Publicidade

Jornal do Brasil

Cabo Frio JB News

ViaLagos tem esquema especial para o feriado de São Sebastião

A partir da zero hora desta quinta-feira (19/01), a CCR ViaLagos estará com as suas equipes e viaturas reforçadas para atender ao aumento do fluxo de veículos na rodovia por conta do feriado de São Sebastião (sexta-feira – 20/01), padroeiro do Rio de Janeiro. A expectativa é de que 187 mil veículos trafeguem pela ViaLagos (ver tabela abaixo), entre amanhã (19/01) e terça-feira (24/01). Os dias de maior fluxo em direção à Região dos Lagos serão quinta e sexta-feira, quando são esperados 28 e 35 mil veículos, respectivamente.

Já para a volta do feriadão, a previsão é de que 41 mil veículos passem pela rodovia, no domingo (22/01), e outros 38 mil na segunda-feira (23/01).

Serão seis dias de operação especial, com todo o efetivo do SOS Usuário Médico e Mecânico da Concessionária atuando em regime de plantão. Para garantir ainda mais rapidez nos atendimentos e na liberação das pistas, em caso de ocorrências, as equipes e viaturas estarão baseadas em pontos estratégicos da rodovia com viaturas de inspeção, guinchos e ambulâncias UTI e de resgate.

É recomendável que o motorista, antes de viajar, verifique as condições gerais do veículo como as lanternas e faróis, calibragem dos pneus, filtro de ar e os níveis de água e óleo do motor e também o de combustível. É importante também obedecer à sinalização e os limites de velocidade da rodovia, que são controlados por fiscalização eletrônica do DER-RJ e da Polícia Militar Rodoviária para coibir o excesso de velocidade. Os locais de fiscalização são devidamente sinalizados. Painéis eletrônicos de mensagens orientarão sobre as fiscalizações, segurança e eventuais incidentes na rodovia.

Informações sobre o tráfego estão disponíveis 24 horas em www.grupoccr.com.br/vialagos ou no Disque CCR ViaLagos (0800 7020124), que conta também com Central de Atendimento ao Deficiente Auditivo (0800 022 0130). Em caso de emergência, o motorista deve parar no acostamento, ligar o pisca – alerta e aguardar o socorro da CCR ViaLagos, que logo irá chegar. Se preferir, pode ligar para o 0800 da Concessionária.

187 mil veículos devem passar pela rodovia, a partir de hoje (18/01) até terça-feira (24/01).

Previsão de fluxo de veículos na ViaLagos para o feriado (Sentidos Rio de Janeiro e Costa do Sol):

Quinta-feira (19/01): 28 mil veículos

Sexta-feira (20/01): 35 mil veículos

Sábado (21/01): 27 mil veículos

Domingo (22/01): 41mil veículos

Segunda-feira (23/01):  38 mil veículos

Terça-feira (24/01): 18 mil veículos

Total:  187 mil veículos         

A CCR ViaLagos é responsável pela administração da RJ-124, a Rodovia dos Lagos. Com 57 quilômetros de extensão, liga Rio Bonito a São Pedro da Aldeia, passando por Araruama e Iguaba Grande.

      

Compartilhe:
Comentar

CCR ViaLagos abre processo seletivo para profissionais com deficiência

A CCR ViaLagos abriu processo de seleção para profissionais com deficiência. A iniciativa visa promover a integração ao ambiente de trabalho. A inclusão social é trabalhada na concessionária entre seus colaboradores, uma vez que deficientes físicos já fazem parte da equipe CCR ViaLagos.

Os candidatos com deficiência concorrerão às vagas disponíveis na empresa em igualdade com os outros candidatos, desde que preencham os requisitos de qualificação. Para participar do processo seletivo, o candidato deve ter entre 18 e 38 anos, ensino médio completo e residir em Rio Bonito, Saquarema ou Araruama

Para o Coordenador de Gestão de Pessoas da CCR ViaLagos, Rogério Pinto, a empresa e os novos colaboradores ganham com a iniciativa: “Esse é um público que vem conquistando cada vez mais espaço no mercado de trabalho e, por isso, oferecemos as oportunidades que temos aqui para todos”.

Para mais informações ou participação no processo seletivo, basta entrar em contato com a consultoria Perfil de Talentos, por meio do telefone (11) 3666-2024 ou e-mail raila@perfildetalentos.com.br até o dia 31 deste mês.

