Publicidade

Jornal do Brasil

Concurseiros – JBlog – Jornal do Brasil

Feira da Carreira Pública movimenta no Rio de Janeiro o mercado de concursos

Nos dias 10, 11 e 12 de setembro, o Rio de Janeiro receberá, pelo quarto ano consecutivo, a Feira da Carreira Pública e Mercado de Trabalho, com patrocínio da Fundação Getúlio Vargas (FGV).  Aqueles que estão na luta, em busca de uma colocação no setor público ou privado, não podem perder a oportunidade de conhecer de perto especialistas renomados, professores e grandes empresas, que tratarão de temas focados no universo dos concursos públicos e no mercado de trabalho. Neste ano, a novidade é que o evento acontecerá no Prédio da Firjan, situado no coração financeiro da cidade.

Nesta quarta edição, o público terá a chance de assistir a palestras de grandes nomes como o jurista William Douglas, a consultora Lia Salgado, o diretor pedagógico da Academia do Concurso, Paulo Estrella, o diretor da Faculdade de Direito da Uerj e fundador do Centro de Estudos Guerra de Moraes, Carlos Eduardo Guerra, além de diretores de órgãos públicos, estatais, corporações e grandes empresas como Rubens Teixeira (Transpetro), Antoine Lousao (Seeduc-RJ), Paulo César Medeiros (Seplag-RJ), Luiz Mauro Couto (Cespe/UnB) e Carlos Neto (Banco do Brasil), entre diversos outros.

Entre os expositores, estão: Centro de Estudos Renato Saraiva; Degrau Cultural; Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee); Centro de Seleção e de Promoção de Eventos Universidade de Brasília (Cespe/UnB); Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan); Curso Progressão, Editora XYZ; Editora Elsevier; Academia do Concurso; Curso Ícone/PLA; Editora Impetus; Folha Dirigida, União dos Professores Públicos no Estado (Uppes) e Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal). Nos estandes, além de obter orientações e ter contato com especialistas, os visitantes poderão ter acesso a informações sobre as carreiras e sobre as oportunidades atuais e futuras, além de concorrer a prêmios, como materiais didáticos e bolsas de estudos.

O diretor de Redação da Folha Dirigida, Luiz Fernando Caldeira, ressalta a importância de um evento como esse: “”A Feira da Carreira Pública é uma oportunidade única para aqueles que estão na luta por uma vaga no serviço público. O evento propicia uma ampla troca de experiências e conhecimentos entre concurseiros, especialistas, autoridades e servidores públicos além de proporcionar uma maior interação entre eles por meio de palestras e estandes de cursos preparatórios, unindo o prático ao teórico.”

A 4ª Feira da Carreira Pública e Mercado de Trabalho será realizada no Prédio da Firjan, no Centro do Rio, nos dias 10, 11 e 12 de setembro, das 10h às 19h. A entrada será gratuita. Mais informações pelo site www.feiradacarreirapublica.com.br, onde os interessados também poderão preencher uma ficha de cadastro, para evitar filas na entrada do evento.

 

Serviço:

4ª Feira da Carreira Pública e Mercado de Trabalho

Local: Prédio da Firjan

Endereço: Av. Graça Aranha, nº 1, Centro, Rio de Janeiro

Data: 10, 11 e 12 de setembro

Horário: das 10h às 19h

Entrada: gratuita

Feira da Carreira Pública 2012

 

Postado por claudiajones às 13:12 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

