Publicidade

Jornal do Brasil

Cabo Frio JB News

Cabo Frio recebe 67 municípios no Fórum Estadual de Conselheiros Tutelares

Pelo menos 250 pessoas de 67 municípios do Estado do Rio de Janeiro participaram, neste fim de semana, da 68ª edição do Fórum Estadual de Conselheiros Tutelares, que aconteceu no Centro Evangelístico Internacional – CEI, em São Cristóvão. A abertura oficial aconteceu na sexta-feira (6), e a programação aconteceu até domingo (8). Logo na primeira palestra, o novo Secretário de Educação de Cabo Frio, Alessandro Teixeira, abordou o tema “Políticas e práticas para enfrentar a violência que atravessa os muros da escola”, com a mediação de Luiz Felipe Marinho. Em seguida, palestrou a economista Teresa Constantino, sobre “O Conselho Tutelar e o Orçamento Público”. Ainda no primeiro dia o evento teve a presença de Edson Seda, relator do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) e autor de outros livros renomados, palestrando sobre o tema “Políticas Públicas para a construção de uma cultura de paz”.

Crianças e adolescentes de vários projetos sociais de Cabo Frio também participaram da abertura do evento. O hasteamento das bandeiras para execução do Hino Nacional, por exemplo, ficou por conta dos participantes do Projeto Futuro Guardião Mirim, da Associação dos Veteranos Militares (AGIA GTMA). O hino da cidade de Cabo Frio foi executado por participantes das oficinas de canto coral e percussão do Cras Central. Aconteceu ainda a apresentação do coral do Centro de Atenção ao Jovem Espaço Feliz (CAJEF) e um dueto de dança da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

Na composição da mesa de abertura, a vice-prefeita Ruth Schuindt representou o Prefeito Marquinhos Mendes, e Luzier Barbosa, Superintendente da Gestão do SUAS, representou Rômulo Vidal dos Anjos, Secretário da Assistência Social (SEMAS). Também integraram a mesa na solenidade de abertura a Dra. Luciana Nascimento Pereira, Promotora de Justiça da Vara de Infância e Juventude de Cabo Frio; Juarez Marçal da Silva Filho, Presidente da Associação dos Conselheiros Tutelares do Estado do Rio de Janeiro (ACTERJ); José Antonio Odilon, Coordenador-Geral da Criança e do Adolescente (COGECRIA); Alessandro Teixeira, Secretário de Educação de Cabo Frio; Rosane Carvalho de Almeida, Presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA); Douglas Felizardo, Presidente do Conselho Tutelar do Primeiro Distrito de Cabo Frio, e Grazielle Pereira, Presidente do Conselho Tutelar do Segundo Distrito de Cabo Frio. Durante discurso de abertura, todos foram unânimes em ressaltar a importância das parcerias para garantir os direitos das crianças e adolescentes, e a relevância do Fórum para a troca de experiências e capacitação constante dos Conselheiros.

No sábado (7) a programação foi aberta com a palestra “O Ato Infracional na Sociedade Contemporânea e o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase) como possibilidade para a construção de projetos de vida”, com Murilo Digiácomo, Procurador de Justiça no Estado do Paraná. Também foram abordados os “Índices de homicídio na adolescência e ações para uma nova cartografia de vida”, com o palestrante Doriam Borges, doutor em Sociologia e Coordenador do relatório Homicídio na Adolescência no Brasil, e “A violência cultural que oprime, discrimina e exclui crianças e adolescentes”, com o palestrante Sidney Aguilar Filho, doutor em Filosofia e História da Educação. No domingo (8) o evento foi encerrado com uma Roda de Conversa e Assembleia da Associação dos Conselheiros Tutelares do Estado do Rio de Janeiro (Acterj).

Para José Antonio Odilon, Coordenador-Geral da Criança e do Adolescente de Cabo Frio, “o nível do evento foi muito bom, merecendo elogios unânimes quanto ao excelente nível dos palestrantes que abordaram os temas com muita propriedade. Além de ter sido muito enriquecedor para os participantes, o Fórum também movimentou pousadas e restaurantes da cidade, gerando mais recursos para a cidade”, revelou.

Esta foi a primeira edição do evento a acontecer na cidade

Compartilhe:
Comentar

Cabo Frio participa de Fórum de Guardas Civis Municipais

Cabo Frio esteve presente no 1º Fórum de Guardas Civis Municipais realizado nesta quinta-feira (05) em Armação dos Búzios. O evento teve como objetivo discutir o real papel, atribuições e competências da corporação na administração pública, e debater as dificuldades enfrentadas no cumprimento da missão de proteger bens, serviços e patrimônios públicos, bem como, de forma suplementar, apoiar as polícias em ações que visam combater a criminalidade.

