publicidade

Jornal do Brasil

À Sua Saúde – JBlog – Jornal do Brasil

Você sabe o que é “dor no peito”?

A dor no peito pode se manifestar de diversas formas. Desde de uma dor aguda e rápida até constante e fraca.

A sensação de esmagamento ou queimação também é comum. Em alguns casos a dor se dissipa para o pescoço, mandíbula e braços.

Problemas variados podem ser as causas dessas dores, sendo os mais perigosos relacionados ao coração e pulmão.

É recomendado que se procure o médico imediatamente após sentir dores no peito.

Sintomas de dores no peito relacionadas ao Coração:

 

– Pressão no peito.

– Dor esmagadora no peito que se irradia para o pescoço, costas, queixo, ombros e braços ( particulamente no braço esquerdo).

– Dor que dura alguns minutos, piora com atividades físicas, para e volta com diferentes intensidades.

– Respiração curta.

– Suar frio.

– Tonteiras e fraqueza no corpo.

– Enjoo e vômitos.

Sintomas de dores no peito não relacionadas ao coração:

 

– Gosto azedo na boca.

– Dificuldade em engolir.

– Dor que piora ou melhora de acordo com a posição corporal.

– Sensibilidade ao pressionar o peito.
Existem várias causas diferentes para essas dores, porém todas merecem atenção médica.

Causas relacionadas ao coração:

 

– Infarto.

– Angina.

– Dissecção aórtica.

– Pericardite.

Causas digestivas:

 

– Azia.

– Transtornos de deglutição (dificuldade em engolir).

– Problemas na vesícula biliar ou pâncreas.

Causas relacionadas aos músculos e ossos:

 

– Costocondrite (inflamação na cartilagem).

– Músculos peitorais doloridos.

– Costelas machucadas.

Causas relacionadas ao pulmão:

 

– Embolia pulmonar.

– Pleurisia ( membrana pulmonar inflamada).

– Pulmão colapsado ( Vazamento de ar entre o pulmão e as costelas).

– Hipertensão pulmonar.

Outras causas:

 

– Ataque de pânico.

– Herpes-zóster.

Os primeiros exames médicos serão voltados para o coração e pulmão devido ao risco de morte.

Exames imediatos:

 

– Eletrocardiograma.

– Exame de sangue.

– Raio X torácico.

– Tomografia.

Exames secundários:

 

– Ecocardiógrafa.

– Tomografia computadorizada.

– Testes de estresse.

– Angiografia.

O tratamento vai variar de acordo com as causas da dor.

Remédios:

 

– Relaxantes arteriais. Facilita o fluxo do sangue no coração.

– Aspirina. Se o médico suspeitar que a dor esta relacionada ao coração.

– Anticoagulantes. No caso de infarto.

– Antiácidos. Se a causa da dor for estomacal.

– Antidepressivos. Se a causa for psicológica.

Procedimentos cirúrgicos:

 

– Endoprótese. Se houver bloqueio entre a artéria e o coração.

– Cirurgia de ponte de safena.

– Expansão pulmonar. Para o pulmão colapsado.

A dor no peito não pode ser ignorada.

Procure o seu médico para mais informações.

 

Postado por joaoflavio às 13:19

Compartilhe:

Nenhum comentário

Vamos começar bem 2017?

Começar um programa de condicionamento físico pode ser a melhor coisa que você pode fazer para sua saúde.

Atividades físicas podem reduzir o risco de doenças crônicas, aumentar o equilíbrio e coordenação motora, ajudar a perder peso e até aumentar a sua confiança.

Independente de idade, sexo ou habilidade física, os benefícios das atividades físicas podem ser seus.

É recomendado que adultos saudáveis incluam exercícios aeróbicos e anaeróbicos nos seus planos de condicionamento físico:

 

– Pelo menos 150 minutos de atividade aeróbica moderada ou 75 minutos de atividade aeróbica intensa por semana.

– Treinamento de força duas vezes por semana.

Exercícios regulares fortalecem os músculos e ossos. Porém se você não se exercita durante muito tempo é bom pedir ajuda ao seu médico antes de começar as atividades.

Começar a fazer atividades físicas com frequência não precisa ser difícil. Planejar com cuidado e calma pode facilitar as coisas.

O alongamento é muito importante para qualquer tipo de exercício.

Se alongar após qualquer atividade ajuda na amplitude do movimento e melhora a circulação sanguínea.

É recomendado se alongar algumas vezes por semana mesmo se não houver exercícios.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, não se deve sentir dor ao se alongar. Se a dor aparecer é porque o alongamento esta sendo levado de forma errada.

