publicidade

Jornal do Brasil

Faixa Preta – JBlog – Jornal do Brasil

Nota Oficial: Ronaldo “Jacaré” Souza

Lutador passará por artroscopia no joelho direito após vitória sobre Vitor Belfort no UFC 198, no último sábado, dia 14 de maio; procedimento cirúrgico impediu luta contra Rockhold

Ronaldo Jacaré foi um dos destaques do histórico UFC 198, realizado no último sábado, dia 14 de maio, em Curitiba (PR), ao bater Vitor Belfort por nocaute técnico ainda no primeiro round do aguardado embate. Com o acachapante triunfo, Jacaré ficou próximo de uma chance ao cinturão peso-médio (até 83,9kg) da organização. E a chance do brasileiro lutar pelo título ficou realmente próxima nos últimos dias, após convite para substituir o lesionado Chris Weidman no UFC 199, que acontece no dia 4 de junho, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Porém, uma pequena lesão no menisco do joelho direito forçou Jacaré a negar o convite, e postergar assim sua tão aguardada luta pelo título.

Abaixo, o lutador se pronuncia sobre o assunto:

Recebi o convite do UFC para substituir o lesionado Chris Weidman na luta pelo cinturão da categoria peso-médio (até 84,1kg) no UFC 199, dia 4 de junho, contra o Luke Rockhold, atual campeão da divisão. Todos sabem da minha imensa vontade de lutar pelo título e, se possível, isso acontecer em um reencontro com o Rockhold. Porém, não posso deixar a emoção sobrepor a razão.

Quando faltava uma semana para a luta contra o Belfort, senti um incomodo no joelho direito, mas mesmo assim fui para a batalha. Lutei bem, mas deixei o octógono mancando. Já na segunda-feira seguinte ao combate, fui avaliado pelo Dr. Alexandre Campello, que me recomendou uma ressonância para analisar melhor a situação. Enquanto aguardava pelo resultado do exame, soube da lesão do Weidman. Assim, só poderia responder o convite do UFC quando soubesse o que tinha no joelho. Na tarde desta quarta-feira, dia 18, com o resultado da ressonância, ficou decidido que passarei por uma artroscopia já nesta quinta-feira, 19, como parte do processo de recuperação de uma pequena lesão no menisco.

Com isso, fico impossibilitado de estar apto para uma luta tão importante no dia 4 de junho. Michael Bisping é o novo desafiante, e desejo a ele e ao Rockhold uma grande luta. Quero enfrentar o vencedor dessa disputa em breve, e, independente do vencedor, estarei pronto para destruir e ser o novo campeão da categoria.

Aproveito a oportunidade para agradecer pelo carinho que tenho recebido dos meus fãs, seja pessoalmente ou via redes sociais. São milhares de mensagens diariamente, sempre de apoio e me parabenizando pelo trabalho que venho desenvolvendo. Fico muito feliz por isso. Agradeço também ao UFC pela compreensão, e dizer também o meu ‘muito obrigado’ a todos os membros da minha equipe.

Nos vemos no octógono em breve!

Ronaldo “Jacaré” Souza

Postado por oscardaniotti às 15:06

Nenhum comentário

Compartilhe:

Minotouro se coloca à disposição e desabafa: ‘Acharam que eu estava morto’


Foto: Arthur Júnior

A vitória avassaladora de Rogério Minotouro no UFC Curitiba (UFC 198), deixou o brasileiro novamente com prestígio no Ultimate. Depois de acumular duas derrotas consecutivas, contra Anthony Johnson e Maurício Shogun, Minotouro nocauteou o norte-americano Patrick Cummins, de forma brutal, no primeiro round, e levantou o público presente na Arena da Baixada. 
Em excelente forma, o líder da Team Nogueira já pensa no próximo desafio e manda um recado para os críticos. 

“Muitos pensavam que eu estava morto, mas essa vitória provou que estou mais vivo do que nunca no UFC. Apesar da minha idade (39 anos), sempre me cuidei e hoje me preocupo mais do que nunca. Minha alimentação e suplementação são todas muito controladas, sempre buscando o melhor. Esse nocaute e essa performance foram frutos de todo esse cuidado além de muito treino. Sei que ainda tenho muito para acrescentar ao esporte. Podem esperar uma atuação ainda melhor na minha próxima luta. Estou à disposição do UFC”, afirma Minotouro. 

O meio-pesado, também, relembrou seu histórico recente na organização para reforçar o bom momento vivido na carreira. 

“Não me incomodo com críticas, mas as pessoas têm que procurar saber antes de falar. Das minhas últimas cinco lutas pelo UFC, venci o Cummins e mais dois ex-campeões da categoria (Tito Ortiz e Rashad Evans). Só perdi para o Anthony Johnson, que está no auge de sua carreira e vinha atropelando todo mundo, e para o Shogun, em uma grande luta, com um resultado bastante duvidoso”, finalizou.

