Publicidade

Jornal do Brasil

Cabo Frio JB News

Guarda Marítima desenvolve atividades com alunos da rede municipal

A Guarda Marítima e Ambiental de Cabo Frio vem demonstrando que nem só de fiscalizações e apreensões vive a corporação. Nesta quinta-feira (7) cinco agentes da GMA guiaram 30 alunos da Escola Municipal Luis Lindenberg, no Guarani, num passeio pelo canto da Praia do Forte e no próprio Forte São Mateus, ensinando conceitos sobre preservação ambiental, geografia, história e cidadania.

Os passeios são uma iniciativa da Guarda Marítima Ambiental e da Secretaria Municipal da Educação.  Diversas escolas já participaram da programação. O próximo roteiro será com os alunos da Escola Agrícola Municipal Nilo Batista (Tamoios).

A Guarda Marítima e Ambiental de Cabo Frio também vem se destacando em outras atividades que demonstram a dedicação e a aplicação dos seus agentes, como o apoio às gravações da novela Força do Querer, no início do mês de novembro, e segurança de eventos esportivos realizados na Praia do Forte,  como o Stand Up for Life e o Aloha Spirit, além de auxílio nas atividades do Projeto Somar de Turismo Acessível em todas as ações de limpeza das praias.

Para o comandante da Guarda Marítima e Ambiental de Cabo Frio, Paulo Fernando, todos os agentes estão sempre preparados para cumprir com seus deveres. “Estaremos sempre dispostos a ajudar e, ao mesmo tempo, cumprir nosso papel de agente da Lei e de proteção ao meio ambiente. Fazemos porque gostamos e porque está em nossa essência. Estamos sempre à disposição da população”, enfatizou, lembrando que no último fim de semana a GMA apreendeu uma churrasqueira na Ilha do Japonês, autuando e multando o infrator.

Compartilhe:
Comentar

Búzios ganha nova marina

Texto: Alexandra de OLiveira

Fotos: Ronald Pantoja

Foi inaugurada neste sábado (25), em Búzios, no litoral do Rio de Janeiro, a mais nova marina do grupo BR Marinas. Localizada no bairro da Rasa, a área foi totalmente revitalizada garantindo seu uso não apenas para fins náuticos, mas também para o lazer de buzianos e turistas. Em atividade desde 1999, a empresa é pioneira na utilização do sistema Forklifts, que revolucionou a operação de embarcações em vagas secas, reduzindo significativamente o tempo de transporte do barco para a água.

A inauguração contou com a participação do prefeito de Búzios, André Granado, que disse estar feliz com o empreendimento.

– Essa marina é a concretização de um sonho que começou nos anos 1980, com Umberto Modiano, um homem visionário que iniciou a implantação de um complexo turístico aqui em Búzios, com aeroporto, hotéis e condomínios, lembrou o prefeito.

Apesar de possuir um litoral de 7.367 quilômetros de extensão, 35.000 quilômetros de vias internas navegáveis, 9.260 quilômetros de margens de reservatórios de água doce, como hidroelétricas, lagos e lagoas, além do clima ameno, o Brasil ainda não aproveita sua grande vocação para o Turismo Náutico. Com a inauguração da marina, pretende-se, que essa realidade nacional desapareça de Búzios.

Segundo o Ministério do Turismo, os turistas náuticos com embarcações próprias são os que mais gastam com alimentação, compras, passeios e lazer durante as viagens. Também geram postos de trabalho ao contratar serviços de manutenção e marinheiros. Com mais essa unidade, o grupo BR Marinas conta agora com sete marinas em operação, e todos os associados podem utilizar o novo empreendimento. O espaço também será aberto ao público e pode receber barcos à vela, motor, stand up paddle, qualquer atividade náutica, produto de desporto ou turismo.

– Agora o navegante encontra em Búzios uma marina organizada com todos os serviços receptivos que permitem a logística do passeio, completou o prefeito.

A obra de revitalização contou com a dragagem dos canais que estavam assoreados para ampliação do calado para 2,5 metros de profundidade e alargamento para 30 metros. A nova geografia na parte continental de Búzios faz parte de um projeto muito mais amplo, com a abertura de vias de acesso e obras de infraestrutura com redes de água, esgoto e energia, para a construção de um novo bairro que se estenderá por uma área com mais de 6 milhões de metros quadrados.

