Publicidade

Jornal do Brasil

Concurseiros – JBlog – Jornal do Brasil

TCM- RJ: análise de Direito Financeiro

Muitos candidatos se preparam rumo ao tribunal de Contas do Rio de Janeiro que abrirá as inscrições para o cargo de Técnico de Controle Externo no próximo dia 1º de agosto. Convidamos o professor Vinicius Portela de direito tributário/financeiro, Agencias reguladoras e Ancine do Concurso Virtual e mestre pelo Instituto de economia da UFRJ para analisar o conteúdo de Direito Financeiro. Acompanhe a análise do mestre e prepare-se com direção para esse concurso.
“Programa foi bem definido, considerando a função constitucional dos tribunais de contas (TCM/RJ, no caso dese concurso). O trabalho no âmbito do tribunal de contas possui natureza interdisciplinar; então mesmo no cargo de nível médio, é importante que o candidato tenha noções não só do direito financeiro, controle externo e demais disciplinas de direito público (constitucional e administrativo), mas outras como ciência da administração. Para um concurso de nível médio, não vemos a necessidade de contabilidade pública ou economia (a não ser que fosse em fundamentos muito básicos).
Quanto aos conteúdos em si, divide-se a análise em duas questões: i-numero de questões; ii-  conteúdo específico de cada matéria:
1- Neste caso, vê-se o peso maior nas disciplinas específicas de tribunais de contas (direito financeiro, AFO e controle externo). Das 100 questões, 42 (quase metade da prova). Dentre estas, 14 são de direito financeiro, 14 de AFO e 14 de controle externo. Além destas, destaca-se o direito administrativo, com 18 questões e um conteúdo muito diverso e profundo, que na parte específica de controle é parecida com a disciplina de controle externo.
2 – Quanto ao conteúdo em si, vê-se que é muito parecido o de AFO com o de direito financeiro. Entretanto, a ênfase é diferente. Afirmamos isso com base na análise de distribuição de questões por tema na última prova do TCM/RJ para o cargo de auditor substituto de conselheiro (2015) e de analista/auditor (nível superior – fiscal do TC – 2008), que será transcrita na outra pergunta abaixo.

