Publicidade

Jornal do Brasil

Blog do Reinaldo - JBlog - Jornal do Brasil

Printemps du Goût traz chef estrelado e vista incrível de Paris

As férias começaram para os parisienses. Este final de semana é aquele em que todos que tiram férias em agosto, ampla maioria, partem. Neste momento não há muitos parisienses em Paris. Turistas aos montes circulam pela cidade, muitos são brasileiros, buscando descobrir e desfrutar da Cidade das Luzes. Conexão Francesa já mostrou Lido e Crazy Horse, duas das mais badaladas casas de espetáculos de Paris, Gallerie Lafayette, e diversos restaurantes frequentados por parisienses e turistas. Agora fomos ao Printemps du Goût (Primavera do Gosto), no oitavo andar de Printemps Homme, a famosa galeria de lojas situada perto da Opera e ao lado de Galerie Lafayette. O departamento feminino fica no prédio ao lado, Printemps Femme, que tem uma brasserie no 7° andar. Não é possível passar de um prédio para outro internamente, salvo no segundo andar.

Espaço Fromage, queijos, no Printemps du Goût.

Printemps foi fundada em 1865 e hoje pertence ao grupo italiano Borletti  traz neste verão novidades gastronômicas. São dois andares dedicados à gastronomia, o 7° e o 8°. No primeiro está uma grade delicatessen, como chamamos no Rio, aqui você vai encontrar grandes marcas como Byzance para o caviar, Dubernet & Thierry Marx (chef de Top Chef na França) para salames, Balme para as trufas, Lomi com seus cafés, Maison du Chocolat, claro, chocolate e Palais des Thès para os chás. Os vinhos ficam a cargo do Repaire de Bacchus, uma das melhores referências de lojas de vinho de Paris. São 200m2 de vinhos e destilados distribuídos em 1500 referências.

Mas vai ser no 8° andar que você vai ficar realmente encantado. O restaurante se divide em 4 temas e oferece uma vista panorâmica de toda Paris. Os que se sentam na varanda, sob o sol, podem ter a Torre Eiffel aos seus pés. Os que se sentam no interior ficam no ar condicionado, mas também conseguem desfrutar da paisagem.

Laurent Dubois, Akrame, Gontran Cherrie e Christophe Michalak à direita.

Quatro craques assinam os espaços temáticos do Printemps do Goût, literalmente primavera do gosto. Chef Akrame que foi formado por Ferran Adrià e Pierre Gagnaire, ambos 3 estrelas, possui um restaurante estrelado que leva seu nome e diversos bistrôs na cidade assina o espaço Viande (carne). Na entrada do restaurante uma geladeira de maturação de carne já te deixa de água na boca. Mas Akrame também serve peixes e ostras. São 124 lugares sendo 70 na varanda.

A geladeira de maturação de carnes me deixou com água na boca.

Laurent Dubois vencedor do concurso Melhor Artesão de Queijos (MOF) vai assinar o espaço Fromage. Especialista em selecionar e curtir queijos no grande respeito das tradições francesas vai oferecer um menu com saladas e queijos de alta qualidade como Brie de Meux e Saint Marcelin. Quem quiser apenas comprar um queijo também pode.

O pão, coisa levada muito a sério na França, ficou com Gontran Cherrier, ele é a quarta geração de padeiros da família. Tem 3 padarias na capital francesa e 23 no mundo. Me marcou um pão totalmente negro, ele não está queimado, a cor vem da tinta de polvo que é usada. Os doces estão com o campeão mundial de “patisserie” Christophe Michalak. Tortas e doces vão encantar mesmo os mais incrédulos.

Borgonha branco do domaine  Michel Juillot 2016 é servido em taças.

A seleção de vinhos no restaurante não é enorme e as taças e garrafas não são baratinhas como no Languedoc. Normal em razão de um certo luxo e do alto padrão. Tomei uma taça de Borgonha do Domaine Michel Juillot, 2016, 9€ (R$39), a garrafa custa 39€ ( R$170) que se deu bem com uma salada com “toast” de Saint Marcelin du Dauphiné cremoso 16€ (R$70). Na carta destaco um vinho que você encontra no Brasil o Blason d’Issan, segundo vinho do Château d’Issan em Margaux, a taça sai por 15€ (R$65) e a garrafa 80€ (R$350). As taças variam entre 7€ (R$30) e 15€ (R$65). São vinhos muito bons. A carta é curta mas é boa. Um Champagne, Baron de Rothschild, um rosé da Provence , 4 brancos e 4 tintos. Santé.

P.S. No espaço café do 7°andar você pode pedir seu espresso em português, pois é uma brasileira quem gere o “comptoir” café.

 

 

 

Serviço:

Printemps du Gôut

Preço – €€€

64, Boulevard Haussmann – Paris

Metrô – Havre-Caumartin

Tags: , , ,

Compartilhe:
Comentar

Comentar:

?>