Redação, um teste de nervos

Muita gente fica apavorada quando sai o edital e a redação está incluída. A redação, de fato, é uma prova que vai determinar se a vaga será ou não do candidato. É exatamente essa prova, que joga a sua nota para o alto ou para baixo. Por isso, muitos concurseiros se desesperam. Mas, desesperar-se não é de todo ruim. Isso, porque quando o candidato fica em dúvida em relação à sua capacidade de dominar essa parte do concurso, ele busca mais e mais aperfeiçoar-se. Isso é bom! Tenha sim, medo da prova de redação! Dessa forma, você se preocupará em estar atualizado com os temas- o que é muito importante para uma boa redação- e se preocupará em treinar sempre para condicionar melhor as técnicas. E , isso, pode ser o diferencial. Conheço muitos alunos que dizem: “Ah, redação? Pra mim é tranquilo, não preciso nem treinar!”  O fato é que a nota não foi das melhores e, em alguns casos, tirou o candidato “tão seguro” da maratona. Por isso, eu digo: tenha respeito pela redação! Pense que sempre é preciso treinar mais e mais para melhorar a sua situação. Conheço excelentes professores de redação, cursos perfeitos, livros, mas só você pode  colocar-se na jogada. De nada adianta todas essas ferramentas se você não as utilizar.

Por isso, resolvi convidar a professora de Língua Portuguesa, Camila Faro, para deixar umas dicas valiosas para nossos concurseiros. Vamos lá, Camila?

Camila Faro, professora de língua portuguesa e redação

“Querido alunos, atualmente,  a maior parte dos concursos públicos tem cobrado Redação.Sendo assim, é importante que os candidatos estejam atentos a algumas dicas sobre a estrutura do texto.O tipo de texto mais comum é o dissertativo-argumentativo e em relação a ele são necessários alguns cuidados.Primeiro ponto é o uso ou não do Título. Caso a proposta peça, você deve colocá-lo.Porém, caso não venha nada especificado, você pode optar por colocá-lo ou não. É importante saber que não se deve pular linha entre o Título e o restante do texto.Cuidado com a separação das sílabas.Evite separar palavras dissílabas, pois é melhor que o vocábulo fique por inteiro de um lado ou de outro da linha.Além disso, deve-se evitar que, na translineação, uma vogal fique sozinha, isolada no canto da linha.Outro aspecto bastante importante é a criação de palavras desagradáveis , ou até mesmo, ofensivas, na separação de sílabas.Recomenda-se também que não haja o uso de gírias , estrangeirismos e neologismos.E por último, é de suma importância que evitem a repetição de palavras e termos, pois isso prejudica a compreensão textual.É notório que o conhecimento da estrutura é imprescindível para a realização de um bom texto, todavia é preciso comentar que escrever é um ato que deve sempre reunir dois fatores: técnica e criatividade. Um grande abraço da professora Camila Faro.”

 

 

Postado por claudiajones às 12:20 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

Língua Portuguesa, o ponto forte de uma prova

A nossa dica de hoje é da editora Impetus em parceira com a editora Ponto: o livro Resoluções de Provas de Português: Banca ESAF do autor Décio Terror Filho.

A obra traz uma visão prática ao tema e oferece uma excelente didática àqueles que buscam a tão sonhada aprovação em concursos públicos.

Ao longo do livro, o autor buscou aliar uma sólida exposição dos fundamentos teóricos à “prática” das cobranças em concursos. As provas da banca ESAF são contextualizadas, integrando a gramática ao texto. Pensando nisso, o estudo é direcionado através de comentários que abordam os principais assuntos cobrados de forma descomplicada, fazendo com que o leitor absorva o conteúdo com a devida clareza gramatical exigida, sem precisar recorrer à resolução da questão por instinto.

Resoluções de Provas de Português: Banca ESAF é uma valiosa fonte de estudo da Língua Portuguesa, sendo indicada a todos aqueles que buscam aprovação em concursos realizados pela banca ESAF.

Diferenciais da obra:

– Sólida exposição dos fundamentos teóricos aliada à “prática” das cobranças em concursos.

– Organizado através de tópicos, facilitando a aplicação do conteúdo gramatical exigido na questão.

– Indicado a estudantes de concursos realizados pela banca ESAF.

ISBN:

9788576267171

Autor(es):

Professor Terror

Ano:

2013

Idioma:

Português

Edição:

1

Número de Páginas:

403

site para compra

Postado por claudiajones às 11:27 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:
Publicidade
Assine o RSS