Compartilhe:
Comentar

Passageiros de um taxi nadam num valão depois de acidente em Cabo Frio

Um táxi caiu em um valão na madrugada deste domingo (15) em Cabo Frio  e o motorista e a passageira tiveram que nadar no esgoto para se salvar após o acidente. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o taxista disse que levou uma “fechada” de outro motorista e perdeu o controle do veículo.

O motorista, que conduzia o táxi, e a passageira foram levados para o Hospital Central de Emergência (HCE), no bairro de São Cristóvão. A unidade de saúde não informou o estado de saúde das vítimas. Porém, bombeiros que participaram do resgate informaram que tiveram apenas escoriações.

O acidente aconteceu por volta das 4h, na Avenida Henrique Terra, no bairro das Palmeiras. O taxista contou que ele e a passageira tiveram dificuldades para sair do carro e nadar no esgoto. O caso foi registrado e está sendo investigado na 126ª Delegacia de Polícia.

Táxi caiu dentro de valão de esgoto na madrugada deste domingo nas Palmeiras (Foto: Divulgação/RC24H)

Compartilhe:
Comentar

Hemolagos suspende doações de sangue por causa da chuva

Salas do Hemolagos ficaram com água acumulada (Foto: Marcelo Paiva/Arquivo Pessoal)

O Hemolagos, único hemocentro da Região dos Lagos, localizado em Cabo Frio, não abrirá até segunda-feira, dia 16. A unidade ficou alagada depois que o vento levantou parte do telhado durante a chuva que caiu na cidade na noite desta quinta (12) e madrugada desta sexta-feira (13).

Computadores e uma impressora foram atingidos. De acordo com Marcelo Paiva, diretor do Hemolagos, o centro funcionará internamente para a entrega das bolsas para as unidades de saúde, em caso de necessidade, mas as doações de sangue estão suspensas.

O estoque atual é de 30 bolsas de sangue. Em média, 15 pessoas doam sangue diariamente na unidade, segundo a direção. Segundo Marcelo Paiva, é necessário realizar obras emergenciais na unidade.

Chuva invadiu setores e doações foram suspensas (Foto: Marcelo Paiva/Arquivo Pessoal)

Compartilhe:
Comentar

Secretário de Desenvolvimento participa de debate sobre Planejamento Estratégico

Secretário de Desenvolvimento, Cláudio Bastos (de camisa listrada), fala no encontro do projeto Cidade Viva
Foto: Nícia Carvalho / Comunicação Cabo Frio

(Ascom Cabo Frio) – O secretário de Desenvolvimento da Cidade e Meio Ambiente, Cláudio Bastos, e o coordenador de Fiscalização de Posturas, Gilson da Costa, participaram nesta quinta-feira (12) de um debate sobre o planejamento estratégico de Cabo Frio no projeto Cidade Viva, promovido pelo jornal Folha dos Lagos. No encontro, o secretário de Desenvolvimento fez um balanço dos dez primeiros dias de governo, em que destacou o trabalho de ordenamento nas praias e ruas. Para o verão, uma das principais medidas é o ordenamento de barraqueiros e ambulantes nas praias da cidade.

“Sabemos que a crise é forte, mas estamos tomando medidas para ordenar diversas questões, entre elas a dos ambulantes. Para se ter uma ideia, o recadastramento deve ser anual, mas de janeiro de 2015 até hoje nada foi feito. Um dos critérios que vamos estabelecer é que seja morador do município”, explicou Bastos.

Segundo ele, entre as medidas de ordenamento aplicadas atualmente e que serão mantidas para o Carnaval, estão a manutenção do trabalho de todos os ambulantes que tenham crachás. Aqueles que não tiverem licença serão proibidos de comercializar produtos nas praias.

“Encontramos a cidade em grande caos, abaixo do volume morto. É preciso ações drásticas. Então, vamos contratar uma consultoria para fazer um levantamento de quantos ambulantes e barraqueiros as praias comportam. Um projeto está sendo montado para regularizar e padronizar o funcionamento destes trabalhadores e nossa expectativa é trazer a iniciativa privada para nos auxiliar”, ponderou o secretário de Desenvolvimento.

