Publicidade

Jornal do Brasil

Blog do Reinaldo - JBlog - Jornal do Brasil

Hospices de Nuits-Saints-Georges tem leilão facilitado por Albert Bichot

No dia 11 de março acontecerá o 57º Leilão dos Hospices de Nuits-Saint-Georges. Esta propriedade excepcional tem como o Hospices de Beaunes, primo maior e mais famoso, mas não mais antigo, seus vinhos vendidos num leilão caritativo. É vendido em “primeur” sempre no terceiro domingo do mês de março. Fundado em 1270 este belo Domaine funciona unindo propriedade vitícola de grande nível e atividade médica no Centro Hospitalar de Nuits Saint Georges.

Com 12,4 hectares situados em torno do vilarejo de Nuits o leilão oferece duas denominações Villages, Gevrey Chambertin “Les Champs Chenys” e Nuits Saint Georges, e 9 Premiers Crus de Nuits Saint Georges. Cada barril tem capacidade para 288 garrafas, estão a venda 15 cuvées. Os preços são mais comportados do que os dos Hospices de Beaune. Um village sai por algo em torno de 8000 euros, 28€ a garrafa, e um Premier Cru por 14 a 17 mil euros, até 60 euros a garrafa, preço da batida do martelo.

O produtor Albert Bichot é um ator de destaque no leilão caritativo, afinal é um vizinho e tem o Domaine Clos Fortin bem ao lado. Além de ter o direito de fazer o envelhecimento e o engarrafamento dos vinhos arrematados Bichot orienta na venda, faz um envelhecimento sob medida, personaliza as etiquetas e propõe degustação diretamente do barril durante o envelhecimento, oportunidade para encontrar enólogos e vinhateiros. Faz ainda a entrega a domicílio na França em junho do ano seguinte.

Deu vontade? Quer comprar e ajudar o hospital de Nuits Saints Georges? Albert Bichot oferece a possibilidade de comprar meio lote, 144 garrafas ou o lote inteiro com as 288. É muito? Junte os amigos e divida o lote. Está sozinho, achou quer descobrir e comprar apenas duas garrafas? Nada mais fácil. Aceita até cartão de crédito. Clique aqui.

Ficou na dúvida sobre a qualidade? A safra 2017 foi generosa com a Borgonha depois de dois anos difíceis e com pequeno volume. A uvas foram colhidas bem maduras e em perfeito estado sanitário. O resultado se percebe rapidamente. Os vinhos são de grande estirpe, elegantes, profundos, intensos e de bela complexidade, atesta o enólogo e gerente do Domaine Jean Marc Moron. Santé.

Compartilhe:
Comentar

Comentar:

?>