Publicidade

Jornal do Brasil

Cabo Frio JB News

Festival Aloha Spirit começa nesta sexta-feira em Cabo Frio

Evento será realizado até o domingo (4) na Praia do Forte. (Foto: Divulgação / Wilians Geminiano)

No Brasil, o Festival é considerado o maior evento de esportes aquáticos e está entre os 10 maiores do mundo. A primeira edição aconteceu em 2009 e contava apenas com a modalidade de canoa havaiana, que teve 60 participantes. Hoje está entre os 10 maiores no mundo, é realizado em 3 diferentes capitais e reúne por etapa entre 800 e 1.500 atletas, 1,8 acompanhante por atleta e mais a população local e turistas, que acabam participando do evento com a sua presença na areia.

O Aloha Spirit realiza cada etapa com grande número de atletas amadores e mesmo não sendo um evento oficial, conta com a presença dos melhores atletas do Brasil, os profissionais. Reúne 6 modalidades esportivas: Canoa Havaiana, Stand Up Paddle, Natação em águas abertas, Paddleboard, Surfski, Triathlon Waterman e a partir de 2016 receberá a modalidade Apneia.

Esta grande adesão de atletas, misturados entre amadores e profissionais, é o que torna o Aloha Spirit o evento mais disputado do Brasil. O festival, realizado anualmente, é composto por três etapas. Neste ano, a primeira etapa aconteceu no mês de março em Ilha Bela. A segunda etapa começa nesta sexta-feira, na Praia do Forte, em Cabo Frio, e a terceira etapa será realizada em Salvador, no mês de setembro.

 

 

Compartilhe:
Comentar

Família usa vestiário de quadra abandonada como casa em São Pedro da Aldeia

Vestiário estava sendo utilizada como residência por família em São Pedro da Aldeia, no RJ (Foto: Carlos Antônio\ Divulgação

Uma família tem usado como casa, um vestiário de uma quadra poliesportiva abandonada, no bairro Campo Redondo, em São Pedro da Aldeia. Segundo moradores da localidade, a família invadiu o imóvel no início do ano. Em nota divulgada nesta terça-feira (30), o município informou que uma equipe do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) foi enviada ao local. Segundo a Prefeitura, a família se recusa a sair do vestiário.

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia informou ainda que a secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos irá tomar as devidas providências de acordo com os procedimentos legais, em um trabalho intersetorial.

-Informamos que a secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos acionou às Proteções Básica e Especial para averiguar a situação. Entramos em contato, também, com a secretaria de Segurança e Ordem Pública e a Secretaria de Urbanismo e Habitação por se tratar de uma ação conjunta entre as secretarias. Estamos aguardando uma resposta mais resolutiva desse trabalho intersetorial e a encaminharemos o mais breve possível, diz o município.

A família alega não ter onde morar e diz que ocupa o imóvel desde o início do ano. Segundo moradores do bairro, a quadra poliesportiva está abandonada há anos. De acordo com eles, mesmo após o descaso com o local, o vestiário foi construído e nunca utilizado.

Compartilhe:
Comentar

Operação contra tráfico de armas e drogas busca cumprir 37 mandados em cidades do RJ

Operação Metástase busca cumprir mandados contra tráfico de drogas e armas no Rio de Janeiro (Foto: Narayanna Borges/Inter TV)

Uma operação contra o tráfico de drogas e armas busca cumprir 37 mandados de prisão em 9 municípios do interior do Rio de Janeiro  na manhã desta terça-feira (30). Dezessete pessoas foram presas até 7h e 11 mandados foram cumpridos contra pessoas que já estavam presas. Uma pessoa foi presa em uma residência ao lado da 126ª Delegacia de Polícia, em Cabo Frio.

No início da operação a Polícia Civil chegou a divulgar que havia 38 mandados a serem cumpridos. No entanto, o delegado Vinicius Domingos, responsável pela operação, afirmou que, ao todo, são 37 mandados e que outros nove ainda serão cumpridos.

