Publicidade

Jornal do Brasil

Concurseiros – JBlog – Jornal do Brasil

Especialista orienta a organizar os estudos com antecedência

Gabriela e Simone, alunas do Concurso Virtual

Estudar com antecedência colocar o candidato em posições privilegiadas numa preparação. As alunas do site Concurso Virtual, Simone Turan, de 47 anos e Gabriela Fontoura, de  40 anos, já se preparam com antecedência para os concursos que vêm por aí, como o do Tribunal Regional Federal da 2ª Região. A especialista em concursos do site Concurso Virtual, Rachel Almeida, fala sobre como organizar-se para uma boa preparação:

Defina suas prioridades: o estudo para concurso deve estar entre as primeiras. Considerando isso, analise suas tarefas semanais e veja quanto tempo você pode reservar para estudar. Monte uma grade de estudos: distribua as disciplinas em função dos horários disponíveis a cada dia, a fim de que todas as disciplinas sejam vistas pelo menos 1 vez por semana.

Geralmente, um aluno que está fazendo concurso pela primeira vez precisa de uma atenção maior para se preparar, pois não possui contato com as matérias e conteúdos abordados. Apesar disso, o preparo não é muito diferente, o segredo é se organizar e cumprir à risca o cronograma de estudos. O concurseiro deve ter em mente que concurso público se faz até passar, que é preciso dedicação e esforço. Deve-se abrir mão de muita coisa, mas quando a aprovação vier ele terá certeza que valeu a pena.

Busque materiais de estudo confiáveis e de qualidade: vale muito a pena investir em bons cursos preparatórios, de preferência online, pois você economiza muito tempo e dinheiro, tendo mais chances de aprovação. Treine com provas anteriores: resolva muitas questões, de preferência da banca que realizou o último concurso que você planeja fazer. A cada questão que você resolve e entende, mais preparado você estará.

Sempre é bom começar os estudos com antecedência. O concurseiro que inicia os seus estudos antes já fica alguns passos à frente daquele que espera o edital. Os concursos anteriores sempre dão uma boa base de estudos, ainda que o atual possa sofrer alguma atualização. Por isso, ao iniciar os estudos antes de o edital sair, muito assunto que se repete já será visto pelo concurseiro. Assim, o tempo será otimizado e ele poderá dar um pouco mais de atenção aquilo que é novidade na nova edição do concurso. Estudar nunca é demais. E se manter preparado é a chave para o sucesso em qualquer concurso público.Para se preparar, o concurseiro pode buscar bons cursos. O mercado de videoaulas online tem crescido bastante pela facilidade de estudar onde e quando quiser.

 

Postado por claudiajones às 16:14 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

PM – PA: abertas inscrições para concurso com mais de 2 mil vagas e remuneração até 5 mil reais.

A Polícia Militar do Estado do Pará publicou os editais para três concursos públicos. São 34 vagas destinadas ao Curso de Adaptação de Oficiais da Polícia Militar de nível superior com remuneração de R$ 5.781,31.  Para o Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar são 160 vagas, sendo 144 vagas destinadas para candidatos do sexo masculino e 16 para candidatos do sexo feminino de nível superior com remuneração de R$ 1.005.71. São 2.000 vagas para o Curso de Formação de Praças da Polícia Militar, sendo 1.800 vagas destinadas para candidatos do sexo masculino e 200 para candidatos do sexo feminino de nível médio com remuneração de R$ 788,00.

 

Vagas  para o Curso de Adaptação de Oficiais

As vagas são destinadas ao cargo de 2º Tenente QOSPM (Quadro de Oficiais de Saúde) Médicos, nas especialidades de  Clínico Geral (08), Oftalmologista (01), Ginecologista (01), Traumatologista (01), Cardiologista (01), Psiquiatra (02), Pediatra (01), Geriatra (01) e Médico do Trabalho (03).

Já para o cargo de 2º Tenente QCOPM (Quadro Complementar de Oficiais) as vagas são para Cirurgião Dentista (03), Médico Veterinário (02), Fisioterapeuta (01), Farmacêutico (01), Psicólogo (04), Terapeuta Ocupacional (01) e Assistente Social (03).

