publicidade

Jornal do Brasil

Faixa Preta – JBlog – Jornal do Brasil

Reyson Gracie realiza seminário na base da força aérea americana no Japão.

O faixa vermelha 9º grau, Reyson Gracie, realizou seminário de jiu-jitsu ao meu lado hoje na base Yokota Militaly base, situada no Japão, próximo da capital Tokyo.

Tivemos uma grande recepção com todos os alunos que aproveitaram ao máximo as técnicas que foram passadas. Diferente do Brasil, vemos que as forças de segurança nacional dos Estados Unidos levam o jiu-jitsu com grande seriedade e muito amor ao esporte.

O seminário contou com a elite da força aérea norte americana. “Fomos muito bem recebidos pelos oficiais norte americanos, me sinto muito gratificado em ver o jiu-jitsu ser acolhido e devidamente prestigiado pelos Estados Unidos” declarou mestre Reyson.

O Brasil precisa de mais jiu-jitsu, inclusive nas escolas públicas, Hoje temos muito debate político sem nenhuma relevância para a população, vale pensar um pouco sobre o assunto.

Oss

Postado por oscardaniotti às 13:46

Nenhum comentário

Tags: , ,

Compartilhe:

Escalado para o UFC 176, Ronaldo Jacaré comemora retorno contra Gegard Mousasi

Uma das sensações dos pesos médios (84kg) do UFC na atualidade, Ronaldo Jacaré retorna ao evento contra Gegard Mousasi, em combate válido pelo UFC 176, marcado para o próximo dia 2 de agosto, em Los Angeles (EUA). O capixaba, que estreou na maior organização de MMA do planeta em maio de 2013, busca sua quarta vitória consecutiva no torneio e sonha com a oportunidade de disputar o cinturão de sua divisão. Com um cartel de 20 vitórias e apenas três derrotas, Jacaré, que foi campeão do Dream e do Strikeforce, é um dos lutadores mais temidos no MMA mundial.

Sem atuar desde fevereiro, quando derrotou por decisão unânime o francês Francis Carmont pelo UFC Fight Night 36, Jacaré comemorou o fato de voltar à ativa contra um lutador de primeiro escalão da divisão. Apesar de ter levado a pior no primeiro confronto entre os dois pelo Dream 6, disputado em 2008, o brasileiro não pensa em revanche e quer a vitória para consolidar entre os melhores da sua categoria.

“Eu estava esperando retornar contra um adversário de alto nível e foi o que aconteceu. Agradeço ao UFC pela oportunidade de enfrentar o (Gegard) Mousasi e vou fazer o meu melhor. Sei que ele é um grande campeão, um atleta muito duro, mas vou estar pronto para fazer o meu jogo. Não tenho frustrações na minha vida, eu acabei perdendo nossa primeira luta, mas meu foco agora é totalmente em uma vitória”, disse.

Recuperado da lesão no braço esquerdo que o tirou de ação por alguns meses, o atleta, patrocinado pela Koral Fight Co., reforçou a importância do bom trabalho de recuperação para um retorno vitorioso ao UFC. Além disso, salientou a importância dos companheiros de equipe e treinadores em todo o processo de recondicionamento físico.

“Estou completamente recuperado (da lesão). Minha expectativa era de retornar em agosto mesmo. Fiz um ótimo trabalho de recuperação e estou treinando firme com a minha equipe (XGym). Venho recebendo a ajuda do Josuel Distak, meu treinador de MMA, e do Rogério Camões, preparador físico, em todos os trabalhos visando a próxima luta.. Quero muito me apresentar bem e estou esperando uma grande luta”.

Pentacampeão mundial de jiu-jitsu, Ronaldo Jacaré, que é um dos maiores nomes da luta de chão no MMA internacional, vem contando com o luxuoso auxílio de Pedro Rizzo, ex-lutador do UFC, para afiar suas técnicas na parte em pé. Segundo o peso médio, a evolução está sendo nítida e será mais uma arma para engatar sua sétima vitória seguida no MMA.

“O Pedro Rizzo vem me dando excelentes dicas e os nossos treinamentos têm sido ótimos. Ele tem a vivência dentro dos ringues, então sabe como passar as instruções e te deixar confiante para fazer o que vem sendo treinado. Tenho evoluído bastante na parte em pé, mas meu chão também está afiado e espero usá-lo bastante para sair vencedor de mais esse combate”, concluiu.