A operação é coordenada pela Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) da capital com apoio das delegacias em cada município. Já foram cumpridos mandados de prisão em São Gonçalo, Maricá, Silva Jardim, Búzios, Arraial do Cabo e Cabo Frio. Cerca de 100 homens da Polícia Civil de 15 delegacias participam da ação, que conta, inclusive, com a participação de agentes da Força Nacional.

A ação leva o nome de Metástase em referência aos grupos de tráfico de drogas e armas que se espalharam por diversas áreas do Rio de Janeiro nos últimos anos.

– Os pontos de vendas de drogas saíram de favelas do Rio de Janeiro e se espalharam por cidades da Região dos Lagos, disse o delegado. Os presos serão encaminhados para a DCOD.

A ação é resultado de um ano de investigação que aponta que as favelas da Nova Holanda e da Mangueira, no Rio de Janeiro, eram postos de abastecimento das quadrilhas de tráfico de drogas e armas no Estado.

Compartilhe:
Comentar

Ministério da Cultura e Instituto CCR apresentam Cine em Cena em São Pedro da Aldeia

Após passar por três cidades (Araruama, Rio Bonito e Saquarema), o Cine em Cena está em São Pedro da Aldeia.  O projeto apresentado pelo Ministério da Cultura e o Instituto CCR promove o acesso gratuito à cultura e lazer para alunos de escolas públicas e comunidades da Região dos Lagos, numa parceria da CCR ViaLagos com as respectivas secretarias de educação.

Durante três dias, de hoje até quarta-feira (31/05), os moradores da cidade poderão assistir a quatro sessões gratuitas por dia (ver programação abaixo), numa sala com capacidade para 225 pessoas, ar condicionado, tela de 26m2, sistema de som e projeção digital. Toda essa estrutura viaja de uma cidade a outra dentro de um caminhão. Para muitos, é a primeira oportunidade de ver um filme em um sala de cinema.

Em junho, a sala de cinema itinerante chega à Iguaba Grande e, em julho, à Cabo Frio. Nesta temporada na Região dos Lagos, o projeto atingirá cerca de 15 mil pessoas, com filmes diversos para todas as idades, incluindo sessões em 3D com distribuição de pipoca.

De hoje até quarta-feira (31/05), moradores da cidade poderão assistir a quatro sessões gratuitas por dia, inclusive em 3D.

Compartilhe:
Comentar

ViaLagos tem três postos de coleta da Campanha do Agasalho

A Campanha do Agasalho 2017, do Instituto CCR, está arrecadando roupas, agasalhos e cobertores em bom estado de conservação. A iniciativa conta com a participação das concessionárias do Grupo localizadas no Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul, mobilizando os 11 mil colaboradores da CCR. Além de estimular os seus colaboradores a doar, as concessionárias do Grupo contam com pontos de coleta externos para que os usuários também possam participar da Campanha e exercer esse gesto de solidariedade.

Na ViaLagos, as doações podem ser feitas num dos três postos ao longo da rodovia: Shopping Graal – Espaço Vip CCR – próximo à praça de pedágio (km 23 – Rio Bonito, com acesso nos dois sentidos) e nas Bases de Atendimento da Concessionária, em Araruama, no sentido Região dos Lagos, e no km 56, em São Pedro da Aldeia, no sentido Rio de Janeiro.

Com intuito de envolver os usuários, várias ações estão sendo realizadas durante a campanha, como a veiculação de mensagens nas redes sociais e nos painéis eletrônicos ao longo da ViaLagos. A arrecadação de roupas, agasalhos e cobertores em bom estado de conservação ocorrerá até 30 de junho. Os itens serão doados para instituições assistenciais e pessoas carentes dos municípios ao longo da ViaLagos, para ajudar milhares de famílias carentes a enfrentar o inverno com mais dignidade e calor humano.