Aretê, que em grego significa “busca pelo melhor, excelência, virtude”, será um bairro com vilas, lotes, casas e condomínios assinados por grandes arquitetos. Hoje, além da marina, o bairro já conta com serviços de aeroporto e campo de golfe. Para 2018 está prevista a construção das primeiras casas e vilas, além de dois clubes. Com todas as suas características o projeto deverá estar concluído ao longo de 10 anos.

– A prefeitura está acompanhando de perto todo o andamento do projeto. Temos reuniões semanais com os empreendedores. Estas iniciativas são fruto de maturação em conjunto, força empresarial e apoio governamental, o que resulta em benefícios sociais e econômicos para a nossa cidade, concluiu André Granado.

O prefeito de Búzios, André Granado, durante a inauguração na marina neste sábado

Localizada na Rasa, a marina faz parte de um projeto muito mais amplo, que será referência mundial

Agora o navegante encontra em Búzios uma marina organizada com todos os serviços receptivos que permitem a logística do passeio

Compartilhe:
Comentar

“GARI PASTOR” RECOLHE MICRO LIXO NA PRAIA DO PERÓ

Texto: Paulo Roberto Araújo
As crianças são a principal preocupação dele. Pastor evangélico, Aristides Carlos, conhecido como “Gari Pastor” trabalhou durante muitos anos limpando a areia das praias da Zona Sul do Rio quando era funcionário da Comlurb. Nos últimos meses, contudo, ele é o responsável pela retirada do micro lixo da Praia do Peró, em Cabo Frio, que é candidata à Bandeira Azul, título internacional de qualidade.
O trabalho do gari vem sendo elogiado por turistas e moradores que freqüentam a Praia do Peró. Aristides trabalha à noite de quarta a sexta-feira e pela manhã aos sábados e domingos, quando é maior o movimento de banhistas na Praia do Peró no trecho dos quiosques. Ao contrário do que se vê nas praias, ele dispensou a vassoura palheta (muito usada na limpeza de gramados) para usar o ancinho:
– Com o ancinho, consigo retirar o micro lixo que fica enterrado, escondido. A vassoura faz apenas a limpeza superficial – explica o gari, que é pastor da Igreja Assembléia de Deus.
Funcionário da empresa Prime, Aristides foi escolhido para cuidar da Praia do Peró depois das reclamações sobre o excesso de micro lixo na praia, que tem, ao todo, 7 kms de extensão e águas livres da poluição. O Gari Pastor também recolhe todo o lixo trazido pelo mar. Enche em média 30 sacos de 100 litros em cada dia de trabalho.
– Na área dos banhistas, encontro muito guimbas de cigarro, canudinhos, palitos de picolé, tampinhas de garrafa e até agulhas. Preocupo-me muito com as crianças. Fico incomodado quando vejo um pai não repreender os filhos que deixam o lixo na praia ou em qualquer lugar – lamenta.
O Gari Pastor tem uma sugestão para melhorar a limpeza das praias, especialmente a do Peró:
– Os quiosques deveriam manter uma lixeirinha para o lixo orgânico em casa mesa. Um quiosque da Praia das Conchas já faz isso. E os ambulantes, sobretudo os que vendem cocos, teriam que ter um saco de lixo para recolher os resíduos
O gari reconhece que o trabalho minucioso que faz no Peró está ajudando a conscientizar as pessoas. Os banhistas reclamam da falta de lixeiras e Paloma Arias, uma das coordenadoras do projeto Bandeira Azul, quer usar o trabalho do gari como exemplo para o sucesso da campanha pelo certificado:
– Graças a Deus, estamos colaborando para um ambiente melhor. Eu amo o que faço – concluiu Gari Pastor.

“GARI PASTOR” FAZ TRABALHO
EXEMPLAR NA PRAIA DO PERÓ. (Foto: Paulo Roberto Araújo)

Compartilhe:
Comentar

CCR ViaLagos abre inscrição para palestra educativa “Dicas simples evitam acidentes e salvam vidas no trânsito”

Estão abertas as inscrições para a palestra “Dicas simples evitam acidentes e salvam vidas no trânsito”, que será realizada no dia 22 deste mês na sede da CCR ViaLagos, em Rio Bonito.  Ministrada pela equipe de Atendimento Pré-Hospitalar da CCR ViaLagos e o Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual, a palestra é gratuita e integra a programação de atividades educativas da Concessionária durante a Semana Nacional do Trânsito, que acontece entre os dias 18 e 25 de setembro.

