publicidade

Jornal do Brasil

Faixa Preta – JBlog – Jornal do Brasil

Elizeu Capoeira exalta treinadores em nova vitória no UFC

Atleta da CM System emplacou o segundo triunfo na organização ao bater Keita Nakamura; volta ao octógono está prevista para fevereiro, após cirurgia na mão

A presença dos treinadores no córner de um lutador é fundamental para uma boa apresentação. Com a função de orientar e motivar seu comandado no embate, os treinadores, em alguns casos, são fundamentais também na vitória. Assim foi com Elizeu Capoeira no último dia 1º, no UFC Fight Night 96, em Portland, Estados Unidos. O atleta da CM System venceu o japonês Keita Nakamura por decisão unânime dos juízes laterais em um combate marcado pelo equilíbrio, decidido nos detalhes. E, segundo o lutador, os pontos decisivos vieram através da orientação de Cristiano Marcello, Marcelo Zulu e Felipe Silva, seus treinadores e que estavam em seu córner.

Assim que teve Nakamura como adversário definido, Elizeu tratou de estudar o estilo de luta do japonês acompanhado por seus mentores. Tendo pela frente um lutador de excelência no grappling e finalizador nato, o brasileiro enfatizou em seus treinos a defesa de ataque pelas costas, ponto forte do japonês e observado por Cristiano Marcello, líder da CM System e responsável pelos treinos de jiu-jitsu da equipe. O treinamento fez com que Elizeu escapasse dos perigosos ataques sofrido pelas costas em duas oportunidades no combate.

“Estudamos o estilo dele e vimos que o ataque pelas costas era o ponto mais perigoso dele, então treinamos muito isso. O Cristiano Marcello me mostrou como sair daquela posição nos treinamentos, e durante a luta ele só me pediu para ter calma e lembrar de tudo que fizemos na CM System. Foi assim que consegui sair e atacar mais de pé, graças aos treinos com o Felipe Silva, que também é lutador do UFC. Estou cada dia mais seguro em meu jogo justamente por ter excelentes treinadores e companheiros de equipe”, garantiu Elizeu.

Aos 28 anos, o lutador de Francisco Beltrão, no Paraná, alcançou sua 16ª vitória no MMA profissional, a segunda consecutiva no UFC em três lutas. Uma queda impressionante de suplex colaborou para o resultado positivo, e o ataque foi fruto de intensivos treinos com Marcelo Zulu, multicampeão brasileiro de luta olímpica e treinador da CM System. O movimento serviu também como um estímulo mental para a sequência do combate.

“A luta estava muito dura, o japonês aguentou muita pancada. Ele também é muito insistente nas posições, então tive que ganhar no volume de jogo. Sabia que o terceiro round seria decisivo, por isso entrei bem focado e consegui aquela bela queda, que serviu para eu me impor moralmente no octógono. Ganhei muita confiança depois daquele golpe, e tudo isso só foi possível pelos treinos com o Zulu”, analisou.

Lesão na mão é o contratempo do combate

Nem tudo foi alegria para Elizeu Capoeira. Uma pequena lesão no dedo polegar da mão direita, fissuras no osso da base, levou o paranaense à mesa de cirurgia do médico Ivan Roberto Pancheniak na última quarta-feira, dia 5. O procedimento foi bem-sucedido, e Elizeu espera voltar ao octógono em fevereiro de 2017.

“Infelizmente, além de ganhar a luta, ganhei também uma lesão. Tive duas fissuras no dedo, mas já operei e estou me sentindo muito bem. O médico que me operou é da mesma junta responsável pela cirurgia no meu cotovelo, totalmente de confiança. Ele me disse que devo voltar aos treinos em 60 dias, e poderei lutar em fevereiro. Já estou ansioso para isso”, encerrou Elizeu, bem-humorado.