Bastos afirmou ainda que, atualmente, 90% dos processos administrativos referentes aos ambulantes sumiram. Segundo ele, quando o prefeito Marquinho Mendes deixou o governo, em 2012, havia aproximadamente 1,6 mil ambulantes na cidade. Hoje são cerca de 5 mil, que pagam uma taxa anual de R$ 48 a R$ 300. O secretário disse ainda que, quanto aos barraqueiros, eram 68 na Praia do Forte em 2012, e atualmente são 138.

“Por lei, cada barraca tem direito a 25 jogos de cadeiras e mesas, mas encontramos barracas com até 60 jogos. Então, vamos atuar forte em todas as frentes para conseguir tirar a cidade do caos” garantiu ele.

Compartilhe:
Comentar

Coordenadoria da Mulher de Cabo Frio atende 5 vítimas de violência na primeira semana de janeiro

A Coordenadoria da Mulher, órgão da Prefeitura Municipal de Cabo Frio, só na primeira semana de janeiro, realizou 5 atendimentos à mulheres, vítimas de violência no município. O atendimento conta com o auxílio de assistente social e advogado, que acompanham as vítimas de violência de gênero ou doméstica.

“É muito importante o atendimento e acolhida à mulher vítima de violência doméstica. Nossa equipe trabalha no resgate da autoestima, mostrando a mulher sua capacidade de escolha e decisão para o rompimento com o ciclo da violência”, disse a coordenadora, Tereza Tenan.

As mulheres são instruídas a dar andamento às denúncias contra os agressores para que a violência não volte a ocorrer. O atendimento mulher é realizado de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na Rua Florisbela Rosa da Penha, 292 – Braga.

A advogada Tereza Tenan, coordenadora da Mulher da Prefeitura Municipal de Cabo Frio

Compartilhe:
Comentar

Acordo suspende greve dos profissionais da Educação

Texto: Eliane Ribeiro
Assessoria de Comunicação Secretaria M. de Educação Cabo Frio

Após uma longa negociação, professores e demais profissionais da rede municipal de educação de Cabo Frio decidiram, em assembleia geral, aceitar a proposta do novo governo e retomar as atividades. Nas duas reuniões realizadas antes da assembleia foi construída uma proposta para reposição dos dias letivos e encerramento do ano de 2016, com retorno às salas de aula no dia 1º de fevereiro.

A greve da categoria já durava 7 meses, desde a gestão anterior da Prefeitura. Uma nova reunião ficou agendada para o dia 8 de março. Durante este tempo, a categoria retoma todas as atividades e permanece em estado de greve. A volta às aulas para conclusão do ano letivo de 2016 será no dia 1º de fevereiro. O início do ano letivo de 2017 será em 24 de abril.

“Temos uma única rede, mas a realidade de cada unidade é muito diferente neste momento. Por isso, às aulas será em 1º de fevereiro, mas o encerramento será diferenciado, de acordo com o levantamento realizado pelas equipes de Inspeção e Supervisão Escolar”, explica a secretária de Educação Laura Barreto.

A proposta

A proposta feita pelo governo e aceita pelos servidores ficou da seguinte forma: entre os dias 18 e 30 de janeiro, pagamento do resíduo de outubro e os meses de novembro de 2016 e janeiro de 2017. Até o final de fevereiro, pagamento dos meses de fevereiro de 2017 e dezembro de 2016. Em março, pagamento do mês de março e 50% do 13º de 2016. Em abril, pagamento do mês corrente e mais 50% do 13º de 2016.

Compartilhe:
Comentar

Governo e sindicatos negociam proposta para regularização dos salários dos servidores

Texto e Foto: Coordenadoria de Comunicação PMCF

Uma comissão formada pelo governo municipal de Cabo Frio se reuniu com representantes de sindicatos de diversas categorias na tarde desta quinta-feira (5). A reunião no gabinete do prefeito Marquinho Mendes foi realizada para abrir as negociações para a regularização dos salários dos servidores municipais.

Alguns funcionários estão com os salários atrasados desde setembro. Parte do décimo terceiro salário de 2015 também não foi quitada. A grande maioria dos servidores não recebeu os salários de outubro, novembro e dezembro, além do décimo terceiro de 2016. Segundo os sindicatos, houve um direcionamento feito pela gestão anterior e apenas poucos servidores receberam os três últimos meses do ano passado.