Postado por oscardaniotti às 14:43

Nenhum comentário

Compartilhe:

Max Fight 18: Davi Ramos sofre lesão na mão e é substituído por Felipe Nilo

Davi Ramos está fora do Max Fight 18, dia 21 de maio, em Varginha, Minas Gerais. O ex-lutador do Bellator, que enfrentaria Elder “Bebê Monstro”, sofreu uma ruptura ligamentar em um dos dedos da mão esquerda e foi obrigado a deixar o card. No seu lugar, a organização escalou Felipe Nilo, de 26 anos. Natural de Lavras, no Sul de Minas Gerais, Nilo treina na Team Nogueira, no Rio de Janeiro, e é apontado como uma das principais promessas da equipe. Ele possui um cartel de cinco vitórias e uma derrota.

Outra baixa no card é o mineiro Arthur Ribas, que fraturou a mão durante um treinamento, a poucos dias da luta contra Devani Iceberg. Sem tempo para encontrar um substituto, a organização optou pelo cancelamento da disputa e, no lugar, promoveu ao card principal o confronto entre Vinícius Salvador e Diogo Hannibal.

O Max Fight 18 tem no total 12 lutas confirmadas, sendo a principal delas entre a brasileira Amanda Ribas e a chilena Jennifer Gonzales, no peso até 57kg. No outro duelo mais aguardado do torneio, o amazonense Francisco De Assis enfrenta Júnior Maranhão, valendo o cinturão dos pesos-galos (até 61kg). O evento será transmitido o vivo pelo Combate e Combate Play, a partir das 19h.

Confira o card do Max Fight 18 após as alterações:

Amanda Ribas x Jennifer Gonzales
Francisco de Assis X Júnior Maranhão
Dil Furacão x Diego Gaúcho
Cassiano Tyschyo x Rodrigo Cavalheiro
Henerson Neném x Natan Shulte
Felipe Nilo x Elder Bebê Monstro
Vinícius Salvador x Diogo Hannibal
Arthur Vieira x Cassio Arduini
Armando Polêmico x Flávio Merrão
Hermison Oliveira x Fábio Pacheco
Gustavo “José Aldo” x Betinho Santos
Stefano Colossus x Ewerton Ferreira

Postado por oscardaniotti às 8:30

Nenhum comentário

Compartilhe:

Shooto Brasil 63: Felipe Froes defende cinturão peso-pena na luta principal da noite

Pouco mais de três meses após realizar a última edição em solo carioca, o Shooto Brasil volta ao Rio de Janeiro no próximo dia 22 de maio, onde faz sua 63ª edição, novamente no Clube Hebraica Rio, em Laranjeiras, na Zona Sul da cidade. Na luta principal da noite, o paraense Felipe Froes vai para sua segunda defesa do título peso-pena (até 65,8kg) diante do pernambucano Marcos Vinicius ‘Imperador’. Na co-luta mais importante da noite, Mario Soldado encara Sergio Curva pelo peso-meio-médio (até 77,5kg). Outros destaques do card são os companheiros de Nova União, Nikolas Motta, Pedro Falcão e Jhonata Silva.

“É muito bom poder voltar ao Rio e ao Hebraica, que consideramos como nossa casa. Conseguimos montar um card com nomes que vem surgindo com muita força no cenário nacional, como o próprio Froes que defende o cinturão, o Nicolas Motta, ex-participante do TUF Brasil, o Jhonata, que promete muito e deu show nas últimas lutas no Shooto. Estou com uma expectativa muito boa em relação a esse evento”, afirma Dedé Pederneiras, presidente do Shooto Brasil.

Segunda defesa de título de Froes e duelo Nova União vs RFT são destaques

Natural de Ananindeua, no Pará, Felipe Froes é um veterano do Shooto Brasil, apesar dos 24 anos de idade. Foram oito lutas do atleta da Nova União na organização até agora, com apenas uma derrota e um empate para Douglas Silva e com Renato Moicano, respectivamente, ambos atletas do UFC. O duelo diante de Marcos Imperador marca a segunda defesa do cinturão peso-pena, que conquistou na edição 54, ao bater Thiago Manchinha. Na carreira, Froes soma um total de 12 triunfos e apenas dois reveses.

Lutar no Shooto Brasil também não chega a ser novidade para o pernambucano Marcos Vinicius, conhecido como Imperador. Aos 36 anos, o atleta tem um duelo na organização, justamente na última edição, realizada em Recife, sua cidade natal. Na ocasião bateu Jean Silva na decisão dos juízes. No total, soma 14 duelos na carreira, com dez vitórias e quatro derrotas.