O diretor de Ensino e Capacitação da Guarda Municipal de Cabo Frio, Emmanoel Mattos, participou do Fórum e ressaltou a importância de encontros como este para que a corporação tenha um bom desempenho do seu papel junto à sociedade. “Para nós, integrantes da Guarda, esses encontros são importantes porque abrem espaço para debatermos em conjunto as dificuldades que enfrentamos, e nos permite vislumbrar formas de tentar melhor nossa atuação e mostrar para os gestores a importância de se investir na corporação. Afinal, uma guarda organizada, bem capacitada e estruturada reflete na prestação do serviço para a sociedade”, afirmou.

O evento foi organizado pela Associação de Guardas Municipais de Armação dos Búzios e teve a presença de autoridades locais e de agentes das guardas municipais da região.

Evento foi realizado em Búzios com a presença de autoridades e guardas da região

Compartilhe:
Comentar

Ônibus que se transforma em teatro chega em Cabo Frio, nesta sexta

Apresentado pelo Ministério da Cultura e Instituto CCR, BuZum! passará por mais três cidades da Região dos Lagos até o dia 20 deste mês, apresentando peça sobre reciclagem

A companhia de teatro itinerante BuZum! está na Região dos Lagos com o espetáculo “Que lixo é lixo? ”, sobre reciclagem. Após passar por Rio Bonito e Iguaba Grande, o teatro de bonecos sobre rodas estaciona nesta sexta-feira em Cabo Frio, levando a magia do palco para alunos de escolas públicas, com apresentação do Ministério da Cultura e Instituto CCR e patrocínio da CCR ViaLagos, por meio da Lei Rouanet.

O BuZum! fica em dois dias em cada cidade. Em Cabo Frio, faz apresentações amanhã e na segunda-feira (09/10). Depois segue para AraruamaSão Pedro da Aldeia e Saquarema, onde encerra no dia 20 deste mês a temporada na Região dos Lagos. Serão 91 sessões gratuitas de teatro para garotada.

Concebido por Beto Andreetta e Mari Gutierrez, o espetáculo Que lixo é lixo? mostra as consequências do consumo exagerado de produtos e do descarte incorreto de resíduos, por meio de objetos cênicos desenvolvidos a partir de embalagens descartáveis, como caixas de leite, garrafas pet e latas de alumínio. O enredo envolve dois astronautas que durante uma viagem espacial percebem que a Terra está sufocada com o lixo produzido pelo homem. Depois de retornarem, eles contam às crianças os estragos causados pelo lixo, ensinando, de forma lúdica e divertida, sobre reutilização e reciclagem.

Adaptado em um ônibus que se transforma em sala de teatro, o BuZum! é equipado com palco, iluminação, ar condicionado e espaço para plateia com capacidade para 50 espectadores por sessão.

Educação

Quando o BuZum! estaciona em frente a uma escola, as peças em cartaz  levam também ensinamentos que podem ser utilizados pelos professores em sala de aula. Para isso, foi desenvolvido pelo BuZum!, em parceria com o Instituto Saberes, o Livro do Professor, um material pedagógico entregue a cada educador após os espetáculos. Com o apoio do material pedagógico, os professores conseguem relacionar o assunto abordado na peça à matéria lecionada em sala de aula – em disciplinas como português, história, geografia e matemática – ampliando assim os conhecimentos do aluno por meio de charadas, brincadeiras, curiosidades e dicas literárias. O objetivo é instigar a curiosidade das crianças antes mesmo das apresentações e mantê-la após a passagem do BuZum!.

As crianças presentes na plateia recebem um Teatro de Papel com personagens para montar, um brinde que lhes permite experimentar uma vivência teatral completa ao reproduzir ou criar um roteiro, construir os personagens e encenar suas peças; e o gibi BuZum! em Quadrinhos, que traz o enredo de espetáculos do projeto no divertido formato de história em quadrinhos.

