Publicidade

Jornal do Brasil

Papo de Ambiente – JBlog – Jornal do Brasil

#NãoAoFimdaRotulagem

Senhores eleitores, é hora de pressionar os senadores e não é ainda em função da disputa de poder com a tentativa de encurtamento do mandado conquistado nas urnas pela presidenta Dilma Roussef. Mas sim porque, infelizmente, enquanto acompanhamos o agitado noticiário político, diferentes – e muitos deles sinistros – projetos seguem em andamento no Congresso.

Um deles é o PL que desobriga a impressão do aviso de identificação de conteúdo transgênico por meio da impressão de um triângulo amarelo com a letra T nas embalagens de produtos alimentícios.

É preciso estar atento e agir, pois há um ano, em abril de 2015, a bancada ruralista na Câmara, com apoio de boa parte de seus pares (320 votos contra 135), aprovou o projeto de lei 4148/08, do deputado Luis Carlos Heinze (PP-RS), com o fim da exigência.

Segundo o PL, a exigência do aviso só se aplicará no caso de a presença de elementos transgênicos na composição do alimento for superior a 1%. Ou seja, absurdo total.  Em qualquer percentual abaixo deste fixado ficaremos sem informações corretas sobre o que estamos consumindo. É o país na contra mão da transparência e, inclusive, passando por cima do direito à informação, previsto no artigo sexto do Código de Defesa do Consumidor.

É hora de pressionar os senadores para impedir que esse projeto seja aprovado. No site do IDEC há uma correspondência padrão na qual basta incluir o nome e o endereço de email para enviá-la aos parlamentares.

Vale lembrar que o Brasil já é um paraíso dos transgênicos. Segundo dados do Serviço Internacional para Aquisição de Aplicações em Agrobiotecnologia (ISAAA) em 2014 a área de plantio de transgênicos no país era menor apenas do que nos EUA. Foram 42,2 milhões de hectares plantados. A taxa de adoção da soja transgênica chegou a 93%, do milho, 82% e do algodão, 66%.

A aprovação deste PL vai botar ainda num mesmo saco todos os produtores. Aqueles que se preocupam com a melhor qualidade de seus produtos e com a saúde dos homens e animais que os consomem, acabarão juntos (pela omissão) dos que utilizam os transgênicos.

Se os efeitos negativos dos transgênicos, por si, sobre a saúde animal ainda não são definitivamente conhecidos, os dos agrotóxicos são. Inclusive com a associação direta a diferentes tipos de câncer. E as produções transgênicas são acompanhadas pela elevação do uso de agrotóxicos.

Vamos cobrar dos senhores senadores. Mandemos mensagens por uma posição negativa à aprovação do projeto. Exijamos o direito de saber o que estamos comprando e consumindo.

Algumas hastags são sugeridas:‪#‎euquerosaberoqueestoucomprando, ‪#‎nãoaofimdarotulagem, ‪ #‎PLHeinzenão, #porumaalimentacaodeverdade. Para quem deseja mais detalhes, um bom caminho são os vídeos das audiências públicas realizadas no Senado no fim do ano passado. São três partes: 1, 2 e 3. Outra opção é um vídeo com pesquisadores da USP.

 

Postado por ivanaccioly

0 Comentários | Comentar

Compartilhe:

Tags: , , , ,

Nenhum comentário

Adicionar um comentário:

Publicidade
Assine o RSS
Publicidade
?>