Publicidade

Jornal do Brasil

Blog do Reinaldo - JBlog - Jornal do Brasil

MOSTRA DE FILMES IMAGENS E COMPLEXOS

14370287_1101667929880816_6560622667946881595_n

Às portas do Festival do Rio 2016, tenho o prazer de anunciar a programação de uma Mostra que se faz necessária para o universo de produções do audiovisual Carioca. Um evento no subúrbio do Rio, que aponta para uma reflexão sobre um cinema dentre tantos olhares que esta cidade possui: o cinema produzido na favela.

Com um pouco mais de um mês de inscrições abertas, a Mostra Imagens e Complexos recebeu mais de 60 produções. A curadoria selecionou 30 filmes que serão exibidos no decorrer de quatro dias. De 29 de setembro a 02 de outubro no Cine Teatro Eduardo Coutinho, em Manguinhos, RJ.

Este blog tem muito orgulho em ser parceiro desse projeto e fazer parte da curadoria da Mostra, juntamente com Glória Coutinho, Renato Tutsis e as coordenadoras Fabiana Melo Sousa e Ludmila Oliveira. Um evento que, ao contrário do que possa parecer, não está preocupado com uma “parcela da cidade”,  mas com o todo do Rio de Janeiro. O quão importante é identificar na diversidade de olhares o quanto há de cinema e de cidade ainda por ver.

A lista dos selecionados demonstra que não há um filme de favela e um de outro lugar, há a diferença. A linguagem cinematográfica se faz cada vez mais presente, facilitada pelos meios tecnológicos. O que se torna cada vez mais natural o expressar-se no audiovisual. A Mostra de Filmes Imagens e Complexos é uma das formas da favela se manifestar artística e politicamente, não estamos ‘dando voz’ mas amplificando produções audiovisuais de diferentes formatos e estilos – ressalta Ludmila, uma das coordenadoras da Mostra.

14501934_1077819512273349_1237019050_n

Dentro da proposta do projeto, um outro resultado, além das exibições dos filmes, fóruns e debates, será o catálogo que, com lançamento em data posterior ao da Mostra, trará os registros dos inscritos e seus processos. A publicação visa catalogar as produções, os produtores e suas respectivas favelas e, ainda, refletir acerca da temática audiovisual e favela. Como explica a coordenadora Fabiana: Embora exista um cenário que aponte para uma diversidade de linguagens e temas de produções audiovisuais faveladas, percebemos que a maioria destas obras não são conhecidas, uma vez que tem dificuldade de entrar nos circuitos de mostras de filmes da Cidade. E mesmo quando estão na internet, elas ficam perdidas, sem muita visibilidade. Acreditamos que o catalogo é uma forma de documentar estas iniciativas e ao mesmo tempo mapear os grupos, indivíduos e localidades aonde se encontram estas pessoas, ao mesmo tempo, é a oportunidade de lançar um debate sobre quais são os anseios e desafios vividos por estes sujeitos que vivem nas favelas e produzem suas imagens e discursos sobre os mais variados temas, mesmo que estes não sejam exatamente sobre as favelas. Acreditamos que o audiovisual, e suas mais variadas expressões, são uma importante instância mediadora entre estas pessoas e o mundo, forjando novos discursos sobre o cinema e sobre a própria cidade, melhor ainda, complexificando o atual cenário de produções de imagens sobre as favelas cariocas.

Entre documentário, ficção e videoclipe, a Mostra terá em sua edição um pouco desse universo de produção que, mesmo à margem de uma convenção cinematográfica, realiza seus projetos visuais. Dentre as produções, estão filmes da Rocinha, Jacarezinho, Complexo do Alemão, Maré e outras favelas do Rio de Janeiro.