Postado por oscardaniotti às 18:29

Nenhum comentário

Compartilhe:

Um prêmio merecido.

Serginho Moraes venceu sua luta e o prêmio de melhor finalização do UFC Rio 4 com as honras de um verdadeiro faixa preta. O lutador que representa a Coab, em São Paulo, sofreu algumas desconfianças de quem acompanha o MMA. Ao entrar no TUF Brasil, o faixa preta foi muito questionado, pois sua grande especialidade é o jiu-jítsu e alguns pressentiam grandes dificuldades para o aluno de Fábio Gurgel, na parte de trocação.

Com um jiu-jítsu refinado, Serginho vem adaptando muito bem suas defesas para o MMA e com isso conseguiu aplicar um jiu-jítsu muito técnico, repleto de finalizações. Ao finalizar Neil Magny, Moraes mostrou, mais uma vez, sua grande humildade e simplicidade. “Acho que ainda estou começando, mas estou começando bem. Agora tenho que treinar mais, evoluir e fazer os meus treinadores de striking felizes. Estou determinado a aprender. Estou sempre evoluindo na trocação e no chão. E a melhor parte de vencer é fazer isso na frente dessa plateia, sempre torcendo e me estimulando!”, concluiu o atleta.

Postado por oscardaniotti às 12:54

Nenhum comentário

Compartilhe:

O MMA precisa criar o cartão vermelho para atitudes como falta de conduta e respeito nas lutas.

As primícias das artes marciais sempre foram o respeito ao oponente. O MMA é, hoje, um esporte que vem crescendo a uma grande velocidade e com tantos bilhões de faturamento, a filosofia acabou sendo esquecida pelos homens que administram o .esporte

A revolta parece ter tomado conta do mundo do MMA. A demonstração de arrogância e falta de respeito de Anderson Silva, contra Chris Weidman, aconteceu quando o brasileiro tentou intimidar seu oponente. Porém, ele acabou pegando pesado e toda essa cena ficou cara para o ex-campeão, que por inúmeras vezes saiu, da jaula, aplaudido de pé. Desta vez, ele perdeu o cinturão e foi vaiado.

Ainda no UFC, já vimos atitudes parecidas: Bisping cuspiu em parte da equipe de Jorge Rivera; Anderson Silva desdenhou de Demian Maia por toda uma luta; Chael Sonnen ofendeu uma nação e por aí vai.

Estes são bons exemplos para a exclusão do atleta. Por que não digo punição? Quem faz uma vez, vai fazer duas. A exclusão seria a melhor forma para que o MMA possa estabelecer uma nova conduta entre os atletas e, principalmente, mostrar que o esporte tem, como alicerce, a filosofia de todas as artes que fazem parte do Mixed Martial Arts. O principio de todas as artes é o respeito e a boa conduta.

Ao ver este tipo de atitude partindo de um ídolo como Anderson Silva, tento entender o que aconteceu. Vida cheia de compromissos, milhões de dólares, sucesso e tudo mais.
O ser humano é passível de qualquer atitude, até mesmo o Anderson Silva.

Confira também a edição especial da revista Faixa Preta, sobre o UFC 162.

http://goo.gl/0GHkx

Postado por oscardaniotti às 16:20

Nenhum comentário

Tags: , , , ,

Compartilhe:

MESTRE DO COMBATE COM SELO GRACIE DE QUALIDADE

Princípios do mentor Rickson Gracie e de seus tutores se fazem presentes no mais novo e promissor evento de artes marciais mistas

De uma ideia semeada nas experiências de Rickson Gracie, nunca poderia nascer uma competição que fosse contrária aos princípios da mais importante família da arte marcial brasileira. Assim, o Mestre do Combate, que terá seu evento de abertura no dia 22 de novembro, no Vivo Rio (RJ), nasce como um espelho da filosofia Gracie.

Antes mesmo de o gongo soar para decretar o início dos combates, os lutadores já precisarão seguir a risca o princípio Gracie de nunca fazer mal ao próprio corpo. Princípio este criado pelo lendário Carlos Gracie, tio de Rickson, e que culminaria na hoje famosa e adotada em diversas partes do mundo Dieta Gracie. No Mestre do Combate, diferente da maioria dos eventos, a pesagem ocorrerá na noite da luta, medida que afasta os malefícios das alternâncias de peso às vésperas das disputas.

