Publicidade

Jornal do Brasil

Cabo Frio JB News

Cabo Frio e Araruama terão Dia D de vacinação contra febre amarela neste sábado

Cabo Frio e Araruama terão o Dia D de vacinação contra a febre amarela neste sábado (8). Em Cabo Frio, as doses da vacina estarão disponíveis em cinco unidades de saúde: ESF Caiçara, ESF Itajuru, PSF Florestinha, ESF Cajueiro e ESF Samburá, de 8h às 13h.

Em Araruama, haverá vacinação nos seguintes postos: CIMI, Posto de Saúde de Morro Grande, Posto Ponte dos Leites, Posto Praia Seca, Posto Sobradinho, Posto São Vicente, Posto de Saúde de Bananeiras, e equipes itinerantes em Lagoa de Juturnaíba e Sobara.

Cabo Frio

Até o momento, cerca de 97 mil pessoas foram vacinadas contra a doença no município. De acordo com a superintendente municipal de Vigilância em Saúde, Lucy Pires, foram vacinados 56% do público alvo na cidade, e não há casos da doença na cidade.

“A única maneira de nos prevenirmos contra essa doença é através da vacinação. A febre amarela tem a faixa de mortalidade muito alta. Sugiro que todos aqueles que não se imunizaram procurem os postos de saúde, já que é uma única dose para toda a vida”, afirmou a superintendente.

A vacinação é feita em pessoas entre nove meses até 60 anos de idade. Para aqueles que têm imunidade baixa, é necessário uma atenção maior.

Entre as pessoas que possuem restrições à vacina estão: grávidas e que estão amamentando, pessoas que são portadoras de HIV/AIDS, com câncer, acima de 60 anos, pessoas com alergia a ovo, com doenças do fígado, com hipertensão arterial sem controle adequado e com diabetes.

Araruama

A vacinação será feita em crianças acima de 9 meses. Os idosos acima de 60 anos e as gestantes estão incluídos. Devem passar por avaliação médica. Segundo a Prefeitura, entre as pessoas que possuem restrições à vacina estão:

  • Crianças menores de 9 meses de idade
  • Imunossupressão doença ou em terapia de imunossupressão ( quimioterapia ou radioterapia ou corticoides com doses de 2mg/dia para criança ou 20mg/dia para adulto por tempo superior há 14 dias.
  • Medicações antimetabólicas (infliximabe, etanercepte, golimumabe, certolizumabe, abatacept, belimumabe, ustequinimabe, tocilizumabe, ritoximabe)
  • Transplantado
  • Hipersensibilidade grave ou doença neurológica após dose previa da vacina
  • Doença do TIMO ( miatenia gravis, timoma)
  • Lúpus
  • Doença de Adison
  • Artrite Reumatoide
  • Doenças hematológicas com imunodeficiência ou com terapias imunossopressoras ( Anemia Aplástica e Aplasia de medula )
  • Pessoas vivendo com HIV com contagem de CD4 menor de 200 cel/mm3
  • Historia de reação anafilática a ovo e seus derivados, gelatina bovina e outras.

 

Compartilhe:
Comentar
Assine o RSS
Publicidade
Publicidade
?>