 

Inscrições
Os concursos serão realizados pela FADESP – Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa e será admitida inscrição, via internet, no período de 24/05/2016 a 23/06/2016. A taxa de inscrição é de R$ 100,00.

A data de aplicação das provas objetivas será em 31/07/2016.

 

Postado por claudiajones às 12:07 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

tempo, esse ser relativo!

Dezenas de pessoas têm me procurado nos últimos dias em busca de informações sobre concursos, mas percebi que, boa parte, desistiu de se inscrever em um curso e dar início aos estudos sob a alegação de falta de tempo. Ora a “desculpa” é a faculdade, ora o trabalho, os filhos, a família. Claro, todos nós temos outros afazeres que não se limitam à vida de  concursando. No entanto, é preciso estabelecer prioridades em tudo o que se faz. Com a meta de passar em um concurso público não é diferente. Temos ouvido falar sobre grandes concursos que estão por vir. Ah, mas você me diz: o país está em crise, não teremos concursos tão cedo. E eu digo a você: tudo passa, até mesmo as crises. E já vivemos muitas crises e os concursos continuam. Notícias se espalham sobre os concursos do Banco Central, da Receita Federal, até mesmo o Ministério do Trabalho e Emprego- MTE, que está há tempos anunciando a falta de servidores e a necessidade de concursos, entre outras instituições estaduais e municipais de grande porte . Uma hora, o concurso sai. Mas, a sua hora é agora, de começar a se movimentar, a longo prazo, pois esses que citei são concursos de preparação a longo prazo. É preciso se preparar para conquistar a tão sonhada vaga e achar o tão falado tempo. Temos feriados, fins de semana, algumas horas em que ficamos em frente à TV nem sempre assistindo a algo interessante… Esses pequenos períodos, se somados, farão uma grande diferença. Busque orientação com especialistas, professores, amigos que já passaram por essa etapa. Isso vai ampliar seus horizontes e você perceberá que tudo é uma questão de disciplina, organização e dedicação. Se não começar a estudar e sempre colocar obstáculos, nunca vai passar em um concurso público. Não há fórmula mágica. Ou estuda ou estuda. Para estudar precisará de tempo. Logo, encontre-o. Reveja suas atividades e prioridades. Caso contrário, vai continuar à mercê do (louco) mercado de trabalho da iniciativa privada, frequentemente (muito) mal remunerado. Quanto mais cedo começar a se dedicar, melhor. A fila vai andando e, em determinado momento, quem entrará na administração pública será você. Então, “continue a nadar, continue a nadar”! Bons estudos! Por Cláudia Jones, especialista em concursos do Qconcursos.com

Postado por claudiajones às 15:00 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

MP- SP: hoje, 19 de maio, é o último dia para as inscrições para iniciais de 11 mil reais!

Hoje, 19 de maio, é o último dia para as inscrições para o concurso público do Ministério Público de São Paulo (MP SP) para 40 vagas para o cargo de Analista Técnico Científico, em diversas áreas.  A taxa de inscrição é de R$ 160,00 e pode ser feita pelo site da banca organizadora que é a Vunesp. Os candidatos já haviam se inscrito no primeiro terão as inscrições garantidas. O concurso terá validade de dois anos e podendo ser prorrogado por igual período.

Vagas

As oportunidades são para as de Arquitetura e Urbanismo, Biologia, Medicina Veterinária , Engenharia (Agronômica, Florestal, Industrial, de Segurança do Trabalho, Química, de Tráfego, de Avaliação, de Computação e Civil),  Geografia, Pedagogia e Geologia. A remuneração inicial é de R$ 11.892,76 para jornada de trabalho de 40 horas semanais. Os candidatos aprovados serão lotados nas cidades de São Paulo, Campinas, Piracicaba, Bauru e Ribeirão Preto.

Provas

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetiva e dissertativa, com questões de conhecimentos gerais, língua portuguesa, matemática, noções de informática, atualidades e conhecimentos específicos. Para o cargo de Analista Técnico Científico – Engenheiro da Computação ainda será cobrado conhecimentos de Raciocínio Lógico.