Postado por oscardaniotti às 16:24

Nenhum comentário

Tags: , ,

Compartilhe:

Porto Alegre sedia Campeonato Brasileiro de Karate

Evento reúne os melhores da modalidade que poderá ser olímpica em 2020

Entre os dias sete e dez de julho os melhores atletas de karate do Brasil estarão em Porto Alegre. O ginásio Gigantinho sediará o Campeonato Brasileiro de Karate – etapa classificatória sul e sudeste. Com cerca de dois mil atletas inscritos, o Brasileiro em Porto Alegre deve bater recorde de participações em uma etapa regional e promete ser o maior evento esportivo na cidade em 2016, envolvendo diretamente cinco mil pessoas, entre atletas, equipes e organização, além do público que irá ao Gigantinho. Para abrilhantar ainda mais, o Campeonato contará com a presença do bicampeão mundial, o gaúcho Douglas Brose.

“Teremos aqui o maior número de atletas de uma regional, quase o mesmo número de atletas que haverá na final e, com certeza, o nível mais forte de todas as etapas, visto que os melhores caratecas do Brasil estão no sul e sudeste”, garantiu o presidente da Federação Gaúcha de Karate, Celso Piaseski.

Com a grande possibilidade de se tornar modalidade olímpica a partir dos Jogos de 2020 em Tóquio, o evento também será uma oportunidade de ver atletas que poderão participar da maior competição esportiva do mundo. Além disso, destaques do karate nacional e internacional competirão em Porto Alegre, entre eles integrantes da seleção brasileira como o campeão mundial cadete Breno Mateus, as campeãs nos Jogos Pan-americanos Toronto 2015 Valéria Kumizaki e Natália Bruzolato e o medalhista de ouro Premier League de Okinawa/Japão Vinicius Figueira, esportistas que ajudaram na evolução brasileira no ranking mundial, saltando do 15º para o 5º nos últimos cinco anos.

O Campeonato Brasileiro poderá reunir lutadores de sete a oitenta anos, pois haverá caratecas nas classes sub 8 à máster, tanto nas modalidades Kumite (lutas) quanto de Kata (demonstração). A maior delegação será a de São Paulo, com cerca de 600 competidores. A seleção gaúcha deve contar com quase 200 integrantes.

A etapa de Porto Alegre compõe uma das cinco etapas classificatórias, sendo a penúltima delas, antes da grande final que ocorrerá em São Paulo entre os dias 12 e 15 de outubro. Classificam-se para a final, os campeões, vice-campeões e os terceiros colocados das modalidades kata e kumite. Essa é a primeira vez que a Capital Gaúcha sedia um evento desse formato, pelo menos nos últimos 15 anos.

Seletiva para Seleção Brasileira

Além das disputas por medalhas, o evento terá a luta por vaga na seleção brasileira. No domingo (10.07) ocorrerá a seletiva nas classes sub 12, sub 14, sub 16 e sub21 para definir quem representará o Brasil no Campeonato Pan-americano, que ocorrerá em Guayaquil/Equador entre os dias 22 e 28 de agosto.

Depois de um ano, Porto Alegre volta a sediar um grande evento esportivo. Contando com a seletiva, pode-se ter mais de dois mil atletas competindo, além das equipes técnicas, acompanhantes e aficionados pela arte marcial, o que promete movimentar os hoteis e comércio na Capital. Para tanto, o City Móvel da prefeitura estará presente no Gigantinho distribuindo materiais turísticos, promovendo e incentivando o turismo.

Quem quiser ver tudo de perto, a entrada no Ginásio Gigantinho será gratuita, apenas com a doação de um agasalho que beneficiará entidades carentes.

O Campeonato Brasileiro de Karate é uma realização da Confederação Brasileira de Karate (CBK), Federação Gaúcha de Karate (FGK) e da Austral Sports.

Postado por oscardaniotti às 14:02

Nenhum comentário

Compartilhe:

Minotauro aponta Fedor como favorito diante de Maldonado

EFN 50 será transmitido ao vivo e na integra pelo Combate, nesta sexta-feira (17), a partir das 12h

Ao vivo e na integra, o Combate transmite nesta sexta-feira (17), a partir das 12h, com narração de Rhoodes Lima, além de comentários de Rodrigo Minotauro e Luciano Andrade, o Eurasia Fight Nights 50, que terá como atração principal o duelo entre a lenda Fedor Emelianenko e o brasileiro Fábio Maldonado. O evento será disputado na Sibur Arena, em São Petersburgo, na Rússia. Os assinantes do Combate também poderão acompanhar todas as lutas do EFN 50 pelo aplicativo Combate Play.