Este ano, a Campanha do Agasalho passa a fazer parte do ‘Nosso Mundo Melhor’, ação que foi criada há três anos para comemorar especificamente o Dia Nacional do Voluntário e que agora se transformou num programa que reunirá todas as atividades de voluntariado estimuladas pelo Instituto CCR. “O objetivo é concentrar esforços sob um programa que já tem presença junto aos colaboradores, reforçando a preocupação do Instituto CCR e do Grupo CCR com ações que incentivem a prática do voluntariado e da solidariedade”, comenta Francisco Bulhões, diretor de Comunicação e Sustentabilidade e presidente do Instituto CCR.

Compartilhe:
Comentar

Três pessoas são detidas com cocaína em São Pedro da Aldeia

Cocaína foi apreendida com o trio em São Pedro da Aldeia (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Dois homens, de 18 e 20 anos, e um adolescente de 14, foram detidos com cocaína neste domingo (21) na Estrada do Alecrim, no município de São Pedro da Aldeia. De acordo com a Polícia Militar, foram apreendidos 182 pinos da droga com eles, que foram capturados ao tentar fugir dos agentes.

A ação foi realizada após denúncias sobre tráfico de drogas na localidade. Foram vistos sete homens, e quatro conseguiram fugir. Os três detidos foram levados para a 125ª Delegacia de Polícia.

Compartilhe:
Comentar

Motorista se fere ao capotar na RJ-140 em São Pedro da Aldeia

Homem se feriu ao capotar no Km 5 da RJ-140, em São Pedro da Aldeia (Foto: Rodrigo Marinho)

Um homem ficou ferido ao capotar com o carro na manhã desta segunda-feira (22) na RJ-140, em São Pedro da Aldeia. Não chovia, mas as pistas estavam molhadas devido à chuva da madrugada. De acordo com o Batalhão de Polícia Rodoviária, o motorista perdeu o controle do veículo e estava sozinho no carro.

O acidente foi por volta das 7h no Km 5 da rodovia, sentido Centro de São Pedro, na altura de uma fábrica de concreto. O ferido foi levado para o Pronto Socorro de São Pedro da Aldeia, que fica a 600 metros de onde ocorreu o acidente. A Prefeitura de São Pedro da Aldeia ainda não informou sobre o estado de saúde da vítima.

Compartilhe:
Comentar

Casal é assassinado a tiros em praia de Rio das Ostras

Corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Macaé e o caso registrado na 128ª Delegacia Legal de Rio das Ostras (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um homem e uma mulher foram assassinados a tiros na manhã de sábado (20), na Praia do Abricó, em Rio das Ostras, na Região dos Lagos. Nenhum suspeito foi detido e o crime está sendo investigado pela Polícia Civil.

Segundo a Polícia Militar, as duas vítimas foram encontradas feridas com marcas de tiros, por volta das 9h. O homem morreu no local e a mulher chegou a ser resgatada pelo Corpo de Bombeiros, mas morreu no Pronto Socorro Municipal.

Os corpos ainda não foram identificados e foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Macaé. O caso foi registrado na 128ª Delegacia Legal de Rio das Ostras.

Compartilhe:
Comentar

MPF recomenda ordenamento de faixas de areia em praias em Arraial do Cabo

O Ministério Público Federal expediu recomendações para ordenar o uso da faixa de areia em praias de Arraial do Cabo. As recomendações foram expedidas na quinta-feira (18) pela procuradoria de São Pedro da Aldeia. Os prazos para que a Prefeitura se manifeste é de 60 e 90 dias, para cada recomendações.

A primeira recomendação foi expedida a partir da notícia de ocupação indevida da faixa de areia da Prainha, em Arraial, pelos comerciantes locais. De acordo com procurador da República Rodrigo Pereira, autor da recomendação, o prefeito de Arraial do Cabo não editou, até o momento, o decreto a que se referem a esses artigos.

A regulamentação da atividade de comércio ambulante pelo Chefe do Executivo municipal, especialmente da atividade comercial ambulante realizada sobre a faixa de areia, poderá solucionar a problemática da ocupação irregular da faixa de areia da Prainha, afirma o procurador.

