Publicidade

Jornal do Brasil

Blog do Reinaldo - JBlog - Jornal do Brasil

Tesouras de poda em ação na França

Com a chegada do outono a colheita se acelera por toda a França. Depois dos vinhedos mais precoces como a Champagne chegou a vez das maiores regiões produtoras entrarem num ritmo acelerado. Os tratores circulam pelas estradas e cidades puxando caçambas repletas de uvas. Brigadas de colhedores de uvas avançam sobre as parcelas com suas tesouras de poda e baldes. De dia como de noite as colheitas se fazem desde que as uvas atingem o ponto ideal de maturação.

Depois de colhidas as uvas passam por uma triagem antes de serem vinificadas. (foto divulgação Vins de Bourgogne)

Na Borgonha, ao final de setembro, a maior parte do vinhedo já foi colhido e os produtores estão contentes. As parcelas mais precoces começaram a ser colhidas em 20 de agosto, as denominações mais tardias como Chablis, Hautes Côtes e certos ‘climats” des Côtes estão tendo, neste início de outono, um clima seco e quente o que vai permitir um amadurecimento perfeito das uvas. Este ano como nos diz Thibaud Marion do Domaine Seguin Manuel, – “Teremos quantidade e qualidade. Um ano maravilhoso. As degustações de final de novembro que precedem as vendas dos Hospices de Beaune devem confirmar esta primeira impressão”, conclui.

No Languedoc a colheita também se acelera e as uvas tintas começam a entrar nas adegas. Em Bordeaux também constatamos que os grandes châteaux iniciaram as colheitas e o tempo bom prenuncia mais uma grande safra. Bordeaux, no entanto, teve uma redução de volume devido a fortes ataques de míldio e chuvas de granizo. Santé.

Compartilhe:
Comentar

Comentar:

?>