Publicidade

Jornal do Brasil

Concurseiros – JBlog – Jornal do Brasil

Concurso Transpetro 2018: Guia de estudos

Olá amigos estudantes. Estão abertas as inscrições para o concurso da Transpetro. Essa é uma excelente oportunidade para quem quer fazer parte de uma das maiores empresas do país.

Após um longo período de crise, a Petrobras alterou sua política de trabalho, renovou parcerias e buscou novas fontes de investimento, para reinserir-se no plano econômico internacional.

E uma das ações mais importantes, para estratégia de recuperação da empresa, é retomar o ciclo de contratações de pessoal.

Segundo o diretor de Assuntos Corporativos, Hugo Repsold, a Petrobras e suas subsidiárias terão concursos regulares nos próximos anos. Logo, ao preparar-se para o concurso da Transpetro, você irá construir uma base teórica para várias outras provas futuras.

Neste nosso encontro, vamos discutir especificamente sobre o cargo de Administrador. São 13 vagas imediatas e mais 130 posições em cadastro de reserva.

Todas as oportunidades são para o polo Rio de Janeiro.  Os cargos destinados aos bacharéis em administração possuem o maior quantitativo de vagas reservado em edital, ao lado de Engenheiro Mecânico, com 130 vagas cada.

O grande quantitativo de contratações previstas e a garantia de remuneração mínima de R$ 9.955,44 são motivos mais que suficientes para você se inscrever.

Análise e verticalização de Edital

Um pré-requisito fundamental para todo estudante que deseja prestar uma boa prova é possuir o conhecimento detalhado de seu edital. Estude o edital de seu concurso. Explore todos os tópicos, comparando-os com os assuntos exigidos em outros editais de concursos de seu interesse.

Uma boa maneira de iniciar o estudo do edital é organizar todos os conteúdos, de cada uma das disciplinas e, em seguida, destacar todas os tópicos já estudados e aqueles cujos conhecimentos ainda precisam ser consolidados.

Segundo o item 15.2.3.9 do edital, que versa sobre os conhecimentos específicos para o Cargo 9 – Técnico Judiciário – Área: Administrativa, temos como temas propostos em Administração Geral:

 

1 – ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA:

1.2 Matemática Financeira
1.3 Valor do Dinheiro no Tempo
1.4 Risco x Retorno
1.5 Análise de Investimentos
1.6 Alavancagem e Endividamento
1.7 Planejamento Financeiro e Orçamentário
1.8 Administração do Capital de Giro
1.9 Fontes de Financiamento a Longo Prazo.

 

2 – ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO E COMPRAS:

2.1 Estratégia de Suprimento (Strategic Sourcing)
2.1 Administração de Compras
2.2 Gestão de Estoques:
2.2.1 MRP
2.2.2 Ponto de Ressuprimento
2.2.3 Lote Econômico de Compra
2.2.4 Just in Time
2.2.5 Sistema de Rastreamento de Materiais (RFID, Código de Barras e Unique Identification Device)
2.3 Planejamento e Controle da Produção
2.4 Gestão da Cadeia de Suprimentos (Supply Chain Management).

3 – CONTRATAÇÃO:

3.1 Artigos 28 ao 91 da Lei 13.303 de 30 de junho de 2016 (Estatuto Jurídico das estatais
3.2 Artigos 42 ao 49 da Lei complementar 123 de 14 de dezembro de 2006 (microempresa e pequena empresa)

4 – GERENCIAMENTO DE PROJETOS:

4.1 Ciclo de Vida
4.2 Estrutura analítica de projeto
4.3 Estudo de viabilidade técnica e econômica
4.4 Gerenciamento das Aquisições do Projeto (PMBok 5ª ed).

 

5 – CONFLITOS E NEGOCIAÇÃO.

 

6 – ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

6.1 sistemas operacionais e sistemas de apoio à decisão.

 

7 – ESTRATÉGIA EMPRESARIAL

7.1 Estruturas Organizacionais
7.2 Estratégia Organizacional
7.3 Planejamento Estratégico Empresarial.

 

8 – ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA

8.1 Marketing
8.2 Marketing B2B
8.3 Marketing de Serviços
8.4 Pesquisa de Mercado
8.5 Planejamento de Marketing
8.6 Estratégias de Marketing
8.7 Relacionamento com Clientes
8.8 Gestão Comercial
8.9 Comércio Exterior
8.10 Marca
8.11 Mídias digitais
8.12 Comércio Eletrônico.

 

9 – CONTABILIDADE

9.1 Contabilidade Geral
9.1 Contabilidade de Custos
9.1 Contabilidade Gerencial.

 

10 – PROCESSO DECISÓRIO.