O objetivo é mostrar aos participantes técnicas de atendimento às vítimas de acidentes, orientando o público sobre como socorrer corretamente um acidentado até a chegada do socorro especializado, para evitar mais lesões à vítima. Os participantes também receberão orientações sobre os cuidados ao dirigir para minimizar chances de acidentes, e a maneira correta de transportar pessoas, objetos e animais no veículo.

A palestra acontecerá na sede da Concessionária, das 13h30 às 14h50. As vagas são limitadas e as inscrições devem ser feitas até do dia 20 de setembro pelo Disque CCR ViaLagos: 0800 702 0124.

 Endereço da CCR ViaLagos: Rodovia RJ-124, km 22, junto à praça de pedágio, em Rio Bonito.

Compartilhe:
Comentar

PROJETO LEVA CULTURA ITINERANTE A PARTIR DESTA SEXTA EM CABO FRIO

Inicia nesta sexta-feira (14) o projeto Kombination – Arte na Rua, que levará cultura itinerante através de uma Kombi para bairros e espaços públicos de Cabo Frio. A iniciativa surgiu do programa “Celeiro de Projetos” da Secretaria de Cultura, que tem o objetivo de fomentar o setor com apoio estrutural.

Nesta sexta, a apresentação fica por conta da banda Beach Combers. O show será na Praça da Cidadania, próxima à Praia do Forte, a partir das 18h. O trio carioca irá embalar o público com surf music instrumental. No domingo (16) é a vez da banda Camaleão Nativo levar reggae para o estacionamento do Lido, também na Praia do Forte, a partir das 16h.

Segundo o idealizador do projeto, Lucas Cabral, a iniciativa visa promover a cultura e dar visibilidade aos artistas. “Eles poderão fazer suas apresentações através de um palco móvel, que será a Kombi, mostrando a sua música e divulgando o seu trabalho”, disse.

Os artistas interessados em usar o palco móvel devem procurar o Departamento de Políticas Públicas da Secretaria de Cultura, que funciona na Casa de Cultura José de Dome (Charitas), de terça a quinta-feira, das 9h às 11h.

“Celeiros de Projetos”

O programa desenvolvido pela Secretaria de Cultura tem o objetivo de fomentar o setor através das propostas de artistas, músicos, artesãos, dançarinos, escritores, produtores culturais e a mais ampla diversidade cultural, oferecendo apoio Estrutural, sem repasse financeiro.

A iniciativa é desenvolvida pelo Departamento de Políticas Culturais. Além de estrutura como espaço físico e equipamentos de som, a Secult firmou parceria para divulgação e marketing com a Coordenadoria-Geral de Comunicação.

Compartilhe:
Comentar

Ministério da Cultura e Instituto CCR apresentam Cine em Cena em Iguaba Grande, nesta sexta

O Cine em Cena chega em Iguaba Grande nesta sexta-feira (16/06), numa parceria da CCR ViaLagos com a secretaria municipal de educação. Apresentado pelo Ministério da Cultura e o Instituto CCR, o projeto promove o acesso gratuito à cultura e lazer para alunos de escolas públicas e comunidades da Região dos Lagos.

Durante três dias, de sexta até domingo (18/06), os moradores da cidade poderão assistir a quatro sessões gratuitas por dia (ver programação abaixo), numa sala com capacidade para 225 pessoas, ar condicionado, tela de 26m2, sistema de som e projeção digital. Toda essa estrutura viaja de uma cidade a outra dentro de um caminhão. Para muitos, é a primeira oportunidade de ver um filme em uma sala de cinema.

A sala de cinema itinerante já visitou Araruama, Rio Bonito, Saquarema e São Pedro da Aldeia e nos dias 27, 28 e 29 desse mês chega em Cabo Frio, atingindo cerca de 15 mil pessoas nesta temporada na Região dos Lagos, com filmes diversos para todas as idades, incluindo sessões em 3D com distribuição de pipoca.