“Perder peso de maneira rápida traz problemas de desidratação, pressão alta e distúrbios cardiovasculares. Além de que a repetição desta prática ao longo do tempo acarreta em problemas psicológicos que deixam o lutador deprimido, cabisbaixo”, disse Gisele Lemos, nutricionista da Confederação Brasileira de Judô. “A perda brusca de peso é muito prejudicial. Com a pesagem na mesma noite da luta, o atleta precisa ser consciente, atencioso e acaba armazenando mais energia para a hora do combate”.

Seguindo a teoria de que o combate deve ter o maior tempo possível sem interrupções, o Mestre do Combate contará com um round, o primeiro, de dez minutos sem pausa, além de que um lutador prestes a ser finalizado não poderá ser salvo pelo gongo. Esta medida, somada ao sistema de decisão em caso de não finalização ou nocaute ao final do combate – “Big” John McCarthy (1 voto), o mestre Rickson (1 voto) e o público que acompanha de casa e da arena (1 voto no total) decidem quem triunfa – valoriza a técnica, estratégia e espírito de vitória.

“ASPAS RICKSON OU GERENTE TÉCNICO SOBRE O ROUND DE 10 MINUTOS”

Outra particularidade do Mestre do Combate é a mescla entre o individual e coletivo. Na hora que o famoso juiz “Big” John McCarthy falar o tradicional “Let´s get it on!” para anunciar o início do embate, o individual prevalece com cada lutador a dar o máximo de si. Como um todo, porém, a competição será realizada entre equipes, e cada integrante subirá no ringue para lutar por seus companheiros. Um evento criado por um mestre que sempre valorizou a família e o espírito coletivo não poderia ser diferente.

O calendário do Mestre do Combate engloba nove eventos, e o primeiro deles já tem data e local confirmados: dia 22 de novembro, no Vivo Rio (RJ). Cada evento contará com o confronto entre duas equipes, sendo declarada vencedora aquela que tiver no mínimo três de seus lutadores vitoriosos nos cinco duelos disputados. A equipe vitoriosa se classifica para o evento seguinte e a premiação aumenta conforme os lutadores vão superando seus adversários. Ao todo serão distribuídos R$ 700 mil entre bolsas e prêmios durante a temporada 2012/2013. Os atletas ainda disputam o título de melhor lutador da noite.

Para mais informações, o site do Mestre do Combate (www.mestredocombate.com.br), assim como a página do evento no Facebook (www.facebook.com/MestreDoCombate) já estão no ar. Os ingressos podem ser adquiridos pelo site www.ingressorapido.com.br.

Postado por oscardaniotti às 13:44

Nenhum comentário

Compartilhe:

Irmãos Nogueira recebem diploma de “Amigos do BOPE” neste sábado

Os irmãos Rodrigo “Minotauro” Nogueira e Rogério “Minotouro” Nogueira vão receber neste sábado, a partir das 9h, no IV Campeonato de Jiu-Jitsu do BOPE entre Projetos Sociai, no BOPE, o diploma de “Amigos do BOPE”, das mãos do Coronel Renê, pela ajuda oferecida à corporação.

De acordo com o Cabo André Felix, responsável pelo Projeto Rio 2016, Minotauro e Minotouro foram essenciais para o funcionamento da sala de lutas existente no BOPE, onde vai acontecer a competição que vai reunir mais de 300 atletas das comunidades que receberam Unidades de Polícias Pacificadoras (UPPs).

“Eles vão receber o diploma de Amigos do BOPE, porque foi através da doação dos Irmãos Nogueira que nós inauguramos a nossa sala de lutas. Inclusive o nosso tatame tem o nome deles e o Coronel quer homenageá-los, já que vamos fazer um campeonato patrocinado, com UPPs participando, tirando os jovens da ociosidade”, afirmou Felix.

O BOPE fica na Rua Campo Belo, 150, Laranjeiras, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Postado por oscardaniotti às 0:33

Nenhum comentário

Compartilhe:

UFC firma parceria com Instituto reação para seu primeiro apoio a um projeto social no Brasil

O Ultimate Fighting Championship® firmou nesta terça-feira, dia 13, no Complexo Esportivo da Rocinha, no Rio de Janeiro, uma parceria com o Instituto Reação, seu primeiro apoio a um projeto social no país. A cerimônia de lançamento contou com a presença do ex-judoca Flávio Canto, idealizador e diretor-presidente do projeto; do diretor de Desenvolvimento Internacional do UFC, Marshall Zelaznik; da secretária estadual de Esportes e Lazer, Márcia Lins; de Edwin Moses, bicampeão olímpico no atletismo e presidente da Laureus World Sports Academy; além dos lutadores José Aldo, campeão dos pesos pena; Rousimar Toquinho, representante da categoria médio, e Renan Barão, um dos brasileiros entre os galos.
 