Além do prefeito estiveram presentes os secretários de Fazenda, Clésio Guimarães; de Administração, Deodoro Azevedo; de Desenvolvimento, Claudio Bastos; de Saúde, Roberto Pillar; de Governo, Hélcio Azevedo; o procurador geral do município, Carlos Magno de Carvalho; e o líder do governo na Câmara Municipal, vereador Miguel Alencar. Entre os sindicalistas estiveram presentes representantes dos sindicatos dos servidores da Saúde, Fiscalização de Posturas, Guarda Municipal e dos fiscais. O Sindicato dos Profissionais da Educação terá uma negociação separada, uma vez que existem recursos específicos, provenientes de verbas carimbadas, para o pagamento destes servidores.

“Recebemos o município com R$ 775 mil no caixa. Hoje, dia 5, temos aproximadamente R$ 2 milhões. Temos recursos bloqueados do Fundeb e do Fundo de Participação dos Municípios. A situação é caótica. Somente a folha de pagamento dos funcionários efetivos é de R$ 18 milhões. Estamos aqui para propor uma análise conjunta e transparente das contas do município. Vocês serão secretários de Fazenda junto com o Clésio e irão dizer quais são as prioridades para que possamos cumpri-las dentro das possibilidades”, disse o prefeito Marquinho Mendes.

O secretário de Fazenda explicou aos presentes que as dívidas do município estão sendo levantadas e negociadas. Somente com a concessionária de energia a dívida é de R$ 19 milhões. Com a concessionária de água, R$ 14,5 milhões. Já com precatórios, que são dívidas advindas de processos judiciais, a dívida gira em torno de R$ 120 milhões.

“Negociamos com a concessionária de energia o pagamento em 45 parcelas, com carência até março. Com a concessionária de água negociamos o pagamento em 300 meses, também com carência até março. Estamos contando com a arrecadação do IPTU e outros impostos para aumentar a nossa receita e viabilizar os pagamentos o mais rápido possível”, explicou Clésio Guimarães.

O procurador geral do município informou que ainda não teve acesso a todos os bloqueios de recursos feitos por parte da Justiça.

“Nossa equipe ainda não teve acesso a tudo o que está bloqueado. Precisamos ter em mente que tão importante quanto fazer os pagamentos é não deixar alguém morrer por falta de atendimento em hospital ou não deixar que o lixo se acumule pela cidade. Por isso estamos dispostos a destinar para o pagamento de salários todo recurso que for excedente aos gastos essenciais”, completou Carlos Magno.

Proposta
Após uma longa negociação com os representantes sindicais, o governo aceitou propor que seja dado prioridade ao pagamento do mês de setembro aos servidores que ainda não o receberam. Este pagamento deverá ser feito assim que o levantamento dos salários atrasados for concluído. A proposta indica ainda que os salários de dezembro do ano passado sejam quitados até o dia 25 de janeiro. A proposta será levada à Justiça, que precisa autorizar o governo atual a pagar os vencimentos da gestão anterior. Já o salário de janeiro deverá ser pago até o dia 20 de fevereiro. O governo e os sindicatos irão negociar um calendário de pagamento para o restante dos atrasados e a continuidade do ano de 2017. A proposta será levada pelos sindicatos para serem votadas em assembleias pelos servidores.

Prefeito Marquinho Mendes e secretários participaram do encontro com representantes sindicais.

Compartilhe:
Comentar

UPA do Parque Burle funciona normalmente

A UPA – Unidade de Pronto Atendimento – do Parque Burle, está funcionando normalmente, com 5 clínicos e 3 pediatras em cada plantão para o atendimento à população. Dona Joice Ribeiro, chegou com o filho de 3 anos, com dor de garganta, e não levou mais do que 15 minutos para ser atendida pelo pediatra.

– Passei pelo acolhimento e já fui logo chamada para o atendimento. Não demorou e meu filho foi muito bem atendido, declarou.

A UPA chega a fazer diariamente uma média de 500 atendimentos. Desde que foi reaberta, no início do mês, a unidade está funcionando como antes, com o sistema de classificação de risco, acolhimento, hipodermia (sala de medicação), sala de sutura, farmácia, repouso, sala vermelha e sala amarela (adulto e infantil).

