Publicidade

Jornal do Brasil

Cabo Frio JB News

Cabo Frio vai sediar Meia Maratona em dezembro

Os cenários paradisíacos da Praia do Peró, Ogiva, Gamboa, Ilha do Anjo, Dunas, Praia do Forte e tantos outros farão parte do percurso da 1ª Meia Maratona de Cabo Frio. O evento acontece no dia 10 de dezembro, mas as inscrições já estão abertas e mais de 200 pessoas já se inscreveram.

A prova oferece três percursos. O maior deles, com 21km, tem largada na Praia do Peró e fim na Praia do Forte. Os percursos de 10 e 5 km terão largada e chegada na Duna Preta.

Atletas de todo o país devem participar da competição, que promete ser o maior evento esportivo já realizado na Região dos Lagos. Segundo o organizador Olavo Carvalho, estão sendo esperados até quatro mil atletas.

“A Meia Maratona era um anseio de atletas daqui e de fora. Vai ser um mega evento e vai impulsionar o turismo. Venham correr na cidade mais bonita do litoral carioca”, convida Olavo.

Para se inscrever, é só acessar o site: https://www.ticketagora.com.br/e/Meia-Maratona-De-Cabo-Frio

Outras informações:
http://meiamaratonadecabofrio.com.br/site

Compartilhe:
Comentar

Cabo Frio realiza o XXXI Encontro Internacional de Corais

O XXXI Encontro Internacional de Corais de Cabo Frio acontece nos dias 27 e 28 de outubro, a partir das 20h, na Igreja Matriz Nossa Senhora Assunção. Quatro grupos vão se apresentar nesta edição, três locais e um de Niterói. O evento é organizado pela Associação Artístico Cultural Cantavento, dirigida pelo Maestro Ruy Capdeville, e pela Ferlagos, com apoio da Secretaria de Cultura, Ferlagos e Paróquia Nossa Senhora da Assunção. A entrada é franca.

Os dois concertos terão apresentação do Grupo Vocal Boca Que Usa, de Niterói, com regência compartilhada, que acabou de ganhar duas medalhas de prata no Concurso Grand Prix of Nations, em Riga, na Letônia.

O evento também contará com os grupos locais: Coral Despertar, do maestro Francisco Silguero; Coral Cantavento – Ferlagos e Coral Rainha Assunta, ambos regidos pelo maestro Ruy Capdeville. Todos os grupos irão se apresentar nos dois dias de encontro.

O coordenador geral do evento, Ruy Capdeville, explica que, embora os concertos se realizem num templo católico, não se trata de um evento religioso, sendo aberto para apresentação de corais de quaisquer outras religiões, com o repertório livre.

Para o superintendente de Cultura, Carlos Ernesto, o Encontro Internacional de Corais de Cabo Frio é uma manifestação cultural que mantém suas raízes vivas. “Durante anos esse evento vem gerando empregos diretos e indiretos, ocupando a rede hoteleira, restaurantes e principalmente divulgando a cultura da musicalidade do município. O maestro Rui Capdeville, precursor desta atividade cultural, incentiva e valoriza os artistas do segmento dando a oportunidade do intercâmbio internacional, possibilitando a cidade receber e conhecer outras culturas através dos corais convidados”, destacou.

Ainda de acordo com o superintendente, a Secretaria de Cultura sempre apoia o evento por entender que o maior beneficiado são os munícipes e visitantes que no período de encontro buscam aqui o verdadeiro turismo cultural. Participem, porque é um evento maravilhoso”, convidou.

A Igreja Matriz Nossa Senhora Assunção fica localizada no Centro, em frente à Praça Porto Rocha.

Evento acontece nos dias 27 e 28 de outubro, a partir das 20h (arquivo)

Compartilhe:
Comentar

Favelas cariocas voltarão a ser incluídas nos mapas turísticos da cidade do Rio

As favelas cariocas serão incluídas nos próximos mapas turísticos da cidade do Rio. A informação foi divulgada, nesta quinta (19/10), durante audiência pública da Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), presidida pelo deputado Silas Bento (PSDB) . Segundo o diretor jurídico da Riotur, Christian Teixeira, a instituição está em contato com o Instituto Pereira Passos, órgão responsável pela criação do mapa oficial do município, para incluir as favelas cariocas nos folhetos entregues aos turistas.