PROGRAMAÇÃO

Quinta- Feira 29/09

14h – Mulheres na Direção e Complexos – Sessão I

Favela que me viu crescer (Documentário / 2014/2015 – 15’30”)
Direção: Paula Morena

Preto, Favelado. Escravo, Fujão (Ficção / 2015 – 13’39″)
Direção: Ariana Malagrida

Alemão em f/5.6 (Experimental 2014 – 15’55”)
Direção: Aline Portugal e Rosilene Faria

Esqueça por enquanto (Ficção / 2015 –  7’37”)
Direção: Priscila Gomes

Debate com as realizadoras

17h – O olhar de dentro pra fora e Complexos

Forró do Parque União – A Praça do Forró (Documentário / 2013 –14’24”)
Direção: Renato Oliveira

TV Morrinho (Documentário / 2013 – 11′)
Direção: Chico Serra

Quem São os Makers da Favela? (Documentário / 2016 – 10’35”)
Direção: GatoMÍDIA

9 Centros (Documentário / 2015 – 36’57”)
Direção: Igor Souza, Iury de Carvalho Lobo e Karla Suarez

Sexta-feira 30/09

14h – Poesias e Complexos

Rimadores (Videoclipe / 2016 – 4′)
Direção: Ivan Viana

Lá do Alto (Ficção / 2015 –8′)
Direção: Luciano Vidigal

Transcrição (Ficção 2016 – 5′)
Direção: Iury de Carvalho Lobo e Felipe Dutra

Roda Viva (Documentário Experimental / 2015 – Duração 1’12”)
Direção: Bira Carvalho e Iury de Carvalho Lobo

Alma Boêmia – Morro dos Prazeres (Videoclipe / 2015 – 4’18”)
Direção: Renato Oliveira

16h – Meio Ambiente e Complexos

Olhares da Misericórdia – A serra que atravessa gerações (Documentário / 2015 – 16’38”)
Direção: Álvaro Vinicius

Teto Verde (Documentário / 2015 – 16”)
Direção: Hip Hop Sanduba – Cinemão

A Fonte (Documentário / 2015 – 9’44”)
Direção: Flávio Pé e Flávio Carvalho

Chapéu-Mangueira e Babilônia- A favela vai descer (Documentário – 2016 – 6’58”)
Direção: Girasol Comunicações

Debate com Realizadores

18h – Mulheres na direção e Complexos – Sessão II

Do luto pra luta (Documentário / 2016 – 15’26”)
Direção: Natália Santana

Na Maré da Copa (Documentário / 2015 – 28’57)
Direção: Miriane Peregrino

19h – Fórum dos realizadores

Sábado 01/10

16h – Ficções e Complexos

A mão que balança o bolso (Ficção / 2012 – 457”)
Direção: Renato Oliveira

A mulher do latão (Ficção /2012 – 625”)
Direção: Robespierre Avila Azevedo

Pode me chamar de companheiro (Ficção / 2015 – 6’11”)
Direção:Felipe Dutra

17h – Releituras e Complexos

Visita (Documentário / 2015 – 26′)
Direção:André Sandino Costa

Beco dos Pancados (Experimental / 2015 – 12′)
Direção: Coletiva

18h – Apresentação dos Curtas das Oficinas de Cinema do Cine Manguinhos

Domingo 02/10

17h – Moradia e Complexos

Memórias do Preventório (Documentário / 2003 – 11′)
Direção: Luciano Simplício

Teixeira Ribeiro – Identidade de Um Todo (Documentário Experimental – 1′)
Direção: Iury de Carvalho Lobo

Santa Marta, uma santa Favelada (Documentário / 2013 –12’22”)
Direção: Marlon Silva Da Costa

18h – O real, o simbólico e Complexos

Em busca da Folia (Documentário / 2014 – 6’8”)
Direção: Girasol Comunicações

Um Lobisomem no Santa Marta (Ficção / 2015 – 7’56”)
Direção:Robespierre Avila

A águia que cospe bala (Documentário Experimental Realista / 2014 – 3’4”)
Direção: Girasol Comunicações

18h30min – Encerramento

 

 

Compartilhe:
Comentar

Comentar:

?>