Publicidade

Jornal do Brasil

Blog do Reinaldo - JBlog - Jornal do Brasil

Atentado cancela parte do evento de Toques e Clochers em Limoux

 

O pacato interior do sul da França foi atingido pelo terrorismo islâmico. O leitor que acompanha Conexão Francesa sabe que moro perto de onde aconteceu o atentado. Carcassonne é a capital do departamento do Aude e tem 50 mil habitantes, Trèbes é bem menor. O supermercado U fica na estradinha que liga as duas cidades. Carcassonne, cidade medieval, recebe os turistas para a festa de Toques e Clochers em Limoux, no mesmo departamento. Limoux é o palco da festa leilão de Toques e Clochers que valoriza os vinhos da denominação e preserva o patrimônio histórico local. O atentado fez com que a festa popular no vilarejo de Loupia fosse cancelada. Foi por respeito às vítimas e por questões de segurança me confirma o presidente da cooperativa de Sieur d’ Arques Pierre-Louis Farges.

A festa popular já teve o sabor do Rio quando Kátia Barbosa, do Aconchego Carioca, fez os quitutes que agradaram em cheio aos 40 mil que lotavam um dos vilarejos da denominação de origem Limoux. Em 2012 quem presidiu o leilão foram os chefs do Rio Roberta Sudbrack, Claude Troisgros, Roland Villard e o sommelier carioca Dionísio Chaves. Mas o evento de 2018 vai acontecer e o leilão será neste domingo de Ramos e o jantar de gala também está mantido me assegura Farges. Este ano o chef triplamente estrelado Gert de Mageleer, da Bélgica, presidirá o leilão ao lado do melhor sommelier belga de 2005 Joachin Boudens. O chef assinará o menu do jantar de gala para 500 convidados e o sommelier estará a cargo da harmonização. Este ano além das tradicionais barricas (300 garrafas) que são dedicadas a restaurar os campanários das igrejas medievais de Limoux teremos as barricas da solidariedade. Estas para ajudar os vinhateiros de Limoux que foram atingidos por uma chuva de granizo que destruiu, em alguns casos até 100% da colheita. Santé.

Compartilhe:
2 Comentários

Comentários:

  • Não sei se haverá um Toques e Clochers no nível daquele em que o Brasil foi representado por seus grandes Chefs Claude, Roberta, Roland, Kátia e pelo Sommelier Dionísio. Aquele evento, em que na competição de Limoux, a feijoada deu uma surra no melhor cassoulet da região.

    José Flávio Gioia

    2 de abril de 2018 às 11:10

    • Gioia, Aquele foi marcante. Este foi menos festivo, pois estávamos de luto por causa do atentado tão perto da nossa festa. Mas os vinhos e o jantar estavam ótimos, mas as porções eram mínimas.
      Abraços
      Rogerio

      Rogerio Rebouças

      6 de abril de 2018 às 06:13

Comentar:

?>