Serviço

Cabo Frio – 06 e 09 de outubro: Dia 06:  Escola Municipal Justiniano de Souza (R. da Paz, s/nº – Maria Joaquina – 2º Distrito) Dia 09:  E.M.Vereador Leaquim Schuindt (R. Projetada, nº03 – Jardim Esperança)

Araruama – 10 e 11 de outubro

São Pedro da Aldeia – 16, 17 e 18 de outubro

Saquarema – 19 e 20 de outubro

Horários das sessões: 9h | 9h40 | 10h20 | 11h | 13h30 | 14h10 | 14h50

Compartilhe:
Comentar

Outubro Rosa na ViaLagos: motoristas recebem informações sobre prevenção ao câncer de mama

Com o intuito de promover a qualidade de vida e da saúde, o Instituto CCR apoia o movimento internacional Outubro Rosa, pela conscientização sobre o câncer de mama, com foco na prevenção da doença. Ao longo de todo o mês, motoristas que passarem pela ViaLagos receberão folhetos sobre o tema na praça de pedágio e verão mensagens em painéis eletrônicos e em lonas ao longo da rodovia, assim como também nas redes sociais do Grupo CCR e no site da CCR ViaLagos (www.grupoccr.com.br/vialagos).

O apoio ao movimento Outubro Rosa já faz parte do cronograma anual do Instituto CCR, que mais uma vez, abraça essa causa. “Saúde e a Qualidade de Vida compõem um dos pilares da base de atuação do Instituto CCR”, destaca a gestora do Instituto CCR, Marina Mattaraia.

Mais sobre o movimento e a doença

O movimento conhecido como Outubro Rosa nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990, para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente com o objetivo de compartilhar informações sobre a doença e promover a conscientização sobre a importância da detecção precoce. As mulheres com idade a partir dos 40 anos devem procurar o médico regularmente para fazer o exame de mamografia, além de realizar o autoexame. De acordo com informações do INCA, Instituto Nacional de Câncer, o câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do câncer de pele não melanoma. Responde por cerca de 28% dos casos novos a cada ano. O câncer de mama também acomete homens, porém, representa apenas 1% do total de casos da doença.

“Os primeiros passos para uma vida saudável são adotar hábitos saudáveis e desenvolver um comportamento preventivo. Os cânceres de mama e colo de útero são muito prevalentes, mas podem ser evitados com a correta prevenção e acompanhamento”, ressalta o Dr. José Antonio Coelho Júnior, médico cirurgião-geral e coordenador de qualidade de vida da CCR.

Compartilhe:
Comentar

Sociedade se une e mantém aulas de ginástica no Peró, em Cabo Frio

Texto: Paulo Roberto Araújo

A determinação da sociedade conseguiu manter um programa de sucesso em Cabo Frio. Moradores e veranistas do Peró, balneário  candidato à Bandeira Azul (título internacional de qualidade de praias) se uniram para impedir que um programa voltado para a saúde e a qualidade de vida chegasse ao fim. Eles se cotizaram e conseguiram manter as aulas de ginástica que a professora de Educação Física Patrícia Ângelo comanda há anos na orla da Praia do Peró. Nas sextas-feiras fazem uma caminhada até a Praia das Conchas.

O programa diário de exercícios na praia foi suspensa no ano passado, quando a prefeitura deixou de pagar os salários dos professores que comandavam as aulas de ginástica de solo em praças de Cabo Frio. Os pedidos para restabelecimento do programa voltado para a chamada melhor idade foram em vão. A prefeitura alegou e ainda alega falta de recursos.

– O pessoal se uniu, formou uma cooperativa e conseguiu manter o trabalho da professora Patrícia, que é muito querida por todos. Ela faz um ótimo trabalho voltado para a qualidade de vida. A boa notícia é que o número de alunos aumentou de 40 para 90 e o verão nem chegou. Cada dia chega um aluno novo – comentou a aluna Daise Corrêa, de 62 anos.

As aulas acontecem de segunda a sexta-feira, desde 2009, das 8 às 9h, no calçadão do Peró.  Quando venta forte, as aulas vão para a Praça do Moinho, que foi desfigurada pela própria prefeitura e está abandonada.

– Certa vez tentamos transferir as aulas do calçadão para um galpão, mas os alunos não aceitaram. Eles não abrem mão de fazer as aulas admirando esta paisagem incrível da Praia do Peró – disse Patrícia Ângelo, que é professora de Educação Física e de Natação.

Além da ginástica de solo e caminhadas, o grupo participa de ações na praia, como a retirada de micro lixo, voltadas para a candidatura do Peró à Bandeira Azul.

– Sou muito agradecida aos alunos. Eles são fantásticos. Fora das aulas, promovemos festas de aniversário e outras atividades num ambiente de muita descontração e onde não se fala em crise. Formamos uma grande família aqui no Peró – comemora Patrícia.