Christian Teixeira afirmou que os mapas temáticos digitais serão trocados imediatamente e os físicos vão ser corrigidos quando a Riotur tiver recursos suficientes para produzir uma nova tiragem. Ele explicou que, devido a problemas financeiros, o órgão teve que utilizar mapas que já existiam desde 2013 para colocar nos novos postos de atendimento aos turistas inaugurados nos últimos meses.

– A nova gestão da Riotur, que iniciou os trabalhos em janeiro deste ano com a posse do prefeito Marcelo Crivella, nunca excluiu as favelas das políticas públicas de turismo. Somente não tínhamos dinheiro para criar novos mapas e por isso imprimimos os que foram criados para os grandes eventos do Rio, com a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, justificou o diretor jurídico.

Além de representantes da Riotur, de associações de moradores e de estudantes das faculdades de Turismologia, a audiência pública contou com a participação da Turismóloga e Professora Tânia Omena, Presidente da ABBTUR-RJ e Professora da Escola de Turismologia da UNIRIO e da Doutoranda do Programa de Políticas Públicas e Formação Humana da UERJ Mônica Rodrigues, criadora do Projeto Público Rio Top Tour, do Ministério do Turismo e Governo do Estado do Rio de Janeiro.

O presidente da Comissão, deputado Silas Bento (PSDB), defendeu que apesar da falta de orçamento usada como argumento pela Riotur, a empresa errou na comunicação.

– Em meio a crise, sabemos que a falta de orçamento é justificativa para quase tudo, mas a empresa errou principalmente no que diz respeito a comunicação e o relacionamento com a própria cidade. Ao menos o erro foi reconhecido, e a Riotur foi categórica em fazer a mudança, afirmou o deputado.

A reunião foi um pedido da deputada Zeidan (PT). Ela acredita que seja fundamental investir em turismo nas favelas para criar empregos e dinamizar a economia local.

– A alta temporada de turismo do Rio vai chegar com o verão. É necessário que a Riotur inclua os principais pontos das favelas no mapa de turismo da cidade, já que muitos turistas têm o desejo de conhecer a população e os costumes da população das comunidades, afirmou a parlamentar.

Além da inclusão das favelas nos mapas, o presidente do Fórum de Turismo da Rocinha, Ailton Macarrão, também pediu um programa de governo para ajudar na capacitação dos profissionais.

– O turismo é fundamental para diminuir a lacuna existente entre as favelas e o asfalto. Investir no setor é muito importante para melhorar a qualidade de vida da população local e gerar novos empregos, disse Ailton.

Integrante do coletivo de guias do morro Santa Marta, na zona sul, Gilson da Silva, mais conhecido como Fumaça, ressaltou que o turismo salvou sua vida.

– Eu fui preso em 1996 por conta de um assalto a mão armada. Saí da cadeia dois anos depois, mas não conseguia um emprego decente. Somente em 2010, com o projeto de turismo no Santa Marta, que eu tive dignidade. Já fiz várias cursos e conheci diversos lugares. O turismo salvou minha vida, finalizou Gilson da Silva.

O deputado Silas Bento (PSDB), presidente da Comissão de Turismo da ALERJ, no centro da foto com todos os participantes da audiência pública

Compartilhe:
Comentar

Câmara de Vereadores de Cabo Frio cria Comissão Especial dos Direitos do Consumidor

A partir de agora os moradores de Cabo Frio podem contar com um canal a mais na garantia dos seus direitos como consumidor. Aconteceu na noite desta segunda-feira, 16 de outubro, a instalação da Comissão Especial dos Direitos do Consumidor da Câmara Municipal de Vereadores de Cabo Frio.

Quem assume a presidência da Comissão é o vereador Vanderlei Bento (PMB), que já realiza um trabalho no município contra empresas, prestadoras de serviços públicos, que desrespeitam os direitos da população.

– Recebemos reclamações diversas de pessoas que, como consumidores, se sentem lesados pela má prestação de serviços em diversas áreas como iluminação, água e telefonia. Com a criação da comissão vamos poder atuar de forma mais ampla no sentido de dar respostas a essa demandas das comunidades, destacou o vereador.

Entre suas atribuições, a comissão vai poder atuar na repressão ao abuso do poder econômico, direitos e garantias do consumidor e fiscalização do cumprimento das leis referentes ao Direito do Consumidor.