O Instituto CCR é uma entidade privada, sem fins lucrativos, criada em 2014, com o objetivo de estruturar a gestão de projetos sociais, culturais, ambientais e esportivos apoiados há mais de dez anos pela empresa, por meio de suas concessionárias.

Até domingo (18/06), moradores da cidade poderão assistir a quatro sessões gratuitas por dia, inclusive em 3D.

Compartilhe:
Comentar

Área da Reserva Biológica União é ampliada

No Dia Mundial do Meio Ambiente, área da Reserva Biológica União, na Região dos Lagos do RJ, é ampliada (Foto: Divulgação/Reserva Biológica União)

Na semana do Meio Ambiente, o presidente Michel Temer, assinou um decreto aumentando em mais de três vezes o tamanho original da Reserva Biológica União, localizada numa área que abrange os municípios de Casimiro de Abreu, Macaé e Rio das Ostras. Outras duas unidades no Brasil também foram ampliadas, além da criação de um Parque Nacional. Com a medida, o Brasil passa a contar com mais 347 mil hectares de áreas protegidas no Cerrado, Mata Atlântica, Amazônia e no bioma Marinho Costeiro.

A Reserva Biológica União, criada em 22 de Abril de 1998, passa dos atuais 2.548 hectares para 7.767 hectares, protegendo remanescentes do bioma Mata Atlântica de terras baixas e de encostas. A área ampliada irá formar um corredor que interligará a Mata Atlântica de baixada com a Mata Atlântica de encosta estendo-se pela Serra do Mar, garantindo o livre fluxo gênico de espécies da fauna e flora, cumprindo o objetivo de assegurar a proteção e recuperação de remanescentes da mata atlântica e formações associadas, e da fauna típica, que delas depende, em especial o mico-leão-dourado, espécie ameaçada de extinção e endêmica desta região.

Com a ampliação, segundo divulgou o Instituto Chico Mendes ,o município de Casimiro de Abreu passa a ter 63,77% (4.953,43 ha) da área total da Reserva, seguido de Rio das Ostras com 24,68% (1.917,24 ha) e Macaé com 11,55% (897,13 ha). Os três municípios poderão pleitear aumento no repasse do ICMS Ecológico junto ao governo do estado do Rio de Janeiro, o que ampliará também a sua arrecadação.

Compartilhe:
Comentar

Ministério da Cultura e Instituto CCR apresentam Cine em Cena em São Pedro da Aldeia

Após passar por três cidades (Araruama, Rio Bonito e Saquarema), o Cine em Cena está em São Pedro da Aldeia.  O projeto apresentado pelo Ministério da Cultura e o Instituto CCR promove o acesso gratuito à cultura e lazer para alunos de escolas públicas e comunidades da Região dos Lagos, numa parceria da CCR ViaLagos com as respectivas secretarias de educação.

Durante três dias, de hoje até quarta-feira (31/05), os moradores da cidade poderão assistir a quatro sessões gratuitas por dia (ver programação abaixo), numa sala com capacidade para 225 pessoas, ar condicionado, tela de 26m2, sistema de som e projeção digital. Toda essa estrutura viaja de uma cidade a outra dentro de um caminhão. Para muitos, é a primeira oportunidade de ver um filme em um sala de cinema.

Em junho, a sala de cinema itinerante chega à Iguaba Grande e, em julho, à Cabo Frio. Nesta temporada na Região dos Lagos, o projeto atingirá cerca de 15 mil pessoas, com filmes diversos para todas as idades, incluindo sessões em 3D com distribuição de pipoca.

De hoje até quarta-feira (31/05), moradores da cidade poderão assistir a quatro sessões gratuitas por dia, inclusive em 3D.

Compartilhe:
Comentar

Horto Municipal de Cabo Frio será reativado

O Horto Municipal de Cabo Frio será reativado. O local passou por uma operação de limpeza, devolvendo o desenho original das alamedas, e os viveiros de mudas foram reordenados. A previsão da Prefeitura é que o local volte a funcionar no fim do mês de julho.

De acordo com o município, os postes de iluminação do horto também foram reinstalados e o portão que estava inutilizado foi trocado. Além disso, 750 mudas, doadas pela iniciativa privada, começaram a receber os cuidados necessários.