De acordo com o edital, a prova objetiva está prevista para o dia 3 de junho de 2016, no período da manhã, com duração de 5 (cinco) horas e será aplicada em São Paulo, Campinas, Piracicaba, Bauru e Ribeirão Preto.

 

Postado por claudiajones às 6:44 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

INSS: gabarito preliminar liberado e provas para resolução online

Com as provas aplicadas no último dia 15, o Cebraspe (antigo CESPE) liberou em seu site o gabarito preliminar do concurso público do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) . Os recursos serão aceitos até às 18 horas do dia 20 de maio (horário oficial de Brasília/DF).

O número de inscritos que disputaram as 950 vagas desse concurso ultrapassou 1 milhão de inscritos . Do total de vagas 800 foram para nível médio, no cargo de Técnico do Seguro Social e 150 para Anaçista do Seguro Social,com graduação em Serviço Social. As remunerações vão de R$ 4.886,87 a R$ 7.496,09, e os futuros servidores serão lotados em várias cidades do país.

As provas do concurso INSS aplicadas em 15/05, estão disponíveis no site para resolução online.

 

Postado por claudiajones às 17:27 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

Últimos dias para inscrições: Enem, Foz do Iguaçu, Transpetro, MP-SP, Eletrosul, EPCAR, entre outros.

Ainda dá tempo de se inscrever em diversos concursos abertos em todo o país. Abaixo, listamos alguns concursos que têm inscrições abertas:

Enem- O prazo para as inscrições vão até às 23h59 do dia 20 de maio de 2016. A inscrição pode ser feita no site inep.gov.br e a taxa de inscrição é de R$ 68 e poderá ser paga até às 21h59 do dia 25 de maio. O pagamento pode ser feito em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios. Os candidatos podem obter mais informações sobre isenção de taxa no site do INEP.

As provas serão nos dias 5 e 6 de novembro, com duração de 4 horas e 30 minutos no sábado e 5 horas e 30 minutos no domingo. Os portões abrem às 12h e fecham às 13h. Veja mais.


Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu- oferece vagas para os níveis médio e superior de escolaridade. São 312 oportunidades para diversos cargos. As remunerações chegam a R$ 3.126,86. A organizadora é a Fundatec.

As inscrições são realizadas somente pela internet, no site da organizadora e as taxas são de R$ 50,00 e R$ 80,00. A aplicação das provas será no dia 5 de junho de 2016, nos períodos da manhã e tarde, na cidade de Foz do Iguaçu/PR. Veja mais.


Ministério Público- SP- as inscrições para diversas especialidades vão até 19 de maio. A taxa é de R$160,00 e pode ser feita no site da organizadora Vunesp. A remuneração inicial é de R$11.892,76, para a jornada de 40 horas semanais mais benefícios. a taxa é de R$160.

As provas objetiva e dissertativa de estudo de caso estão previstas para o dia 3 de julho, no turno da manhã. Veja mais.


Prefeitura de Tubarão– SC- inscrições abertas até 19 de maio para 187 vagas em todos os níveis de escolaridade. As remunerações chegam a R$10.991,06 para jornadas que podem ser de 20, 30 ou 40 horas semanais.

As inscrições devem ser feitas pela internet ou na Secretaria de Gestão Municipal (Rua Felipe Schmidt, 108, Centro. As taxas são de R$30, R$50 e R$100.A prova está prevista para 12 de junho. Veja mais.


 

Transpetro – Até dia 19 de maio é o prazo para se inscrever no concurso para 07 (sete) vagas imediatas mais a formação de cadastro de reserva com 140 vagas para o cargo de Auditor Júnior de nível superior. As vagas são exclusivas para a cidade do Rio de Janeiro. A remuneração básica é de R$ 5.336,93 com garantia de remuneração mínima de R$ 9.013,67.
As inscrições devem ser feitas pelo site da organizadora Fundação Cesgranrio.  A aplicação da prova objetiva será na cidade do Rio de Janeiro em 12/06/2016. Veja mais.