No mês passado o vereador participou de uma reunião com representantes da PROLAGOS, concessionária responsável pelo abastecimento de água e tratamento de esgoto na Região dos Lagos, com o objetivo de traçar uma agenda positiva com a empresa. A reunião foi solicitada pelo deputado Estadual Silas Bento (PSDB) que também participou, na noite desta segunda-feira, da cerimônia de instalação da Comissão Especial dos Direitos do Consumidor da Câmara Municipal de Vereadores de Cabo Frio.

– A criação dessa comissão chega em boa hora. Acabamos de firmar uma agenda positiva com a PROLAGOS, onde solicitamos taxa social para Igrejas, instituições religiosas e filantrópicas; tarifa social mais flexível; fim da taxa de corte; prazo maior para corte após o vencimento e não mais imediatamente como é feito hoje; água para São Jacinto e a revisão do contrato com o intuito de diminuir a tarifa. Não vou parar de fiscalizar e cobrar a PROLAGOS, a população vai ter em mim um ferrenho defensor do consumidor,disse o deputado.

O Vereador Vanderlei Bento, ao centro, é o presidente da Comissão Especial dos Direitos do Consumidor (Foto: Divulgação)

O deputado estadual Silas Bento fazendo o uso da palavra durante a cerimônia de instalação da Comissão Especial dos Direitos do Consumidor da Câmara de Vereadores de Cabo Frio

Compartilhe:
Comentar

Feriado de N.S Aparecida teve mais tráfego na ViaLagos

Mais de 150 mil veículos passaram pela ViaLagos no feriado de Nossa Senhora Aparecida, entre a última quarta-feira (11/10) e ontem (15/10), representando um aumento de 10% no tráfego em relação ao previsto.

A quarta e a quinta-feira foram os dias de maior fluxo em direção à Costa do Sol, com 27 mil e 34 mil veículos, respectivamente. Também foi grande a movimentação de volta para casa neste domingo, com a passagem de 40 mil veículos. E o trânsito segue intenso em direção ao Rio nesta segunda-feira, mas sem retenções. A previsão para hoje é de que 21 mil veículos passem pela rodovia até a meia-noite.

Em cinco dias de operação especial, as equipes do serviço SOS Usuário da CCR ViaLagos realizaram 223 atendimentos mecânicos. Do total de veículos atendidos, 106 tiveram os problemas resolvidos na própria pista e 117 foram rebocados. Foram registrados 8 acidentes no período, todos sem gravidade.

Compartilhe:
Comentar

Estudantes de Cabo Frio recebem peça teatral sobre Educação Ambiental

Em comemoração ao Dia das Crianças, alunos da Escola Municipal Professora Cláudia Muzio Freitas de Oliveira, no Jardim Esperança, em Cabo Frio, foram presenteados com a apresentação da peça teatral “Aventuras no Mundo Encanado”, que conta a história de um pescador inconformado com a degradação das águas e do meio ambiente da Região dos Lagos, e que busca ajuda para levar conscientização à população.

Com o objetivo de inserir o teatro nas escolas da Rede Municipal de Ensino, beneficiando alunos e professores do primeiro segmento do Ensino Fundamental, a Secretaria de Educação de Cabo Frio firmou parceria com a produtora 3 Apitos, que recebe apoio do Instituto Equipav (por meio da Lei de Incentivo Rouanet) e do Ministério da Cultura, com patrocínio da Prolagos.

“A peça ‘Aventuras no Mundo Encanado’ aborda enfaticamente a Educação Ambiental e se utiliza do entretenimento que os bonecos proporcionam ao público infantil para levar cultura e aprendizado de uma só vez aos nossos alunos”, ressaltou Clotilde Fiúza, Chefe da Gerência de Programas e Projetos da SEME.

Na luta do pescador pela conscientização da população contra a poluição, surge Casquinha, uma tartaruga muito esperta e destemida que enfrenta aqueles que possuem hábitos prejudiciais ao meio ambiente e, junto com o pescador, ensina formas melhores de se utilizar a água, evitando o desperdício.

“Aventuras no Mundo Encanado” trata da realidade da Região dos Lagos

Compartilhe:
Comentar

Atlética da UVA Cabo Frio viaja para a disputa do JUNFRI

Em 2016, o futsal da UVA Cabo Frio foi vice-campeão do JUNFRI

São previstos cerca de 10 mil pessoas durante os cinco dias do evento

Começa nesta quinta-feira (12) a 9ª edição dos Jogos Universitários Friburguenses (JUNFRI). Este ano, a competição, promovida pela empresa Camisa 10 Eventos, com o apoio da Prefeitura de Nova Friburgo, reúne nada menos que 30 associações atléticas acadêmicas de 11 municípios do Estado do Rio, ratificando sua condição de maior competição universitária do interior fluminense na temporada.

