publicidade

Jornal do Brasil

Faixa Preta – JBlog – Jornal do Brasil

Daniel Martins “Tenho o sonho de ver nossas escolas com professores de artes marciais”

Daniel Martins, Coordenador de Feiras da Secretária Municipal de Ordem Pública, também teu em seu DNA, o amor pelas artes marciais. Faixa preta em judô, jiu-jitsu e Kickboxing, Daniel, conquistou títulos nacionais e internacionais.

Abaixo você confere a entrevista que fiz com este casca grossa da luta e da vida pública, o faixa preta acredita que a luta pode estar mais aliada na educação e na segurança publica.

Confira abaixo:

Como foi seu começo na luta?

Meu começo nas lutas foi aos 4 anos de idade, na AABB- Tijuca, devido ao meu comportamento muito inquieto e cheio de energia. Por recomendação do pediatra, minha mãe me colocou no Judô. 
Não parei mais…aos 18 anos fui graduado faixa preta, treinando Jiu Jitsu ao mesmo tempo entre Rio de Janeiro e São Paulo e aos 21 anos me tornei faixa preta. Tendo conquistado diversos títulos estaduais e nacionais.
Depois de algum tempo parado, comecei a treinar Kickboxing, conquistando títulos nacionais e internacionais e sendo graduado faixa preta em 2015, homologado pela FKBERJ no último sábado.

Qual a participação dos ensinamentos da arte marcial na vida política?

A arte marcial me tornou uma pessoa mais calma, focada e obstinada. Na política, procuro utilizar o que aprendi nos tatames, como o respeito aos mais velhos, o respeito ao meu próximo e aos adversários. Buscar fazer as coisas com perfeição e ser vitorioso em tudo que fizer.

Você ainda mantém os treinos de luta?

Sempre que posso, coloco meu quimono ou calço minhas luvas para dar uns treinos com meus amigos, o que ajuda muito a tirar todo stress do dia a dia e manter nosso corpo e mente em movimento.

É possível ver o Jiu jitsu nas escolas como esporte na educação física? Qual sua opinião?

Tenho o sonho de ver nossas escolas com professores de artes marciais, ensinando nossa arte suave a crianças e adolescentes de todo estado. Acredito que a arte marcial forma cidadãos de bem, de caráter e dá uma disciplina, que nenhum outro esporte consegue.

Você tem algum projeto para apartes marciais? 

Tenho um projeto de Kickboxing no Santo Cristo, para crianças e adolescentes que moram na região da Zona Portuária, formando diversos campeões de nível nacional e internacional. É uma de minhas paixões e que me dão um imenso orgulho.
Pretendo desenvolver em outros bairros e espero contar com o apoio de nosso governo estadual e municipal. O governo estadual na figura do Secretário de Esportes, Marco Antônio Cabral, nos apoia com o Projeto Esporte RJ.

Em países como os Estados Unidos vemos as forças de segurança praticando o Jiu jitsu brasileiro. Seria interessante tornar obrigatório o treino para as polícias?

Sem dúvida alguma que nossas forças de segurança deveriam ter um treinamento obrigatório de artes marciais. É mais do que provado o poder e funcionalidade do Jiu Jitsu em uma situação de crise, onde o emprego de uma arma pudesse ser perigoso e incorreto, mas que com o treinamento específico de Jiu Jitsu a situação rapidamente seria controlada e o perigo neutralizado.
Algumas forças já utilizam o treinamento de judô, Jiu Jitsu, Kickboxing e Muay Thai.

Na cidade do Rio de Janeiro temos diversos faixas preta, que poderiam ter maior participação na segurança pública. Em tempos de violência urbana não seria interessante usar essa grande parcela de lutadores na segurança? 

Acredito que deveríamos incentivar a pratica da arte marcial em nossas forças de segurança e utilizar nossos milhares de faixas pretas no auxílio da sociedade e no ensino da pratica marcial esportiva para todas as forças e todos aqueles que desejassem aprender a como se defender em situação de risco e vulnerabilidade.

Manda um recado para o mundo das lutas.

Um grande abraço a todos, desejo grandes treinos e que nunca esqueçam, que um faixa preta, é um faixa branca que nunca desistiu e pintou sua faixa com as cores de seu sangue e suor.
Oss.

Postado por oscardaniotti às 16:32

Nenhum comentário

Compartilhe:

Nenhum comentário

Adicionar um comentário:

Publicidade
Assine o RSS
Publicidade