– Estamos atendendo todos os casos de urgência e emergência que chegam, exceto os pacientes politraumatizados, que continuam sendo levados pelo Corpo de Bombeiros para o HCE, explica a secretária Municipal de Saúde, Rosane Tito.

Não faltam medicamentos nem insumos para o atendimento à população. Com a reabertura da UPA, o Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos, no Jardim Esperança, e o Hospital da Criança, passaram a funcionar apenas com internação hospitalar. Todas as emergências e urgências em Cabo Frio sestão sendo centralizadas na UPA e no HCE de São Cristóvão, que também permanece de portas abertas para a população para os atendimentos de emergência e urgência.

– Resolvemos concentrar a emergência e urgência na UPA e no HCE para poder prestar um melhor atendimento a população, disse Rosane.

O pequeno Pedro, de 3 anos, foi atendido e medicado em 15 minutos

Unidade de saúde chega a fazer 500 atendimentos por dia

Não faltam medicamentos nem insumos para atendimento à população

 

Compartilhe:
Comentar

CCR ViaLagos inicia Operação Verão

O início do verão e das férias geram uma maior circulação de turistas e veranistas para as praias da Costa do Sol. Com as festas de fim de ano e a alta temporada chegando, a CCR ViaLagos inicia nesta quinta-feira (22/12) a Operação Verão na rodovia para atender ao aumento do fluxo de veículos. Nesse período, até o carnaval, há um crescimento de 30% no tráfego da ViaLagos em relação ao restante do ano.

Já nesta semana do Natal, a Concessionária estima a passagem de 159 mil veículos pela rodovia, a partir desta quinta-feira (22/12) até terça-feira (27/12). Para o Ano Novo, a previsão é de tráfego bem mais intenso, com 221 mil veículos, entre os dias 28/12 e 02/01, sendo a sexta-feira e o sábado (30 e 31/12) os dias mais movimentados na ida para Região dos Lagos, quando deverão passar 40 e 30 mil veículos, respectivamente (ver tabela abaixo).

Serão 12 dias de operação especial, com todo o efetivo do SOS Usuário Médico e Mecânico da Concessionária atuando em regime de plantão. Para garantir ainda mais rapidez nos atendimentos e na liberação das pistas, em caso de ocorrências, as equipes e viaturas foram reforçadas e estarão baseadas em pontos estratégicos da rodovia com viaturas de inspeção, guinchos e ambulâncias UTI e de resgate.

É recomendável que o motorista, antes de viajar, verifique as condições gerais do veículo como as lanternas e faróis, calibragem dos pneus, filtro de ar e os níveis de água e óleo do motor e também o de combustível. É importante também obedecer à sinalização e os limites de velocidade da rodovia, que são controlados por fiscalização eletrônica do DER-RJ e da Polícia Militar Rodoviária para coibir o excesso de velocidade. Os locais de fiscalização são devidamente sinalizados. Painéis eletrônicos de mensagens orientarão sobre as fiscalizações, segurança e eventuais incidentes na rodovia.

Informações sobre o tráfego estão disponíveis 24 horas em www.grupoccr.com.br/vialagos ou no Disque CCR ViaLagos (0800 7020124), que conta também com Central de Atendimento ao Deficiente Auditivo (0800 022 0130). Em caso de emergência, o motorista deve parar no acostamento, ligar o pisca – alerta e aguardar o socorro da CCR ViaLagos, que logo irá chegar. Se preferir, pode ligar para o 0800 da Concessionária.

ViaLagos mais segura: menos acidentes e mortes na rodovia

Entre janeiro e novembro desse ano, houve redução de 85% no índice de vítimas fatais e de 25% de acidentes, em comparação ao período anterior à implantação da divisória metálica entre as pistas. E pelo segundo ano consecutivo, a ViaLagos (RJ-124) se destaca na avaliação da 20ª edição da Pesquisa CNT de Rodovias 2016, divulgada pela Confederação Nacional do Transporte. A via foi novamente a única, dentre todas as rodovias que cortam o Estado do Rio de Janeiro, com o status “ótimo” em todos os quesitos avaliados: Estado Geral, Pavimento, Sinalização e Geometria.

380 mil veículos devem passar pela rodovia no período do Natal e Ano Novo

 

Compartilhe:
Comentar
Assine o RSS
Publicidade
Publicidade
?>