Publicidade

Jornal do Brasil

Cabo Frio JB News

Dia Nacional de Combate ao Fumo será comemorado com ações na Praça de São Cristóvão

A Prefeitura de Cabo Frio, através da Secretaria Municipal de Saúde, realiza na Praça de São Cristóvão, hoje, 29 de agosto, das 9h às 15h, uma campanha de sensibilização e informação da população em comemoração ao Dia Nacional de Combate ao Fumo. Para provar que o cigarro é um dos maiores inimigos da saúde, técnicos da Superintendência de Vigilância em Saúde que trabalham no Programa Municipal de Controle do Tabagismo, estarão oferecendo à população a prova de função respiratória, uma técnica capaz de medir a capacidade pulmonar de um indivíduo.

Segundo a psicóloga Renata Moura, uma das responsáveis pelo programa, existem diversos testes capazes de fazer essa medição, ou seja, tipos diferentes de prova de função pulmonar. A espirometria, exame realizado pela Prefeitura, é um dos mais importantes no estudo da função pulmonar de adultos e crianças, pois consegue medir os volumes, capacidades e fluxos pulmonares de acordo com os padrões de referência relativos a altura, sexo e idade do paciente.

– Os testes de função pulmonar medem a capacidade dos pulmões para se expandir, a facilidade do ar entrar e sair dos pulmões pelas vias aéreas, e a capacidade dos pulmões de transferir oxigênio para o sangue e para eliminar o dióxido de carbono do organismo. Estaremos oferecendo este exame à população como um incentivo, para que aqueles que desejam parar de fumar, ingressem nos grupos do Programa Municipal de Controle do Tabagismo, diz.

O grupo é coordenado pela médica pneumologista Sônia Orsolon que, semanalmente, se reúne com os pacientes para sessões de atividades em grupo e com atendimento individual, quando necessário. O paciente participante do programa é acompanhado até completar quatro (4) sessões de tratamento, podendo ser ampliado o período conforme a necessidade.

– Nunca é tarde para se parar de fumar. Isso é possível, basta a pessoa querer. Durante as reuniões, os pacientes recebem diversas informações, como exercícios de respiração e relaxamento, dicas de alimentos com baixa caloria para evitar que ele ganhe peso durante o tratamento, mudança de hábitos, as dificuldades, entre outros assuntos, explica Renata.

O grupo tem como objetivo somar-se ao trabalho iniciado no consultório médico, no preparo do paciente para que ele perceba sua necessidade de parar de fumar. Com temas direcionados, a equipe interage com os participantes, passando as informações mais relevantes das doenças causadas pelo uso do tabaco, oferecendo apoio psicossocial, incentivo à mudança de comportamento e estilo de vida, bem como, orientações para que possam se sentir preparados para interferir com segurança e tranquilidade, vencendo a dependência e encontrando o melhor caminho para se tornar um ex-fumante.

O Programa Municipal de Controle do Tabagismo visa à prevenção de doenças na população através de ações que estimulem a adoção de comportamentos e estilos de vida saudáveis e que contribuam para a redução da incidência e mortalidade por câncer e outras doenças relacionadas ao fumo. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) o número de fumantes no mundo é de cerca de 1,1 bilhão de pessoas. E, no último século, o tabaco foi o responsável pela morte de 100 milhões de pessoas.

– Queremos desenvolver ações que apoiem o fumante que queira parar de fumar. Desta forma, o programa surge com o objetivo de apoiar de forma efetiva os fumantes da comunidade neste processo, conclui.

A psicóloga Renata Moura, que estará acompanhando a realização dos testes de função respiratória, na Praça de São Cristóvão

 

Compartilhe:
Comentar
Assine o RSS
Publicidade
Publicidade
?>