Publicidade

Jornal do Brasil

Botafogo – JBlog – Jornal do Brasil

Apenas um tropeço

6 comentários

Muitos desfalques. Bom no primeiro tempo e fraco no segundo. Depois do gol o Flu se trancou na defesa e ficou na base do contra-ataque dando uma falsa impressão de domínio. Ricardo mexeu mal dessa vez. Mas com a volta dos 5 titulares e a chegada dos 3 novos reforços creio que o time vai melhorar. De positivo: o goleiro Helton Leite está mais seguro e fazendo boas defesas. Luis Ricardo se firmou na lateral e o Vitor mostrou que é do mesmo nível do Diogo Barbosa. Os quatro zagueiros são competitivos. Bruno vem subindo de produção e falta pouco pra Fernandes engrenar, embora tenha jogado mal hoje. De negativo: Ribamar tem jogado isolado, Salgueiro ainda está devendo e Sassá é apenas pra compor o elenco.
Vida que segue.

Postado por paulocesar  | Comentar

Compartilhe:

Êta time sem sorte!

7 comentários

Duas bolas na trave e o melhor em campo, Carli, se machuca. O Sport jogou neca de pitibiriba e foi vaiado pela própria torcida. Não sei porque o time esfriou nos 10 minutos finais e deu espaço pro Sport. É preciso, sim, um matador. Ribamar, Anderson Aquino e Luis Henrique perderam um monte de gols. De bom o goleirinho Helton Leite até que foi bem hoje. Os dois laterais estão bem. Luis Ricardo e esse surpreendente reserva Vitor Luis. Estamos bem de zaga. São quatro bons jogadores. Reservas praticamente se equiparam aos titulares. Os volantes não são nenhuma Frigidaire mas dão pro gasto. Estão entrosados. O problema é do meio pra frente. Leandrinho, Gegê ou qualquer outro que entre são apenas esforçados. Salgueiro pode ser esse 10 se chegar um Barcos.

O gol do Sport? Foi ilegal. Mas isso não é novidade.

É preciso começar a ganhar pra não se distanciar do grupo da frente logo no início. O time é jovem e pode ficar inseguro.

Postado por paulocesar  | Comentar

Compartilhe:

Tragam o Barcos ou vão brigar pra não cair

14 comentários

O time jogou mal? Não. Se esforçou? Sim. O goleiro falhou no gol? Sim. Tem jogadores de futuro? Sim. Mas sem um ídolo não dá. A história do Botafogo é uma história de ídolos. Barcos é uma boa opção. Tem que ter um cara que vibre, que provoque o adversário, que entusiasme a torcida. O time é muito frio. A diretoria tem que se esforçar pra trazer o cara. Pimpão, que se identificou com o clube, é pouco pro que vem aí. Anderson Aquino, Maranhão e os outros são apenas pra compor o elenco. Leandrinho idem. Salgueiro é bom mas continua devendo.

Ano difícil.

 

Postado por paulocesar  | Comentar

Compartilhe:

Se não for prejudicado não é Botafogo, se não for beneficiado não é Eurico

20 comentários

Todos viram o que aconteceu.

Se aquilo é falta o que não é falta?

E bota falta de sorte. A contusão do Diogo Barbosa provocou a mudança em duas posições. Mas tem que investir no time. O homem da bola parada não pode ser um Gegê. De positivo, esse menino Leandrinho. Vale investir nele. Mas não pode ter um time só de garotada. É preciso uma 10 cascudo tipo esse Nenê do Vasco. É preciso um atacante de respeito e um ídolo tipo Barcos.

Enfim. Cabeça inchada. Bola pra frente. O trabalho do Ricardo Gomes é bom.

 

 

Postado por paulocesar  | Comentar

Compartilhe:

A regra contra o Botafogo sempre foi mais regra, como dizia Luiz Mendes

17 comentários

Reprodução: internet

Apesar da rara falha de Jefferson, mais uma boa atuação do Botafogo. Não merecia perder. Os laterais Luis Ricardo e Diogo jogaram bem, a zaga segura e o meio combativo. Ribamar um pouco afoito. Mas é preciso mais. Lindoso e Bruno têm limitações. Um pode ser reserva do outro, mas os dois juntos é pouco. Mesmo porque Fernandes em forma é muito melhor do que os dois. Gegê e Leandrinho servem para compor o elenco no Carioca, mas não são jogadores para serem titulares absolutos. O uruguaio Salgueiro tem melhorado a cada jogo. Se tiver um 10 ali ao lado pode dar tango argentino. E o que está havendo com o Neilton? Agora que a expulsão do Sassá foi um exagero, foi. Como lembrou meu camarada Leonardo Coutinho botafoguense brasileiro radicado na terrinha: “E lembrar das faltas que o Jorge Henrique sofria em decisões no Botafogo e nem amarelo…”.

Luiz Mendes tinha razão.

Mas o jogo ainda não acabou. Tem 90 minutos ainda.

Postado por paulocesar  | Comentar

Compartilhe:
Publicidade
Publicidade
Assine o RSS