Já a segunda recomendação, relacionada ao estacionamento irregular na faixa de areia, foi feita com base em registros fotográficos do mês de dezembro de 2016, aos quais o MPF teve acesso, que demonstram a existência de veículos livremente estacionados na faixa de areia e vegetação de restinga da Praia dos Anjos, sem qualquer repressão efetiva por parte do município de Arraial do Cabo.

-A instalação de barreiras físicas nos locais de acesso de veículos a qualquer ponto da Praia dos Anjos impedirá a circulação e o estacionamento irregular de veículos na mencionada praia e permitirá o cumprimento do termo de ajustamento de conduta pelo município de Arraial do Cabo, conclui o procurador.

Segundo o MPF, a recomendação tem como finalidade também acompanhar e fiscalizar o adequado cumprimento das obrigações estabelecidas em Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado e homologado em 2011. O termo tem o objetivo de fiscalizar a proibição de estacionamento e de acesso de veículos em qualquer ponto da Praia dos Anjos através do monitoramento constante do local, do isolamento da área para que nela não mais trafegassem veículos, da aplicação de multas e da remoção de todos aqueles que eventualmente estivessem ali estacionados.

Procuradoria recomenda regulamentação do comércio na Prainha e instalação de barreiras física nos acessos de carros à Praia dos Anjos. (Foto: Divulgação)

Compartilhe:
Comentar

PhotoTruck leva fotografia e reflexão a alunos de escolas públicas de quatro cidades

Com apoio do Instituto CCR, unidade móvel de fotografia visita durante este mês os municípios de Rio Bonito, Araruama,
Saquarema e São Pedro da Aldeia, oferecendo oficinas, exposições e workshops para mais de 2 mil jovens e crianças

Feito sob medida para atividades educacionais, o PhotoTruck encanta crianças e adultos por onde passa. O projeto conta com uma câmera escura em que os participantes aprendem, na prática e brincando, como as imagens são formadas; uma cabine fotográfica para criar autorretratos, além de transportar brinquedos educativos, como caleidoscópios e taumatrópios (ou pirulitos óticos).

Este ano, o Ministério da Cultura e o Instituto CCR apresentam o Circuito PhotoTruck, com o tema “Meu Brasil” em uma viagem de seis meses por 36 cidades dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia e Mato Grosso, para atender mais de 9 mil alunos e professores nas atividades. Até o dia 25 deste mês, os educadores do projeto passarão por escolas nas cidades de Rio Bonito, Saquarema, Araruama e São Pedro da Aldeia, levando oficinas, workshops e exposições, numa parceria da CCR ViaLagos com as respetivas secretarias de educação, atendendo mais de 2 mil jovens e crianças nessas cidades.

A proposta é estimular os alunos a despertarem um olhar crítico sobre a diversidade da cultura brasileira e a refletirem sobre a relação com o mundo em que vivem por meio das fotografias e legendas produzidas por eles.

-Muitos alunos já tem contato com a fotografia no dia-a-dia, mas não pensam na mensagem que estão transmitindo. E esse é o grande diferencial da oficina: unir a fotografia produzida com a mensagem que o participante quer passar, resgatando a reflexão por trás da imagem, explica Levi Fanan, um dos educadores do projeto.

Em cada município, os educadores do projeto visitam uma escola, centro comunitário ou praça pública, onde realizam dois dias de oficinas para 250 alunos.

A principal atividade envolve a produção de uma foto e uma legenda, criadas a partir de uma reflexão e discussão sobre um tema determinado. Para encerrar a oficina, as imagens produzidas são impressas e os alunos e professores se reúnem e se mobilizam para organizar uma grande exposição de lambes nos muros da escola.

Em 2016, o Instituto CCR ajudou a levar o PhotoTruck a 43 cidades pelo Brasil a fora, rodando mais de 10 mil km, o equivalente a uma distância entre São Paulo e Berlim. Foram mais de 7500 alunos e 450 educadores atendidos.

Compartilhe:
Comentar
Assine o RSS
Publicidade
Publicidade
?>