Publicidade

Jornal do Brasil

Botafogo – JBlog – Jornal do Brasil

Pra que provocar os botafoguenses, dona Ferj?

1 comentário

É como escreveu a Alexandrina, mulher do meu camarada de longa data e companheiro de O Globo, Luiz Eduardo Rezende, num comentário em um post do também querido amigo Luiz Carlos Mello, no facebook.: “É um absurdo a Ferj fazer isso. Pra quê? Se errar pro Flamengo vai ser favorecimento. Se errar pro Botafogo vai ser compensação. Desnecessário o risco. (…)”

Análise perfeita. Marcelo de Lima Henrique e Botafogo não se bicam. Esse cara foi o juiz do polêmico “jogo do chororô”, que me estimulou a publicar uma réplica escrevendo o “Jogo do Senta”. Quando escrevi o livro entrevistei o PM Djalma Beltrami, que inventou aquele impedimento do Dodô na decisão de 2007 e ainda expulsou o artilheiro botafoguense. Botou a culpa no bandeirinha Hilton Moutinho.

Tentei duas vezes entrevistar o Marcelo de Lima Henrique e ele deu bolo. Uma vez marcou na sede da Ferj, no Maracanã, e foi embora antes da hora combinada. Da outra vez me fez ir até um quartel na Avenida Brasil e também não cumpriu o combinado. Quem deve, teme.

Não vou ficar aqui lembrando quem é Marcelo de Lima Henrique, cuja carreira é envolvida em polêmicas e más arbitragens. Não desconfio da sua honestidade. Acho apenas que é um incompetente e um cara sem sorte no trabalho.

Ainda dá tempo, dona Ferj, de ouvir a sabedoria de uma mulher, arrumar uma desculpa e escalar outro juiz.

 

Postado por paulocesar  | Comentar

Compartilhe:
Publicidade
Publicidade
Assine o RSS