 

11 – ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS:

11.1 Estratégias de RH
11.2 Relacionamento com Públicos de Interesse
11.3 Remuneração e Benefícios
11.4 Desempenho
11.5 Cultura Organizacional
11.6 Desenvolvimento de RH
11.7 Gestão do Conhecimento
11.8 Carreira e Sucessão
11.9 Liderança e Equipe

12 – LÓGICA:

12.1 Funções
12.2 Análise Combinatória
12.3 Progressões
12.4 Raciocínio Lógico Quantitativo.

 

13 – ESTATÍSTICA:

13.1 Probabilidade
13.1 Estatística Descritiva.

 

Sustentabilidade e responsabilidade Sócio – Ambiental

Elaboração de plano de estudos (Análise dos principais tópicos a serem estudados)

A banca CESGRANRIO, organizadora do concurso da Transpetro, explora frequentemente, em suas provas, os temas propostos nesse edital.

Essa tem sido a banca organizadora dos concursos da Petrobras, da Transpetro e das demais subsidiárias, desde o ano de 2005. Ou seja, a quantidade de questões de referência é muito rica. E você, candidato antenado, deve explorá-la com afinco e dedicação.

As últimas provas da BR para o cargo de administrador júnior foram realizadas em 2014 e 2012, respectivamente. Analisando os conteúdos explorados, fica fácil encontrar um padrão didático e, a partir daí, elaborar uma estratégia de estudos bastante sólida.

Vamos falar um pouco sobre as disciplinas do edital, focando nos conteúdos mais relevantes e, dentro deles, quais são os pontos de maior pertinência e que aparecem com maior frequência nas provas:

1 – Administração Financeira E Orçamentária: Atentar para as fórmulas de se calcular o valor do dinheiro no tempo: Valor presente líquido, valor futuro, tempo de retorno do investimento.

2 – Administração Da Produção E Compras: As partes mais importantes a serem observadas são as fases dos processos de compras; gestão de estoques (just in time, lead time, ponto de ressuprimento) e conceitos da cadeia logística.

3 – Gerenciamento De Projetos: Imprescindível o estudo do PMBOK, notadamente no que se refere aos grupos de processos integrantes dos projetos, ciclo de vida e áreas de conhecimento.

4 – Estratégia Empresarial: Estruturas organizacionais, departamentalização e conceituação básica sobre planejamento estratégico são os pontos principais a serem observados, neste tema.

5 – Administração Mercadológica: Essa disciplina traz a conceituação básica de marketing: 4 P’s do marketing, segmentação de mercado, estratégias de marketing.

6 Administração De Recursos Humanos: Muita atenção aos assuntos ligados à liderança, motivação, cultura organizacional, gestão de desempenho e as funções básicas de pessoas nas organizações (Prover, Aplicar, Manter, Recompensar, Desenvolver, Monitorar)

É muito importante observar que boa parte dos tópicos apresentados acima também estão presentes na prova de Técnico em Administração, que exige apenas o nível médio. As maiores diferenças entre as duas provas concentram-se nos estudos de redação oficial e noções de informática, presentes somente na prova de técnico.

Ainda que as descrições nominais dos tópicos não sejam idênticas, as provas de técnico em administração e administrador possuem pontos de convergência. Fazer ambas as provas é uma boa dica para quem tem tempo para estudar e quer aumentar as chances de aprovação.

Características da banca examinadora

A banca CESGRANRIO tem por hábito valer-se das doutrinas mais ortodoxas e mais reconhecidas dentro do ambiente de estudos das organizações.

É raro encontrar questões que não sejam amparadas por doutrinadores consagrados como Chiavenato, Maximiano, Marco Aurélio P. Dias, entre outros autores clássicos.

Dedico uma atenção especial ao eminente autor Idalberto Chiavenato. A banca CESGRANRIO traz muitas questões desse autor. Ler, de forma atenta e detalhada a sua obra “Administração Geral e Pública” é uma boa forma de construir bases teóricas para realizar uma boa prova.

As questões da CESGRANRIO têm um grau de dificuldade relativamente baixo. Apesar de exigirem certa capacidade interpretativa da doutrina, as questões não costumam ser muito complexas.

O problema de provas assim é que a nota de corte costuma ser mais alta. Por isso, é importante preparar-se com a maior antecedência possível. Ter uma nota alta é essencial para ter chances de aprovação.

Orientações sobre estudos

Em Administração, é preciso estudar as teorias que fundamentam as questões de provas. Não há como resolver questões de Administração, com segurança e confiança nas respostas, sem um estudo aprofundado de tais teorias. Nesse sentido, os estudos antecipados são fundamentais.

O ideal é mesclar teorias com resoluções de questões. Os conhecimentos teóricos devem ser revisados semanalmente, com ciclos maiores de revisões quinzenais. É importante preparar resumos, pois os assuntos são muito extensos. Os resumos serão muito úteis nas revisões, semanais e quinzenais.

Dica importante: Embora o processo ideal de estudos seja a harmonização de conhecimentos teóricos, baseados em leituras, com a prática, através da resolução de questões, precisamos nos atentar que edital já foi publicado e o tempo tornou-se exíguo.

