JBlog – Jornal do Brasil

É necessário fazer Jejum antes de Exames de Rotina?

O colesterol é um material gordo produzido pelo seu corpo e encontrado em certos alimentos.

Enquanto é necessário que o corpo precise de algum colesterol para funcionar adequadamente, ter o colesterol alto aumenta o risco de um ataque cardíaco ou derrame.

Por causa deste risco, conhecer seus níveis de colesterol é uma parte importante da boa saúde do coração.

A American Heart Association (AHA), recomenda que os adultos realizem um teste de colesterol a cada quatro/seis anos, começando aos 20 anos.

Pessoas com níveis elevados de colesterol ou outras condições crônicas de saúde devem fazer o exame com mais frequência.

Para se preparar para um teste de colesterol, você já deve ter ouvido falar que deve jejuar ou evitar comer. Mas o jejum é realmente necessário? A resposta é: talvez.

A verdade é que seu colesterol pode ser testado sem que o jejum seja necessário. No entanto, os especialistas concordam que o jejum antecipado produz os resultados mais precisos.

Isso ocorre porque suas lipoproteínas de baixa densidade (LDL) (também conhecidas como colesterol “ruim”) podem ser afetadas pelo que você comeu recentemente.

Os níveis de triglicérides (outro tipo de gordura no sangue) também podem ser afetados por uma refeição recente.

Mas você não precisa decidir se deve ou não jejuar; seu médico lhe dirá se se for preciso.

Por esta razão, os testes de colesterol são geralmente agendados pela manhã. Dessa forma, você não precisa passar um dia inteiro com fome enquanto espera para fazer o teste.

O colesterol é medido usando um exame de sangue. Um médico irá retirar seu sangue com uma agulha e coletá-lo em um frasco. Isso geralmente ocorre no consultório ou em um laboratório onde o sangue é analisado.

O exame leva apenas alguns minutos e é relativamente indolor. No entanto, você pode ter dor ou hematoma no braço ao redor do local da injeção.

Os resultados provavelmente estarão disponíveis em alguns dias ou dentro de algumas semanas.

Em 2014, o Departamento de Assuntos de Veteranos dos EUA, disponibilizou diretrizes recomendando a prática de não jejum para pacientes com risco cardiovascular, os quais iriam fazer o teste de lipídios.

Outras diretrizes clínicas recentes e consensos de especialistas da Europa e Canadá agora também recomendam o não jejum para o teste lipídico para a maioria das avaliações clínicas de rotina.

Fisiologicamente, passamos a maior parte de nossas vidas no estado de não jejum. A justificativa para o jejum antes de medir os lipídios era reduzir a variabilidade e para permitir uma derivação mais precisa do colesterol da lipoproteína de baixa densidade (LDL-C) usando o Friedewald Fórmula.

Havia também a preocupação de que um aumento nas concentrações de triglicérides após consumir uma refeição gordurosa reduziria a validade dos resultados.

No entanto, diversos estudos descobriram que o aumento dos triglicérides após a ingestão normal de alimentos é muito menor do que se possa perceber durante um teste de tolerância à gordura, isso é menos preocupante para a maioria dos pacientes.

Em 2016, uma declaração consensual conjunta do Sociedade Europeia da Aterosclerose e da União Europeia de Química Clínica e Medicina Laboratorial,  recomendou o não jejum para testes lipídicos de rotina, como o novo padrão para lipídios de medição. Com o teste lipídico em jejum considerado somente para pacientes com níveis de triglicérides mais de 400 mg / dL (5 mmol / L).

Para a maioria pacientes, o teste lipídico não precisa de jejum, sendo assim mais seguro e conveniente. O jejum também pode causar episódios de hipoglicemia em diabéticos.

De acordo com a AHA, os médicos recomendam beber apenas água e evitar alimentos, outras bebidas e certos medicamentos, a fim de garantir que seus resultados sejam precisos.

Beber álcool dentro de 24 horas antes do seu exame pode afetar os níveis de triglicérides.

Jejuar antes do teste de colesterol pode ajudá-lo a obter resultados mais precisos. No entanto, o seu médico pode não achar que seja necessário. Certifique-se de pergunta-lo antes de fazer o exame.

Um bom feriado!

FONTE:HEALTHLINE/ONEMINUTCONSULT.

Postado por joaoflavio às 15:39

Compartilhe:

Nenhum comentário