A banca costuma fazer questões bem literais aos dispositivos legais e constitucionais afetos à AFO, direito financeiro ou controle externo. Entretanto, dado o concurso para altíssimo salario, vale a pena os alunos atentarem a dispositivos de súmulas também, especialmente a sumula 347 do STF (que trata da possibilidade de controle de constitucionalidade pelos TCs) e súmula vinculante numero 3.
No direito financeiro, dada as estatísticas citadas acima, o direito constitucional financeiro é a parte mais importante. Costuma cair em grande peso. Assim, será importante estar na veia do aluno os artigos 163 a 169 da CF/1988, atentando às novas redações do art. 166 e 167, 5o., feitas emenda constitucional 86/2015. Alem disso, cabe ressaltar os artigos 11 a 22, 29 a 42 48 e 48A e 59 da LRF. E quanto a lei 4.320/1964, destacam-se os artigos 1o. a 5o., 11 e 12 (muito importantes), alem do 13 ao 46.
Na prova de auditor (2008) de direito financeiro, das 15 questões, 47% (7 questões) foram da parte de CF; 27% (4) foram relativas à LRF (LC 101/2000); 20% (3) de receitas e despesas (classificações, restos apagar, fases da receita e despesa – lei 4.320/64) e outras de outros assuntos.  O direito financeiro na prova de 2015 (auditor substituto de conselheiro – juiz de contas), das 10 questões, 40% (4 questões) foram de CF; 20% de LRF; 20% da lei 4.320/64 e 20% de outros temas. Já em AFO, no concurso de 2015 (dado que em 2008 caiu em direito financeiro), das 10 questões, 30% foi de CF/1988; 50% de receitas e despesas; 10 % da lei 4320/64 e 10% de outras. Assim, em direito financeiro, a enfase é sobre direito constitucional e e aspectos legais. Em AFO, a enfase é sobre as classificações doutrinarias e algumas legais (como receita e despesa corrente, por exemplo – art. 11 e 12 da lei 4.320/64).
Assim, tudo indica que em AFO focará em classificações doutrinarias e legais, conceitos legais. E direito financeiro focará nos institutos jurídicos e definições legais da CF principalmente e da LRF. O aluno deverá dominar muito bem ambos os temas, atentar a esta diferença de abordagem.
Quanto a disciplina de Controle Externo, destaca-se dois ponto importantes: a análise de eficácia das decisões dos TC’s; e a possibilidade de declaração de inconstitucionalidade pelo TC. A súmula 347 traz um posicionamento que, entretanto, é criticado pela doutrina no geral, especialmente pelo fato dessa ter sido feita sob a égide de uma outra Constituição. O aluno deve atentar a esses dois tópicos, além da LO e do regimento interno do município. Neste caso, 60% da ultima prova para TCM/RJ (juiz de contas – 2015) de controle externo (concurso de 2015) foram de questões de regimento ou lei orgânica. Então muita atenção a isso também.
Aliás, quanto às distribuições de questões nos dois últimos concursos ,no que se refere à disciplina de controle externo, temos que no concurso de 2008 (analista/auditor de nível superior), das 10 questões, 30% foram de regimento e LO do TCM/RJ; 30% sobre características e conceitos relacionados a tribunais de contas e 40% da parte constitucional relativo ao controle externo. Já no concurso de 2015, das 10 questões, como falado, 60% das questões fora m de regimento; 10% de TC; 10% de constitucional; 10% de lei 4.320/64 e 10% de outras.
Para essa banca, é importante ler bem os dispositivos literais da lei. Em caso de dificuldade de entendimento, será importante um curso ou a leitura de livros. Neste caso, indico o do professor Valdeci Pascoal e do professor Harrison Leite, mais voltados para concursos.
Neste caso, há prova de auditor de 2008, procurador e auditor substituto de conselheiro de 2015 e também a prova de auxiliar de controle externo de 2004. Todas essas foram para o TCM/RJ. Vale também dar uma olhadinha nas provas para TCM/SP (2015, banca FGV), as dos Tribunal de contas da União, feitas pela Cebraspe-Cespe/UNB e a do TCE/PR – juiz de contas de 2016, da mesma banca Cespe.
Em relação ao tempo de estudo para a disciplina, a depender de como o aluno estudará, ele deverá dedicar ao menos três dias para a matéria de direito financeiro (misturado à Adminstração Financeira Orçamentária), pelo menos quatro a oito horas por dia. Isso porque 42% da prova estarão em matérias afetas ao direito financeiro (incluindo AFO e controle externo, que estão dentro da disciplina controle financeiro). Fora que em direito administrativo, há também, bem detalhada, a parte de controle. Então foco total nestas disciplinas que compõem o direito financeiro em sentido amplo.
Gostaria de indicar os livros do professores Valdeci Pascoal e do professor Harrison Leite, mais voltados para concursos. Quem quiser uma leitura mais aprofundada, indico o livro do professor Ricardo Lobo Torres – Manual de direito tributário e financeiro, na parte especifica de direito financeiro.
Com edital e data de prova já definida, é importante muita dedicação. O ideal é estudar 8 horas por dia, 6 dias na semana (com um de descanso). São muitas disciplinas. Deve-se ter uma boa base teórica e fazer muitos exercícios. Turmas de questões em cursos são sempre bem vindas para revisar a matéria e ver como a banca costuma pedir. É isso. Muito boa sorte e no que precisarem, estarei a disposição para ajudar aos alunos!
Bons estudos”!

Postado por claudiajones às 20:05 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

Provas de concursos deste fim de semana em 31/07

Qconcursos.com listou as provas de concursos que serão aplicadas neste fim de semana de 31 de julho de 2016. No total serão 43 concursos com aplicação de provas neste fim de semana. Organize-se de acordo com a sua data e programe seu dia D com antecedência para que tudo ai conforme o planejado.

No dia anterior, separe os documentos necessários, assim como canetas pretas transparentes. Se possível, faça a rota até o seu local de prova a fim de evitar incidentes que possam atrasar seu trajeto.

Programe-se para sair sempre com bastante antecedência e alimente-se bem e adequadamente nas horas que antecedem sua prova. Na hora da sua prova, respire fundo e acredite que você pode porque se preparou muito bem!

Desejamos a você, uma excelente prova!

