Publicidade

Jornal do Brasil

Concurseiros – JBlog – Jornal do Brasil

Redação Perfeita: como usar os elementos de coesão corretamente

Como é bom ler uma redação na qual a clareza é parte integrante. Um texto bem escrito é aquele em que os elementos de coesão foram usados adequadamente. Os elementos conectivos, normalmente conjunções, pronomes e advérbios são capazes de trazer articulação ao texto, deixando-o harmônico e com encadeamento das ideias. Assim, uma mensagem clara é primordial para a sua compreensão.

Existem muitos termos de coesão que podem e devem ser usados para enriquecer a sua redação. Para que você vá bem munido para sua prova, vamos apresentar-lhe uma listinha de conectivos para que lance mão na hora da sua produção textual e os empregue corretamente.

  1. Quando você quiser dar ideia de acréscimo, use os conectivos de adição como, por exemplo: ‘além disso’, ‘ também’, ‘e’, ‘nem’, ‘não só’ , ‘mas também’, ‘bem como’…
  2. Se quiser passar a ideia de mudança, alternância: ‘ou…ou’, ‘quer…quer’, ‘seja…seja’.
  3. Caso precise justificar uma ocorrência: ‘porque’, ‘já que’, ‘visto que’, ‘graças a’, ‘em virtude de’.
  4. Para fazer um desfecho de uma determinada ideia: use os conectivos de conclusão como: ‘logo’, ‘portanto’, ‘pois’.
  5. Você pode estabelecer uma hipótese, uma condição usando os seguintes conectivos: ‘se’, ‘caso’, ‘desde que’, ‘eventualmente’, ‘a não ser que’, ‘a menos que’.
  6. Para comparar alguém ou alguma coisa, lance mão dos conectivos de comparação: ‘como’, ‘assim como’.
  7. Agora, se você quiser passar a ideia de ‘estar de acordo’, é importante usar os conectivos de conformidade como: ‘conforme’, ‘segundo’, ‘de acordo com’…
  8. Para exprimir uma ideia de consequência: ‘com efeito’, ‘tão’, ‘assim’, ‘consequentemente’, ‘tanto’, ‘de modo que’, ‘de forma que’, ‘de maneira que’…
  9. Explicar um determinado fato ficará mais fácil se utilizar os conectivos: ‘pois’, ‘a saber’, ‘isto é’, ‘por exemplo’, ‘porquanto’…
  10. Expressar uma ideia de objetivo, intenção, é muito fácil! Utilize um conectivo de finalidade. Exemplos: ‘para que’, ‘a fim de que’, ‘para’ (+ verbo no infinitivo).
  11. Ao apresentar uma ideia oposta, os conectivos de oposição a serem usados são: ‘mas’, ‘porém’, ‘entretanto’, ‘embora’, ‘mesmo que’, ‘apesar de’ (+ verbo no infinitivo).
  12. Caso queira utilizar a ideia de proporção, use as conjunções que indicam intensidade: Exemplos: ‘à medida que’, ‘à proporção que’, ‘quanto mais’, ‘quanto menos’.
  13. Já para determinar uma ideia temporal, os conectivos a serem usados são: ‘quando’, ‘logo que’, ‘assim que’, ‘toda vez que’, ‘enquanto’.Agora, mãos à obra e treine bastante até o seu grande dia!

Por: Cláudia Jones, redatora do portal Qconcursos.comRedação Perfeita

Esta é a hora de intensificar o treinamento para que a sua Redação do Enem seja Nota Mil.

Redação Perfeita disponibiliza as ferramentas necessárias além de grandes mestres que vão ajudar você a transformar-se em um aluno experiente em Redação.

Quer tirar nota máxima na redação? Comece agora!

 

Postado por claudiajones às 16:49 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

Enem 2016: Manual de Sobrevivência para a Hora da Redação

Falta pouco para o grande dia “D”. Aquele para o qual você derrubou lágrimas e suor para conseguir conciliar o tempo com a boa preparação para a sua grande prova: o ENEM. E será essa prova que decidirá o ponta pé inicial para a sua trajetória de sucesso rumo à carreira dos seus sonhos.