Com apoio apenas de empresas, como a Forte Farma, os alunos se cotizam para servir o café da manhã e buscam apoio para encontrar um local onde possam guardar o material que usam nas aulas. Qualquer apoio pode ser oferecido através do telefone 22-988583485.

Além da ginástica de solo e caminhadas, o grupo participa de ações na praia, como a retirada de micro lixo, voltadas para a candidatura do Peró à Bandeira Azul. (Fotos: Divulgação)

 

Compartilhe:
Comentar

Festival Sabores de Cabo Frio supera expectativas de organizadores

Foram 30 dias onde a gastronomia da cidade ofereceu um festival de sabores, cores, texturas e muita criatividade. Com o tema mar, os restaurantes participantes criaram pratos à base de peixe, camarão, lagosta, polvo, marisco e toda a variedade de frutos do mar. Além das sobremesas, que se destacaram pela criatividade. A terceira edição do Festival Sabores de Cabo Frio reuniu 53 estabelecimentos de 1° de setembro a 1° de outubro.

O evento  movimentou o turismo e a economia da cidade e criou um roteiro que reuniu restaurantes, petiscarias, bares, lanchonetes, doçarias, delicatessens, sorveterias e até açaiterias. O circuito, da Passagem à Ogiva, passando pelo São Bento, Boulevard Canal, Praia do Forte, Centro, Portinho, Palmeiras, Braga, Jardim Excelsior e São Cristóvão, fez com que muita gente fizesse um tour para provar as delícias da cidade.

A secretária de turismo de Cabo Frio, Fabíola Bleicker, comemorou o sucesso do Festival Gastronômico. Ela considera o evento o mais democrático do calendário turístico por envolver um grande número de estabelecimentos da cidade e não se limitar a uma rua. A secretária diz que o festival encantou moradores e turistas porque conseguiu unir cultura e história à gastronomia, fundamental para divulgação do destino e para o turismo.

“Parabéns aos organizadores do Sabores de Cabo Frio – Sebrae, Sindicato dos Hotéis e Restaurantes, Cabo Frio Convention & Visitors Bureau –  assim como aos patrocinadores e apoiadores e todos os 53 estabelecimentos que participaram e ajudaram a construir um case de sucesso que conquistou recorde de público e aumentou  as vendas nos estabelecimentos e a ocupação nos hotéis e pousadas da cidade”, declarou Fabíola.

O presidente do Sindicato dos Hotéis, Pousadas, Restaurantes, Bares e Similares, Carlos Cunha, também comemorou o sucesso do evento. Para ele, a terceira edição superou expectativas.

“Esta edição, certamente foi a melhor de todas, consolidando o festival como o melhor evento particular de Cabo Frio. O número de pratos vendidos e de novos clientes conquistados pelos restaurantes participantes refletem o sucesso do evento. A divulgação fora da cidade foi o ponto forte desta edição que, aliada à curiosidade que causou o concurso gastronômico, gerou uma procura muito acima das edições anteriores”, declarou Carlos Cunha.

A presidente do Convention & Visitors Bureau, Maria Inês Oliveros, corrobora as declarações dos parceiros e já pensa em 2018.

“A terceira edição foi além do esperado, muitas vendas, todos muitos felizes com o resultado. Mas a satisfação foi além da expectativa. E agora vamos nos preparar para 2018”, finalizou Maria Inês.

Compartilhe:
Comentar

Festival Sabores de Cabo Frio entra na última semana

A terceira edição do Festival Sabores de Cabo Frio chega à reta final. Esta é a última semana para os apreciadores da boa gastronomia degustarem os pratos dos 53 estabelecimentos participantes. O Festival, que começou em 1° de setembro, segue até o próximo domingo, 1° de outubro. Nesta terça-feira (26), a organização do evento anuncia os nove finalistas do concurso gastronômico. Serão eleitos três representantes de cada categoria – entrada, prato principal e sobremesa. Os nove chefs disputarão a final na quarta-feira (27), às 19h, na presença do público, no Espaço Gourmet, montado no Shopping Park Lagos.

Desde 1 de setembro, cerca de 20 jurados, compostos por críticos gastronômicos, jornalistas e empresários, visitaram os restaurantes que participam do evento, avaliando não apenas os pratos, mas, também o ambiente. De acordo com o regulamento do concurso, que pode ser encontrado no site do festival http://saboresdecabofrio.com, cada concorrente poderá receber até 200 pontos, distribuídos da seguinte forma: sabor (70 pontos), criatividade (20 pontos), apresentação (30 pontos), decoração (20 pontos), atendimento (40 pontos), higiene e limpeza (20 pontos).