5 dicas para se fazer uma boa prova

Que tal dar uma treinadinha com um super ditado? Clique aqui

Concurso Data da Prova
Instituto Rio Branco – 2016 – Diplomacia 31/07/2016
PM-PA – 2017 – Oficial de Saúde 31/07/2016
PM-PA – 2017 – Aspirante 31/07/2016
PM-PA – 2017 – Soldado 31/07/2016
Prefeitura de Maceió – AL – 2016 31/07/2016
Prefeitura de Tapurah – MT – 2016 – Processo Seletivo nº 002 31/07/2016
Prefeitura de Guaiçara – SP – 2016 – Edital n° 01 31/07/2016
Prefeitura de Monsenhor Gil – PI – 2016 – Edital nº 002 31/07/2016
Prefeitura de Volta Redonda – RJ – 2016 – Edital n° 08 31/07/2016
Prefeitura de Anhembi – SP – 2016 – Edital n° 01 31/07/2016
Prefeitura de São Carlos – SP – 2016 – Edital n° 02 31/07/2016
Prefeitura de Itaberaba – BA – 2016 – Edital n° 002 31/07/2016
Prefeitura de Guaíra – SP – 2016 – Edital nº 01 31/07/2016
Prefeitura de Maracaçumé – MA – 2016 – Edital n° 001 31/07/2016
Prefeitura de Itaúna – MG – 2016 – Edital n° 001 31/07/2016
CRESS – ES – 2016 – Edital n° 01 31/07/2016
Câmara de Nova Iguaçu – RJ – 2016 31/07/2016
Prefeitura de Sapiranga – RS – 2016 – Edital nº 001 31/07/2016
Prefeitura de Ceará-Mirim – RN – 2016 – Edital n° 01 31/07/2016
Prefeitura de São Carlos – SP – 2016 – Edital n° 03 31/07/2016
Prefeitura de Santa Cruz do Escalvado – MG – 2016 – Edital n° 002 31/07/2016
Prefeitura de São Raimundo Nonato – PI – 2016 – Edital n° 01 31/07/2016
Prefeitura de Agrolândia – SC – 2016 – Edital nº 001 31/07/2016
Prefeitura de Panambi – RS – 2016 – Edital n° 001 31/07/2016
Prefeitura de Grupiara – MG – 2016 – Processo Seletivo nº 01 31/07/2016
Diretoria de Ensino – Região Norte 2 – SP – 2016 – Agente de Serviços Escolares 31/07/2016
Câmara de Caucaia – CE – 2016 – Edital n° 001 31/07/2016
Prefeitura de São Carlos – SP – 2016 – Processo Seletivo – Edital n° 04 31/07/2016
Prefeitura de Taquarituba – SP – 2016 – Processo Seletivo nº 01 31/07/2016
UNESP – 2016 – Edital n° 24 31/07/2016
Prefeitura de Panambi – RS – 2016 – Edital n° 001 – Processo Seletivo 31/07/2016
Diretoria de Ensino de Mirante do Paranapanema – S – 2016 – Agente de Organização Escolar 31/07/2016
Prefeitura de Delfim Moreira – MG – 2016 – Edital n° 01 31/07/2016
Prefeitura de Vera Cruz – SP – 2016 – Processo Seletivo nº 02 31/07/2016
Prefeitura de Santa Rita – PB – 2016 – Edital nº 001 31/07/2016
Prefeitura de Torres – RS – 2016 – Edital nº 01 31/07/2016
Câmara de Jardim de Piranhas – RN – 2016 – Edital n° 001 31/07/2016
Prefeitura de Colômbia – SP – 2016 – Edital nº 01 31/07/2016
Prefeitura de Barra do Piraí – RJ – 2016 – Edital n° 01 31/07/2016
Câmara de Conceição do Jacuípe – BA – 2016 – Edital nº 01 31/07/2016
Prefeitura de São Carlos – SP – 2016 – Edital n° 01 31/07/2016
UFU-MG – 2016 – Edital n° 39 31/07/2016
Prefeitura de Piratini – RS – 2016 – Edital n° 01 31/07/2016

 

Postado por claudiajones às 7:00 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

Concurso de Defensor Público da DPE – ES: saiu o edital para subsídio inicial de 10 mil reais

Saiu o edital para o concurso de Defensor Público da DPE – ES – Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo. São cinco (05) vagas mais a formação de cadastro de reserva para o cargo de Defensor Público de nível superior em Direito. De acordo com a tabela de remuneração o subsídio inicial é de R$ 10.000. O concurso será realizado pela FCC – Fundação Carlos Chagas.

Inscrições

Os interessados podem se inscrever pelo site da FCC no período de 01/08/2016 a 29/08/2016. A taxa de inscrição é de R$ 298,00.

