publicidade

Jornal do Brasil

À Sua Saúde – JBlog – Jornal do Brasil

Você sabe como se Previnir da Azia?

A azia é um problema comum e é causada pela contracorrente do ácido estomacal no esôfago (o tubo conectando a boca e o estômago). Isso é formalmente chamado de doença do refluxo gastroesofágico (DRGE).

Mais do que apenas um desconforto menor, azia pode reduzir significativamente a qualidade de vida, podendo causar danos ao esôfago e até mesmo aumentar o risco de câncer, se ignorado o tratamento.

Um anel muscular chamado esfíncter esofágico inferior (EEI) separa o esôfago do estômago. Normalmente, o EEI funciona como um portão. O músculo relaxa quando você engole, abrindo a passagem entre o esôfago e o estômago e permitindo que o alimento passe para o estômago. Quando o esfíncter aperta, ele fecha a passagem, impedindo que os sucos gástricos e ácidos retornem ao esôfago.

Em pessoas com refluxo ácido (doença do refluxo gastroesofágico ou DRGE), o EEI relaxa quando não deveria ou se torna fraco e não fecha com força. As duas situações permitem que o conteúdo do estômago suba até o esôfago.

O EEI é controlado por vários nervos e hormônios. Como resultado, alimentos, drogas e certas emoções, como ansiedade ou raiva, podem prejudicar sua função, causando ou piorando o refluxo ácido.

Os seguintes fatores podem ser evitados para tratamento do refluxo:

Certos alimentos. Café, chá, cacau, bebidas à base de cola e outros produtos que contêm cafeína afrouxam o EEI e estimulam a produção de ácido gástrico. Hortelã e chocolate, muitas vezes servidos para terminar uma refeição, podem piorar as coisas ao relaxar o EEI. Alimentos fritos e gordurosos contribuem para a azia. Algumas pessoas dizem que cebola e alho lhes dão azia. Outros têm problemas com frutas cítricas ou produtos de tomate, que irritam o revestimento esofágico.

– Padrões alimentares. Como você come pode ser tão importante quanto o que você come. Ignorar o café da manhã ou o almoço e depois consumir uma refeição enorme no final do dia pode aumentar a pressão no estômago e a possibilidade de refluxo. Deitar logo depois de comer pode piorar o problema.

– Fumar pode irritar todo o trato gastrointestinal. Além disso, a sucção freqüente de um cigarro pode causar a ingestão de ar. Isso aumenta a pressão dentro do estômago, o que estimula o refluxo. Fumar também pode relaxar o EEI.

– Excesso de peso e obesidade. Estar acima do peso ou obeso aumenta as chances de ter DRGE e sentir azia. Na verdade, qualquer ganho de peso aumenta o risco de sintomas frequentes de DRGE.

– Certos medicamentos podem resultar em azia. Contraceptivos orais ou preparações de hormônios pós-menopausa contendo progesterona são conhecidos culpados. A aspirina e outros antiinflamatórios não-esteroidais, como o ibuprofeno (Advil) e o naproxeno (Aleve), podem irritar o revestimento do estômago. Outros remédios, como o alendronato (Fosamax), usadas para prevenir e tratar a osteoporose, podem irritar o esôfago. E alguns antidepressivos, broncodilatadores, tranquilizantes e bloqueadores dos canais de cálcio podem contribuir para o refluxo, relaxando o EEI.

Outras dicas para se previnir da azia são:

– Coma de maneira inteligente. Quanto mais você come, mais tempo leva para o estômago esvaziar, o que contribui para o refluxo. Tente refeições menores e mais freqüentes e não devore sua comida.

– Evite comer tarde da noite. Deixe tempo suficiente para o estômago se esvaziar antes de dormir (3h).

– Não se exercite logo após as refeições. Dê tempo ao seu estômago para esvaziar (2h).

– Durma em um declive. Levantar um pouco o tronco com uma almofada em forma de cunha pode aliviar a azia noturna.

– Identifique os alimentos que causam refluxo (podem variar de pessoa para pessoa).

– Descartar efeitos colaterais de medicação. Pergunte ao seu médico ou farmacêutico se algum dos medicamentos que você toma pode causar azia ou contribuir para o refluxo.

– Perca peso se precisar. Estar acima do peso coloca mais pressão sobre o estômago e empurra o conteúdo do estômago para o esôfago. Roupas e cintos apertados também podem ser um fator.

A saúde gastrointestinal é muito importante para prevenção da azia e outras diversas doenças.

Mantenha uma dieta saudável e faça exercícios.

Para mais informações fale com o seu médico.

FONTE:HEALTH.HARVARD.EDU.

Postado por joaoflavio às 10:38

Compartilhe:

2 Comentários