Neste momento opte por leituras mais objetivas e resumos dos temas que ainda não tem conhecimento. E prepara-se apenas com as questões nos temas em que seus conhecimentos já estiverem consolidados ou em processo de aprendizado. Em outras palavras, não adianta querer assimilar muito conhecimento teórico em um intervalo muito curto de tempo! Foque nas questões.

Refaça as últimas provas de Administrador da Petrobras, da Transpetro, da BR Distribuidora e da Liquigás. Todas são essas estatais são ligadas entre si, como estatal principal e subsidiárias. A banca e o padrão de questões são os mesmos.

A prova da Transpetro terá setenta questões objetivas. Vinte de conhecimentos básicos (Línguas Inglesa e Portuguesa) e cinquenta de conhecimentos específicos. A ordem de classificação obedecerá à pontuação na prova objetiva.

Portanto, na hora de montar seu cronograma, reserve a maior parte do tempo para questões e teorias relacionados aos conhecimentos específicos.

Transformar um plano de estudos em um projeto de aprovação

Há muitas questões envolvidas na aprovação em concurso público de ponta, como os concursos da Transpetro. A busca pelos bons salários, benefícios e a segurança empregatícia faz com a concorrência aumente muito.

Por isso, é importante preparar um planejamento de estudos eficaz, identificando enfoques de carreiras, reconhecendo as doutrinas majoritárias, organizando tempo de estudos, resumos, métricas de evolução e resultados, dentre outros fatores relevantes.

Lei mais dicas sobre como dividir os conteúdos das disciplinas e como elaborar cronogramas de estudos para o concurso da Transpetro em www.aprovalab.com.

 

Colaborou prof. Alexandre Baêta

Postado por claudiajones às 13:01 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

Concurso TRT 1 2018: edital publicado

concurso TRT 1 2018O edital do concurso TRT 1 2018 (Rio de Janeiro) foi publicado para cargos de níveis médio e superior. As remunerações são atraentes: em torno de 7 mil para nível médio e 15 para superior.

Os candidatos serão avaliados por  meio de provas objetiva e discursiva.

Quem optar pelo cargo da área de segurança será submetido ainda a uma prova física.
A leitura do edital é de extrema relevância.

Inscrições

As inscrições seguem abertas até dia 19 de abril de 2018.
Vale a pena o candidato verificar se se encaixa no perfil de isenção das taxas de inscrição, pois haverá isenção total da taxa de inscrição para o candidato que estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico. O prazo para solicitar a isenção vai até dia 19/04.

Provas

Os candidatos farão provas dia 10 de junho de 2018.
Uma boa notícia é que, como  as provas serão em turnos diferentes , os candidatos que desejarem poderão concorrer a dois cargos: Técnico administrativo e técnico de segurança ou um de nível médio e outro de superior.
 O mesmo para quem concorre a cargos de nível superior que poderão também concorrer a algum cargo de nível médio ou então, os formados em direito poderão concorrer a Oficial de Justiça  e Analista de direito.
A prova é dividida em conhecimentos gerias e conhecimentos específicos (que variam de cargo) e o candidato deverá estar atento, pois não poderá zerar disciplina.
As cidades que terão aplicação das provas são: Barra Mansa, Duque de Caxias, Macaé, Niterói, Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, São Gonçalo e Volta Redonda.

Com estudar para o concurso TRT 1 2018

São quase três meses até a prova e três pilares são fundamentais: planejamento, disciplina e foco.
Uma boa dica é planilhar todo o conteúdo do edital do cargo a que vai concorrer e fazer uma tabela de estudos para distribuir as disciplinas ao longo da semana. A ideia é passar por to todas as disciplinas e não estudar uma de cada vez.
Treinamento de questões é fundamental tanto para quem já inciou os estudos para o TRT 1 quanto ara quem vai inciar agora. Para estes, o ideal é intercalar teoria com treinamento de questões.
Muita atenção ao conteúdo de direito do trabalho, pois o candidato deve se atentar à Reforma Trabalhista que modificou alguns pontos da matéria. Cuidado com questões de provas muito antigas e desatualizadas.
Quem já vem estudando há bastante tempo, poderá ajustar as dificuldades por meio de resumos teóricos e, claro, a prática de questões.

A banca

O Instituto AOCP que é a organizadora do concurso realizou alguns certames, porém são poucas as questões em comparação com outras bancas. De qualquer forma, o candidato pode se basear em provas de outras bancas como , por exemplo, Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Cesgranrio.
Em relação à prova discursiva, quem concorrer ao  cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa, fará uma redação, com no mínimo, 20 (vinte) linhas e, no máximo, 30 (trinta) linhas. É importante o candidato se atentar a isso, para não perder pontos.
Vale a pena o candidato treinar muito técnicas de redação para desenvolver um texto de acordo com as exigências da banca.
Já para os cargos de Analista Judiciário, todas as áreas/especialidades, bem como Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança e Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Enfermagem, será composta por 01 (uma) questão de Estudo de Caso, que abordará Conhecimentos Específicos, conforme o conteúdo programático do edital.

Postado por claudiajones às 18:41 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:
Publicidade
Assine o RSS