Publicidade

Jornal do Brasil

Concurseiros – JBlog – Jornal do Brasil

ANP oferece 128 vagas no Rio de Janeiro

A partir do próximo dia 29, segunda-feira, estarão abertas as inscrições para o concurso da Agência Nacional do Petróleo (ANP); que irão até o dia 19 de novembro. O número total de vagas é de 152 de nível superior, com remuneração inicial de R$9.927,20 a R$ 10.323,20.

Para o Rio de Janeiro, o número de vagas é de 128, as demais localidades são: Brasília, Porto Alegre, Manaus, Salvador e Belo Horizonte. A validade do concurso é de um ano, podendo ser prorrogada por igual período. Para o cargo de analista administrativo, a ANP tem 22 vagas, sendo 20 oferecidas para o Rio de Janeiro.

Podem participar da seleção candidatos com nível superior em Arquivologia, Ciências Contábeis, Jornalismo, Administração e nos cursos de Tecnologia da Informação. A remuneração é de R$ 9.927,20, podendo chegar a R$ 10.733,20. Para a função de especialista em Geologia e Geofísica, a oferta é de 15 vagas para o Rio de Janeiro, o cargo exige formação em Geologia, Engenharia Geológica, Geofísica ou Geologia com especialização em Geofísica.

Para as funções de especialista em regulação de petróleo e derivados, álcool combustível e gás natural, serão contratados 115 profissionais, sendo 93 vagas para o Rio de Janeiro. Podem concorrer candidatos de qualquer área de formação; para esse cargo o vencimento inicial é de R$ 10.323,20.

As provas serão objetivas e discursivas, marcadas para o dia 13 de janeiro, domingo, que irão contar também com avaliação de títulos. O valor da inscrição é de R$ 80 (analista) e R$ 100 (especialista). O regime de contratação é o estatutário.

Postado por claudiajones às 11:45 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

Simuladão de Bolsas Gratuito

Para quem deseja uma forcinha para estudar, vem aí uma grande oportunidade de economizar e concorrer a bolsas de estudos de 100%, 70 e 50% . Participe do Simuladão de bolsas.

Data: 10/11/2012

Incrições gratuitas e antecipadas na até dia 8 de novembro levando 1 kilo de alimento não perecível.

Local: Av. Rio Branco,277- 2º andar

Informações: 2108-0300

Postado por claudiajones às 12:23 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

Tags:

Biblioteca Nacional pode liberar edital a qualquer momento

A Fundação Biblioteca Nacional (FBN) está para publicar edital do concurso que oferece 44 vagas para cargos de nível médio, no Rio de Janeiro. As inscrições poderão ser realizadas no dia seguinte à abertura do concurso.

A avaliação será feita através de provas objetivas e discursivas, com a data de realização prevista para o dia 09 de dezembro (domingo). As disciplinas a serem exigidas são Língua Portuguesa e Noções de Administração Pública (Lei nº 8666, que fala de licitações).

As distribuições das vagas acontecem da seguinte forma: 33 são para o cargo de assistente administrativo, nove para auxiliar de documentação e duas para assistente técnico. O número de cadastro de reserva irá acontecer, com pelo menos cinco vezes o número de oportunidades por cargo.

Os ganhos iniciais são de R$ 2.622,02, sendo R$ 1.568,42  de salário, R$ 753,60 de gratificação e R$ 304 de auxílio-alimentação. A taxa para inscrição é de R$ 56.

