publicidade

Jornal do Brasil

À Sua Saúde – JBlog – Jornal do Brasil

Você sabe como se Proteger do Sol?

Se você está se preparando para um dia na praia ou um piquenique ao ar livre neste verão, certifique-se de proteger sua pele.

O câncer de pele geralmente se desenvolve na epiderme exposta ao sol. Porém também ocorre em outras áreas.

Você pode reduzir o risco de câncer de pele limitando ou evitando a exposição à radiação ultravioleta (UV).

A verificação de alterações suspeitas na sua pele pode ajudar a detectar o câncer seus estágios iniciais. A detecção precoce do câncer de pele oferece a maior chance de tratamento bem-sucedido do mesmo.

O câncer de pele afeta pessoas de todos os tons de pele, incluindo aquelas com pele mais escura. Quando o melanoma ocorre em pessoas com tons de pele escuros, é mais provável que ocorra em áreas normalmente não expostas ao sol, como as palmas das mãos e as solas dos pés.

Como evitar se queimar muito:

Um equívoco comum é que a única maneira de proteger contra a radiação UV é usar protetor solar. Em vez disso, é recomendado usar uma “abordagem em camadas”: combinar protetor solar com permanecer na sombra e usar roupas feitas de tecidos bem apertados, óculos escuros e chapéus de aba larga.

A luz UV vem em duas formas: raios UVA, que tendem a causar envelhecimento prematuro da pele conhecido como fotoenvelhecimento, e raios UVB, que normalmente causam câncer de pele e queimaduras solares.

Ao selecionar um filtro solar, é importante saber que tipo de proteção solar o produto lhe dará. “Amplo  espectro”(Broad-spectrum) significa que o produto pode proteger contra a radiação UVA e UVB.

É também importante, saber o momento de reaplicação do protetor, especialmente se estiver planejando nadar ou suar. “Resistente à água” significa que o protetor solar oferecerá proteção por 40 minutos, enquanto “muito resistente à água” significa o dobro do tempo, ou 80 minutos.

Como regra geral, porém, a Academia Americana de Dermatologia recomenda reaplicar o filtro solar aproximadamente a cada duas horas.

Os protetores solares também podem anunciar proteção “física” ou “química”, que se refere a colocar uma barreira física, como óxido de zinco ou dióxido de titânio, entre a pele e o sol; Ou uma substância química, como oxibenzona ou octinoxato, por exemplo.

Enquanto os protetores solares anteriores forneciam proteção puramente física (pense no creme branco que os salva-vidas colocam em seus narizes), os mais modernos combinam proteção física e química para fins estéticos.

Pessoas com pele sensível ou alergia podem precisar procurar filtros solares físicos contendo óxido de zinco ou dióxido de titânio, já que são geralmente hipoalergênicos.

Como tratar a queimadura?

Para tratar uma queimadura solar, você deve tomar um medicamento anti-inflamatório sem receita, como ibuprofeno ou aspirina.

Em seguida, enxague com água fria e use um hidratante nos próximos dias para reabastecer a pele desidratada. Certifique-se de manter-se hidratado, bebendo água e comendo alimentos hidratantes também.

Desmascarando os mitos dos filtros solares:

Mito No. 1: A proteção do sol é importante somente de vez em quando:

As pessoas precisam usar protetor solar durante todo o ano, chuva ou sol. A proteção da pele pode ser vital mesmo em ambientes fechados. O vidro da janela bloqueia a radiação UVB, mas os raios UVA ainda podem penetrar, o que ao longo do tempo faz com que a pele fique mais espessa e enrugada.

Mito No. 2: O bronzeado saudável:

Não existe um bronzeado saudável. Sabemos que um bronzeado é um sinal de que sua pele foi danificada; na verdade, é a maneira da sua pele mostrar que foi danificada e alertá-lo da exposição ao sol.

Mito No. 3: É tarde demais para usar proteção solar agora:

As queimaduras solares na adolescência e no início da idade adulta podem aumentar substancialmente o risco de câncer de pele, por isso mesmo que é de extrema importância um esforço para proteger sua pele agora.

Se previna do sol e aproveite o verão!!!

Para mais informações fale com o seu médico.

 

 

FONTE:MAYOCLINIC/CNN.

Postado por joaoflavio às 14:44

Compartilhe:

Nenhum comentário