E, para que tudo saia conforme planejado por você neste dia decisivo, a Equipe do Redação Perfeita preparou um Manual de sobrevivência para a Hora da Redação! Então, mãos à obra e anote todos os pontos fundamentais para um bom momento!

 

Capítulo 1 – Espaço na Agenda de Estudos para a Redação

Neste momento, você já deve ter uma agenda de estudos na qual distribui as disciplinas pelos seus horários disponíveis e, com certeza, também já separou um ‘espaçozinho’ para o treinamento da redação. Se você separou um horário para fazer uma redação por semana, já está na hora de rever isso. Até porque a sua redação vai ser muito importante para ‘jogar’ a sua nota lá para cima. Então, vamos lá, se esforce mais um pouquinho e faça três redações por semana. Tudo bem se não conseguir. Duas já dão pro ‘gasto’. Mas, o ideal seriam três, viu? Neste momento, quanto mais treinamento você tiver, melhor será o seu desempenho na hora da prova de redação.

 

Capítulo 2 – A organização do Texto

Se nesta altura do campeonato você não souber como organizar a sua redação, só posso dizer ‘ai, ai, ai’ pra você. Mas, tudo bem. A gente vai dar uma forcinha para você ‘correr contra o tempo’ e aprender de jeito fácil como organizar a sua redação. Todo texto tem de ter começo, meio e fim. Mas, vai muito além disso, pois você precisa acreditar que é capaz de escrever e muito bem. Você não precisa ser um exímio escritor, só precisa saber dominar o texto mediante os critérios que o seu avaliador vai corrigi-la. O que vai fazer da sua redação uma “Redação Nota MIL” é a forma com a qual você cuida dela; com organização, coerência e fiel ao tema proposto. Não precisa se ‘debulhar’ em palavras difíceis ou ideias mirabolantes, apenas aprenda o que deseja o seu avaliador e siga fielmente as regras que se dará muito bem. Nós separamos algumas dicas que são necessárias para começar com o ‘pé direito’. Abra os links abaixo apenas quando for começar a escrever  uma redação. Por enquanto, continue aqui, prestando atenção às nossas dicas.

 

Capítulo 3 – Leitura e atualização

Quem dera pudéssemos dar-lhe de presente o tema que vai cair nesta edição do Enem , porque você é muito especial. Mas, infelizmente, esse prodígio não vamos conseguir. Porém, podemos lhe dar dicas úteis, como por exemplo, vasculhar a internet e fazer uma listagem dos temas que marcaram esse ano de 2016.  Em cima deles, pesquise e, já com conhecimento das regras e critérios visto no capitulo 2, desenvolva os seus textos. Aproveite para explorar todas as notícias sobre os temas que você acha relevante durante o ano de 2016. Pois, se cair um deles, conhecimento e informação não lhe faltarão no momento. Para quem vai prestar o Enem, é muito importante estar bem atualizado. E, sem dúvidas, o treinamento intensivo vai ajudá-lo a dominar a escrita. Então, aproveite que vai treinar e peça a correção das suas redações pelos nossos professores. Temos uma equipe dedicada a você e a melhorar o seu desempenho. Nossos professores estão esperando para corrigir as suas redações aqui.

 

Capítulo 4 – Como lidar com os ‘brancos’

Até mesmo na hora do treinamento pode dar os famosos e indesejáveis ‘brancos’! (E olha que treinamento tem de ser similar ao dia da prova: nada de colas, nada de olhar na internet, viu?). Então, esses ‘bichinhos’ do acaso que aparecem quando menos precisamos deles, podem ser facilmente driblados e jogados para o escanteio. Basta dar uma lidinha nas dicas abaixo para evitar esses transtornos.

 

Capítulo 5 – Véspera de prova

Aqui, temos duas situações que devem ser respeitadas de acordo com o perfil do estudante: aquele que gosta de estudar na véspera da prova e aquele que prefere não ter contato com estudos neste momento.  Estudar na véspera de prova é sempre um debate caloroso, porém, há de se observar a personalidade de cada uma. Se você é do tipo que, se não estudar, pelo menos um pouco vai ficar estressado, então, é melhor ir á luta. Mas, cuidado para não se cansar, pois você estará a um passo da sua grande maratona e, se cansar no dia anterior, poderá prejudicar e muito a sua performance no dia da prova. Sendo assim: cautela é o mais indicado se você tem o perfil de estudar na véspera. Cuidado para não ‘correr uma maratona na véspera da sua maratona de verdade’.