Provas
Os candidatos passarão por quatro etapas:

Prova Escrita Objetiva (eliminatória e classificatória);

II – Provas Escritas Específicas (eliminatória e classificatória);

III – Prova Oral (eliminatória e classificatória);

IV – Prova de Títulos (classificatória).
As aplicações das Provas será na região metropolitana da Grande Vitória/ES e estão previstas para:

  1. a) Primeira Fase – Prova Escrita Objetiva (P1) – dia 09/10/2016, período da manhã;
  2. b) Segunda Fase: b.1) Prova Escrita Específica (P2) – dia 10/12/2016, período da tarde;

b.2) Prova Escrita Específica (P3) – dia 11/12/2016, período da manhã;

b.3) Prova Escrita Específica (P4) – dia 11/12/2016, período da tarde;

c) Terceira Fase – Prova Oral de Arguição: período de 30/03/2017 a 02/04/2017.

 

 

Postado por claudiajones às 11:18 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

MP – RS: último dia para as inscrições. Remuneração de 22 mil

Encerra-se hoje, 28 de julho, as inscrições para o concurso do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul para Promotor de Justiça. A taxa é de 252,21. São 11 vagas e para concorrer o candidato deve ter bacharelado em Direito e possuir, no mínimo, três (03) anos de atividade jurídica. O subsídio é de R$ 22.213,44. O concurso será realizado pela própria instituição.


Provas

Os candidatos serão avaliados por meio de PROVA PREAMBULAR, com caráter eliminatório, que compreenderá a resolução de 100 (cem) questões objetivas, sendo 70 (setenta) de Conhecimento Jurídico e 30 (trinta) de Língua Portuguesa, versando sobre o Conteúdo Programático relacionado no Anexo I do Edital. Ainda haverá provas discursivas.


Sobre as provas discursivas

Serão abrangidos os seguintes agrupamentos disciplinares:

PROVA I: GRUPO TEMÁTICO I – Direito Constitucional, Direito Ambiental, Direito Administrativo, Direito Municipal, Direito Financeiro e Direito Tributário.

PROVA II: GRUPO TEMÁTICO II – Direito Civil, Direito do Consumidor, Direito de Empresa, Direito Registral, Direito Processual Civil e Direito Urbanístico.

PROVA III: GRUPO TEMÁTICO III – Direito Penal e Direito Processual Penal.

PROVA IV: GRUPO TEMÁTICO IV – Direito Institucional do Ministério Público, Direito da Criança e do Adolescente, Direito Eleitoral, Direito do Idoso e Direito das Pessoas com Deficiência.

Cada prova discursiva corresponde a um grupo temático e será composta de até 4 (quatro) questões.


Consultas durante a prova
Durante a realização das provas discursivas apenas será permitido ao candidato consultar textos legais não comentados ou anotados.

Somente será permitida consulta à legislação contida em publicações editoriais, NÃO COMENTADA/ANOTADA, sendo VEDADAS QUAISQUER anotações nos textos legais.

Será permitida consulta às súmulas.

Será permitida a utilização de legislação com texto sublinhado ou destacado com caneta “marca-texto”.


Não será permitido

Não será permitido o uso de marcador de página (post-it) contendo qualquer anotação manuscrita ou impressa pelo próprio candidato e, muito menos, uso de qualquer tipo de material fotocopiado, independente da origem, nem de impresso obtido por intermédio da Internet.

A prova objetiva será aplicada na cidade de Porto Alegre no dia 23/10/2016. Já as provas discursivas poderão ser realizadas em sábado, domingo, feriado ou em dias de semana, inclusive no turno da noite.

 

Postado por claudiajones às 7:05 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

Rio de Janeiro: concurso com mais de 2,5 mil vagas para Belford Roxo.

Saiu o edital para o concurso de Belford Roxo, no Rio de Janeiro, com oferta de 2.534 vagas em diversos cargos dos níveis fundamental, médio, médio/técnico e superior. Os vencimentos iniciais chegam a R$7.700 mensais.

 

Vagas

Há vagas para as secretarias de Saúde (1.222); Meio Ambiente e Saneamento (30); Habitação e Urbanismo (16); Fazenda (21); Educação, Esporte e Turismo (779); Administração e Serviços Públicos (260); Obras (106); Assistência Social e Direitos Humanos (44), Secretaria de Controle (16), além da Procuradoria Geral do Município (40). Das 2.547 oportunidades previstas, 1.156 são destinadas a cargos de nível fundamental, o antigo 1º grau.