A cidade de Cabo Frio será representada na competição pela Atlética da Universidade Veiga de Almeida. A delegação cabo-friense viaja na noite desta quarta-feira (11) para Nova Friburgo, onde, a partir do dia 12, disputará o JUNFRI em nove modalidades: futsal, basquete, vôlei, handebol, cabo de guerra, tênis de mesa, atletismo e natação (masculino e feminino); fut7 (masculino); além de poker (na modalidade Texas Hold’em); FIFA e desafio de cheerleaders.

Os Sharks – como são conhecidos os integrantes da Atlética da UVA – estão animados para a disputa do JUNFRI. Em 2016, com 16 atléticas, a delegação cabo-friense ficou em 5º lugar na classificação geral, com destaque para as medalhas de prata no basquete feminino e no futsal masculino; e o bronze no cabo de guerra masculino. Este ano, a expectativa é de, pelo menos, igualar a posição, mesmo com mais competidores.

“Montamos boas equipes em quase todas as modalidades e estamos acreditando que poderemos fazer bonito no Junfri”, avaliou Renan Raposo, presidente da Atlética UVA Cabo Frio, que indica que cerca de 100 atletas representarão os Sharks na serra.

Os primeiros jogos dos Sharks na quinta-feira (12) são os seguintes:
13h – basquete masculino – UVA Cabo Frio x Senai CETIQT (Duas Pedras)
13h – handebol feminino –  UVA Cabo Frio x FACHA (Colégio Canadá)
14h – fut7 –  UVA Cabo Frio x UFRJ Macaé (Arena Friburgo)
15h – futsal feminino – UVA Cabo Frio x UniRio (NFCC)
16h – handebol masculino – UVA Cabo Frio x UFF Niterói (Adhemar Combat)
19h – vôlei feminino –  UVA Cabo Frio x IBMEC (IENF)
21h – vôlei masculino –  UVA Cabo Frio x UFF Campos (IENF)

Futsal masculino e basquete feminino, finalistas no ano passado, folgam na primeira rodada.
Com tantas modalidades em disputa, o JUNFRI deste ano terá mais de 500 partidas até as finais, que serão realizadas no domingo (15). Serão utilizados os ginásios de Duas Pedras e Adhemar Combat, ambos da prefeitura local; além de duas arenas no Nova Friburgo Country Club (NFCC), o Pauloca e o Multiuso; os ginásios dos colégios Celso Peçanha/IENF e Canadá e o do Friburguense, todos para os esportes de quadra. O fut7 será jogado na Arena Friburgo. O NFCC também sedia as provas de atletismo, poker, cabo de guerra, tênis de mesa e FIFA, além do desafio das cheerleaders e da cerimônia de abertura. As provas de natação serão disputadas na academia Aquafitness.
Programação terá shows e festas
Nem só de disputas esportivas vive o JUNFRI. Como a maioria das competições universitárias envolvendo atléticas, um dos pontos altos é a programação de eventos. Este ano, serão quatro noites de festa, todas em um espaço montado na Via Expressa, no bairro de Olaria, local tradicional de shows em Friburgo. A programação começa já nesta quarta-feira (11), com a Festa a Fantasia. Na quinta (12), tem o Festival Sertanejo. Na sexta (13), rola o Baile do Junfri e no sábado (14), a Choppada encerra a diversão. Todas as noites terão bandas e DJs consagrados da cena carioca, bem como os principais nomes da noite local.

A programação completa do JUNFRI 2017 está disponível no site da competição: www.junfri.com e na página no Facebook: http://fb.com/junfri.

Compartilhe:
Comentar

Atrações internacionais marcam os 15 anos do projeto “Jovens Pianistas”

Para comemorar os 15 anos da série “Jovens Pianistas”, neste sábado (14), a partir das 19h, a Casa de Cultura José de Dome (Charitas) recebe um recital duplamente internacional, com o pianista Rafael Butti e a cantora Stephanie Boller, ambos da Suíça. Criado em 2002 pelo pianista Hasenclever da Silva Oliveira, o evento chega à 58ª edição com objetivo de divulgar a música clássica em Cabo Frio, formando novas plateias.

