Publicidade

Jornal do Brasil

Cabo Frio JB News

Meio Ambiente fiscaliza pesca predatória de tartaruga marinha em Macaé

Rede apreendida em operação contra a pesca de tartarugas marítimas em Macaé (Foto: Ascom Macaé/Divulgação)

As secretarias de Ambiente e Sustentabilidade de Macaé, Defesa Civil e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) apreenderam, no mar, 3 km de rede utilizadas para a pesca de tartarugas marinhas. A operação, para coibir a pesca predatória de tartarugas marinhas aconteceu nesta terça-feira. Os agentes percorreram o Pontal, praias do Forte, Farol e Campista, consideradas áreas com maior concentração de tartarugas.

A rede apreendida estava a menos de 100 metros de distância da costa. A distância mínima permitida é de pelo menos 200 metros. A fiscalização contou ainda com o barco da Defesa Civil.

De acordo com o coordenador de Fauna, da Secretaria de Ambiente, Fernando Barreto, além de poder acarretar na morte das tartarugas, este tipo de pesca prejudica ainda as espécies em época de defeso e outros animais que ficam presos nas redes.

A pena para quem é flagrado desrespeitando as áreas de preservação ambiental ou época de defeso varia de acordo com o crime previsto na lei 9.605/98, que trata sobre crimes ambientais. A ação de fiscalização conta com a contribuição da população. Quem quiser denunciar, pode ligar direto para o telefone (22) 2772-3571 (Secretaria de Ambiente) ou (22) 2765-5303 (Inea).

Compartilhe:
Comentar

Polícia apreende 15 máquinas caça-níqueis em Macaé

Caça-níqueis apreendidos em Macaé (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

A Polícia Militar apreendeu 15 máquinas caça-níqueis na noite deste terça-feira (11) no município de Macaé. Dois homens que seriam os responsáveis pelo estabelecimento, de 33 e 66 anos, foram detidos e liberados após serem autuados na Lei de Contravenções Penais. O caso foi registrado na 123ª Delegacia de Polícia.

A ação aconteceu na Rua Missionário Salomão Gisburg, no bairro Miramar, após uma denúncia anônima de que o local seria um ponto para a prática de jogos de azar. De acordo com a polícia, 14 máquinas estavam em funcionamento. No local, foram apreendidos R$ 1.332 em dinheiro, segundo a Polícia Militar.

Compartilhe:
Comentar

Petroleiros protestaram no Centro de Macaé e fecham ponte por quase um hora

Protesto fecha Ponte da Barra, em Macaé, contra reformas trabalhista e previdenciária (Foto: Sindipetro do Norte Fluminense/Divulgação)

Petroleiros protestaram contra as reformas trabalhista e previdenciária em Macaé na manhã desta sexta-feira (30). Eles ocuparam a Ponte da Barra por cerca de 50 minutos e foram para a Praça Veríssimo de Mello, no Centro. Segundo o Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro/NF), a manifestação encerrou por volta das 13h.

O ato também pedia a saída do presidente Michel Temer e inclui estudantes e representantes de movimentos sociais. Os petroleiros pedem o fim da redução de efetivo nas empresas, o combate à terceirização e mais segurança no trabalho. A categoria também reivindica que todos os direitos sejam mantidos, sem cortes, em alusão às reformas propostas pelo governo.

De acordo com o Sindipetro/NF, a manifestação não interferiu a produção de petróleo nas plataformas da Bacia de Campos.

Compartilhe:
Comentar
Assine o RSS
Publicidade
Publicidade
?>