 

Inscrições

Os interessados podem se inscrever pelo site da Consulpam, organizadora do concurso no período de 28 de julho a 08 de agosto de 2016. As taxas são de R$55 (fundamental), R$80 (médio e médio/técnico) e R$120 (superior). Quem solicitar isenção da taxa, deverá fazê-lo somente nos dias 28 e 29 de julho.

 

Provas

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas compostas por 40 (níveis fundamental, médio e médio/técnico) ou 50 questões (cargos de nível superior) de Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos. Para o cargo de Procurador, haverá ainda uma prova dissertativa, além de avaliação de títulos. As provas serão aplicadas de 28 de agosto a 4 de setembro, em data ainda a ser confirmada.

 

Postado por claudiajones às 17:00 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

Concurso do TCM – Rio: saiu edital para remuneração de 11,6 mil. Apenas o nível médio.

Foi publicado o edital do concurso do TCM- RIO – Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro para técnico de controle externo, cargo que exige o nível médio e tem remuneração inicial de R$11.612,96. Serão 18 vagas imediatas, mas também será formado um cadastro de reserva, para ser utilizado durante o prazo de validade do concurso, de dois anos, prorrogável por igual período O documento foi publicado no Diário Oficial do município desta segunda-feira, 25. A banca organizadora é o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

 

Inscrições

As inscrições serão abertas no dia 1º de agosto, no site do IBFC e vão até 5 de setembro, com taxa de R$55. Os membros de família de baixa renda, inscritos no CadÚnico, poderão solicitar a isenção da taxa, no período de 1º a 3 de agosto. O edital reserva vagas para negros (20%) e deficientes (5%), conforme a lei.

Provas

Os candidatos do concurso do TCM-Rio serão avaliados por meio de provas objetiva e discursiva. A primeira está prevista para o dia 16 de outubro, com 100 questões de conhecimentos de Português, Raciocínio Lógico, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Financeiro, Administração Financeira e Orçamentária, Controle Externo e também de Ciências da Administração. Os locais de aplicação serão conhecidos por meio do cartão de confirmação de inscrição, no dia 10 de outubro.

Já a avaliação discursiva será aplicada no dia 11 dezembro para os classificados na primeira etapa e consistirá na elaboração de um memorando ou uma ata.

 

Postado por claudiajones às 15:22 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

MPRS, Marinha, EBSERH e SAAEI: últimos dias para as inscrições nos concursos.

Ainda dá tempo de se inscrever em diversos concursos abertos em todo o país. Abaixo, listamos alguns concursos que têm inscrições abertas:

Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul: encerra dia 28 de julho, as inscrições para o concurso do  para Promotor de Justiça. A taxa é de 252,21. São 11 vagas e para concorrer o candidato deve ter bacharelado em Direito e possuir, no mínimo, três (03) anos de atividade jurídica. O subsídio é de R$ 22.213,44. O concurso será realizado pela própria instituição. A prova objetiva será aplicada na cidade de Porto Alegre no dia 23/10/2016. Leia mais.

Marinha: termina em 29 de julho as inscrições para o concurso da  com 44 vagas do Quadro Complementar de Oficiais Intendentes  destinadas a Segundo-Tenente de nível superior. A taxa de inscrição é de R$ 70,00. O concurso será realizado pela Marinha do Brasil. Leia mais.

Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares – EBSERH: termina em 01/08/2016 o prazo para a inscrição para o concurso. As taxas de inscrição são de R$ 60,00 e R$ 80,00 e podem ser realizadas p,lo site da organizadora AOCP.  O concurso oferece 514 vagas para cargos na Área Assistencial nos níveis médio/técnico e superior. As remunerações chegam a R$ 8.887,51. O concurso será realizado pelo Instituto AOCP. A aplicação da prova objetiva está prevista para 28/08/2016. Leia mais.

Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Itápolis – SAAEI: termina em 04 de agosto de 2016 o prazo para as inscrições para o   de Itápolis em São Paulo-  para 16 vagas mais formação de cadastro de reserva para diversos cargos em todos os níveis de escolaridade. Os interessados podem se inscrever pelo site do UNIFIL mediante taxas de inscrição que variam de R$ 18,00 a R$ 22,00.As remunerações chegam a  2.723,00. O concurso será realizado pelo Instituto Unifil. A prova será na data provável de 28/08/2016. Leia mais.