Stephanie Boller é uma das mais ativas mezzo-soprano da Suíça, atuando com grande destaque no campo da música antiga e contemporânea. Em 2011 concluiu na Schola Cantorum Basiliensis o Mestrado em Advanced Vocal Ensemble Studies, sob a direção de Anthony Rooley e Evelyn Tubb. Estudou ainda na Universidade de Artes de Zurique, com Lina Maria Åkerlund e Jill Feldman. Aperfeiçoou-se em diversos master classes de canto com Margreet Honig e Mariëtte Witteveen, e de música de câmara barroca com Rainer Zipperling e Peter Holtslag. Atua como solista em oratórios e produções de várias óperas, como por exemplo “Bunbury”, do compositor suíço Paul Burkhard; “Il ritorno d’Ulisse in patria” de Monteverdi; “O diário de um desaparecido” de Janacek; “Grande Missa em dó menor” de Mozart e também participou da estreia da ópera “Casa da Nova Criação”, do compositor contemporâneo suíço Carl Rütti. Em 2010, fundou o grupo “Lamaraviglia” e em 2013 criou uma série de Música Antiga. Stephanie Boller vem se especializando ainda no repertório de Lied, com foco na obra de Debussy, Schumann e Schubert e também de compositores contemporâneos, como Othmar Schoeck e Hanns Eisler.

Já o pianista Rafael Rütti é formado pela Musikhochschule de Zurique, na Suíça, onde estudou com Homero Francesch (Mestrado) e Hans Schicker (Licenciatura). Foi premiado por várias fundações suíças, entre elas a Landolt, Kiwanis, Friedl-Wald e Bertie-Alter. Já se apresentou como solista de importantes orquestras do seu país, como a Aargaauer Sinfonieorchester, Musikkollegium Winterthur, Jugend Sinfonieorchester Zürich, Neumünster Orchester Zürich. Rütti tem várias gravações em rádios e lançou alguns CDs. Além de artista, também é professor de piano no conservatório de Zurique, com interesse tanto no repertório tradicional quanto contemporâneo, tendo participado do Festival de Lucerne com Pierre Boulez e estrelado inúmeras obras de vários compositores. Rafael Rütti forma parte do Ensemble Theater am Gleis Winterthur e do trio Werktag, que se dedicam à música nova contemporânea.

A série Jovens Pianistas

Em 15 anos de projeto, mais de 35 artistas já passaram pelo concerto “Jovens Pianistas”. Alguns foram tão bem recebidos pelo público que acabaram voltando. É o caso da pianista japonesa Yuka Shimizu, que já esteve cinco vezes em Cabo Frio. E para as próximas duas edições outros dois nomes internacionais já estão confirmados. “No dia 11 de novembro teremos um concerto com o pianista italiano, Giosue de Vincenti, em comemoração ao aniversário de Cabo Frio. Também já está certo o retorno do violonista italiano Giuseppe Zinchiri, que se apresentou na 40ª edição”, anunciou Hasenclever, criador e diretor do projeto.

A Casa de Cultura José Dome – Charitas está localizada na Avenida Nossa Senhora da Assunção, no Centro de Cabo Frio, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e das 14h às 20h aos sábados domingos e feriados.

Compartilhe:
Comentar

Cabo Frio recebe 67 municípios no Fórum Estadual de Conselheiros Tutelares

Pelo menos 250 pessoas de 67 municípios do Estado do Rio de Janeiro participaram, neste fim de semana, da 68ª edição do Fórum Estadual de Conselheiros Tutelares, que aconteceu no Centro Evangelístico Internacional – CEI, em São Cristóvão. A abertura oficial aconteceu na sexta-feira (6), e a programação aconteceu até domingo (8). Logo na primeira palestra, o novo Secretário de Educação de Cabo Frio, Alessandro Teixeira, abordou o tema “Políticas e práticas para enfrentar a violência que atravessa os muros da escola”, com a mediação de Luiz Felipe Marinho. Em seguida, palestrou a economista Teresa Constantino, sobre “O Conselho Tutelar e o Orçamento Público”. Ainda no primeiro dia o evento teve a presença de Edson Seda, relator do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) e autor de outros livros renomados, palestrando sobre o tema “Políticas Públicas para a construção de uma cultura de paz”.

