Publicidade

Jornal do Brasil

Blog do Reinaldo - JBlog - Jornal do Brasil

Brasil é eliminado do concurso de Melhor Sommelier do Mundo

Não foi desta vez que o Brasil passou para uma semifinal do concurso de Melhor Sommelier do Mundo. Em que pese o esforço, a capacidade e a dedicação de Diego Arrebola, nosso representante, o Brasil ainda não está preparado para forjar um campeão. Como nas Olimpíadas o Brasil não tem estrutura para figurar no topo do ranking de medalhas. Não é diferente na “sommellerie” brasileira. A indústria brasileira do vinho ainda não comprou esta briga, como explicou aqui no Conexão Francesa (ver coluna abaixo) o presidente da ABS Dânio Braga. São 19 os candidatos classificados dentre os 66 concorrentes (foto acima). Da América do Sul apenas o argentino Martin Bruno conseguiu se classificar.

Japão emplaca dois candidatos e Europa tem mais semifinalistas.

Diego Arrebola publicou no Instagram que ele não desistiu e vai voltar em 2022. Ele ressaltou a falta de estrutura e de preparação no Brasil comparada a dos demais candidatos. Diego realmente é muito bom e se preparado corretamente certamente pode alçar voos mais altos. Mas não basta apenas ele, temos de melhorar o nível cultural e técnico dos nossos sommeliers. E isto é um processo que depende de produtores, importadores, sindicatos e associações. O setor do vinho no Brasil deveria investir e apoiar nossos profissionais. Isto exige boa remuneração, melhor capacitação técnica e cultural. E da parte dos nossos sommeliers mais ambição, colocar sua meta individual mais alta, pensar grande.

O concurso Challenge Internacional Sud France deve ser uma nova oportunidade para que os melhores sommeliers do Brasil se preparem para um desafio internacional que tem como tema os vinhos do Languedoc Roussillon. As inscrições em breve estarão sendo anunciadas pela ABS. Santé.

Compartilhe:
Comentar

Comentar:

?>