Eletrosul Centrais Elétricas S.A – Abertas até 30 de maio inscrições para o concurso que visa preencher 42 vagas para contratação imediata, mais formação de cadastro de reserva. As inscrições estão sendo recebidas pelo  site da Fundação Carlos Chagas-FCC, organizadora. As taxas são de R$65,00 e  R$100. A prova está prevista para 26 de junho. Veja mais.


EPCAR- Ainda dá tempo de se inscrever para o Departamento de Ensino da Aeronáutica para provimento de 180 vagas para o Exame de Admissão ao Curso Preparatório de Cadetes do Ar do ano de 2017. As vagas são para candidatos dos sexos masculino e feminino. Dia 30 de maio, é o último dia para as inscrições. As provas escritas de português, matemática, inglês e redação serão no dia 24 de julho. Veja mais.

Veja outros concursos com abem e encerram as inscrições nesta semana

 

Postado por claudiajones às 9:33 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

5 itens fundamentais a serem trabalhados para manter o foco nos estudos

Estudar, para muitos, não é um das tarefas mais prazerosas e esse entendimento por si só, já ajuda na autossabotagem mesmo sem que possamos nos dar conta.

Manter o foco e a determinação são essenciais para o sucesso de qualquer tarefa. Quando se trata dos concurseiros, a responsabilidade aumenta.

Podemos elencar alguns comportamentos que favorecem a dispersão na hora do estudo, diminuindo ou zerando o nível de concentração. vejamos alguns desses comportamentos:

– Não priorizar as tarefas e fazer uma atividade de cada vez: como o mundo é corrido e tantas demandas que surgem ao mesmo tempo, é natural desejarmos atender a tudo e a todos para que o nível de satisfação de nossos cliente e/ou chefes, se mantenha alto. Mas não é por aí! Cuidado para não começar várias tarefas e no final do dia, não terminar nenhuma. Com relação aos estudos acontece o mesmo: não adianta pegar vários livros, de várias disciplinas. Com muitas informação sem um foco, não há como apreender a informação. Uma coisa de cada vez é o segredo do sucesso!

– Distrações ao redor: se você é uma pessoa que precisa de silêncio para estudar, não insista em fazer isso no refeitório do seu trabalho ou na sala da sua casa com a televisão ligada. Você “acha” que está entendendo, mas o cérebro não está retendo nada. Procure se dedicar para aquele momento. Uma mesa e cadeira apropriada, onde seus pés fiquem repousados confortavelmente no chão, uma cadeira que lhe dê conforto na região lombar, uma luz adequada, que não faça sombra em cima do livro e silêncio! Para garantir a concentração, faça pequenos resumos e escrevas frases que sedimentem aquele assunto.

– Celular/e-mail: quem resiste aquele toque ou um simples alerta de nova mensagem?? mesmo que você esteja concentrado no estudo, não vai aguentar e vai atender ou ler o que chegou e aí, pronto! uma coisa emenda a outra e lá se foi seus preciosos minutos. Para não cair em tentação, coloque seu celular no modo avião. Na vibração não basta. se ele tremer você vai ficar pensando ao invés na matéria mas nas possibilidades de quem foi o autor daquela bendita mensagem. Resista! Fique longe do celular naquele período dedicado ao estudo.

– Alimentação: vamos começar a estudar e na hora da vontade de quê? comer! lembre-se tudo acontece para tirar você de uma tarefa que pode não ser tão prazerosa. Uma sugestão é que você faça um lanche antes e, se ficar mais de três horas estudando, faça outro intervalo nesse período. Como alguma coisa leve, estique as pernas, dê uma espreguiçada e volte revigorado aos livros.

– Sono: ele sempre chega principalmente quando não é convidado. Se você começou a estudar um assunto que não lhe parece atrativo, o sono vem. Mude o método. Faça anotações, leia em voz alta, grave no seu celular para escutar depois, leia como se estivesse explicando o conteúdo para alguém. Isso ajuda a espantar a pálpebra pesada!

Por Renata Xisto, psicóloga especialista em concursos

 

Postado por claudiajones às 10:51 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

Projeto garante a militares 20 por cento das vagas de concursos na área de segurança

Projeto de lei (PL 4367/16) que tramita na Câmara assegura aos militares das Forças Armadas, que estão em serviço ativo, vinte por cento das vagas disponíveis em concurso público na área de Segurança Pública de todo País.