Os finalistas terão que preparar seu prato do Festival em um tempo especificado pela comissão organizadora do evento e, em seguida, oferecer o mesmo para os cinco jurados contratados para o evento, entre eles o chef José Hugo Celidônio. “Os jurados vão avaliar apresentação, criatividade e sabor dos pratos finalistas e escolher, por consenso, os vencedores de cada categoria”, explicou Maria Inês Oliveros, presidente do Cabo Frio Convention & Visitors Bureau.

Na quinta e sexta-feira, o Espaço Gourmet segue com a programação de aulas de culinária de chefes que participam do festival:

QUINTA – 28/09

17h – Rafael Machado – Delírios Preparação de Confit siciliano

18h – Luciana Roble – Koala Batatorre

19h – Camila Carvalho – Masquebah Masquebah de camarão

20h – Henrique – Escritório do chef Bendito

SEXTA – 29/09

17h – Rodrigo Debossan – Salada de siri com salicórnia / Débora Santana – Tema Panc’s regionais (plantas alimentícias não convencionais)

18h – Alessandro Fragoso – Pelicano Capeletti al mare profondo

19h – Margarete Santos – Frutos de Goiás Mar do Norte

20h – Mirian Azevedo – Brigaderia da vovó – Torta de palha Italiana

O Festival Sabores de Cabo Frio é organizado pelo Sindicato dos Empresários dos Hotéis e Restaurantes de Cabo Frio, Convention & Visitors Bureau e Sebrae e tem o apoio da Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Secretaria de Turismo. Para informações sobre os pratos oferecidos, é só acessar o site: www.saboresdecabofrio.com.br.

Compartilhe:
Comentar

Cabo-friense é destaque em disputa estadual de Mountain Bike

O cabo-friense George Penha foi destaque no Campeonato Estadual de Mountain Bike XCO 2017. O atleta garantiu a primeira colocação na categoria elite, que reúne atletas com nível técnico avançado. A disputa aconteceu em Rio das Ostras no fim de semana e contou com mais de 100 atletas de várias partes do país.

A prova aconteceu no Tayra Ecopark, no Mar do Norte, que é considerado um dos melhores percursos do Brasil com 3.150 metros de extensão. “O circuito de XCO é fechado com obstáculos fabricados e outros naturais, diferente do XCM que é em maratona com quilometragem bem maior”, explicou George Penha.

O atleta também lidera a Copa Estadual de Mountain Bike, que é uma disputa por pontos, nas duas modalidades. “Nasci no mountain bike, já competi como ciclista de estrada e voltei para a modalidade há uns quatro anos. Hoje na categoria elite, aumentei meu ritmo de treinos e de nutrição para garantir títulos”, disse.

George ainda destaca o sentimento de superação proporcionado pelo esporte. “Muitas vezes nos abdicamos de muitos interesses para estar no esporte e fazer o que amamos. Este era o título que faltava pra mim e se tudo der certo vou garantir outros ainda”, comentou.

As modalidades
Na modalidade XCO o trajeto varia de 6 a 20 km, alternando trechos bem específicos, com terrenos acidentados e percursos cheios de aclives e declives. Normalmente, as corridas são disputadas em grupo, subdivididas em várias categorias, de acordo com a faixa etária e o nível profissional de cada ciclista. É uma modalidade mais radical dentro do moutain bike.

Já a XCM é caracterizada pelos percursos longos, com variação de 20 a 40 km. Os trechos, aqui, são mais diversificados, passam por estradas de terra, trilhas e um pouco de asfalto. Uma das características com destaque na modalidade é a possibilidade de o ponto de chegada ser ou não o mesmo do início da prova. Assim, é comum a corrida iniciar em uma cidade, por exemplo, e terminar em outra.

George Penha garantiu o primeiro lugar na categoria elite

Compartilhe:
Comentar

Proteção aos Animais de Cabo Frio registra casos de maus tratos e abandono

A Superintendência de Animais da Prefeitura de Cabo Frio segue na missão de atender diversos casos de abandono e maus tratos pela cidade. De sexta-feira até domingo, animais foram resgatados, alguns encaminhados para tratamento médico, como cirurgias, e outros acolhidos em lares temporários para depois serem encaminhados para a adoção. O Bazar Animal é grande parceiro da pasta no resgate e tratamento dos animais.