Por outro lado, temos aqueles estudantes que precisam dar uma boa relaxada, que sabem que de nada vai adiantar estudar na véspera. Para esses, sugiro um lazer leve, um cineminha, dormir cedo e relaxar para o dia seguinte. Então, descubra o seu perfil e faça a coisa certa.

 

Capitulo 6 – Como controlar o nervosismo e manter o equilíbrio emocional

Têm pessoas que ficam tensas quando se aproxima o dia da prova. Isso é normal. Como também é mais do que normal não sentir nada. Então, para quem se ‘contorce de nervoso’ quando está perto da prova, o indicado é dar uma boa importância para controlar esses fatores, pois nosso melhor desempenho está atrelado ao controle emocional, sem dúvidas.  Então, para que você aprenda técnicas essenciais para manter a situação sob controle, eu gostaria de indicar a leitura deste artigo da psicóloga especializada em concursos Renata Xisto. Clique aqui e leia.

 

Capítulo 7 – Enfim, você está diante da sua prova! E agora?

Agora, meu caro estudante, quem manda é você! Respire fundo e diga: “aqui quem manda sou eu”. A autoconfiança ajudará, e muito, seja qual for a situação da sua vida. E, neste momento, a mais importante é a que você está vivendo agora: a tão sonhada prova do Enem.

Lembre-se do quanto você se esforçou esse tempo todo, de tudo aquilo que teve de abrir mão para se dedicar seriamente à sua preparação. Então, defina que nesta hora, você dará o seu melhor.  Leia o artigo a seguir para ganhar mais confiança e boa prova! Clique aqui.

Esta é a hora de intensificar o treinamento para que a sua Redação do Enem seja Nota Mil.

O Redação Perfeita disponibiliza as ferramentas necessárias além de grandes mestres que vão ajudar você a transformar-se em um aluno experiente em Redação.

Quer tirar nota máxima na redação? Comece agora!

A equipe do Redação Perfeita deseja a você a melhor prova da sua vida!

 

Postado por claudiajones às 13:55 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:

10 erros de português para não cometer mais

Quem é que nunca ficou em dúvidas em relação a palavras muito parecidas e, na hora de usá-la, colocou justamente aquela que não era para ter sido? Mas, não tem problema, pois agora você não vai mais errar.

Listamos 10 palavrinhas que deixam a gente com ‘a pulga atrás da orelha’ na hora de escrevê-las:

1 – “Senão” / “Se não”

“Senão” significa “a não ser”, “caso contrário”./ “Se não” indica condição.

2 – “Em vez de” / “Ao invés de”

“Em vez de” é usado como substituição./ “Ao invés de” é usado como oposição.

3 –  “Afim”/ “A fim de”

“Afim” significa “semelhante”, “parecido” e “similar”./ ” A fim de ”  indica propósito, intenção e finalidade.

4 – “Eminente”/ “Iminente”

“Eminente” significa nobre, ilustre, alto./ “Iminente” significa “preste a acontecer”.

5 – “Acender”/ “Ascender”

“Acender”: Colocar fogo, ligar a luz./ “Ascender” crescer, subir, elevar o nível.

6 – “Sessão”/ “Seção”

“Sessão” é o intervalo de tempo em que algo coisa acontece./ “Seção” é  divisão, uma parte.

7 – “Ratificar”/ “Retificar”

“Ratificar” significa confirmar./ “Retificar” é corrigir.

8 – “Comprimento”/ “Cumprimento”

“Comprimento” significa tamanho, extensão, grandeza./ “Cumprimento” significa saudação.

9 – “Conserto”/ “Concerto”

“Conserto’ significa restaurar, repara, reformar, remediar, corrigir./ ‘Concerto’ usado principalmente para indicar sessões musicais.

10 – “Flagrante”/ “Fragrante”

“Flagrante”: evidente, indiscutível, um ato que é percebido no momento em que acontece./ “Fragrante”:  perfumado, cheiroso, aromático.

 

 

Postado por claudiajones às 16:26 | Nenhum comentário | Comentar

Compartilhe:
Publicidade
Assine o RSS