Publicidade

Jornal do Brasil

Blog do Reinaldo - JBlog - Jornal do Brasil

Fusion N’ Rolls é um japa inovador com anões no jardim

Fusion N’Rolls Sushi é um restaurante com conceito inovador que desafia a cozinha tradicional Japonesa, graças ao seus maki rolls de estilo americano. Fusão que vai dar origem ao nome da casa. Situado não longe de Paris, em Bourg La Reine, o restaurante recebe em um ambiente animado com mesas no exterior. Francês adora ir para a calçada quando abre um solzinho. Garçons e garçonetes tem todos esses sorrisos cúmplices, que nascem da segurança da qualidade dos pratos que servem. O menu oferece pratos mais tradicionais (gyozas, sashimis, sushis e mochis recheados de sorvetes) e outros mais vanguardistas, porém todos são de alta qualidade, fartos e com preços razoáveis.

 

Tartare de abacate e gyozas à direita.

Devido às inúmeras escolhas, que parecem cada uma melhor do que a outra, pedi que a garçonete me explicasse o menu e recomendasse os top-sellers. Optei na entrada pelos famosos gyozas que são suculentos e crocantes (eles são ligeiramente fritos), até me disseram que haviam clientes que vinham só por causa deles! Em seguida veio um tartare delicioso de abacate, salmão com o molho especial da casa que realmente amplia a harmonia entre esses dois ingredientes.

Para o prato principal segui os conselhos que me foram dados e experimentei um roll de 10 peças de “Saumon Roll” (salmão meio-cozido por fora, cru no interior, abacate e molho do chefe), um roll de “Dragon Roll” (abacate no exterior, tempura de camarão, e um molho maionese com notas de cheddar) e para acabar um “Crunchy Roll” (tempura de camarão, surimi e abacate, isso tudo frito). Os três vêem em um prato de ardósia preta e a única maneira de descrever isso é como numa obra de arte, dá quase pena de comer, quase!

Ardósia de Saumon Roll, Dragon Roll e Crunchy Roll

O “Saumon Roll”, bem que mais clássico, mistura diferentes texturas que lhe dão um relevo particular e um refino certo. O “Dragon Roll” já é mais ousado, como uma aposta que você ganhou. Ingredientes japoneses são misturados com uma maionese que me parecia ligeiramente apimentada com notas de cheddar, definitivamente único e saboroso. E por último, o “Crunchy Roll” era o mais farto e crocante. Sua decoração, com flocos de Bonito secos que se mexem com o calor faz com que o prato pareça vivo!

O Chenin branco e seu anão do jardim

Para acompanhar tudo isso o restaurante propõe uma cerveja importada de uma pequena cervejaria Japonesa “Coedo”, da cidade de Kawagoe, e claro vinhos. Para acompanhar meus pratos de peixes e abacates nesse dia ensolarado, escolhi um vinho fresco e leve, um IGP Val de Loire, Chenin de Jardin bio de J. Mourat, 2016, 15€ (65 reais). Esse Chenin é jovem, com aromas de frutas, puro, com uma ligeira acidez que traz bom frescor e como diz na etiqueta é conduzido em modo orgânico. Seu rótulo descontraído traz um gnomo (anão) no jardim com uma taça na mão. O que em francês permite um trocadilho com anão (nain) do jardim, aqueles cafonas da branca de neve. Hilário.

A carta é curta mas atende plenamente e possui preços muito bem comportados.

Apesar de ficar longe de Paris, com o RER B em apenas meia hora do centro você pode chegar lá. O restaurante é bom e altamente recomendado pelo seu visual trabalhado e seu preço razoável. Santé. (fotos e texto Eric Rebouças)

Tags: , , , , ,

Compartilhe:
Comentar
?>