Publicidade

Jornal do Brasil

Blog do Reinaldo - JBlog - Jornal do Brasil

JM Wines traz vinhos diferenciados a preços agressivos

Jessica Marinzeck ama os vinhos e os desafios. Cedo deixou São Paulo para se aventurar nos céus de uma companhia aérea internacional de um país árabe. Voava pelo mundo afora e morava na Arábia Saudita. Mas o vinho falou mais forte e ela voltou. Estudou, cresceu e foi a compradora principal da Evino durante bastante tempo. Comprava vinho de todo o mundo. Mas era na França que a Evino tinha seu foco e ela conhecia a fundo os vinhos e seus principais produtores. Achava belas pepitas, pois sabia degustar bem e pesquisava. Hábil negociadora conseguiu belas barganhas. Trabalhou com vinhos em Malta, Alemanha e nos Estados Unidos. Mas voltou de novo para Sampa.

Jessica Marinzeck sempre rindo e alegre. (foto Jussara Martins)

Ainda estava na Califórnia quando começou a planejar o lançamento de uma marca própria de vinhos. Inicialmente serão do Chile. Mas o projeto deu uma mudada e primeiro ela abriu um grande quiosque no shopping Cidade Jardim em SP. Os vinhos JM Wines do Chile, Las Vacaciones, logo estarão chegando na loja. Conhecedora do mercado abriu a loja com vinhos do mundo e do Brasil, neste caso é um bom produtor de espumantes. Tem Chile, Argentina, Eslovênia, Portugal, Itália, Espanha e com grande destaque a França. Graças ao seu conhecimento junto a Evino trouxe dois rótulos campeões do site de e-commerce. Um é o Anciano Gran Reserva 10 anos Valdepenas 2006, que está por R$ 54,90 e o segundo o premiado Champagne Nicolas Feuillatte brut, o rótulo mais vendido da França e que já é um top tem no Brasil, que sai por apenas R$199,00. Uma exclusividade em lojas físicas. Tem Borgonha, Provence, Alsace, Languedoc, Bordeaux e Fronsac – fica do lado de Saint Émillion, mas é bem mais barato. Mas vai chegar mais. Para ver toda a oferta entre no site da JM Wines.

Tive a oportunidade de diversas vezes degustar com a Jessica na França e mesmo fazermos juntos uma degustação de Primeurs. Ela entende mesmo. É sempre legal ver alguém empreender no Brasil no mundo do vinho, ainda mais num projeto ousado e com marcas próprias. Crescendo a ideia da Jessica é abrir franquias dos quiosques. Os vinhos da loja não se encontram à venda em qualquer lugar. Foram selecionados por sua qualidade e raridade. As margens são pequenas, os preços muito competitivos e os vinhos diferenciados. Santé.

 

Compartilhe:
Comentar

Comentar:

?>