RSS Feeds

Boas leituras para as férias de verão

Início de ano é a melhor época para arrumar gavetas, armários e colocar em dia as resenhas de boas publicações. Este blogueiro fez uma pequena lista de quadrinhos bacanas que valem a pena você conferir neste período de calor intenso. Curta as dicas e boa leitura!

O pequeno principe HQ capa

O PEQUENO PRÍNCIPE EM QUADRINHOS (Editora Agir)
Baseado no clássico de Saint-Exupéry que já vendeu 80 milhões de exemplares em todo mundo, o quadrinista francês Joann Sfar criou uma versão adaptada para as HQs com bastante personalidade. Pra começar, colocou o próprio autor na história no papel de um aviador, cuja fumaça do cigarro lembra que “não se deve fumar numa obra destinada à juventude”. As inovações também passam pelo visual do personagem principal – com olhos grandes e cabelo moderno – e pela colorização digital, ao invés da aquarela utilizada no original de 1943. Ainda que o livro esteja na prateleira de infanto-juvenis, continua sendo uma obra prima também para adultos.

O Pequeno Principe HQ fragmento 1
O Pequeno Principe HQ fragmento 2

ARTEMIS FOWL (Editora Record)
Este livro foi o primeiro do selo Galera Record, criado para atender ao público jovem, e chegou com a chancela de 42 países e mais de 16 milhões de exemplares vendidos no mundo. Neste primeiro volume da série, com roteiro do criador Eoin Colfer e o auxílio de Andrew Donkin, o jovem Artemis Fowl quer provar sua inteligência e consolidar-se como o maior gênio do crime. Para isso, deseja o ouro do Povo das Fadas. Daí em diante o garoto de 12 anos e seus comparsas Butler e Juliet enfrentarão os soldados da Unidade LEPrecon e seres esquisitos como o Troll e o Palha Escavator, numa mistura de RPG, era medieval e alta tecnologia. A arte de Paolo Lammana e Giovanni Rigano (que já esteve na Pixar e na DC Comics) deixou o livro com cara de desenho animado, como acontece até mesmo nos álbuns de figurinhas de hoje em dia. Estou curioso para saber o que acontece nos próximos números da série...

Artemis Fowl capa
Artemis Fowl miolo

JOGOS DE PODER. Operação: Terreno Partido (Editora Devir)
Se você gosta de quadrinhos de ação, suspense e espionagem vai adorar este aqui. Trata-se do primeiro volume de uma série criada por Greg Rucka e ganhador do prêmio Esiner Award de Melhor Nova Série. A protagonista é Tara Chace, uma espiã da Divisão Especial do Ministério da Inteligência britânico, cujos agentes são conhecidos como “guardiões”. A aventura começa com ela em Kosovo e termina em Londres lutando contra, adivinha, os russos. O desenho limpo de Steve Rolston e o roteiro bem amarrado conquistaram este leitor, que aguarda pelos próximos volumes. Como já é de praxe, tanto Jogos de Poder (Queen & Country no original) quanto Artemis Fowl usam o recurso das fichas dos personagens, como se estivessem em bancos de dados confidenciais.

Jogos de Poder num 01 capa
Jogos de Poder num 01 miolo

PRONTUÁRIO 666 – Os anos de cárcere do Zé do Caixão (Editora Conrad)
O macabro personagem coveiro de unhas longas surgiu em 1964 no filme À meia-noite levarei sua alma, e retornou em Esta noite encarnarei no teu cadáver de 1967. Daí em diante, onde estava ele? Numa cela da Casa de Detenção de São Paulo. Este foi o ponto de partida para Adriana Brustein (texto) e Samuel Casal (texto e arte) explicarem onde o maldito repousava nos últimos 40 anos. A história começa com a morte de um assassino de crianças e se desenrola em vários outros assassinatos, o que acaba sendo comum num presídio. Imerso por um clima de terror e violência, Zé do Caixão é retratado de diversas maneiras, inclusive como um simples vulto, e interage com ratos, pombos, gatos e lagartos numa mistura delirante. Se você gostou do clássico Asilo Arkham, de Batman, tem tudo pra gostar desse. Destaque para a técnica de contraste claro/escuro que Samuel Casal domina tão bem. Não aconselhável para menores de 18 anos e super indicado para os maiores.

Prontuario 666 capa
Prontuario 666 miolo

CAFÉ ESPACIAL # 2 e # 3 (Quarto Mundo)
Esta publicação independente sem fins lucrativos dedica-se não apenas aos quadrinhos, mas também a literatura e a música. Possui seções dedicadas a contos (Café literário), fotografias (Arte revelada) e a novas bandas do underground (Cafeína pura!). No caso das HQs, o tema predominante nestas duas edições é a poesia, com roteiros que não necessariamente fazem rir, destacando as histórias do paranaense DW e da dupla Sergio Chaves/Fernanda Chiella. A Café Espacial faz parte do coletivo Quarto Mundo – em breve matéria sobre a iniciativa – e pode ser adquirida por R$ 5 através do site. Uma boa iniciativa que chega para somar e divulgar o que de melhor se faz no cenário brasileiro não mainstream.

Cafe Espacial 02
Cafe Espacial 03

« anterior próximo »

Comentários


Não há comentários

Comentar

:

:
: