Publicidade

Jornal do Brasil

Cabo Frio JB News

CABO FRIO VAI PRIORIZAR OS ÔNIBUS NO PERÓ

Texto: Paulo Roberto Araújo

O transporte público terá prioridade no Plano de Mobilidade do Peró, que foi apresentado nesta sexta-feira pelo Secretário de Mobilidade de Cabo Frio, Mauro Branco, em reunião com moradores, comerciantes e hoteleiros do bairro. Ainda neste mês, serão instaladas cerca de 250 placas, proibitivas e indicativas, nas ruas do balneário. Será instituído o sistema de estacionamento rotativo: nas vias principais próximas à praia, será cobrado R$ 10,00 reais por dez horas. Nas vias internas, do comércio, R$ 2,00 por duas horas. Carros com placa de Cabo Frio estarão isentos da cobrança.

Durante toda a alta temporada, agentes de trânsito, com duas motocicletas e um reboque, vão ordenar o trânsito e reprimir o estacionamento irregular. Vagas serão suprimidas e será proibida a atuação de flanelinhas explorando estacionamentos em áreas públicas e de preservação ambiental. A orla do Peró será fechada para carros já no réveillon e o embarque e desembarque de banhistas se dará pela Rua dos Badejos.

— O ordenamento vai priorizar a fluidez, com prioridade para o transporte público. O bairro não comporta o excesso de veículos que bloqueiam vias importantes, impedindo a passagem dos ônibus e dos moradores. Não vamos conseguir resolver todos os problemas, mas certamente não teremos o mesmo caos dos anos anteriores – garantiu Mauro Branco.

O Secretário de Mobilidade disse que a abertura de bolsões de estacionamentos para absorver os carros dos banhistas que vão para a Praia das Conchas e Ilha do Japonês sofreu atraso (a previsão era abrir os estacionamentos no último fim de semana) por causa da reclamação de quatro moradores da Ogiva:

— Os bolsões vão ficar em salinas desativadas, em áreas degradadas. Por causa da reclamação de quatro pessoas, o processo será postergado, mas acreditamos que poderemos ter uma solução até o fim do ano. O Meio Ambiente vai definir os locais onde os carros poderão ficar, sem provocar qualquer dano ambiental – explicou, acrescentando que também será aberto um bolsão de estacionamento no Pontal do Peró.

Ainda segundo o secretário, a criação dos bolsões de estacionamento já foi apresentada ao Ministério Público e ao Inea:

— No verão, o Peró recebe um volume de carros que absolutamente não comporta. Ou proibimos a entrada ou tentamos ordenar. Falhas vão acontecer. É um aprendizado num balneário que jamais contou com ordenamento. Vamos usar adesivos nos veículos multados para desestimular as infrações. Precisamos muito do apoio dos moradores e dos comerciantes para evitar o caos urbano no bairro – concluiu.

Durante toda a alta temporada, agentes de trânsito, com duas motocicletas e um reboque, vão ordenar o trânsito e reprimir o estacionamento irregular. foto: MAURO BRANCO

Compartilhe:
Comentar

CABO FRIO FECHA ORLA DO PERÓ PARA CARROS

(Texto e foto: Paulo Roberto Araújo)

A orla da Praia do Peró, em Cabo Frio, será fechada para carros no verão e só será permitido o trânsito de pedestres e ciclistas. A novidade será anunciada nesta sexta-feira (15) numa reunião de técnicos da Secretaria de Mobilidade Urbana com hoteleiros, comerciantes e líderes comunitários do Peró, cuja praia é candidata à Bandeira Azul, título internacional de qualidade. A reunião acontece pela manhã no Hotel La Plage.

Além do fechamento da orla, os técnicos vão apresentar estudos para acabar com o caos no trânsito no verão, especialmente no Réveillon e no Carnaval, na Praça do Moinho e ruas próximas. A principal alteração é a adoção de mão única nas Ruas do Moinho e Anequim, além da supressão de vagas de estacionamento para garantir maior fluidez ao tráfego.

— O Peró é um dos bairros mais prejudicados nessa questão do trânsito. Por isso uma das propostas que vamos apresentar será com relação a mudanças nas ruas do Moinho e Anequim, que são as principais vias do bairro, transformando-as em mão única.  Vamos criar ciclofaixas e implantar sinalizações que auxiliem a fiscalização — explicou o coordenador do Departamento de Engenharia de Trânsito e Transportes (Engettrans) da Secretaria de Mobilidade Urbana, Leandro Knopp.

A principal preocupação dos moradores e veranistas é o bloqueio das ruas, sobretudo no entorno da Praça do Moinho, por carros estacionados irregularmente. A infração impede o acesso dos carros às garagens e, principalmente, o tráfego dos ônibus da Viação Salineira.

— O plano de trânsito do Peró poderá ser ótimo se vier acompanhado da fiscalização de trânsito, inclusive com o apoio de reboques. A tradição ensina que os agentes de trânsito desaparecem quando o bairro mais precisa deles – reclama o corretor de imóveis Jorge Murilo de Oliveira, fundador do movimento Amigos do Peró.

Já o líder comunitário Elias Fernandes reclama das péssimas condições das vias de acesso, que estão cheias de buracos e sem sinalização:

— Os turistas ficam perdidos porque a sinalização é muito precária. Além disso, a falta de manutenção deixa as Avenidas Marlin e dos Pescadores cheias de crateras – lamentou.

Durante o verão o trânsito na orla da Praia do Peró só será permitido para pedestres e ciclistas

Compartilhe:
Comentar

Taxistas e barqueiros recebem capacitação para atendimento aos turistas

Com o objetivo de melhor atender o grande fluxo de turistas que a cidade recebe na alta temporada, a Prefeitura vai oferecer cursos de capacitação turística para taxistas rodoviários e marítimos, barqueiros e funcionários das Centrais de Atendimento ao Turista, que estão localizadas na Rodoviária, no Boulevard Canal e no Terminal de Transatlânticos.

O treinamento é uma iniciativa da Secretaria de Turismo em parceria com a Secretaria de Mobilidade Urbana, a Coordenadoria de Meio Ambiente e a Universidade Estácio de Sá.

O curso tem duração de três horas e vão abordar os seguintes temas: “A importância do taxista para o turismo”; “Conheça melhor sua cidade” (informações sobre os atrativos naturais, culturais, históricos, etc); e “Orientações sobre conduta e bom atendimento”.

Os taxistas rodoviários terão opções de três horários, disponíveis na próxima terça (12) e quarta (13): das 9h às 12h; das 14h às 17h e das 18h às 21h.

Para táxis marítimos e barqueiros, o curso será na sexta (15), das 18h às 21h.

As aulas serão ministradas no auditório da Prefeitura, na Praça Tiradentes, s/n.

Compartilhe:
Comentar

Feira de Artesanato do Charitas recebe visitantes até janeiro

Dezembro é o mês de correria para as compras de Natal. Seja um presente de alto valor ou uma lembrança, o importante é presentear. E pra quem ainda não sabe o que comprar, o Corredor Cultural da Casa de Cultura José de Dome (Charitas) recebe até o dia 06 de janeiro uma Feira de Artesanato. A iniciativa é da Secretaria de Cultura para gerar renda aos artesãos locais.

Na feira é possível encontrar artigos de decoração em geral, objetos para casa e também para uso pessoal, além de lembranças de Cabo Frio. Os artesanatos são feitos com diversos tipos de materiais, como por exemplo, tecido, madeira, conchas, vidros, ferros, arames, palhas e folha de bananeira. As peças custam partir de R$ 5.

A Feira de Artesanato conta com 80 expositores. Todos os artesãos são moradores da cidade e inscritos no Cadastro Único de Cultura das Atividades (CadCult). Segundo o superintendente de Cultura, Carlos Ernesto Lopes, a intenção da Secretaria de Cultura é promover o trabalho feito pelos profissionais do artesanato da cidade.