No Combate Play, o assinante do Combate pode assistir a todas as lutas do UFC ao vivo em tablets, smartphones e computadores, além de ter acesso a um acervo com confrontos do UFC, Pride, Meca e toda a programação do canal. Basta acessar CombatePlay.com ou baixar o aplicativo CombatePlay.

O confronto entre Maldonado e Fedor será disputado na divisão dos pesos-pesados (até 120kg), e Minotauro, um dos maiores lutadores de todos os tempos da categoria, deu seus palpites para o confronto. O embaixador do UFC, que já enfrentou Fedor Emelianenko em três oportunidades no Pride e é ex-companheiro de treinamentos de Fábio Maldonado, apontou o russo como favorito para o embate.

“O Fedor é um dos melhores lutadores de todos os tempos, e, sem dúvida, foi o melhor adversário que já enfrentei na minha carreira. Um verdadeiro campeão, sempre muito respeitoso com todos. Será uma parada duríssima para o Maldonado, ainda mais pela luta ser dentro da Rússia. Mas como bom guerreiro que é, aceitou o desafio e vai para lutar de verdade, sem se esconder. Logicamente, o Fedor é favorito, por ser mais completo, lutar em casa e estar mais habituado a categoria dos pesados. Mas fica a torcida pelo Fábio, para que ele faça um ótimo duelo e proporcione mais um grande espetáculo”, disse o líder do Team Nogueira.

Outro grande destaque do evento ficará a cargo do duelo entre o invicto Vitaly Minakov e o australiano Peter Graham, também pelos pesados. Minakov, de 31 anos, é tido na Rússia como possível sucessor de Fedor Emelianenko. Além de Fábio Maldonado, o Brasil terá o peso-pena (66kg) Dioginis Souza como representante. O baiano, que vem de três vitórias consecutivas, medirá forças com Rasul Mirzaev.

Nesta semana, os assinantes do Combate e CombatePlay também poderão acompanhar ao vivo o BRACE 41, às 5h, e a pesagem do UFC MacDonald x Thompson, às 17h55, na sexta-feira (17), além do UFC MacDonald x Thompson, a partir de 19h35, no sábado (18).

EFN 50
17 de junho, em São Petersburgo (RUS)
CARD DO EVENTO (até o momento):
Peso-pesado (até 120kg): Fedor Emelianenko x Fábio Maldonado
Peso-pesado (até 120kg): Vitaly Minakov x Peter Graham
Peso-pesado (até 120kg): Kirill Sidelnikov x Ruben Wolf
Peso-leve (até 70kg): Akhmed Aliev x Matej Truhan
Peso combinado (até 87kg): Anatoly Tokov x Vladimir Filipovic
Peso-pena (até 66kg): Rasul Mirzaev x Dioginis Souza
Peso-meio-pesado (até 93kg): Vadim Nemkov x Przemyslaw Mysiala
Peso-pesado (até 120kg): Sergey Pavlovich x Chaban Ka
Peso combinado (até 97kg): Valentin Moldavsky x Daniel Doerrer
Peso-meio-médio (até 77kg): Vasiliy Zubkov x Sergey Tovkan
Peso-médio (até 84kg): Abusupyan Alikhanov x Makhmud Muradov
Peso combinado (até 73kg): Abdula Dadaev x Jack Mcgann
Peso-pesado (até 120kg): Alexander Dankov x Dmitry Maruhin
Peso-meio-médio (até 77kg): Vladimir Tyurin x George Kichigin
Peso combinado (até 63kg): Marina Mokhnatkina x Catherine Torbeeva

Postado por oscardaniotti às 20:41

Nenhum comentário

Compartilhe:

Ex-atleta olímpico, Khetag Pliev tenta um lugar ao sol em edição de estreia do 1º Round

A receptividade do povo brasileiro já é conhecida ao redor do mundo e, volta e meia, produz histórias curiosas. É o caso do ex-wrestler olímpico Khetag “Lion” Pliev que está dando seus primeiros passos no MMA profissional. Natural da Ossétia (região indexada ao território russo), o peso-médio (84kg) enfrenta Odali Gorila na primeira edição do 1º round, evento marcado para o dia 6 de dezembro, em Fortaleza (CE), com transmissão, ao vivo e exclusiva, do canal Combate. Aos 31 anos, o lutador, que representou o Canadá nos Jogos Olímpicos de Londres (ING), em 2012, estreou com o “pé direito” no Mixed Martial Arts. Como cartão de visitas, o europeu finalizou seu oponente em menos de dois minutos, em torneio realizado em Salvador (BA), no mês de setembro. 