A caminhada é um excelente exercício aeróbico. Para começar só é necessário ter um par de tênis confortável e o compromisso de incluir o exercício no dia a dia.

Nadar, andar de bicicleta e correr também são ótimos exercícios aeróbicos. Atividades como a dança e pular corda também contam. Seja criativo!
Não é necessário ir a uma academia para fazer um exercício anaeróbico. Esse tipo de exercício pode ser feito até com o peso do próprio corpo.

O exercício anaeróbico foca nos músculos. Não basta apenas emagrecer, é necessário também ter um desenvolvimento muscular para que o corpo não fique flácido.

Incluir exercícios anaeróbicos duas vezes por semana melhora a aparência do corpo e ajuda a queimar gordura com mais facilidade.

A dieta é um fator muito importante para a saúde e se feita de forma correta pode melhorar os resultados das atividades físicas.

Uma conversa com o nutricionista pode ajudar na decisão do que comer e do que evitar.

Aproveite a vida e se cuide.

Que 2017 seja um ano com muita saúde para todos!

 

Fonte: Mayo Clinic.

Postado por joaoflavio às 13:52

Compartilhe:

Nenhum comentário

Você tem medo do melanoma?

Melanoma, o tipo mais sério de câncer de pele, se desenvolve nas células que produzem a melanina (pigmento que da a cor a pele).

Essa doença também pode se desenvolver nos olhos e em casos mais raros nos órgãos internos como o intestino.

A causa exata dessa condição não é clara, porém a exposição aos raios ultravioletas aumentam o risco da mesma.

O risco de se ter melanoma aumenta a partir dos 40 anos especialmente em mulheres.

O melanoma pode ser curado se detectado nos estágios iniciais.

A doença geralmente se desenvolve em áreas do corpo que ficam expostas ao sol como as costas, pernas, braços e face.

Partes do corpo que não ficam expostas ao sol também podem apresentar melanomas escondidos como as solas dos pés e palmas das mãos (esses melanomas escondidos são mais comuns em pessoas de pele escura).

Os primeiros sinais da doença são:

– Mudança em uma pinta já existente.

– Aparecimento de novo pigmento na pele.

O melanoma também pode se desenvolver sem apresentar sinais.

É necessário reparar se os sinais no seu corpo apresentam:

– Forma irregular.

– Borda irregular.

– Mudanças de cor.

– Mudança de diâmetro.

– Evolução.

O melanoma ocorre quando algo da errado no processo de produção da melanina.

Normalmente as células da pele se desenvolvem controladamente e em ordem. As células saudáveis empurram células velhas para superfície da pele aonde as mesma morrem e se soltam do corpo.

Quando as células desenvolvem dano no DNA, novas células crescem de forma descontrolada criando uma camada cancerígena.

O que causa o dano no DNA das células ainda não foi descoberto.

Acredita-se que o melanoma acontece devido a uma série de fatores, incluindo a condição do ambiente e da genética do paciente.

Estudos apontam que a maior causa dessa doença é a exposição a radiação ultravioleta vinda do sol e do bronzeamento artificial.

O fato de o melanoma aparecer em lugares que não recebem luz direta do sol aponta para mais causas desconhecidas da doença.

Fatores de risco:

– Pele clara.

– Histórico de queimaduras.

– Exposição excessiva a luz ultravioleta.

– Viver perto da linha do equador ou em grandes altitudes.

– Possuir muitos sinais e pintas na pele.

– Histórico familiar de melanoma.

– Sistema imunológico fraco.

Algumas entidades médicas recomendam um exame médico e pessoal da pele de tempos em tempos. Outras entidades acham que os exames de pele não são benéficos porque não salvam vidas, podendo levar a dor e desconforto desnecessários.

Em alguns casos o câncer pode ser detectado apenas olhando a pele do paciente, porém o único jeito de ter certeza absoluta é via o exame de biópsia. Nesse procedimento todas as partes do sinal (pinta) são removidos e analisados.

O tipo de biópsia utilizado dependerá da situação de cada paciente.

Os estágios da doença são classificado por números romanos de I a IV (1 a 4).

O estágio I é pequeno e de fácil tratamento, já o IV indica que o câncer já sofreu metástase e se espalhou para outros órgãos.

O tratamento inclui desde cirurgia a quimioterapia.

Como se prevenir:

– Evite o sol de 10 am a 4 pm.

– Sempre use protetor solar.

– Use roupas que cubram o corpo.

– Evite bronzeamento artificial.

– Se familiarize com sua pele e repare em mudanças.

É importante se prevenir.

Para mais informações procure o seu médico.

Feliz Natal!

Fonte: Mayo Clinic.

Postado por flaviocure às 11:27

Compartilhe:

Nenhum comentário