“Os artesãos ficaram durante muito tempo sem ter onde expor seus produtos. Vimos a necessidade de oferecer a eles um espaço para impulsionar a geração de renda. Também é uma oportunidade para que o nome de Cabo Frio seja divulgado por meio das peças de artesanato, que são ótimas opções de presentes”, explicou Carlos Ernesto.

A visitação é de segunda a sexta-feira, das 11h às 20h. Aos sábados e domingos a feira não abrirá, com exceção nos dias 24 e 31 de dezembro, quando funcionará de 10h às 16h. O Charitas fica na Avenida Nossa Senhora da Assunção, 855, no Centro de Cabo Frio.

Peças podem ser opções para presentes de Natal

Compartilhe:
Comentar

Prefeitura publica decreto que regulamenta acesso de veículos de turismo na cidade

Já está disponível no portal da Prefeitura de Cabo Frio o decreto nº 5.735, que dispõe sobre o acesso, circulação e permanência de veículos de turismo no município. Depois de tramitar na Câmara de Vereadores, o documento foi publicado no último dia 30 de novembro estabelecendo as exigências que devem ser obedecidas para que ônibus, micro-ônibus e vans tragam visitantes à cidade.

Dentre as mudanças, está a exigência da formalização do pedido de autorização para chegada à cidade em um formulário específico, que também está disponível no portal da Prefeitura. Este formulário deve ser enviado com, pelo menos, 10 dias úteis de antecedência em relação à data da viagem, contendo identificação completa do requerente e da empresa responsável pelo veículo de turismo; número da placa do veículo; local de origem e de destino da excursão; além de data e horário de chegada da excursão à cidade e de seu retorno à localidade de origem. Este formulário deverá ser encaminhado para o e-mail terminaldeonibus@cabofrio.rj.gov.br

Outra mudança é que, a partir de agora, o pagamento das taxas de permanência no Terminal de Ônibus de Turismo, que fica no bairro Jacaré, é feito antecipadamente, por meio de pagamento do Documento de Arrecadação Municipal (DAM). O comprovante deste pagamento deve ser providenciado pelo interessado e encaminhado à Prefeitura, pelo mesmo e-mail, além de cópias do registro do veículo junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT); da reserva no hotel ou pousada, ou contrato de locação no caso de hospedagem em imóvel de aluguel.

Taxas de estacionamento estão definidas
O decreto definiu, ainda, valores do estacionamento, que variam de R$ 100 a R$ 5 mil, de acordo com a modalidade da excursão. A tarifa de estacionamento é válida por 24 horas, sendo cobrado um adicional de 10% por diária excedente.

Para excursões com hospedagem em estabelecimentos registrados junto ao Ministério do Turismo (CADASTUR), os valores do estacionamento são os seguintes: R$ 200 para ônibus, R$ 150 para micro-ônibus e R$ 100 para vans e similares.

Para hospedagem em imóveis de aluguel que possuam CNPJ e alvará de funcionamento, os valores são R$ 600 para ônibus, R$ 300 para micro-ônibus e R$ 150 para vans e similares. Caso a excursão fique em imóveis de aluguel que não possuam CNPJ nem alvará de funcionamento, as taxas do estacionamento são diferentes: R$ 2 mil na baixa temporada e R$ 3 mil na alta temporada (ônibus); R$ 1 mil na baixa temporada e R$ 1,5 mil na alta temporada (micro-ônibus); e R$ 500 na baixa temporada e R$ 720 na alta temporada (vans e similares).

Para excursões sem reserva, com saída e chegada a Cabo Frio no mesmo dia, os valores da taxa são de R$ 5 mil para ônibus, R$ 2,5 mil para micro-ônibus e R$ 1,2 mil para vans e similares. Já empresas que fazem o serviço de city tour (serviço turístico que serve para visitação dos principais pontos turísticos da cidade) pagam o mesmo valor das excursões com hospedagem em estabelecimentos registrados junto ao Ministério do Turismo, com exceção de veículos desta modalidade de turismo que tenham placas de Cabo Frio, Arraial do Cabo e Búzios, que ficam isentos.