 

Postado por claudiajones às 12:26 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

Decreto regulamenta concursos no Estado do Rio de Janeiro

Na última terça-feira, foi publicado, no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, o Decreto nº 43.876, que regulamenta concursos públicos. O documento não autoriza a abertura de um novo concurso enquanto houver candidato aprovado em seleção anterior, com prazo de validade não expirado. De acordo com o diretor da Academia do Concurso, Paulo Estrella, o decreto irá trazer menor prazo entre a liberação do edital e a prova. “Esse tempo é insuficiente para a preparação de qualquer concurso. Para tornar possível a preparação, haveria a necessidade de alongar esse tempo ou divulgar antes do edital com os conteúdos que serão cobrados na prova”. Já o advogado, especialista em concursos público Sérgio Camargo, discorda quanto ao prazo entre a publicação do edital e a prova, “Foi um passo atrás o que previu pelo menos 30 dias entre a publicação do edital e a primeira etapa do certame, o decreto legitima o certame para formação de cadastro de reserva, o que já vinha sendo feito”. no Governo Federal tem um decreto que estabelece que as provas só podem ser aplicas com pelo menos com 60 dias após a publicação do edital. A mesma coisa acontece coma lei municipal do Rio De janeiro, Lei 5.396/2012, do vereador Dr. Jairinho (PSC) que estabelece normas gerais para a realização de concursos públicos no âmbito do município do Rio de Janeiro. Decreto 2Decreto 1

Postado por claudiajones às 13:04 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

Tags: , , , , , , ,

INEP abre 140 vagas em concurso com salários até 8 mil

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) abriu concurso público para 140 vagas em cargos de nível médio e superior das carreiras de pesquisa e desenvolvimento de informações e avaliações educacionais e de suporte técnico em informações educacionais. São 100 vagas para o cargo de pesquisador-tecnologista em informações e avaliações educacionais e 40 vagas para técnico em informações educacionais. Do total de vagas oferecidas, 5% serão reservadas às pessoas portadoras de deficiência. As vagas são para Brasília.
O salário para pesquisador-tecnologista em informações e avaliações educacionais chega a R$ 8.128,15 com doutorado mais gratificação de desempenho de atividades especializadas e técnicas de informações e avaliações educacionais.
O salário para técnico em informações educacionais chega a R$ 3.253,81 com gratificação por qualificação e gratificação de desempenho de atividades especializadas e técnicas de informações e avaliações educacionais.

Os candidatos serão selecionados por área de especialização.

As vagas do cargo de técnico em informações educacionais estão distribuídas em duas áreas de especialização. O cargo exige curso de ensino médio. São 27 vagas para a área de especialização com conhecimentos específicos de direito constitucional, direito administrativo e administração. Outras 13 vagas têm os conhecimentos específicos de banco de dados e programação básica.

As vagas do cargo de pesquisador-tecnologista em informações e avaliações educacionais, que exige nível superior em qualquer área de formação, estão distribuídas em quatro áreas de especialização. São 32 vagas para conhecimentos específicos de legislação educacional, fundamentos da educação e pesquisa e avaliação educacional. Outras 21 vagas são com conhecimentos específicos de métodos quantitativos e pesquisa e avaliação educacional. Outras 18 vagas são com gestão de processos de negócio (BPM), modelagem de processo de negócio, sistemas de informação (SI), sistemas de apoio e suporte à decisão (SAD) e business intelligence (BI). Outras 29 vagas são com direito constitucional, direito administrativo, administração pública, administração financeira e orçamentária e contabilidade governamental.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.ibfc.org.br no período das 8h do dia 15 de outubro às 23h59 do dia 12 de novembro. A taxa é de R$ 50 para técnico em informações educacionais e de R$ 60 para pesquisador-tecnologista em informações e avaliações educacionais.

Para pesquisador- tecnologista em informações e avaliações educacionais haverá prova objetiva, prova discursiva e avaliação de títulos e experiência na devida área de especialização. Para técnico em informações educacionais haverá prova objetiva e redação.

A aplicação das provas está prevista para o dia 9 de dezembro, em Brasília.

As provas serão aplicadas em dois turnos, sendo o turno da manhã para o cargo de pesquisador-tecnologista em informações e avaliações educacionais e o turno da tarde para técnico em informações educacionais.

A duração das provas será de 5 horas, referente à prova objetiva de múltipla escolha e transcrição da redação ou da prova discursiva.

O local, a sala e o horário de realização das provas serão disponibilizados no endereço eletrônico www.ibfc.org.br, até 3 de dezembro.