Veja outros concursos com abrem e encerram as inscrições nesta semana

 

Postado por claudiajones às 7:00 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

8 erros que você não pode cometer para conquistar sua aprovação!

Alcançar a tão sonhada vaga na carreira pública requer tempo e dedicação. Quem estuda precisa ficar atento para não colocar em risco todo o planejamento. Raquel  Almeida, especialista do site Concurso Virtual separou os 8 erros que os concurseiros não podem cometer e ensina como evitá-los!
1. Não treinar/simular um dia de prova.
Concurseiro que calcula bem o tempo de resolução para cada matéria e treina diversos simulados tem mais chances de controle e segurança na hora da prova. Além disso, ele poderá ficar bem menos ansioso no dia de encarar o desafio real.

2. Escolher um concurso de nível médio porque é mais “fácil”.
Saiba que o que leva o candidato a ser aprovado não é o grau ou nível de dificuldade, e sim uma preparação adequada. Além do mais, achar que esse tipo de concurso é mais fácil é erro grave, pois seu conteúdo programático possui temas, questões e características que precisam ser estudadas com a mesma disciplina de concursos de nível superior. Hoje em dia, a disputa é muito acirrada em qualquer concurso.

3. Não fazer revisões das disciplinas.
A revisão é fundamental para saber se você entendeu bem os conceitos, esqueceu algum item ou estudou tudo o que foi pedido. Quando reforçamos o que estudamos por meio da repetição revisada, tendemos a entender melhor a matéria. Faça revisões periódicas para não deixar tudo para a última hora!
4. Fazer concursos em diferentes áreas.
Além do trabalho dobrado, você pode ter dificuldade para montar um cronograma. Os concursos da mesma área costumam ter diversas matérias em comum. Assim, mesmo que você foque em um concurso específico, você pode prestar concursos semelhantes, pois estudará basicamente a mesma coisa, com poucas matérias específicas para cada um deles.

5. Estudar pensando em curto prazo.
Alguns editais de concursos públicos demoram anos para serem divulgados. Por isso, dependendo de seu objetivo, é preciso aprender a estudar pensando em dedicação no longo prazo. Neste caso, usar técnicas de resumo e revisões para que o conteúdo não seja esquecido após um tempo é o ideal.

6. Priorizar disciplinas com que você tem maior afinidade.
Estude e adquira familiaridade com todas as disciplinas cobradas no seu concurso para descobrir seus pontos fracos. Se você apenas priorizar aquilo que gosta, vai ter problemas para a resolução de exercícios mais complicados e não vai conseguir uma boa colocação. Revise todas, sem exceção.

7. Não usar um material de estudo adequado.
Estudar por recursos de procedência duvidosa pode causar muitos problemas. Além de incompletos, eles podem não estar atualizados de acordo com as últimas retificações do edital. Portanto, escolha apostilas para concurso, videoaulas e cursos online somente de confiança, além de utilizar livros e provas anteriores para aumentar ainda mais suas chances de passar.

8. Partir direto para os exercícios sem estudar a teoria.
Essa conduta dificulta o aprendizado e a fixação da matéria. Normalmente, o candidato que faz isso também tem o hábito de começar os estudos e interrompê-los ao primeiro sinal de cansaço, para recomeçar o ciclo quando sai outro edital.

 

Bons estudos!

 

 

Postado por claudiajones às 13:00 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

Concurso IFN – MG: inscrições abertas para 60 vagas.

Abertas as inscrições para o concurso do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais para 60 vagas para cargos Técnico-Administrativos em Educação nos níveis médio/técnico e superior. As remunerações são de R$ 2.175.17 e R$ 3.666.54. O concurso será realizado pela FUNDEP – Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa

Vagas

As vagas disponíveis são para os cargos de Administrador (04), Analista de Tecnologia da Informação (02), Bibliotecário – Documentalista (04), Contador (01), Engenheiro Agrônomo (02), Médico Veterinário (02), Psicólogo (03), Tecnólogo – Gestão de Pessoas (02), Tecnólogo – Gestão Pública (03), Assistente Administração (09), Técnico em Laboratório-área – Biologia (01), Técnico em Laboratório-área – Química (01), Técnico em Laboratório-área – Física (01), Técnico de Tecnologia da Informação (05), Técnico em Contabilidade (05), Técnico em Eletrotécnica (01), Técnico em Secretariado (04) e Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais (08).