O decreto nº 5.735 está disponível para consulta e download no Portal da Prefeitura de Cabo Frio, na seção “Comunicados”, ou pelo link: https://goo.gl/2uAMHb.

Compartilhe:
Comentar

Feira de Adoção de Animais será realizada neste sábado no Shopping Park Lagos

A Superintendência de Proteção aos Animais realiza neste sábado (9) mais uma feira de adoção. Será no estacionamento do Shopping Park Lagos, no bairro Novo Portinho, das 11h às 16h. Cerca de 30 animais entre cães e gatos (adultos e filhotes) estarão disponíveis para ganhar um novo lar. Para adotar um animal de estimação é preciso ter mais de 18 anos e apresentar o original do RG, CPF e comprovante de residência. Todos os animais são vermifugados, castrados, e em boas condições de saúde.

Pelo menos duas vezes ao mês a Superintendência promove feiras de adoção, ou participa como convidada. Além da atividade deste sábado, eles também estarão presentes na Expo Lagos Natal nos dias 15, 16 e 17 próximos. Mas, diferente dos eventos realizados ao longo do ano, os deste mês terão um apelo ainda mais significativo. Segundo a Superintendência de Proteção aos Animais, entre dezembro e janeiro o número de animais abandonados aumenta em cerca de 30%.

“Os motivos são vários. Tem morador que viaja de férias e larga o bichinho para trás, sem a mínima consciência ou sensibilidade. Também tem caso de turista que vem para cidade e quando vai embora deixa o animal. Alguns fogem devido à queima de fogos ou por estarem em local desconhecido. O fato é que o número de animais abandonados no final do ano aumenta, sem dúvidas”, explicou a superintendente Carol Midori, lembrando que todos os animais resgatados são devidamente tratados por veterinários e colocados para adoção tão logo estejam saudáveis.

O último balanço realizado pela Superintendência mostra que de janeiro até setembro foram resgatados 446 animais nas ruas de Cabo Frio, sendo 220 gatos e 226 cães. Outros 115 (17 gatos / 98 cães) foram abandonados na porta da casa da superintendente, da equipe da Superintendência ou do Canil Municipal. Pelo menos 57 animais de rua receberam ajuda através de suporte veterinário. “São animais cuidados por moradores do bairro ou até mesmo pessoas que dão lar temporário em suas casas”, explica Carol. O balanço contabiliza ainda 347 castrações, 25 cães recolhidos após denúncia e 308 adotados.

Para tentar reverter o aumento de abandonos no fim do ano, Carol Midori ressalta que os donos de animais precisam redobrar a atenção nessa época do ano, para evitar acidentes e também que seus bichinhos se percam. “Pedimos que todos tenham responsabilidade e consciência com seus animais em época de festas e férias. Os moradores e turistas que vêm pra nossa cidade têm que ter atenção redobrada, um cuidado especial para o animal não fugir ou se perder. Uma boa dica é colocar coleiras com plaquinhas de identificação, com nome, telefone e endereço do proprietário”, ensina ela. Vale destacar que abandono de animais é crime previsto na Lei 9.605/98, e o dono pode ser penalizado, caso seja pego em flagrante.

A Superintendência de Proteção aos Animais disponibiliza um telefone para quem quiser realizar denúncias de maus tratos aos animais e estiver em busca de animais para adoção: (22) 99237-6507. As ligações podem ser feitas de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h. O Canil Municipal fica localizado na Fazenda Campos Novos.

Compartilhe:
Comentar

Guarda Marítima desenvolve atividades com alunos da rede municipal

A Guarda Marítima e Ambiental de Cabo Frio vem demonstrando que nem só de fiscalizações e apreensões vive a corporação. Nesta quinta-feira (7) cinco agentes da GMA guiaram 30 alunos da Escola Municipal Luis Lindenberg, no Guarani, num passeio pelo canto da Praia do Forte e no próprio Forte São Mateus, ensinando conceitos sobre preservação ambiental, geografia, história e cidadania.