Muito conceituado internacionalmente pelos resultados expressivos no wrestling, Khetag explicou o motivo de iniciar no Brasil sua trajetória no MMA. Com residência fixada em Toronto (CAN), ele desembarcou nesta semana no Rio de Janeiro (RJ) para treinar no Team Nogueira e finalizar sua preparação para este combate.

“Eu escolhi o Brasil porque é a minha sexta vez aqui e me identifiquei muito com as pessoas. A primeira vez que estive no país foi em 2013, após minha participação nas Olimpíadas. Na época, vim para ajudar o Rogério Minotouro para o duelo contra o Rashad Evans e, a partir daí, comecei a vir com mais frequência e auxiliar no treinamento de grandes estrelas do UFC, como o Rodrigo Minotauro e Júnior Cigano. Poderia ter escolhido os Estados Unidos ou o Canadá, mas após ter encerrado minha trajetória no wrestling, Deus colocou o Brasil no meu caminho por alguma razão e agradeço muito por isso. Estou muito feliz por estar dando esses primeiros passos aqui”. 

Mesmo não sabendo muito sobre as condições e características de seu adversário, o lutador demonstra serenidade para falar sobre o próximo desafio. Ciente da forte concorrência que enfrentará na nova modalidade, o Leão mantém a cautela e prefere ir evoluindo aos poucos dentro do esporte que mais cresce no mundo.

“Eu não sei muito dele, apenas que o nome é Gorila, um nome forte (risos). Além disso, soube que é um cara do muay thai e um lutador muito duro. Quanto aos meus planos futuros, eu espero, obviamente, vencer esse próximo combate e estar livre das lesões. Inicialmente, desejo consolidar meu cartel com algumas boas vitórias para depois sonhar com voos mais altos, como UFC e Bellator, por exemplo”, concluiu, Khetag. 

1º Round
Domingo, 6 de dezembro de 2015
Siara Hall, Fortaleza (CE) – 19h (Ao vivo pelo Canal Combate)
Card oficial (sujeito a alterações)
Carlos Eduardo ‘Cachorrão’ x Kleber ‘Orgulho’ (até 93 kg) 
Maurílio “Touro” x Zeca “Predador” (até 84 kg) 
Jonas Bilharinho x Amaury Junior (até 70 kg) 
Jamil Silveira x Júnior Dedinho (até 74 kg) 
Sandro ‘Apaga Luz’ x Ednaldo Lula (até 93 kg) 
Arlison Tenchihan x André Tererê (até 70 kg) 
Alan Gomes x Michael William (disputa de cinturão até 57 kg) 
Rosy Duarte x Juliana Velasquez (disputa de cinturão até 61 kg) 
Alyson Viana x Fabio Taz (até 77 kg) 
Vladson “Gereba” x Sasso Sales (até 70 kg) 
Odali Filho ‘Gorila’ x Khetag Pliev (até 84 kg)

Postado por oscardaniotti às 11:02

Nenhum comentário

Tags: , ,

Compartilhe:

Mentalização e preparação em busca da vitória

Nell Salgado, master coach e membro da Sociedade Brasileira de Coaching, é uma desbravadora da profissão, principalmente, em esportes, mais destinado aos homens. Reconhecida nacionalmente por atender a judoca olímpica e ex-campeã mundial Rafaela Silva (integrante do Instituto Reação, do ex judoca e apresentador Flavio Canto).

