publicidade

Jornal do Brasil

Faixa Preta – JBlog – Jornal do Brasil

Reyson Gracie realiza seminário na base da força aérea americana no Japão.

O faixa vermelha 9º grau, Reyson Gracie, realizou seminário de jiu-jitsu ao meu lado hoje na base Yokota Militaly base, situada no Japão, próximo da capital Tokyo.

Tivemos uma grande recepção com todos os alunos que aproveitaram ao máximo as técnicas que foram passadas. Diferente do Brasil, vemos que as forças de segurança nacional dos Estados Unidos levam o jiu-jitsu com grande seriedade e muito amor ao esporte.

O seminário contou com a elite da força aérea norte americana. “Fomos muito bem recebidos pelos oficiais norte americanos, me sinto muito gratificado em ver o jiu-jitsu ser acolhido e devidamente prestigiado pelos Estados Unidos” declarou mestre Reyson.

O Brasil precisa de mais jiu-jitsu, inclusive nas escolas públicas, Hoje temos muito debate político sem nenhuma relevância para a população, vale pensar um pouco sobre o assunto.

Oss

Postado por oscardaniotti às 13:46

Nenhum comentário

Tags: , ,

Compartilhe:

Um prêmio merecido.

Serginho Moraes venceu sua luta e o prêmio de melhor finalização do UFC Rio 4 com as honras de um verdadeiro faixa preta. O lutador que representa a Coab, em São Paulo, sofreu algumas desconfianças de quem acompanha o MMA. Ao entrar no TUF Brasil, o faixa preta foi muito questionado, pois sua grande especialidade é o jiu-jítsu e alguns pressentiam grandes dificuldades para o aluno de Fábio Gurgel, na parte de trocação.

Com um jiu-jítsu refinado, Serginho vem adaptando muito bem suas defesas para o MMA e com isso conseguiu aplicar um jiu-jítsu muito técnico, repleto de finalizações. Ao finalizar Neil Magny, Moraes mostrou, mais uma vez, sua grande humildade e simplicidade. “Acho que ainda estou começando, mas estou começando bem. Agora tenho que treinar mais, evoluir e fazer os meus treinadores de striking felizes. Estou determinado a aprender. Estou sempre evoluindo na trocação e no chão. E a melhor parte de vencer é fazer isso na frente dessa plateia, sempre torcendo e me estimulando!”, concluiu o atleta.

Postado por oscardaniotti às 12:54

Nenhum comentário

Compartilhe:

Publicidade
Assine o RSS
Publicidade