Os passeios são uma iniciativa da Guarda Marítima Ambiental e da Secretaria Municipal da Educação.  Diversas escolas já participaram da programação. O próximo roteiro será com os alunos da Escola Agrícola Municipal Nilo Batista (Tamoios).

A Guarda Marítima e Ambiental de Cabo Frio também vem se destacando em outras atividades que demonstram a dedicação e a aplicação dos seus agentes, como o apoio às gravações da novela Força do Querer, no início do mês de novembro, e segurança de eventos esportivos realizados na Praia do Forte,  como o Stand Up for Life e o Aloha Spirit, além de auxílio nas atividades do Projeto Somar de Turismo Acessível em todas as ações de limpeza das praias.

Para o comandante da Guarda Marítima e Ambiental de Cabo Frio, Paulo Fernando, todos os agentes estão sempre preparados para cumprir com seus deveres. “Estaremos sempre dispostos a ajudar e, ao mesmo tempo, cumprir nosso papel de agente da Lei e de proteção ao meio ambiente. Fazemos porque gostamos e porque está em nossa essência. Estamos sempre à disposição da população”, enfatizou, lembrando que no último fim de semana a GMA apreendeu uma churrasqueira na Ilha do Japonês, autuando e multando o infrator.

Compartilhe:
Comentar

Natal da Cultura está oficialmente aberto em Cabo Frio

Oficialmente o Natal é comemorado somente no dia 25 de dezembro, mas em Cabo Frio as comemorações começaram neste fim de semana e seguem até o dia 22 com uma série de apresentações na Casa de Cultura José de Dome (Charitas), que já está decorada com uma árvore de Natal sustentável e um presépio.

A pré-abertura do “Natal da Cultura” aconteceu no sábado (2) com apresentação do Coral Encontra Cantos, do maestro Maurício Durão. Mas a abertura oficial foi no domingo (3). A programação contou com o Grupo Amadeus, Coral Infantil do Sagrado Coração de Jesus e Coral Cantavento. Também teve abertura da Feira de Artesanato e do Orquidário, no Corredor Cultural.

O evento começou por volta das 19h. Cadeiras foram colocadas em frente ao Charitas para que o público pudesse prestigiar a programação com conforto. Logo na abertura, a música clássica entoada pelos instrumentistas do Grupo Amadeus, sob a direção do maestro Sérgio Gabriel, emocionou os participantes.

Em seguida, o Coral Infantil do Sagrado Coração de Jesus, sob o comando da maestrina Vânia Meirelles, encantou a todos com um repertório de Natal. Quem também se apresentou foi o Coral Cantavento, um dos mais tradicionais da cidade, sob regência do maestro Ruy Capdeville.

Depois da programação externa, os participantes puderam conferir a abertura da Feira de Artesanato, no Corredor Cultural. Os trabalhos manuais pertencem aos artesãos locais e podem ser conferidos até o dia 06 de janeiro 2018. Um orquidário também foi instalado no Corredor Cultural. Cerca de 50 espécies de orquídeas estão expostas e podem ser adquiridas até o início de janeiro.

Uma árvore de natal de 6 metros, 100% reciclável, também foi inaugurada no fim de semana. Toda a decoração foi feita com garrafas pet recolhidas durante uma campanha das Secretarias de Cultura e Assistência Social, com apoio da Associação de Artesãos de Cabo Frio.

“O Natal da Cultura só foi possível graças à união das secretarias e coordenadorias municipais, Associações de Artesões, equipes de carnavalescos, Comsercaf e empresários locais. Nosso muito obrigado a todos”, agradeceu o secretário de Cultura, Ricardo Machado.