O autor da proposta, deputado Cabo Daciolo (PTdoB-RJ), afirma que o baixo salário pago aos militares das Forças Armadas tem estimulado muitos a abandonar a carreira. “É perceptível que a remuneração dos militares das Forças Armadas é menor que a dos postos correspondentes nas forças auxiliares”, disse.

A proposta vale também para os jovens que participam do Serviço Militar Obrigatório. O deputado destaca que, após sete anos servindo o País, esses militares são exonerados sem que uma perspectiva profissional seja oferecida.
Segundo Daciolo, o objeto da proposta “é propiciar às Corporações homens e mulheres aptos, intelectualmente e fisicamente, para o serviço público”.

Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

 

Postado por claudiajones às 10:05 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

INSS: 3 dicas para amanhã, o Grande Dia!

Coração de concursando é fraco. Ainda mais quando surge uma oportunidade tão importante como essa.

Cinco meses atrás, o INSS trouxe uma notícia que abalou estruturas: o órgão realizaria concurso. A notícia do concurso (qualquer concurso) já é capaz de mover montanhas metafóricas de candidatos. Nesse caso específico, a montanha é bem mais representativa.

“Um milhão de candidatos” foi a notícia mais vista, lida e ouvida quando chegamos mais próximos da prova.

Corações novamente pulsaram, apreensivos. “Como superar tanta gente”? Afinal, a estatística é falha. Não são X candidatos por vaga. A situação é bem como no Norte do Rio de Janeiro, em que a demanda é 24.950 inscritos para disputar 1 vaga solitária. Quero ajustar os óculos. Lembro que não tenho mais miopia. É isso mesmo.

A estatística mente. Não se separam candidatos em pequeno grupos concorrendo a vagas específicas. Todos concorrem a todas. Quando você passa em um concurso com 10 vagas e 30.000 inscritos, você não foi melhor do que 3.000 pessoas (os famigerados “3.000 candidatos por vaga”. Não, você foi melhor do que 29.990 pessoas.

Mas é claro que há sempre formas de “afiar o machado” e passar mais rápido, o que nos leva àquelas dicas de reta final, sempre tão importantes para aprovar tanta gente.

Vamos lá?

1. Ignore a concorrência

Toda vez é a mesma coisa. Vejo olhos arregalados quando digo que a concorrência é irrelevante. De fato é.

De cada 10 candidatos inscritos (sempre em estatísticas conservadoras), 2 nem aparecem no dia. Dos 8 restantes, é plenamente possível dizer que 7 não fazem a menor ideia do que estão fazendo.

Isso não é exagero. Não é que a pessoa não estudou ou que ela não conseguiu finalizar o edital, mas sim que ela não tem noção do que está fazendo. Muitos estão em seu primeiro concurso, muitos estudaram com materiais fajutos, e outros, ainda, não resolveram uma questão sequer em seu período de preparação.

E pode ser que você esteja em algum desses exemplos. Se estiver, tudo o que tenho a dizer é: faça seu melhor. Pode ser que ele seja suficiente, pode ser que não.

Mas se você tem noção do que está fazendo, pode seguramente ignorar a concorrência que, como você viu, não é assim tão assustadora. Domingo, é você e a prova. Só.

2. Comece pelas questões mais fáceis

Erro de candidato iniciante: começar a prova pelas questões mais difíceis.

Há três níveis de questões em TODA prova: fáceis, médias e difíceis. O candidato aprovado não precisa acertar todas as questões de todos os níveis. Precisa acertar todas ou a maioria das questões fáceis, muitas médias e algumas difíceis. Não é tão complicado quanto parece.

O erro que muitos candidatos cometem é começar pelas questões difíceis. Quando se faz isso, o tempo passa, você se cansa, esgota sua energia mental, perde um tempo precioso com uma questão que, de repente, não precisaria acertar e prejudica suas chances de atacar outras questões muito mais “importantes”.