A avaliação de títulos para os cargos de nível superior será apenas de caráter classificatório. Somente os candidatos considerados aprovados e classificados na prova objetiva de múltipla escolha e discursiva serão convocados para a prova de títulos.

Fonte: g1.com.br

Postado por claudiajones às 12:36 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

Tags:

Pessoal que mora no Rio de Janeiro. Temos evento para dias 18 e 19 na UERJ.

Postado por claudiajones às 14:41 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

INSS pretende abrir concurso para analista em 2013

Pessoal, olha aí uma boa oportunidade para começar a se preparar com antecedência.
De acordo com informações da Ministra do Planejamento, Miriam Belchior, existe a previsão de concurso público para preenchimento do quadro de pessoal do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Atualmente, há 3.060 cargos vagos na função de analista. Para o concurso, o número de vagas inicialmente é de 2.300. Em 2008, foi realizado concurso para analista do INSS, sendo organizada pelo Cespe/UnB. Na prova foram cobradas 150 questões objetivas, sendo 50 de Conhecimentos Básicos (Português, Atualidades, Raciocínio e Noções de Informática), 30 de complementares (Ética no Serviço Público, Noções de Direito Previdenciário, Administrativo e Constitucional) e 70 de Específicos. Para aprovação, foi exigido o acerto de no mínimo, 10 pontos, nas disciplinas básicas; 6 nas complementares; 18 nas específicas e 45 no conjunto da avaliação. Para 2013, o salário inicial será de R$ 5.842, sendo R$ 742,02 de salário-base, R$ 1.187,23 de Gratificação de Atividade Executiva, R$ 3.608,80 de Gratificação de Desempenho de Atividades do Seguro Social e R$ 304 de auxílio-alimentação.

Postado por claudiajones às 14:32 | 3 comentários | Comentar

Compartilhe:

Tags: , , , ,

Uma história de Superação e Vitórias!

Camila Lima, 24 anos, aluna da Academia do Concurso
Aprovada nos concursos da Comissão de Valores Mobiliários ( CVM ) e INMETRO, em 2010.

Segue o depoimento da guerreira:

Comecei a estudar logo depois que terminei a faculdade, no final de 2008. O primeiro concurso que passei foi no final de 2010.
Fui reprovada em vários concursos (antes e depois dessas aprovações). Não sei exatamente quantas, mas foram mais de 10… nunca pensei em desistir. É claro que às vezes ficava desanimada, mas passava… Bastava parar por uns dias, espairecer um pouco e as energias já estavam renovadas.

Quando eu tinha 12 anos, levei um tiro em Vila Isabel, quando saía pela primeira vez sozinha da escola. A minha vida mudou completamente. Gozava de boa saúde, fazia ginástica olímpica, natação, sapateado… Cheia de energia e sonhos. Após o acidente minha vida passou a girar em torno de fisioterapias, novos tratamentos e medicações.
Até hoje não recebi nenhuma indenização e nem ajuda para realizar meus tratamentos. O Estado argumenta que não pode oferecer segurança em todos os locais e a associação dos lojistas diz que seus seguranças não andavam armados. Diante disso, o dinheiro que minha família recebe é totalmente voltado para a minha recuperação (além de campanhas que já fizemos), e mesmo assim não é suficiente. E, de alguma forma, isso me incentivou a estudar para concurso. Então, para não passar mais por essas dificuldades e nem depender de ninguém, resolvi me dedicar aos concursos por perceber que seria uma ótima oportunidade para mim. Os salários são bons, eu teria estabilidade, diversos benefícios e, dependendo da instituição, flexibilidade no horário.

Minha rotina de estudos era ir para a Academia do Concurso na parte da manhã, fazer fisioterapia a tarde e a noite revisava a matéria.

Dou total incentivo a quem pretende seguir esse caminho! Sei que cada um tem seus problemas, compromissos, trabalhos, filhos… mas sabendo se organizar e dar prioridade à cada atividade, é possível chegar lá. Para mim foi essencial um bom curso, disciplina para estudar sozinha e exercícios para treinamento.