Mas a programação de Natal no Charitas não para por aí. Nesta sexta-feira (8), às 19h, tem audição dos alunos do maestro Sérgio Gabriel. Já no dia 16, duas atrações prometem emocionar o público: a partir das 16 horas tem audição dos alunos e professores da Escola de Música Vivace, e às 19h uma Cantata de Natal com o Coral Cantavento, do maestro Ruy Capdeville. Encerrando a programação de Natal no Charitas, dia 22, às 19h30, tem apresentação do Coral Louva Arraial.

O Charitas fica na Avenida Nossa Senhora da Assunção, 855, no Centro de Cabo Frio, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados, domingos e feriados das 14h às 20h.

Até o dia 22 várias atrações vão movimentar o Charitas
FOTOS: Carlos Ernesto Lopes

Compartilhe:
Comentar

Procon de Cabo Frio orienta consumidores sobre o Natal

Boa parte das vitrines de Cabo Frio já está decorada com tons de vermelho convidando o consumidor para as tradicionais compras de Natal. O período registra o maior número de vendas varejistas em todo o Brasil, e segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o Natal de 2017 terá um crescimento de 4,3% nas vendas. Entretanto, a dica do Procon de Cabo Frio é evitar as compras por impulso.

De acordo com o superintendente do órgão, Thiago Vasconcelos, é necessário ter cautela na hora da compra. “Estamos orientando o consumidor a ter atenção e evitar a compra por impulso porque logo depois da virada do ano vem os gastos com IPTU, IPVA, seguro, colégio entre outros”, disse.

Uma dica importante é que o consumidor pesquise antes, e tente um desconto nas compras à vista, além de exigir a nota fiscal. Fica também o alerta: tenha certeza de que está levando o produto certo, já que, segundo o Procon, as lojas não têm nenhuma obrigatoriedade de trocar produtos novos que não apresentem defeitos. Apenas compras feitas pela internet têm o prazo de arrependimento sete dias, contado do momento que recebeu o produto, mesmo que não esteja apresentando defeito.

“Se uma pessoa compra uma camisa P cor verde para presentear um amigo, sendo que esse amigo veste GG e não gosta dessa cor, a loja não é obrigada a trocar esse produto. Por isso indicamos ao consumidor conversar com o gerente do estabelecimento e, se possível, até mesmo pedir para ele escrever atrás da nota fiscal sobre a possibilidade de troca por conta desse tipo de situação”, explica Thiago.

O Procon Cabo Frio está localizado na Florisbela Rosa da Penha, 292, no Braga, e funciona de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h.

As vitrines já estão com as decorações natalinas e Procon ressalta os perigos das compras feitas por impulso

Compartilhe:
Comentar

Justiça aponta fraude em licitação de quentinhas e afasta prefeita de Iguaba Grande

Segundo o Ministério Público, a prefeita e outros agentes públicos cometeram o crime de improbidade administrativa.

Uma decisão judicial determinou o afastamento da prefeita Grasiella Magalhães, de Iguaba Grande, na Região dos Lagos, por fraude em licitação de quentinhas. O pedido veio do Ministério Público, que afirma que a prefeita e outros agentes públicos, cometeram o crime de improbidade administrativa.

Uma CPI da Câmara dos Vereadores, chamada de CPI das Quentinhas, apurou que a concorrência no processo de licitação foi simulada, pois as duas empresas que participaram são da mesma família. A licitação previa também que as quentinhas fossem servidas em embalagens individuais, mas, segundo o MP, o alimento era servido em panelas.

O processo previa também café da manhã pronto, mas as empresas só ofereciam os ingredientes e os funcionários preparavam a refeição. Além disso, segundo as investigações, uma das empresas não possuía alvará de funcionamento e laudo de vistoria da Vigilância Sanitária.

De acordo com o MP, o total gasto nas licitações é de R$ 1,7 milhões. A Prefeitura de Iguaba Grande afirmou que não recebeu qualquer notificação judicial.

Compartilhe:
Comentar
Assine o RSS
Publicidade
Publicidade
?>