– Estamos criando as condições estruturais para que o Horto Municipal tenha condições de cumprir o seu papel. A troca do portão e a recuperação da cerca garantem a segurança dos servidores para que desenvolvam seu trabalho. Estamos programando a reabertura do horto, em pleno funcionamento, para o fim do mês de julho, com toda a atenção que esse feito merece, disse o secretário do Desenvolvimento, Cláudio Bastos.

Horto municipal de Cabo Frio será reativo (Foto: Divulgação/ Ascom Cabo Frio)

Compartilhe:
Comentar

FIRJAN e prefeitos defendem manutenção de incentivos fiscais para retomada do crescimento do Rio de Janeiro

O Sistema FIRJAN reuniu, nesta segunda-feira (10), 12 representantes de municípios fluminenses, entre prefeitos, vice-prefeitos e secretários, para debater a importância da manutenção dos incentivos fiscais no estado do Rio. Pesquisa feita pela Federação com quase 200 indústrias do estado mostra que, caso os incentivos sejam suspensos, nove entre dez empresas planejam fazer demissões e mais da metade encerraria as atividades no Rio de Janeiro. Nos próximos três anos os investimentos programados para os municípios fluminenses com regime tributário diferenciado somam R$ 42,6 bilhões, projetos que podem ser cancelados ou transferidos. Todos os estados brasileiros utilizam incentivos fiscais para atrair investimentos.

O presidente do Sistema FIRJAN, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, lembrou ainda que a vinda de novas empresas fez com que a arrecadação do ICMS mais que dobrasse em 51 municípios fluminenses, em apenas seis anos. “A extinção dos incentivos fiscais ou sua abrupta redução não vai penalizar só os empresários, os municípios também vão sofrer. As empresas programaram seus investimentos diante do cenário em que receberam os incentivos fiscais. Sem incentivos, essas empresas vão migrar para os estados vizinhos, que continuarão oferecendo vantagens tributárias para fisgar novos investimentos. E lá se vão os empregos e a renda da população das cidades fluminenses, renda que move a economia, não só a indústria, mas o comércio e os serviços. Com a fuga das indústrias, virá o empobrecimento das cidades”, reiterou.

Nos últimos anos, mais de 230 indústrias se instalaram no interior fluminense, gerando quase 100 mil empregos de carteira assinada. Diversas cidades passaram por uma verdadeira transformação com a política de incentivos fiscais. Entre 2008 e 2014, Saquarema arrecadou mais de R$ 10,3 milhões em ISS e R$ 22 milhões em ICMS, além de as novas empresas terem gerado mais de 11,2 mil empregos.

No encontro, a FIRJAN reiterou que incentivos fiscais não são sinônimo de renúncia de receita, ao contrário. Essa política, ao atrair empresas, ajudou a aumentar a receita de diversas cidades e do estado graças aos impostos cobrados desses novos empreendimentos.

Das empresas entrevistadas pelo Sistema FIRJAN, 89,6% afirmam que farão demissões se perderem incentivos, o que representa 45.022 empregos em risco. Mais da metade das empresas (52,6%) disseram ainda que irão fechar as portas. Dessas, 60,5% vão se mudar para outros estados, enquanto 39,5% devem encerrar definitivamente suas atividades.

O objetivo do encontro promovido pela Federação das Indústrias era, também, sensibilizar os gestores municipais para atuarem junto aos deputados de suas regiões na defesa dos incentivos, já que ainda tramitam na Alerj projetos ligados ao assunto. Para o deputado Luiz Martins – um dos autores do Projeto de Lei 2.472/2017, que desobriga parte das empresas instaladas no estado a recolher 10% dos incentivos fiscais para um FEEF (Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal) -, é fundamental que os prefeitos também estejam nessa luta. “Aprofundar esse debate é importante para que todos entendam que estamos defendendo o emprego no estado do Rio”.

Também participaram do encontro o deputado estadual André Corrêa e representantes das cidades de Campos dos Goytacazes, Cordeiro, Itaperuna, Magé, Nova Friburgo, Paracambi, Petrópolis, Piraí, Queimados, Resende, Saquarema e Três Rios.

O objetivo do encontro era também sensibilizar os gestores municipais para atuarem junto aos deputados de suas regiões na defesa dos incentivos
Foto: Renata Mello

O presidente do Sistema FIRJAN, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira. Foto: Renata Mello

Compartilhe:
Comentar
Assine o RSS
Publicidade
Publicidade
?>