Minha sugestão? Leia toda a prova. Analise quais questões você sabe e quais não sabe. Veja quais são aquelas mais fáceis, aquelas cuja resposta salta aos olhos na primeira leitura. Essas são as que você precisa marcar no início, enquanto a cabeça está fresca, e a aprovação está logo ali. Ao final, volte e comece a trabalhar com as disciplinas que você mais gosta. Deixe as disciplinas mais difíceis e as questões mais difíceis para o final, quando você já garantiu pontos importantes.

3. Chutar ou não? Eis a questão

O chute é sempre uma questão controversa quando falamos de concursos públicos.

Se você procurar na internet, verá um milhão de vídeos, artigos e dicas/macetes dizendo “como chutar em provas do Cespe”.

Minha posição pessoal sobre isso: a prática é delicada, tenha muito cuidado com ela.

Meu trabalho aqui é também de te mostrar o que há no mundo para ser feito, visto e vivido, então nada mais justo do que abordar o tópico.

Minha sugestão oficial sempre foi e sempre será: a forma mais certa de passar em uma prova é estudar com qualidade tudo que você puder para precisar chutar o mínimo possível (ou não chutar).

Em complemento, digo: se puder evitar, não chute.

Mas, às vezes, não podemos evitar.

Meu artigo mais famoso se chama “Saindo da Massa: Considerações sobre Provas do Cespe”. Escrito algum tempo atrás, sempre o acompanho para ver se saiu de moda ou se o que foi dito lá não é mais válido. Continua.

Enunciei a primeira regra dos concursos, que dizia

“em um concurso do Cespe que tenha pelo menos 20 vagas, uma nota equivalente a 76% da prova praticamente garante sua aprovação”. Isso ainda é válido e, pelo que tenho observado, continuará sendo durante um tempo.

76% da prova significa acertar em torno de 92 itens e não ter nenhum erro. Em uma prova de 120 questões, é um índice alto. Não significa que não seja possível passar com outras pontuações, mas as estatísticas são essas.

O que acontece é que, muitas vezes, nós não chegamos lá. Pode ser que faça uma prova e, de repente, veja que tem apenas 80 questões respondidas com certeza, o que, embora seja bom, não garante, em muitos casos, sua aprovação.

É neste momento em que estratégias mais arriscadas entram em jogo.

Tipos de Chute

Nem todo chute é construído da mesma forma. Há chutes e chutes.

Podemos estabelecer aqui dois tipos:

1. Chutes aleatórios: aqueles em que, para mim, tanto a resposta C quanto a resposta E podem ser válidas. Não faço ideia de qual seria, e no dia da prova respondo qualquer uma no caderno de respostas (não faça);

2. Chutes ponderados: leio uma questão, recupero meus estudos e, embora não tenha certeza, tendo de 60 a 80% para C ou para E.

O que as pesquisas que fiz mostram (embora sem todo o rigor científico que eu gostaria de ter) é que recorrer aos chutes ponderados tende a gerar resultados finais positivos quando considerado o conjunto de questões respondidas.

Então, pode ser que apenas um chute ponderado te gere um resultado negativo (porque você erra a resposta) mas, em geral, após um estudo bem feito, responder um grupo de questões avaliando bem as respostas e trabalhando ponto a ponto tende a te trazer resultados positivos.

Com isso em mente, lembre-se que o(a) principal responsável pela sua prova e pela sua aprovação é você. Use as ferramentas que você encontra, mas lembre-se que, em último caso, a responsabilidade por aplicar cada um desses institutos é sua.

Bônus: 4. Não desista

Estou torcendo por você. Por você que estudou, que se dedicou, que fez por onde. Por você que, mesmo diante de todas as dificuldades, não se deixou abater. Por você que teve dias difíceis, mas voltou no dia seguinte e continuou na jornada. Nada me deixa mais feliz do que ver uma pessoa ser aprovada depois de um processo vitorioso.

E a palavra-chave aqui é esta: processo. A aprovação é um processo que começou no dia que você decidiu estudar para concursos e só termina quando você estiver na sua mesa no cargo que pretende ocupar por um longo tempo.

