Publicidade

Jornal do Brasil

Blog do Reinaldo - JBlog - Jornal do Brasil

Champagne é o patinho feio do grupo LVMH no balanço do semestre

O grupo Louis Vuitton Moët Henessy, presidido por Bernard Arnault, publicou seu balanço semestral no último dia 24. O resultado foi aplaudido pelo mercado e as ações subiram. As divisões de moda e couro, perfume e cosméticos, relógios e joias, e distribuição seletiva tiveram crescimento de dois dígitos (25% a 46%). O patinho feio foi a divisão de vinhos e espirituosos que cresceu apenas 7% em perímetro constante (nominal menos 1%). O cognac Hennessy segue forte nos EUA e com rápido crescimento na China. O comunicado ao mercado segue explicando que no segmento “Champagne as cuvées de maior prestígio seguem dinâmicas e a política de aumento de preços continua. Europa e Japão crescem enquanto que os EUA recuam devido a um problema na expedição de produtos”, explica o comunicado.

Bernard Arnault presidente da LVMH não deve estar feliz com os resultados dos champagnes no Brasil

Bom para os acionistas é que o mercado Brasil de Champagnes é insignificante de maneira global. Caso contrário a queda seria enorme. Mas com certeza Moët Hennessy Brasil não atingiu o resultado desejado por Bernard Arnault para suas duas principais marcas no Brasil, Moët Chandon e Veuve Clicquot Ponsardin, que seguem perdendo mercado (veja coluna de 7/7). Talvez por um foco maior nas marcas como Ruinart, D. Pérginon e Krug, como deixa sugerir o comunicado oficial.

Amanhã estarei em Paris e irei sugerir e comentar bares, restaurantes, lojas de vinho e espetáculos que podem atrair a atenção dos amantes da boa mesa e dos bons vinhos. Trazer um pouco mais da cultura parisiense para este JBlog. Santé.

Compartilhe:
Comentar

Comentar:

?>