Às pessoas com deficiência serão reservadas 5% (cinco por cento) das vagas por cargo/áreas previstos neste Edital, observada a exigência da compatibilidade entre a deficiência e as atribuições do cargo, a ser aferida em perícia médica oficial quando dos exames pré-admissionais.

A reserva de vagas a candidatos negros ou pardos será de 20% (vinte por cento) do total de vagas oferecidas nos concursos públicos para provimento de cargos.

Inscrições

Os interessados poderão se inscrever pelo site da Fundep até 18/08/2016. As taxas de inscrição são de R$ 60,00 e R$ 80,00.

Será concedida isenção de taxa de inscrição ao candidato que estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico e for membro de família de baixa renda, nos termos do Decreto nº 6.135/2007.

Provas
Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas Múltipla Escolha, de caráter eliminatório e classificatório, composta de 40 (quarenta) questões com aplicação prevista para 18/09/2016.

Para todos os cargos, exceto para os cargos de Técnico de Tecnologia da Informação, e Analista de Tecnologia da Informação as disciplinas serão Língua Portuguesa, Informática básica, Legislação e Conhecimentos Específicos.

Já os candidatos aos cargos de Técnico de Tecnologia da Informação, e Analista de Tecnologia da Informação farão prova com as disciplinas de Língua Portuguesa, Legislação e Conhecimentos específicos.

 

Postado por claudiajones às 7:11 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

IFPR, Bueno Brandão, IBGE, TCE-PR e outros: últimos dias para as inscrições nos concursos.

Ainda dá tempo de se inscrever em diversos concursos abertos em todo o país. Abaixo, listamos alguns concursos que têm inscrições abertas:

Instituto Federal do Paraná – IFPR: encerra dia 14 de julho, o prazo para as inscrições para o concurso do para 158 vagas de níveis Fundamental, Médio e Superior, para Técnicos Administrativos. Os interessados podem se inscrever pelo site da organizadora Cetro Concursos e as taxas vão de R$ 55,00 a R$ 120,00. As remunerações variam de 1.739,04 e R$ 3.666,54, para os técnicos e até R$ 8.639,50, para os docentes. As provas objetivas para todos os cargos serão aplicadas na data prevista de 21 de agosto de 2016. Leia mais.

Prefeitura de Bueno Brandão – MG: termina dia 17 de julho o prazo para as inscrições para o concurso da , em Minas Gerais, para 71 vagas para diversos cargos de todos os níveis de escolaridade. As remunerações chegam a R$ 1.832,67. A organizadora será a Concursos, Residências Médicas, Avaliações e Pesquisas – CONSESP. Além do concurso público, a instituição abriu um processo seletivo para preenchimento de 19 vagas para diversos cargos em todos os níveis de escolaridade com remunerações que chegam a R$ 6.935,60 e as inscrições também terminam dia 17/07. Leia mais

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE): encerra dia 19 de julho o prazo para as inscrições para o concurso para 7.500 vagas temporárias para agente de pesquisas e mapeamento. Para concorrer ao cargo, o candidato deverá ter o nível médio completo. A remuneração mensal é de R$1.708, já incluído o auxílio-alimentação. Os contratos serão de um ano, podendo ser prorrogados por até três. A organizadora é a Fundação Cesgranrio. A prova está prevista para 4 de setembro, das 13h às 17h. Leia mais.

Conselho Regional de Educação Física da 3° Região (CREF3) – SC: encerra-se dia 19 de julho, o prazo de inscrições para o concurso do – para quatro (4) vagas e formação de quadro de reserva para diversos cargos em todos os níveis de escolaridade. As remunerações chegam a 4.780,87. O concurso será realizado pelo Instituto o Barriga Verde – IOBV. A aplicação das provas objetiva e de redação estão previstas para 07/08/2016. Veja informações sobre a prova de redação. Leia mais sobre o concurso.

Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR): termina em 21 de julho o prazo para se inscrever no concurso público do para nível superior para diversas áreas com remuneração de R$ 16,3 mil. A organizadora do certame é do CEBRASPE (antigo CESPE). O concurso tem validade de 2 anos, podendo ser prorrogado por igual período. A aplicação das provas está prevista para 11 de setembro de 2016. Leia mais.

Veja outros concursos com abrem e encerram as inscrições nesta semana

Postado por claudiajones às 6:15 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:
Publicidade
Assine o RSS