Hoje, continuo estudando para concursos das áreas fiscais.

O 2º lugar na CVM representa uma grande realização pessoal. Assim como a maioria dos iniciantes, achava que seria quase impossível ser aprovada. Assistia palestras e ouvia depoimentos de outras pessoas, mas tinha dúvidas se conseguiria também. Nunca fui uma das melhores alunas do colégio e da faculdade, sempre estive na média. Achava que só os “nerds” conseguiam. Além disso, era uma realidade nova para mim. Nunca tive aula de direito, ouvia os termos e não entendia nada…
A partir do momento que resolvi me dedicar, mudei a minha rotina (e passei a querer ser uma das melhores). Na parte da manhã ia ao curso. Chegava cedo, sentava na frente, não saía da sala para beber água, ir ao banheiro, lanchar e só falava ao telefone nos intervalos. Gravava as aulas e só ia embora quando realmente tivesse terminado (mesmo não sendo tão boa). Voltava para casa, descansava um pouco, fazia fisioterapia e revia o conteúdo dado. Ouvia a gravação e passava a matéria a limpo no caderno. Foram quase dois anos nessa maratona. Às vezes precisava viajar por causa dos tratamentos, mas uns amigos sempre me ajudavam com o que eu tinha perdido.
Confesso que não sobrava muito tempo para me divertir. Abri mão de festas, passeios e namoros para não sair do foco. Meus amigos falavam de filmes, peças e músicas novas, e eu estava por fora de tudo. Meus assuntos e interesses eram em torno de concursos e tratamentos. Isso passou a fazer parte do meu cotidiano e foi se tornando prazeroso. Me lembro que saía da fisioterapia e ia para casa escutando a Voz do Brasil (que é justamente às 19h). A noite, quando perdia o sono, assistia TV Senado, TV Câmara, TV Justiça e programas do tipo… Muita coisa que eu aprendia na sala de aula, entendia como funcionava na prática com esses “entretenimentos” .
Adoro o que faço. A CVM é o meu 1º emprego, então tudo está sendo novidade. Conheci pessoas maravilhosas, fiz novos amigos, estou me sentindo mais útil e cada vez mais capaz. Estou me realizando.
Ainda não conquistei o “tão sonhado cargo”, mas muitas coisas já mudaram. Em primeiro lugar, o saldo, no início do mês, da minha conta bancária *risos*.
Passei a comprar roupas e acessórios que antes não podia comprar, ajudar em algumas despesas da casa, planejar e economizar uma parte do dinheiro p/ os meus tratamentos etc.
Continuar estudando é meu objetivo. Adoro o meu trabalho, mas como o cargo que ocupo atualmente é de nível médio (agente executivo da CVM), continuo me dedicando para os concursos que têm vagas p/ cargos de analista, fiscal e auditor.

Postado por claudiajones às 12:27 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Simulado Gratuito para TRT-RJ

Simuladão gratuito para o TRT na Academia do Concurso.
Teste seus conhecimentos. Questões inéditas elaboradas pelos nossos professores. dia 20 de outubro das 9h às 12h na Av. Rio Branco,277- 2º andar.
Inscrições apenas presencialmente na Central de Matrículas da Academia do Concurso  ou Atendimento ao aluno. O Ranking com a colocação será divulgado no site da Academia do Concurso.Aproveite a oportunidade de testar seus conhecimentos, avaliar o seu tempo para cada questão e criar estratégias para prova.

Informações: 2108-0300

Postado por claudiajones às 13:18 | 5 comentários | Comentar

Compartilhe:

Tags: , , , , , , , , ,

Desconto em cursos para internautas do Jblog Concurseiros

A Academia do Concurso quer presentear todos os internautas do JBlog Concurseiros. 40% de desconto para o curso da PMERJ. BAsta imprimri o anúncio e apresentar na Central de Matrículas: Av. Rio Branco, 277- 2º andar- Centro, até dia 8/10.

Postado por claudiajones às 17:32 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:
Publicidade
Assine o RSS