Após realizar dois eventos de sucesso no Brasil, o UFC, maior organização de MMA do mundo, solidifica seus laços com o berço do esporte ao firmar essa parceria. O incentivo da organização se estende tanto às atividades esportivas – por meio da total renovação do dojô e da academia – quanto educacionais e artísticas – com apoio às salas de aula e oficinas de vídeo, fotografia e grafite.
 
“Estamos muito animados com essa parceria. Dana (White) e Lorenzo (Fertitta) são pessoas comprometidas com comunidades. Se existe uma coisa que é unânime e universal é garantir um bom futuro para as nossas crianças. E os valores que o Flávio Canto traz para as comunidades com que trabalha, são muito semelhantes aos valores trabalhados pelo UFC em todo o mundo. Essa é a parceria perfeita”, disse Marshall para depois completar explicando o modelo da parceria: “O nosso papel aqui no Instituto é providenciar melhoras e novas instalações para todos os envolvidos no projeto, sempre fazendo educação e esporte caminharem lado a lado”.
 
Para o idealizador e diretor-presidente do Instituto, Flávio Canto, a parceria é um marco e visa à formação de indivíduos através do esporte e da educação. “Quem acompanhou o Instituto Reação desde o seu início, sabe que já tivemos que dar aulas na praia, em escolas, em obras e, até mesmo, em calçadas. Começamos muito pequenos e hoje é o começo de uma nova era para o Reação. O UFC também era pequeno e hoje já transforma a vida de muita gente no mundo inteiro. Temos aqui três grandes exemplos de atletas (Jose Aldo, Toquinho e Renan Barão) bem-sucedidos. Conheço bem as histórias deles e sei como trilharam longos caminhos para chegar até aqui. Nossa intenção é direcionar essa parceria para educação, mostrando a preocupação do UFC e do Reação com o lado educacional”.
 
Além das grandes conquistas alcançadas dentro do octógono mais famoso do mundo, José Aldo, Rousimar Toquinho e Renan Barão, são conhecidos por suas histórias de vida que emocionam. Para Aldo, campeão dos pesos pena, essa é uma chance de ouro para as crianças envolvidas: “Muitos atletas como eu, Barão, Toco (Toquinho), não tiveram a oportunidade de fazer parte de projetos como esse. Eu só tenho que agradecer ao Ultimate, Lorenzo, Dana e ao Marshall”.
 
“Olhando pra trás, para a minha história, nunca tive uma oportunidade como essa. Gostaria que todos os que participam do projeto, dessem valor a isso, principalmente com um cara (Flávio Canto) como esse ao lado”, disse Toquinho. “Com esse apoio, essas crianças podem não só virar um lutador, como também um médico, fisioterapeuta, um advogado”, completou o peso galo Rena Barão.
 
O apoio do UFC abrange duas frentes de atuação do Instituto: uma focada no desenvolvimento educacional e outra direcionada ao preparo físico dos atletas. O programa educacional, para alunos entre 4 e 15 anos, visa ao desenvolvimento de competências básicas para a vida em sociedade, abrangendo temáticas como meio-ambiente, tecnologia e comunicação. A parceria auxiliará as atividades disciplinares regulares e artísticas, com investimentos nas oficinas de fotografia, vídeo e grafite.
 
No Instituto Reação, o judô também é trabalhado como uma ferramenta educacional, desenvolvendo não só as técnicas da modalidade, mas também os valores do esporte e as capacidades sociais, cognitivas e pessoais dos pequenos atletas. Com isto em mente, o Ultimate Fighting Championship ® investiu também na reforma total do dojô, área destinada à prática de artes marciais, frequentado pelos alunos do projeto ao longo da semana. Com todas as ações, a parceria irá atingir diretamente 400 crianças e 50 atletas das comunidades do entorno do Polo Rocinha.
 