Crianças e adolescentes de vários projetos sociais de Cabo Frio também participaram da abertura do evento. O hasteamento das bandeiras para execução do Hino Nacional, por exemplo, ficou por conta dos participantes do Projeto Futuro Guardião Mirim, da Associação dos Veteranos Militares (AGIA GTMA). O hino da cidade de Cabo Frio foi executado por participantes das oficinas de canto coral e percussão do Cras Central. Aconteceu ainda a apresentação do coral do Centro de Atenção ao Jovem Espaço Feliz (CAJEF) e um dueto de dança da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

Na composição da mesa de abertura, a vice-prefeita Ruth Schuindt representou o Prefeito Marquinhos Mendes, e Luzier Barbosa, Superintendente da Gestão do SUAS, representou Rômulo Vidal dos Anjos, Secretário da Assistência Social (SEMAS). Também integraram a mesa na solenidade de abertura a Dra. Luciana Nascimento Pereira, Promotora de Justiça da Vara de Infância e Juventude de Cabo Frio; Juarez Marçal da Silva Filho, Presidente da Associação dos Conselheiros Tutelares do Estado do Rio de Janeiro (ACTERJ); José Antonio Odilon, Coordenador-Geral da Criança e do Adolescente (COGECRIA); Alessandro Teixeira, Secretário de Educação de Cabo Frio; Rosane Carvalho de Almeida, Presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA); Douglas Felizardo, Presidente do Conselho Tutelar do Primeiro Distrito de Cabo Frio, e Grazielle Pereira, Presidente do Conselho Tutelar do Segundo Distrito de Cabo Frio. Durante discurso de abertura, todos foram unânimes em ressaltar a importância das parcerias para garantir os direitos das crianças e adolescentes, e a relevância do Fórum para a troca de experiências e capacitação constante dos Conselheiros.

No sábado (7) a programação foi aberta com a palestra “O Ato Infracional na Sociedade Contemporânea e o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase) como possibilidade para a construção de projetos de vida”, com Murilo Digiácomo, Procurador de Justiça no Estado do Paraná. Também foram abordados os “Índices de homicídio na adolescência e ações para uma nova cartografia de vida”, com o palestrante Doriam Borges, doutor em Sociologia e Coordenador do relatório Homicídio na Adolescência no Brasil, e “A violência cultural que oprime, discrimina e exclui crianças e adolescentes”, com o palestrante Sidney Aguilar Filho, doutor em Filosofia e História da Educação. No domingo (8) o evento foi encerrado com uma Roda de Conversa e Assembleia da Associação dos Conselheiros Tutelares do Estado do Rio de Janeiro (Acterj).

Para José Antonio Odilon, Coordenador-Geral da Criança e do Adolescente de Cabo Frio, “o nível do evento foi muito bom, merecendo elogios unânimes quanto ao excelente nível dos palestrantes que abordaram os temas com muita propriedade. Além de ter sido muito enriquecedor para os participantes, o Fórum também movimentou pousadas e restaurantes da cidade, gerando mais recursos para a cidade”, revelou.

Esta foi a primeira edição do evento a acontecer na cidade

Compartilhe:
Comentar

Cabo Frio participa de Fórum de Guardas Civis Municipais

Cabo Frio esteve presente no 1º Fórum de Guardas Civis Municipais realizado nesta quinta-feira (05) em Armação dos Búzios. O evento teve como objetivo discutir o real papel, atribuições e competências da corporação na administração pública, e debater as dificuldades enfrentadas no cumprimento da missão de proteger bens, serviços e patrimônios públicos, bem como, de forma suplementar, apoiar as polícias em ações que visam combater a criminalidade.

O diretor de Ensino e Capacitação da Guarda Municipal de Cabo Frio, Emmanoel Mattos, participou do Fórum e ressaltou a importância de encontros como este para que a corporação tenha um bom desempenho do seu papel junto à sociedade. “Para nós, integrantes da Guarda, esses encontros são importantes porque abrem espaço para debatermos em conjunto as dificuldades que enfrentamos, e nos permite vislumbrar formas de tentar melhor nossa atuação e mostrar para os gestores a importância de se investir na corporação. Afinal, uma guarda organizada, bem capacitada e estruturada reflete na prestação do serviço para a sociedade”, afirmou.

O evento foi organizado pela Associação de Guardas Municipais de Armação dos Búzios e teve a presença de autoridades locais e de agentes das guardas municipais da região.

Evento foi realizado em Búzios com a presença de autoridades e guardas da região

Compartilhe:
Comentar
Assine o RSS
Publicidade
Publicidade
?>