publicidade

Jornal do Brasil

Faixa Preta – JBlog – Jornal do Brasil

AFC 2: Evento marcou a volta da RedeTV! às transmissões de MMA e a estreia da musa paraguaia Larissa Riquelme como ring girl.

Na noite deste último sábado (31), a Arena Amadeu Teixeira em Manaus foi palco da segunda edição do AFC – Amazon Forest Combat, que contou com 9 combates eletrizantes de MMA.
Na luta principal da noite, Murilo Bustamante venceu o americano Dave Menne na decisão unânime dos juízes. Melhor durante os três rounds, Murilo destacou-se pela superioridade na parte em pé e pelas precisas entradas de queda, levando a luta para a sua especialidade que é o Jiu-Jitsu. Nas vezes que ficou por baixo, o faixa preta trabalhou bem a sua guarda e anulou o “ground and pound” do americano.

O combate marcou a reedição da disputa do cinturão dos médios pelo UFC 35 em 2002, vencida por Murilo. Na ocasião Bustamante tornou-se o primeiro brasileiro a conquistar um cinturão do evento.

Na co-luta principal, Thales Leites e o americano Matt Horwich fizeram um excelente combate no chão, com os lutadores alternando boas posições e a vitória vindo a favor do brasileiro por finalização após um justíssimo “katagatame”. Com a vitória, Thales devolveu o revés sofrido em 2010 quando acabou finalizado por Horwich no evento “War on the mainland”.

Gustavo Ximú começou bem o combate contra o canadense Patrick Coté, mas acabou levando um knock down após um soco e viu o combate ser interrompido pelo juiz Mário Yamazaki.

Daniel Acácio e Pete Spratt fizeram um combate morno, deixando o público insatisfeito. O carioca foi melhor na luta até o último segundo do combate, quando acabou atingido por um bonito soco rodado, caindo nocauteado.

Natural de Manacapuru, Ronys Torres estava tão a vontade que não tomou conhecimento do francês Ferrid Kheder e nocauteou o adversário aos 22 segundos do primeiro round, após uma sequência de golpes avassaladora.

Alegando falta de condições físicas, o japonês Satoshi Ishii desistiu de enfrentar o camaronês Rameau Sokoudjou depois de chegar a Manaus em cima da hora e se apresentar 7 quilos acima da categoria 93 Kg. A organização do evento tentou até o último momento manter o combate, mas acabou tendo que cancelar o combate.
Brasil vence duelo contra Argentina por 3×1
Pelo card preliminar, brasileiros e argentinos se enfrentaram em 4 combates e o saldo final foram três vitórias a favor do Brasil.

Na primeira luta, o atleta local Fernandinho Vieira não tomou conhecimento de Pablo Javier Llampa e fez o dever de casa: trabalhou em pé, colocou pra baixo, montou e castigou com socos até a interrupção do árbitro.

Rivaldo Jr. e Marcelo Rojo fizeram um bom combate com o brasileiro levando vantagem nas quedas e no solo ficando a maior parte do tempo por cima, vencendo na decisão unânime dos juízes.

O revés brasileiro veio com o gaúcho Fabiano Capoani, que apesar de começar em vantagem na luta contra Emiliano Sordi, derrubando e tentando a finalização, não conseguiu encontrar o ajuste nas posições e acabou sofrendo o nocaute técnico no final do segundo round.

Fechando o card preliminar, Dileno Lopes incendiou a torcida ao finalizar Javier Ocampo com uma justa guilhotina logo no início do primeiro round.
Musas roubam a cena
Outro show a parte, as ring girls do AFC roubaram a cena e levaram o público ao delírio. Ariane Steinkpof, Nicole Bahls e a musa da copa Larissa Riquelme revezaram na apresentação dos rounds e mostraram que além de ótimos lutas, o AFC está muito bem representado neste quesito.

Amazon Forest Combat 2
Arena Amadeu Teixeira, Manaus
Sábado, 31 de março de 2012

Resultados completos:
Card principal:
Murilo Bustamante venceu Dave Menne na decisão unânime dos juízes (84 Kg);
Thales Leites finalizou Matt Horwich com um katagatame aos 4´39” do 2R (88 Kg);
Patrick Coté nocauteou Gustavo “Ximú” aos 2´44” do 1R (84 Kg);
Pete Spratt venceu Daniel Acácio na decisão unânime dos juízes(77 Kg).
Ronnys Torres nocauteou Ferrid Kheder aos 22” do 1R (73 Kg);
Card preliminar:
Dileno Lopes finalizou Javier Ocampo com uma guilhotina aos 1´41” do 1R (61 kg);
Emiliano Sordi nocauteou Fabiano Capoani no 2R (87 kg);
Rivaldo Jr. venceu Marcelo Rojo na decisão unânime dos juízes (66 kg);
Fernandinho Vieira nocauteou Pablo Javier Llampa aos 3´22” do 1R (66 kg).

Postado por oscardaniotti às 16:41

Nenhum comentário

Compartilhe:

Nenhum comentário

Adicionar um comentário:

Publicidade
Assine o RSS
Publicidade