Neli começou a trabalhar no MMA, através dos lutadores do UFC, Kevin Souza e Santiago Ponzinibbio. Kevin vem de três vitórias seguidas no maior evento de lutas do mundo desde que começaram a trabalhar juntos. O brasileiro, que luta o UFC. ficou lado a lado com a treinadora, em um trabalho de mentalização e preparação para a luta, que acontece em São Paulo no mesmo card do brasileiro, Vitor Belford luta contra o americano Dan Henderson.

Um dos seus sonhos é estar no córner de um lutador durante uma luta de MMA no UFC. Ela é super descolada, tem frases de efeito, não fala coisas no lugar comum…pode render bastante.

“Há cinco anos, quando iniciei minha carreira com o coaching esportivo, tracei como objetivo ter um atleta do UFC. Era um sonho, virou meta e hoje é realidade. Mais do que isso, realização”, conta Nell Salgado. 

Postado por oscardaniotti às 7:46

Nenhum comentário

Tags: , ,

Compartilhe:

José Aldo usa “bobo da corte” como alvo

Concentrado para o principal combate de sua carreira, José Aldo não tira o foco do irlandês Conor McGregor por um segundo sequer. Há menos de dois meses para o duelo, que é o maior destaque do UFC 194, marcado para o dia 12 de dezembro, em Las Vegas (EUA), Aldo vem mostrando que está mais motivado do que nunca. Conhecido por seu grande poder de trocação, o amazonense estrela, a partir desta semana, uma campanha para a promoção da luta no Combate – canal de lutas da Globosat. Campeão linear dos pesos-penas (66kg), o brasileiro aparece no vídeo dando uma série de golpes em um saco de pancadas. Até aí seria normal, visto que é uma prática natural para qualquer lutador, não fosse o desenho de “bobo da corte” como alvo.

Postado por oscardaniotti às 19:48

1 Comentário

Compartilhe:

Shooto Bope: Priscila Souza vence novo duelo com Luciana Pereira e mantém cinturão

Atleta da PRVT nocauteou oponente com um belo cruzado no segundo round; Luiz Besouro vence Vinicius Bohrer em seu primeiro duelo desde a saída do Ultimate

Na noite deste domingo, dia 18 de outubro, o Shooto Bope realizou mais uma edição na sua história e agitou os cerca de 2.000 presentes no CEFD (Centro de Educação Física e Desportos da Polícia Militar do Rio de Janeiro). Na luta principal da noite, a campeã Priscila Souza e Luciana Pereira fizeram a revanche pelo cinturão até 61,2kg e quem levou a melhor mais uma vez foi a atleta da PRVT, que manteve o título com um belo nocaute no segundo round. Quem também se destacou foi Luiz Besouro, atleta com recente passagem pelo UFC, ao vencer Vinicius Bohrer por interrupção médica após uma sequência de cotoveladas que provocaram um profundo corte no rosto do atleta da TFT.

O duelo mais aguardado do show colocou Priscila Souza e Luciana Pereira frente a frente novamente seis meses após o primeiro confronto entre ambas, vencido pela atleta da PRVT. E o combate começou equilibrado, com Priscila buscando encurralar a adversária na grade e mantendo a luta agarrada durante todo o primeiro round. No segundo assalto, Luciana parecia ter voltado melhor, defendendo bem as quedas e buscando a luta em pé, quando foi surpreendida com um lindo cruzado de direita que levou a atleta da Nova União à lona e garantiu a vitória e a manutenção do título para Priscila.

“Na última luta eu não tive muito tempo para treinar e optei por fazer um jogo inteligente para sair vencedora. Dessa vez eu me preparei muito melhor e treinei muito com a Jéssica (Bate-Estaca) a parte de trocaçao, então sabia que se minha mão entrasse ela ia cair. Com certeza teve o dedo dela (Jéssica) nessa vitória e esse cinturão ainda vai ficar comigo por muito tempo”, festejou Priscila ao lado da companheira de PRVT e atual atleta do UFC.