Na co-luta principal da noite Mario Soldado e Sergio Curva fazem um duelo entre academias vizinhas: Nova União e RFT. Especialistas em jiu-jitsu e luta livre, respectivamente, as duas equipes já fizeram diversos embates marcantes. Soldado é natural de Marília e treina na equipe carioca há quase três anos depois de iniciar a carreira no sul do país. Com cartel de 15 vitórias, quatro derrotas e vem de triunfo sobre Fábio Lima após cotoveladas brutais, no Shooto Brasil 56.

Já Sergio Curva soma um total de sete vitórias e cinco derrotas no cartel e não luta desde setembro de 2014. Representante da equipe liderada por Marcio Cromado, Curva já fez uma luta no Shooto Brasil 48 e venceu na decisão unânime. Outro nome conhecido no card é do o ex-TUF Brasil 4, Nikolas Motta, que encara Antonio Carlos Buiu, em peso combinado até 68kg. Companheiros de Nova União, Pedro Falcão e a promessa Jhonata Silva são outros destaques e encaram Julio Splinter e Gilberto Dias, respectivamente.

Postado por oscardaniotti às 19:58

Nenhum comentário

Compartilhe:

Aspera FC e Imortal FC fecham parceria internacional com Pancrase

GP a ser realizado em uma noite garantirá contrato com organização japonesa ao campeão; “Road to Pancrase: Brazil” terá primeira edição em 16 de julho com pesos-mosca

Considerado pelo site norte-americano ScoreCard o principal evento de MMA do Brasil e o 17º no mundo, o Aspera FC fechou uma aliança importantíssima para sua expansão internacional. Em parceria com a franquia paranaense Imortal FC, será realizado o evento “Road to Pancrase: Brazil”, um GP peso-mosca (até 56,7kg) de quatro atletas, cujo campeão terá de lutar duas vezes na mesma noite e garantirá um contrato de múltiplas lutas com o Pancrase, tradicional organização japonesa, uma das dez maiores do planeta.

A parceria, negociada pela TakeOver Spors Agency, terá início dia 16 de julho, no Aspera FC 43, na cidade de Paranaguá, no Paraná. Os nomes dos participantes serão revelados em breve. Para o presidente do Aspera FC, Marcelo Brigadeiro, é uma oportunidade única para os lutadores.

“O Aspera já é conhecido por colocar em ação os melhores lutadores brasileiros da atualidade e acreditamos que seja isso o que o Pancrase busca também. Por ser a maior organização japonesa, o Pancrase está sempre interessado nos melhores lutadores do mundo, e é natural ao falar dos principais nomes do Brasil você falar do Aspera”, ressalta Brigadeiro.

“Para nós, é muito importante dar oportunidades ao maior número possível de lutadores alcançarem seus sonhos”, complementa o CEO do Imortal FC, Stefano Sartori. “Quando soubemos da oportunidade de fechar essa parceria com o Pancrase, uma organização muito conhecida e respeitada, sabíamos que era o caminho certo. Estamos prontos para ver os principais prospectos e veteranos do Brasil competindo e brilhando no Japão, tornando-se ídolos lá como são aqui no nosso país”.

Pelo Pancrase já passaram nomes como Josh Barnett, Jose Aldo, Riki Fukuda, Bas Rutten, Ken Shamrock, Chael Sonnen, Carlos Condit, entre muitos outros notáveis. O CEO do evento, Masakazu Sakai, aponta a parceria com o Aspera FC e com o Imortal FC um fundamental movimento de expansão internacional para a marca.

“Estou muito feliz em dar as boas-vindas ao Aspera FC e ao Imortal FC como parceiros oficiais do Pancrase. Tenho assistido a esses dois eventos por algum tempo e sei que são os melhores do Brasil quando se fala em produção de talentos. Espero que ídolos brasileiros surjam a partir desta parceria”, exalta Sakai.

“O Pancrase já realizou eventos internacionais no Havaí e estamos planejando outros shows no Brasil, Las Vegas, México, Rússia, entre outros. Queremos mostrar e promover lutadores talentosos de forma global através de nossa parceria com o UFC Fight Pass Live”, completa.

Antes do “Road to Pancrase: Brazil”, o Aspera FC terá cinco eventos. O primeiro deles acontece na próxima quarta-feira, dia 4 de maio, no Peru, com Leandro “Gordo” Rangel de volta ao MMA após quase cinco anos para enfrentar Jackson Mora na luta principal. Mora é, curiosamente, o último adversário contra quem Gordo lutou.

Postado por oscardaniotti às 22:41

Nenhum comentário

Compartilhe:

Publicidade
Assine o RSS
Publicidade