Além do dojô, os atletas do Reação, que atende 1.200 crianças nas comunidades da Rocinha, Tubiacanga, Cidade de Deus e Pequena Cruzada, foram beneficiados com uma sala de musculação totalmente renovada. A academia, utilizada diariamente, recebeu aparelhos de última geração, visando a melhor preparação dos atletas para as competições. Entre os frequentadores da academia estão esperanças olímpicas para os Jogos Olímpicos Rio 2016.
 
“Com tudo o que já foi feito, com tatame novo e novos equipamentos para a academia, iremos receber a equipe olímpica de judô alemã e a brasileira, que estão acostumadas com grandes infraestruturas, como a que temos agora com essa parceria. Queremos transformar a vida de muitos através do esporte”, explicou Canto.
 
O Instituto Reação teve, em 2011, oito atletas na seleção brasileira de judô, entre eles, Rafaela Silva, considerada terceira melhor atleta do ranking mundial de judô e promessa de medalha olímpica em 2012.

Flávio Canto, Diego (aluno do Instituto Reação), Marshall Zelaznik e Jaime Pollack durante o lançamento oficial da parceria com o UFC nesta terça-feira, dia 13, no Complexo Esportivo da Rocinha . Foto: Ismar Ingber/UFC

Postado por oscardaniotti às 19:17

Nenhum comentário

Compartilhe:

Uma sensacional entrevista com Rickson Gracie

Qual é o melhor “MMA” para Rickson Gracie, o novo ou o antigo. Na entrevista produzida pelo portal faixapreta.com, Rickson Gracie, falou sobre temas muito interessantes para aqueles que gostam ou vivem do esporte. Confira abaixo a entrevista.

Postado por oscardaniotti às 21:50

Nenhum comentário

Compartilhe:

Mário Filho coloca Jon Jones pra baixo e mostra porque é o jornalista mais corajoso da luta.

Mário Filho, faixa preta de jiu-jitsu, idealizador e apresentador do Sensei Sportv, vem demostrando, no quadro SenseiNoção, estar preparado para o combate.

Marinho fez uma excelente luta contra o norte americano, Jon Jones. Logo no começo, ele

partiu pra cima, com grande perfeição e conseguiu “botar o campeão pra baixo”, quando sofreu um ataque de Jones. O norte-americano mostrou surpresa com a técnica do jornalista.

Foto: Anderson Pinto

Marinho também já enfrentou Júnior Cigano mesmo depois de Rodrigo Nogueira “Minotauro” ter o aconselhado a não ir para a luta, já que Cigano tem a mão pesada e poderia machucar o apresentador mais corajoso do jornalismo. Estas foram as palavras do próprio Minotauro.

A gravação do SenseiNoção, aconteceu na academia dos irmãos Nogueira, no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio de Janeiro.

Parabéns, meu amigo, por representar os jornalistas, do mundo da luta, com grande coragem, treino e determinação.

Abaixo, assista o vídeo que mostra este grande momento do esporte, com depoimentos das feras: José Aldo, Vitor Belfort, Minotauro e Lyoto Machida.

Postado por oscardaniotti às 9:52

6 Comentários

Compartilhe:

José Aldo é do mengão!

O lutador José Aldo é o mais novo atleta patrocinado pelo Flamengo. Após um “longo namoro”, o campeão peso-pena no UFC compareceu à sede do clube na manhã desta quarta-feira, na Gávea, e acertou os últimos detalhes do contrato.

Ele fechou por um ano e irá estampar a marca do Rubro-Negro no UFC 142, no Rio, no dia 14 de janeiro, evento do qual ele fará a luta principal e colocará o cinturão da categoria em jogo contra o americano Chad Mendes.

– É um sonho que está realizado. Sempre torci, chorei e acompanhei o Flamengo desde criança e, agora, poder fazer parte desta companhia é maravilhoso. É um momento em que consigo alcançar mais um objetivo na carreira. Agora estou ainda mais forte. Sei que a imensa nação vai estar com a gente. Queria aproveitar também para mandar um abraço para toda a torcida rubro-negra e pedir para que ela compareça no dia 14, que vou procurar dar um show para todos vocês – disse José Aldo ao site oficial do Flamengo.

Fernando Azevedo / Fla Imagem

Postado por oscardaniotti às 16:53

3 Comentários

Tags: ,

Compartilhe:

Publicidade
Assine o RSS
Publicidade