Besouro volta a vencer após passagem pelo UFC

Outro duelo muito aguardando no Shooto Bope era o confronto entre o ex-UFC Luiz Besouro e Vinicius Bohrer pela divisão até 77,1kg. Impondo um ritmo forte desde o início, o atleta da RFT mostrou estar com a trocação afiada ao conectar duros golpes no rosto de Bohrer, que resistiu bravamente durante boa parte do primeiro round. Mas uma sequência de cotoveladas faltando poucos segundos para o fim dos cinco minutos iniciais abriu um ferimento profundo na testa de Vinicius, fazendo os árbitros interromperem o combate no intervalo do primeiro para o segundo round. Esta foi a 12ª vitória na carreira de Besouro, a primeira desde sua passagem pelo Ultimate.

“Encarei essa luta como a mais importante da minha vida, vinha de duas derrotas bem doídas e sabia que essa era a hora de me recuperar mostrando o velho Besouro que as pessoas se acostumaram a ver. Esse período foi de muita reflexão e treinos duros e eu sabia que seria recompensado, estou muito feliz”, afirmou.

Vitórias de ex-atletas do TUF e soldados do Bope levantam público

No duelo que antecedeu aos dois principais da noite, Luis Beição e o Joilton Peregrino fizeram um combate muito equilibrado, com vantagem para o ex-atleta do TUF, que venceu o confronto por decisão dividida dos jurados. Outro embate de destaque foi entre o ex-integrante do TUF Brasil 4 Nikolas Motta e Eliel Topete Dourado. O atleta da Nova União mostrou muita técnica na luta em pé e castigou o oponente por três rounds, vencendo na decisão unânime dos juízes laterais.

Representando o Batalhão de Operações Especiais da Policia Militar (BOPE), Willian Ferreira e Rafael Bernardo não decepcionaram a torcida empolgada dos oficiais presentes no ginásio e venceram seus duelos sobre Mauricinho Rossi e Rodrigo Bulldog, respectivamente, da mesma maneira: com belos katagatames que forçaram os rivais a darem os três tapinhas. Outros destaques da noite foram as vitórias de Joaquim Índio sobre Glaucio Eliziário, e Wallace Lopes, que substituiu Benito Tavares de última hora, e surpreendeu o veterano Giovani Diniz ao vencer o duelo por nocaute técnico após uma bela joelhada.

O ponto baixo da noite ficou por conta do No Contest aplicado no duelo entre Roberto Corvo e Julian Jabba, após o atleta da RFT ser atingindo com uma dedada involuntária no olho, causando uma lesão ocular e o impedindo de voltar ao combate. Outros atletas a saírem vitoriosos na noite deste domingo foram Delan Montes, Thiago Manchinha e Alcides Nunes, que despacharam Kleber Cabo Job, Junior Negão e Paulo Giboia, respectivamente. Nas lutas inaugurais da noite, Kakau Costa venceu Edi Monster e Edilson Santos bateu Wendell Boizinho.

Resultados oficiais

Priscila Souza venceu Luciana Pereira por nocaute aos 2min do segundo round

Luiz Besouro venceu Vinicius Bohrer por interrupçao medica no intervalo do primeiro para o segundo round

Joilton Peregrino venceu Luis Beiçao por decisao dividida dos juizes laterais

Julian Jabba x Roberto Corvo foi declarado como No Contest após paralisação a 1min e 41 seg do primeiro round

Wallace Lopes venceu Giovani Diniz por nocaute técnico a 1min e 20seg do segundo round

Nikolas Motta venceu Eliel Topete Dourado por decisao unânime dos juízes laterais

Delan Montes venceu Kleber Cabo Job por nocaute técnico aos 5min do primeiro round

Joaquin Índio venceu Glaucio Eliziário por nocaute aos 4min e 06seg do segundo round

Thiago Manchinha finalizou Junior Negão com um mata-leão aos 2min 50seg

Alcides Nunes venceu Paulo Giboia por desistência aos 4min e 54seg do segundo round

Rafael Bernardo finalizou Rodrigo Bulldog com um katagatame aos 3min 37seg do segundo round

Willian Ferreira finalizou Mauricinho Rossi com um katagatame aos 3mim 30seg do primeiro round

Edilson Santos venceu Wendel Boizinho por nocaute técnico aos 3min e 52seg do terceiro round

Kakau Costa venceu Edi Monster por decisao unânime dos juizes

Postado por oscardaniotti às 10:21

Nenhum comentário

Compartilhe:

Rizin FC volta ao mundo do MMA com a organização do antigo Pride.