Até lá, não desista. Você provavelmente vai sentir vontade. Vai querer justificar sua escolha. E vai fazer sentido, todo o sentido, na verdade. Mas não desista. Porque só passa quem não desiste.

Excelente prova para você e até breve,

Fernando Mesquita é autor do livro Ciclo EARA:  o processo da aprovação

 

Postado por claudiajones às 14:38 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

Receita Federal quer 9 mil vagas para novo concurso!

Receita Federal do Brasil solicitou um total de nove (9) mil vagas. Essa informação foi dada à imprensa pelo Sindicato Nacional dos Servidores Administrativos do Ministério da Fazenda (Sindfazenda). Desse total, quatro mil vagas serão para assistente técnico-administrativo, mil para analista técnico-administrativo que serão mil vagas; 2500 para analista-tributário e 1.500 para auditor-fiscal.

O Sindfazenda informou ainda que a solicitação já encontra-se na Secretaria-Executiva do Ministério da Fazenda, para envio ao Ministério do Planejamento até o fim deste mês, prazo estabelecido pelo MPOG para enviar as propostas de concurso, tendo em vista a elaboração do Projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2017, que deverá ser enviada ao Congresso Nacional até o dia 31 de agosto.

A organizadora Esaf tem por costume organizar os concursos da Receita Federal.

 

Cargos

O cargo de assistente técnico-administrativo requer apenas o nível médio de escolaridade e tem uma remuneração inicial de R$3.756,82. Analista técnico-administrativo que exige superior e conta com remuneração de R$4.969,02.

O cargo de analista-tributário, também para nível superior tem remuneração de R$10.623,92. Já para auditor-fiscal, que é a atividade-fim da instituição e exige graduação em qualquer área, a remuneração é de R$18.754,20.

Todas as remunerações já com o auxílio-alimentação.

Últimos concursos

Auditor -Fiscal

O último concurso para o cargo de foi em 2014, com provas aplicadas em 10/05/2014  e  11/05/2014, e sob a organizaçãoda banca Esaf.

Os candidatos ao cargo são avaliados por provas objetiva e discursiva

Nas provas objetivas são cobrados conhecimentos Gerais que versam sobre: Língua Portuguesa, Espanhol ou Inglês, Raciocínio Lógico-  Quantitativo, Conhecimentos Administração Geral e  Pública, Direito Constitucional, Direito Administrativo. E Conhecimentos específicos que versam sobre: Direito Tributário, Auditoria, Contabilidade Geral e Avançada, Legislação Tributária, Comércio Internacional e Legislação Aduaneira.

Há, ainda, a prova discursiva, de caráter seletivo, eliminatório e classificatório, que conteve, no último concurso, 2 (duas) questões, sendo uma referente ao conteúdo da Disciplina de Direito Tributário e outra referente ao conteúdo da Disciplina de Comércio Internacional e Legislação Aduaneira, matérias integrantes da prova Objetiva.

A segunda etapa foi composta de Sindicância de Vida Pregressa.

 

Analista Tributário

O último concurso para o cargo foi em 2012, com provas aplicas em 16/09/12, também sob a organização da banca Esaf, para 750 vagas divididas em Geral e Informática.

As questões das provas objetivas foram divididas em Conhecimentos Gerais e Conhecimentos específicos para as duas áreas. A de Conhecimentos Gerais contaram com questões acerca das disciplinas de Língua Portuguesa, Espanhol ou Inglês, Raciocínio Lógico-Quantitativo, Direito Constitucional e Administrativo. Já de Conhecimentos específicos, para Geral, foram questões de Administração Geral, Direito Tributário, Conhecimentos, Contabilidade Geral, Específicos, Legislação Tributária e Aduaneira.

E, para a área de Informática, os conhecimentos específicos foram de Direito Tributário, Contabilidade Geral e Informática.

Os concorrentes ainda passaram por uma prova Dissertativa, de caráter seletivo, eliminatório e classificatório, com valor de 100 (cem) pontos, que versava sobre alguma das matérias das provas objetivas.

Sai na frente e comece a estudar desde já pelo Qconcursos.com

 

Postado por claudiajones às 16:33 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:
Publicidade
Assine o RSS