Na sexta-feira, um caminhão passou por cima do rabo de um cão e o mesmo passou por cirurgia e está em lar temporário. No mesmo dia, outro atropelamento deixou um animal com a pata fraturada. A mesma foi atendida e segue em tratamento em lar temporário. Uma cadela pit bull, que era explorada para procriar e ter os filhotes vendidos a custo alto, foi resgatada. Ela passou por uma cesárea e teve 10 filhotes, e será castrada.

No sábado, no bairro Colinas do Peró, a superintendente Carol Midori foi conferir uma denúncia de abandono. Uma cadela, cujo dono teria viajado há três meses para tratamento médico, estaria passando por condições precárias. A cadelinha seria alimentada por uma vizinha, por caridade, mas a mesma teria viajado por uma semana. Para evitar que passasse fome, a mesma foi levada pela equipe da Superintendência e está disponível para adoção.

Ainda no sábado, um cão SRD foi resgatado após denúncia de maus tratos. Ele foi ferido por um pit bull e precisa de um lar temporário. Além destes casos, no fim de semana, diversos animais foram castrados, através da parceria com o Bazar Animal.

A Superintendência e o Canil Municipal ficam localizados dentro da Fazenda Campos Novos, na Rodovia Amaral Peixoto, no distrito de Tamoios. A equipe disponibiliza um número de telefone para denúncias e adoções. O contato pode ser feito pelo número (22) 99237-6507.

Atendimento da pasta é realizado com apoio de parceiros como o Bazar Animal

Compartilhe:
Comentar

Equipes cabo-frienses de Canoa Havaiana conquistam última etapa do Aloha Spirit em Salvador

Dobradinha foi na categoria OC2 mista; Duas equipes de OC6 de Cabo Frio já têm a vaga para o sul-americano no Peru

As equipes cabo-frienses de canoa havaiana continuam a brilhar nas competições em que participam. Desta vez, duas duplas na categoria OC2 mista fizeram a dobradinha de ouro e prata na terceira e última etapa do Aloha Spirit 2017, em Salvador, na Bahia: primeiro lugar com Luane Ferreira e Rafael Brantes e na segunda colocação Simone Rena e Victor Guerson. Outras duas equipes de OC6 de Cabo Frio já têm a vaga para o sul-americano que acontece em novembro, no Peru.

A disputa do Aloha aconteceu na Praia da Barra, com largada em frente ao Forte Santa Maria sentido ao Farol da Barra, num percurso de mais de 12 km. De acordo com a campeã da mista, Luane Ferreira, a prova foi acirrada, com corrente forte, muita ondulação e alternância entre a segunda e a terceira posição. Até o contorno do Forte São Marcelo a dupla ainda estava em terceiro lugar, mas uma boa onda nos metros finais mudou a maré para a dupla campeã.

“Na largada pegamos o trecho com maior ondulação e vento. Após o contorno da primeira boia, pegamos o sentido inverso para o Forte São Marcelo, seguindo até a altura do Elevador Lacerda. Muito dura a ida, com uma corrente muito forte. Após o contorno do Forte traçamos uma linha muito boa até a última boia, quando chegamos junto com o Victor e a Simone, mas contornamos bem fechado e pegamos uma onda faltando cerca de 400 metros para a linha de chegada. Ultrapassamos e soubemos aproveitar as ondas para garantir a primeira colocação”, comemorou Luane.

A esportista disputou e ganhou na mesma categoria, OC2 Mista, na etapa de Cabo Frio do Aloha em dupla formada com Max Coutinho. Junto com a equipe Mana Brasil, disputou etapas do Estadual de OC6 e o time lidera o campeonato na categoria Open e Master Feminina. A última etapa, será em Itaipu em outubro.

Vale destacar que as equipes Mana Brasil, campeã brasileira 2017, e a masculina da He’e Nalu, terceiro lugar geral no brasileiro 2017, conquistaram as vagas para o sul-americano no Peru durante a primeira etapa do Brasileiro de OC6, em junho, que aconteceu juntamente com o Aloha Spirit em Cabo Frio. Esse resultado se somou ao da disputa em São Paulo, no dia 02 de setembro, arrebatando a classificação. As duas equipes estão entre as três melhores do Brasil no feminino e masculino e devem representar Cabo Frio em mais esta disputa.

Compartilhe:
Comentar
Assine o RSS
Publicidade
Publicidade
?>