O Rizin Fighthing Championchip volta para fazer o Japão voltar ao cenário do MMA mundial. Em uma apresentação em grande estilo, a cúpula do antigo Pride, apresentou ontem em Tóquio, o novo RIZIN, evento que acontece na próxima virada do ano,.

O evento vai apresentar um dos formatos mais interessantes do esporte que é o Grand Prix, quando lutadores disputam entre si a chance de se tornar o campeão da primeira edição do evento japonês.
Alguns eventos internacionais fazem parte da organização, como o Bellator e o Jungle Fight.

Wallid Ismael e Gabi Garcia (Que vai lutar) representaram o Brasil na primeira coletiva. Wallid declarou a alegria e dedicou algumas palavras ao presidente da organização Sakakibara, “Obrigado por ter convidado o Jungle Fight à participar deste grande evento, é a volta do Japão ao mundo do MMA” Outros astros do MMA estavam presentes, como Sakurada e o famoso Takada, que protagonizou famoso combate com Rickson Gracie.

Outro grande nome presente foi o faixa vermelha da lendária família, Reyson Gracie, que se mostrou contente ao ver o retorno da organização, “É ótimo para novos lutadores brasileiros ganharem oportunidades”.

A maquina russa Emilianenko Fedor, será um dos principais nomes da virada do ano. É hora de comemorar o retorno da terra do sol nascente ao MMA. O monopólio UFC no mundo sofreu seu primeiro revés. Chegou a hora!
A transmissão do evento vai ter a Spike TV como a grande aliado da organização.

Oss

Postado por oscardaniotti às 1:02

Nenhum comentário

Tags: , ,

Compartilhe:

Rolls Gracie é homenageado no Japão

O Gracie Jiu-Jitsu teve mais um grande dia na terra do sol nascente. Pela primeira vez, foi realizada uma copa de jiu-jitsu em homenagem ao grande lutador da família Rolls gracie que faleceu no ano de 1982 após um acidente de asa delta.

O evento foi idealizado pelo irmão de Rolls, Reyson Gracie, que já havia recebido no ano passado uma copa com seu nome. O jiu-jitsu japonês sempre teve grande influencia do Gracie Jiu-Jitsu.

Oss

Postado por oscardaniotti às 20:36

Nenhum comentário

Tags: , , ,

Compartilhe:

Rogério Minotouro ministra seminário de jiu-jitsu e MMA no Team Nogueira

Enquanto aguarda seu próximo compromisso pelo UFC, Rogério Minotouro aproveita o espaço em sua agenda para passar ensinamentos para alunos e admiradores das artes marciais. Neste sábado (26), às 10h, o lutador estará à frente de um seminário de jiu-jitsu e MMA no Team Nogueira Recreio, situado na Rua São Francisco de Assis, n° 486 – Recreio dos Bandeirantes, no Rio de Janeiro (RJ). Minotouro ensinará algumas das técnicas que o fizeram ser considerado um dos melhores lutadores de sua categoria nas artes marciais mistas.

As entradas do seminário ministrado por Minotouro podem ser adquiridas por R$ 80,00 até a véspera do evento, no dia o valor será de R$ 100,00. Para alunos da rede Team Nogueira, o aulão é totalmente gratuito. Os interessados devem entrar em contato com o número (21) 3281-6020 para confirmar sua matrícula.

Capitaneada pelos irmãos Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro, o Team Nogueira tem em seu DNA o conceito de levar experiências de atletas profissionais e renomados para os seus alunos. Foi assim que atletas do quilate de Rousimar Toquinho, Rafael dos Anjos, Fabricio Werdum, José Aldo, Ricardo Arona e Erick Silva passaram seus ensinamentos aos amantes das artes marciais.

Serviço:

Data: Sábado, 26 de setembro, 2015
Horário: 10h às 12h
Modalidades: Jiu-jitsu e MMA
Local: Team Nogueira Recreio, Rio de Janeiro (RJ)

Postado por oscardaniotti às 9:04

Nenhum comentário

Tags: , ,

Compartilhe:

Publicidade
Assine o RSS
Publicidade